Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Fiat 127 mk1 - corte elétrico

Tópico em 'Sistemas Eléctricos' iniciado por Ribeirinho, 21 Out 2015.

Tópico em 'Sistemas Eléctricos' iniciado por Ribeirinho, 21 Out 2015.

  1. Depois de muito tempo parado, de ir à inspeção e passar sem nenhum problema, eis que ele me brinda com um problema no sistema elétrico (Fiat 127 mk1).

    O que se passa é que em andamento, principalmente em andamento, parado raramente acontece, com o motor a funcionar, se accionar alguma coisa elétrica, tipo pisar o travão (porque acende as luzes de travagem), fazer o pisca, buzinar, o que acontece é que o carro desliga, corta a corrente.
    Nem as 2 luzes vermelhas do quadrante acendem.

    Rodo a chave para a posição de desligar, volto a rodar para a posição de luzes do quadrante acesas e estas não acendem. Contudo o motor de arranque funciona mas o carro não pega.

    Se esperar um bocado, as luzes do quadrante lá acendem e o carro funciona normalmente até voltar a usar o travão de pé ou a buzina ou qualquer outra coisa que consuma electricidade.

    Já limpei o ponto de terra que fica por debaixo da bateria e onde liga o cabo de terra do motor e do menos da bateria, limpei e apertei bem este parafuso. Limpei os bornes da bateria. Ficou pior i.e. acontece agora com mais frequência.

    Com o motor a funcionar, e carro parado obviamente, se desligar o menos da bateria o motor continua a funcionar, não desliga.

    Que pode estar a acontecer ?

    Se fossem os contactos da chave, quando pisasse o travão não devia desligar o motor ou terá também ligação com os contactos da chave ?

    Poderá ser mau contacto nas fichas por detrás do quadrante ?

    Agradecido desde já pela ajuda.
     
  2. ja apanhei um caso desses num 127 e era o canhão de ignição sempre que travava com o travão de pé ou de mão o carro desligava se, nao quer dizer que seja o seu problema mas verifique o canhao
     
  3. Pois... eu ia para o cabo de "massa"... mas parece que já foi verificado!
     
  4. Verifica todas as ligações à massa e se o alternador carrega.
     
  5. Agradecido pelas vossas sugestões.

    Também pensei em ir espreitar as escovas do alternador. Aquilo tem escovas, certo ?

    Aqueci o motor, liguei as luzes todas (incluindo os máximos) e medi com voltimetro nos bornes da bateria 12,6V.
    Sem as luzes ligadas chegava aos 12,9V

    À partida o alternador estará a funcionar bem, estou certo ?

    quanto a verificar "todas" as ligações à massa, é mesmo TODAS ou as principais ? É que há várias ligações à massa por ali espalhadas....há a do ventilador da climatização, há os farolins, a buzina penso que também (não me recordo agora....
     
  6. Com o motor a trabalhar devia dar 14V ou perto disso. Em principio o alternador não está a carregar com a tensão correcta.
     
  7. (Aviso prévio: sou um leigo e posso estar a desajudar mais do que a ajudar!)
    No Uno aconteceu-me uma coisa parecida e era um mau contacto nos fios do canhão da ignição: de vez em quando (e coincidia muitas vezes quando mexia numa das manetes) desligava a ignição e fechava o solenóide do carburador.
    Simplesmente abri a zona do canhão, limpei, liguei melhor e nunca mais aconteceu...
     
  8. Sistema eléctrico não é de brincadeiras.. Tem que se ver de onde vem o foco rapidamente.
    O canhão de ignição não está fora de hipóteses.
    Espera por mais opiniões.
     
  9. Meu caro:

    Deve ter problemas no alternador e possivelmente no canhão de ignição.
    O alternador gerar uma tensão de 12.6 ou 12.9 é muito pouco.
    Alguma vez sentiu a chave quente, quando desligou o carro? (principalmente à noite)
    Alguma vez, sentiu dificuldade em rodar a chave, para por o carro a trabalhar?
    O canhão de ignição do 127, tem uma placa de contactos e por vezes, (uso) partem e deixam de fazer os contatos que tem de fazer.
    Analise e diga alguma coisa.
     
  10. Uma ajuda na questão do alternador. Esses 12,9V são ao ralenti, ou às 2 ou 3mil r.p.m's? Sendo o alternador menos sensível às rotações do que o dínamo, não é de todo imune!
     
  11. Bom dia e fico agradecido pelas vossas respostas.

    De facto é um problema grave pois ir na estrada e ficar sem corrente é tramado porque nem sequer dá para ligar o pisca para a direita para avisar quem vem atrás.

    A chave sempre rodou e continua a rodar na ignição, sem qualquer dificuldade. Nunca ficou quente também.

    As medições da voltagem na bateria foram feitas ao ralentim com o motor quente.

    Este fim de semana com a chuva andei atrapalhado noutras lides, pelo que não consegui ir ao 127.
     
    João P Silva gostou disto.
  12. Tenta fazer leituras ao ralenti e a rotações mais altas só para ver se se a tensão passa dos 13,5V.
     
  13. Depois de um sábado solarengo, nada melhor que ir experimentar a máquina.

    Decidi começar por experimentar as coisas simples e então dei um valente aperto na ligação aos bornes da bateria, mesmo um bocadinho antes de partir.

    Medi a corrente nos bornes da bateria sem o motor a funcionar, estava com 12,34V.
    Também medi com o motor a aquecer, mas não fixei os valores pois o motor estava em regime de aquecimento, mas chegou aos 14V.

    Fui dar uma volta comprida -cerca de 30 minutos- e espante-se....o carro não desligou nem uma vez e a parte elétrica funcionou normalmente.
    À chegada esqueci-me de medir a voltagem com o motor a funcionar.
    Mas medi a corrente da bateria com o motor desligado e estava nos 12,84V.

    Há que dar novas voltas para experimentar. Entretanto deixo o meu agradecimento a todos os que deram sugestões para tentar resolver este meu assunto.
     
  14. A coisa mais estúpida que chegou a acontecer-me no Uno era esta: o carro só funcionava com a embraiagem carregada ou com o ar (choke) puxado. Bastava faltar uma das duas e cortava a ignição.
    Era o cabo principal de massa que estava a falhar e, por isso, só fazia massa com o cabo da embraiagem ou do ar (choke).

    Há coisas na electricidade dos nossos italianos que nunca vamos perceber. ;)
     
  15. Eu tive um problema semelhante no meu 127 há muitos anos, mas no meu caso rebentava mesmo o fusível principal e tinha de o trocar. Mas para rebentar precisava de ter várias coisas ligadas ao mesmo tempo, geralmente acontecia-me em dias de mau tempo quando ligava as luzes, escovas e ventoinha da chauffage.

    Um dia quase por acaso descobri a causa... havia fios trocados no quadro dos fusíveis. Tinha circuitos sobrecarregados enquanto outros não faziam nada. Depois de pôr tudo no lugar devido, nunca mais tive problemas.

    A maioria dos problemas destes carros são mesmo essas coisas... asneiras que alguém lhes fez no passado.

    Experimenta verificar os fusíveis, já alguma vez foram trocados? Estes fusíveis têm o terrível hábito de apodrecer, e tornam o contacto intermitente.

    Um abraço!
     
  16. Foi o que pensei desde o inicio mas não disse nada pois aparentemente ja tinha verificado isso. Uma das primeiras coisas que fiz, foi substituir os originais!

    Se o carro tiver alterações de "artista de epoca" o problema deve estar aí... se persistir!
     
  17. Boa tarde:
    De facto já olhei diversas vezes para aqueles fusíveis e alguns deles -a maior parte- ainda são de origem.

    Por vezes rodo-os um pouco na tentativa de melhorar alguma falta de contacto que possa existir....

    Um destes dias troco-os todos. O meu receio é que o material de há 40 anos atrás (em especial este tipo de fusíveis), seja muito melhor que os atuais. Ou será ao contrário ?

    Agradecido pelos vossos comentários.
     
  18. Boa questão, pois também tenhonim problema parecido no meu. Os médios vai na volta falham. Vou lá rodo um pouco w fica a funcionar... Mais tarde deixam de funcionar de novo :mad:
     
  19. Se os fusíveis são velhos, aí tens mais de metade das tuas maleitas eléctricas. Compra uma dose de fusíveis novos (devem ser todos de 8 Ampère excepto um que é de 16) e troca-os todos. Se os terminais no quadro estiverem muito sujos dá-lhes uma limpeza leve com palha de aço (para não tirar o dourado do acabamento), mas em princípio não estarão muito maus.

    O material é parecido e igualmente mau em todos. O facto de o material estar sujeito à contaminação pelo ar faz com que tenha uma vida útil curta e comece a dar chatices, porque quando oxidam começam a oferecer resistência à passagem da corrente, o que os faz aquecer e ainda resistirem mais.
     
  20. Palpita-me que seja o ponto de entrada do positivo na caixa de fusíveis. Experimente inspecionar ou fazer uma ligação direta do + da bateria para este sítio (robusta) e verificar se o problema persiste.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página