Triumph Acclaim?

Rui Rego

bmw2002t
Não há aqui pessoal com Triumph Acclaim HLS, foi um carro que marcou-me um pouco, foi o 1º carro que conduzi em estrada ainda sem carta e deixou-me algumas saudades, é um carro tb que pensava em adquirir, veem-se muito poucos, a procura é pouca, deve-se conseguir algum a bom preço.

Estive a pesquizar alguma coisa sobre este carro e sobre a Triumph no seu geral, e encontrei viaturas Triumph bem interessantes, e segundo o que vi o Triumph Acclaim foi o ultimo carro a sair da linha de produção em '84 após isso a Triumph acabou o seu reinado como construtora automóvel.
 
Sim, o Rover 200 ou Vitesse substituiu o Triumph, e também era baseado num Honda. Tal como várias das gerações seguintes da Rover.
Enfim um dos últimos episódios de "badge engineering" que marcaram o grupo BMC fundado em 1952, e que levou ao fundo muitas das grandes marcas Britânicas.
 
Re: Triumph Acclaim

Lembro-me bem desse carro.

Tinha um motor muito agradável, com potencia a baixos regimes e sobretudo, os consumos de gasolina eram muito baixos.

O problema desses carros era a representação que funcionava muito mal. Qualquer peça demorava meses a vir do Japão. Tambem a chapa não era lá muito bem tratada contra a corrosão, tendo uma grande tendência para apodrecerem.

Hoje é dificil encontrar um carro desses em estado aceitável
 
Fábio Silva disse:
Sim, o Rover 200 ou Vitesse substituiu o Triumph, e também era baseado num Honda. Tal como várias das gerações seguintes da Rover.
Enfim um dos últimos episódios de "badge engineering" que marcaram o grupo BMC fundado em 1952, e que levou ao fundo muitas das grandes marcas Britânicas.

Olá

Investiguem lá isso melhor porque a coisa não é assim tão generalizada.
O motor 1.3 era o mesmo do Acclaim e do Honda Civic 3 volumes.
Quando apareceu o Rover 213, este , já não vinha comr o motor Honda. Apenas o 216 tinha um motor de origem honda.

Também gosto muito do Acclaim e também fiz muitos quilómetros num carro desses em 84. O meu pai comprou um desses quando apareceram e a versão HLS ( 1200 contos) era um must.Tinha mordomias só vistas em carros muito superiores, como por exemplo os 4 vidros eléctricos e os retrovisores também eléctricos.
Para melhorar a coisa, o motor era bem rápido para os 75 cv que tinha fazendo pouco mais de 12 segundos dos 0/100 kms/h.
Foi um dos carros preferidos pelos ladroes de esticão na época, que gostavam do arranque e da linha de cintura baixa. Em suma parece que era só esticar o braço, agarrar e acelerar.:D
 
Sim, muito provavelmente nem todos tinham motor Honda. O que se calhar era o problema, que essa série tem fama de ser muito problemática.

Mas confesso que nunca me interessei muito por carros dessa altura, acho que ainda são muito modernos.
 
Sim, esses os motores Rover deram e dão alguns problemas, mas como triunph Acclaim era Honda...tudo bem.
Eu também acho modernos demais, mas neste caso concreto como conheço bem, até era capaz de abrir uma excepção. :rolleyes:
 

Rui Rego

bmw2002t
Jorge Faustino disse:
(...)Foi um dos carros preferidos pelos ladroes de esticão na época, que gostavam do arranque e da linha de cintura baixa. Em suma parece que era só esticar o braço, agarrar e acelerar.:D

Este amigo meu que teve um Acclaim tb me disse que muitos destes carros tinham sido roubados para assaltos de esticão,já vi que o que ele disse tem ponta de verdade.
 

Joao Gomes

Veterano
Por acaso sei onte está um Triumph mas não sei se é o Acclaim, mas deve ser, e o senhor até é capaz de o vender, digo eu.
 
Rui Rego disse:
Este amigo meu que teve um Acclaim tb me disse que muitos destes carros tinham sido roubados para assaltos de esticão,já vi que o que ele disse tem ponta de verdade.
Eu tenho um primo que também teve um, o carro foi roubado 3 vezes e a conversa dos policias era sempre a mesma: tenha calma que após uns quantos roubos de esticão eles abandonam o carrito por aí... Certo é que apareceu sempre e com uma data de queixas em cima he he he.

Felizmente o meu pai tinha o dele em garagem e escapou a essas tarefas
 

Tiago Freire

YoungTimer
Boas.
Cá na minha terra também me lembro de ver um e não sei se ainda anda, mas se eu o vir eu pergunto qualquer coisa ao dono.
Lembro-me bem desse modelo, porque nessa altura anos 90, eu era novito, e ainda sou, ainda haviam aqueles jogos de consola fraquitos para ligar a televisão e havia um jogo de F1 que era da acclaim, por isso nunca esqueci esse modelo.

Um abraço!
 

Vitor M C Ribeiro

Vítor Ribeiro
Eu tenho um de 84 e adoro aquele carro!! Já deu pelo menos 170 km/h! O único problema com que ele está é a caixa, mas pronto. Há uns anos houve um mecânico que experimentou o carro e equiparou esta caixa à caixa do Subaru! Acho que exagerou hehehehe, mas fiquei babado. Por acaso têm conhecimento de alguém que tenha uma caixa em bom estado para venda? Cumprimentos
 

Artur Dinnis

YoungTimer
Boas.

Por acaso sei onde esta um desse Triumph Acclaim, com essas modernidades de vidros e espelhos electricos, esta em bom estado e esta parado a mt pouco tempo tipo 1/2 ano.
Vou-me informar.
 

Luis Vales

elvales
Investiguem lá isso melhor porque a coisa não é assim tão generalizada.
O motor 1.3 era o mesmo do Acclaim e do Honda Civic 3 volumes.
Quando apareceu o Rover 213, este , já não vinha comr o motor Honda. Apenas o 216 tinha um motor de origem honda.
Grande misturao_Oo_O

O Acclaim não é mais que um Civic sedan com pormenores da Triumph, tudo o resto é Honda, incluindo os motores, claro.
A série 213/216 vitesse segue a mesma filosofia, é o Civic da geração seguinte mas com mais mudanças estéticas, em relação aos irmãos Civic/Acclaim.
no caso do Acclaim o motor é o 1335cc, no caso do 213 é o 1342cc e o 216 usa o 1598cc com 102cv, todos Honda claro.

A série 214/216/218td/220 já é outra conversa, pois apesar da base ser o Concerto, já apresenta muito mais diferenças em relação ao Honda, nomeadamente os motores, a saber: 1.4 série K (o tal da má fama), 1.6 da Honda, 1.8td do grupo PSA(XUD7TE acho...) e o 2.0 também Honda.

Quanto ao Acclaim, realmente já são bem raros, mas se ainda houver alguns por aí em bom estado, penso que serão um clássico decente e fiável, embora nunca de grande valor.
 

Vitor M C Ribeiro

Vítor Ribeiro
Há que ter em atenção que os conta-quilómetros dos Triumph Acclaim só vão dos 0 km até aos 99.999 km. Por isso ele pode já ter dado muitas voltas. Quando o meu pai o comprou ele ainda nem sequer tinha rádio pois era um carro de garagem. Fez 100.000 km depois de muitas viagens para Coimbra, onde o meu irmão estudou e agora tem cerca de 129.000 km. O carro estava IMPECÁVEL e ainda está em bom estado. Só precisa de uns retoquezitos na pintura porque tem um ou outro arranhão, nada de mais, e é o tal problema da caixa em que às vezes custa a engrenar a 1ª ou a marcha atrás e está aprecisar de uns amortecedores, mas dá para andar bem. Abraços.
 
Topo