Mercedes-Benz 250D - W124

História e Fotos

História deste veículo
Apresentado em finais de 1984, sob o nome de código W124, depois de mais de 7 anos e dezenas de milhões de Marcos Alemães gastos em desenvolvimento e pesquisa, somados aos milhões de quilómetros e milhares de horas de exaustivos testes, o novo modelo de médio porte da Mercedes entrava em cena!

Tinha a difícil missão de, junto de uma exigente clientela, não só reafirmar e consolidar a imagem de evolução técnica permanente patente em cada novo Mercedes, bem como suceder a um dos comercialmente mais bem sucedidos e reputados modelos da marca, o W123.
Estilisticamente continuava a filosofia recente de imagem e design lançada no inicio da década de 80 com o Sonderklasse W126 : "Form Follows Function", o que sucintamente significava que a forma só fazia sentido se tivesse uma finalidade prática! Tal evolução na estética (cada vez mais minimalista), ergonomia e funcionalidades orientadas á condução e ao condutor ainda hoje impedem o carro de poder ser considerado datado ao lado de tantos outros da mesma época/segmento e até mais recentes, tanto menos de poder ser considerado um Clássico na verdadeira acepção da palavra... Especialmente nas motorizações Diesel, aquelas que durante largas décadas firmaram e forjaram a diferença Mercedes, enquanto automóvel construído para quilometrar e durar.

Tendo em conta a importância para a marca de manter o compromisso de progresso e evolução permanente, no segmento executivo, aquele que a marca mais vendia, a evolução tecnológica alcançada nos anos 70 e 80 veio dar um forte contributo e dava agora a possibilidade de explorar novas formas de conceber, projectar e produzir automóveis, a barreira humana não era mais limitação!
Comparado com o seu antecessor, esta geração trouxe uma total revolução que não se ficava apenas pela radical mudança visual e queda de praticamente todos os apêndices cromados (que tanta contradição gerou) face ao seu antecessor, com a nova e pioneira arquitectura de suspensão traseira (Herdada do 190), também o uso extensivo da tecnologia e de novos materiais como ligas plásticas e metálicas modernizou o automóvel, tornando o simultaneamente mais leve, mais potente, mais insonorizado, mais robusto, mais seguro e mais aerodinâmico, catapultando-o directamente para o Século XXI.
Nunca a engenharia e a tecnologia Mercedes ao serviço do automóvel havia alcançado tal nível de perfeição técnica. Mais de 35 anos depois, a prova de tais feitos e de tais conquistas, ainda anda aí... Diariamente, nas nossas estradas!

Estes e outros factos, fazem com que o W124 tenha tido uma das carreiras e numero de vendas mais longas e bem sucedidas de sempre (11 anos e 2,562,143 de unidades) com muito poucas alterações! Seguramente, pode vangloriar-se de ter sido no seu tempo um dos melhores automóveis do mundo!
w124.jpg

1589042796909.png

Depois de 2 anos de procura e a poucas semanas de completar 25 anos adquiri o meu primeiro automóvel! Sim, já tinha comprado outros carros, mas nunca um... "Automóvel"! :cool:
Cheguei a este carro por intermédio de um amigo entusiasta da marca (na altura mais um desconhecido com um anúncio no OLX), a minha ideia (utópica) na altura era comprar o "Globalmente Melhor"...
Não possui permissões para ver os detalhes deste veículo. Identifique-se ou crie uma conta.

Detalhes do veículo

Proprieário
Ivo António Santos
Vistos
413
Comentários
4
Actualizado

Informação adicional

Marca
Mercedes-Benz
Modelo
250D
Origem do Fabricante
Alemanha
Época
Década de 80
Ano de Fabrico
1992
Comprado em
2017

Mais em Mercedes-Benz

Partilhe este veículo

Topo