Alfa Romeo 156 2.0 JTS 16v

Carlos Vaz

Portalista
Portalista
De facto, 145/146 estão longe de pertencer á mesma liga do 156...

Dito isto gosto bastante dos 145/146... mesmo este acho-lhe piada á traseira "Kamm style".
Usei um 145 1.7 16v que me surpreendeu positivamente pela mobilidade da traseira. Uma frente razoavelmente bem plantada (o boxer tem a vantagem do baixo centro de gravidade) e uma traseira muito móvel que o tornavam uma delicia.

Ainda assim, o 156 é de outra liga.
 

Miguel Gomes Dinis

Portalista
Portalista
Hugo esmeraste-te a partilhar a melhor fotografia da net no melhor ângulo do 145!

Eu gosto da secção traseira e sobretudo do perfil do 145. A frente foi uma sinergia com o mais conservador 146, nos primeiros sketches o 145 veio sempre quase até à versão final com duas ópticas redondas de cada lado, muito à semelhança com o 916 Gtv. Aquela frente não pertence ali, é um par de calças de ganga barato num ensaio de haute couture.

Carlos não doures a pílula. O mesmo 1.7 no 33 é toda uma outra experiência. Não propriamente competente, mas balística. É a forma mais romântica de não ser brilhante do ponto de vista dinâmico. Mas é muito mais autêntica e visceral.

O 146 que me calhou um par de semanas era o mais prosaico 1.4 TS. E aquilo era fraco. Ficou no meio caminho entre a alma e o cérebro sem dar corpo a nenhum. O 156 foi feito com receita. O 145/6 foi feito a olho como o bolo de caneca. Dir-me-ás que certas receitas nas mãos de bons pasteleiros saem bem a olho e à primeira. Respondo que sim, mas nessas, onde cabe o 33, podem ficar longe do cérebro mas ficam muito mais perto da alma (note-se que o que não faz do 33 um exemplo brilhante de comportamento prende-se com o facto de já ser um produto datado e fora de época, e de prostituir o conceito original de travões inboard que fizeram do sud à sua época uma referência de comportamento). Ainda assim conviveste com o melhor 145 e eu com o pior 146, e isso significará alguma coisa.
 
Última edição:

Carlos Vaz

Portalista
Portalista
Carlos não doures a pílula. O mesmo 1.7 no 33 é toda uma outra experiência. Não propriamente competente, mas balística. É a forma mais romântica de não ser brilhante do ponto de vista dinâmico. Mas é muito mais autêntica e visceral.

O 146 que me calhou um par de semanas era o mais prosaico 1.4 TS. E aquilo era fraco. Ficou no meio caminho entre a alma e o cérebro sem dar corpo a nenhum. O 156 foi feito com receita. O 145/6 foi feito a olho como o bolo de caneca. Dir-me-ás que certas receitas nas mãos de bons pasteleiros saem bem a olho e à primeira. Respondo que sim, mas nessas, onde cabe o 33, podem ficar longe do cérebro mas ficam muito mais perto da alma (note-se que o que não faz do 33 um exemplo brilhante de comportamento prende-se com o facto de já ser um produto datado e fora de época, e de prostituir o conceito original de travões inboard que fizeram do sud à sua época uma referência de comportamento). Ainda assim conviveste com o melhor 145 e eu com o pior 146, e isso significará alguma coisa.
Limitei-me a comentar a parte do chassis e da sua relação com a estrada.
Sei perfeitamente que o 145/146 "matou" os boxer...
 

Carlos D. Silva

Portalista
Portalista
Parabéns pela carrinha! Prefiro a versão Sw à berlina e com esse motor então! Deve ser qualquer coisa...

Limitei-me a comentar a parte do chassis e da sua relação com a estrada.
Sei perfeitamente que o 145/146 "matou" os boxer...
Cá em casa mora um 147, ainda que beba o combustível errado, tem um comportamento em curva muito bom e eficaz. Deduzo que sejam idênticos a nivel do chassis e geometria da suspensão com os 156 não? Às vezes penso se deveria ter comprado o 147 com o 2.0 TS, não fosse a escassa oferta nacional de usados com este motor e caixa manual.
 

Hugo Viana da Silva

Portalista
Portalista
Hugo esmeraste-te a partilhar a melhor fotografia da net no melhor ângulo do 145!

Eu gosto da secção traseira e sobretudo do perfil do 145. A frente foi uma sinergia com o mais conservador 146, nos primeiros sketches o 145 veio sempre quase até à versão final com duas ópticas redondas de cada lado, muito à semelhança com o 916 Gtv. Aquela frente não pertence ali, é um par de calças de ganga barato num ensaio de haute couture.

(...)

Ainda assim conviveste com o melhor 145 e eu com o pior 146, e isso significará alguma coisa.
O mérito não é meu, mas sim da wikpedia...;)

Ainda quanto à estética do 145, principalmente na frente, à que ter em conta a duas versões.
Ao contrário do costume, a versão de '99 (restyling) melhorou consideravelmente esse aspecto.

Não foi só os pára-choques pintados na cor da carroçaria com novo design, houve ali uns retoques na grelha e resultaram bem.

Tenho pena de já não ter as dezenas de fotos do meu (quando era novo) que tinha (o disco do meu PC com o saudoso sistema operativo XP queimou).
Mesmo assim sobrou esta já quando era "velhinho" para comparar:
ar1452365367_bcf77a72f9330eea19741f5afc58ed7c.jpg
ar145P5210527.jpg
Quanto à pior motorização considero sem dúvida o 1.4 boxer de 90cvs e não o TS de 103.:)
 

Miguel Gomes Dinis

Portalista
Portalista
Não conto com o boxer para essas contas, foi um improviso asfixiado por normas anti inquinamento (até substancialmente tolerantes por comparação com a data de hoje) e por um peso incompatível do carro onde foi colocado.

Quanto à frente não há volta a dar. Como regra geral não suporto restylings creio que a coisa não tinha como funcionar dado o mal de raiz. Tenho umas quattoruote antigas com sketches da frente do 145 como seria suposto sair para o mercado. Economias de mercado de escala fizeram o resto do trabalho pelo que quanto a isso nada a fazer, só lamentar.
 

Hugo Viana da Silva

Portalista
Portalista
Tenho umas quattoruote antigas com sketches da frente do 145 como seria suposto sair para o mercado.
Ainda estou à espera que partilhes essas imagens Miguel...nunca vi tal coisa.:oops:

Quanto ao 156 não há novidades, apenas cada vez mais sinto confiança no carro para andar mais rápido, o que também me faz ficar desiludido com os maus pavimentos que temos para a direcção ultra comunicativa deste Alfa.

jtsIMG_20191129_214313.jpg
Um destes dias, na visita à galp, dou com isto.
Que corrente é esta? É já o 2º passat tunado que apanho nestas zonas com jantes Alfa Romeo :wacko:
jtsIMG_20191124_105504.jpg
 

HugoSilva

"It’s gasoline, honey. It’s not cheap perfume."
Premium
Portalista
Eventos Team
Pior que um Alfa usar jantes que não tenham "bolas" só um carro de outra marca usar jantes com bolas!! :eek:
 
Última edição:

Hugo Viana da Silva

Portalista
Portalista
Só para o estilo:
jtsIMG_20191202_212320.jpg
Só para comparar estilos:
jtsIMG_20191206_214422.jpg

Próximos trabalhos para o JTS:
Mudar óleo e filtros (ainda não sei que marca escolher, o recomendado é o 10w-60, tenho usado Castrol Edge quando baixa o nível...mas julgo que há coisas bem melhores).
Comprar um cinzeiro novo ou usado, a decisão estará dependente do valor do novo, parece que a Alfa Romeo ainda fabrica :p ! Tenho que arranjar tempo antes do natal para visitar uma oficina oficial, pois por telefone falaram-me em valores baixos demais para ser verdade :D
 
Topo