Duvida hanomag henschel f20

Ricardo José Nobre

Portalista
Portalista
Esta carrinha que esttou para ir buscar esta no russio ao sul do tejo

Boa noite sabes onde posso tratar da informatização dos documentos em abrantes no sábado?
Boa noite,

Estive 3 vezes para ir ver esta carrinha, acabei sempre por adiar a ida...

É uma pena o estado da mesma, mas se é isto que queres, independentemente do que disserem aqui no Portal vai mudar a tua ideia, mas pensa bem!

Da minha parte, apenas te desejo força, isto porque são poucos os bate-chapas a quererem trabalhar em clássicos.

Concluído, não posso falar muito até porque tenho uma carrinha que um dia quero restaurar, 10x pior, portanto, são ideias :ph34r:

Quanto a informatizar os documentos no sábado, será muito complicado em Abrantes, pois acho que só a Conservatória o faz, porém, talvez tenhas sorte aqui, mas não sei se estará aberto:

Agência Automobilística e Documentação Rosa Brejo
Rua Cid Parthenay Bloco H-265-lj 6, Abrantes 2200-238 Abrantes
241 371 996


Boa sorte,
Cumprimentos.
 
Boa noite,

Estive 3 vezes para ir ver esta carrinha, acabei sempre por adiar a ida...

É uma pena o estado da mesma, mas se é isto que queres, independentemente do que disserem aqui no Portal vai mudar a tua ideia, mas pensa bem!

Da minha parte, apenas te desejo força, isto porque são poucos os bate-chapas a quererem trabalhar em clássicos.

Concluído, não posso falar muito até porque tenho uma carrinha que um dia quero restaurar, 10x pior, portanto, são ideias :ph34r:

Quanto a informatizar os documentos no sábado, será muito complicado em Abrantes, pois acho que só a Conservatória o faz, porém, talvez tenhas sorte aqui, mas não sei se estará aberto:

Agência Automobilística e Documentação Rosa Brejo
Rua Cid Parthenay Bloco H-265-lj 6, Abrantes 2200-238 Abrantes
241 371 996


Boa sorte,
Cumprimentos.
Obrigado pela força e por a informação eu vou buscala agora so tenho de ver se cabe no pronto socorro ligeiro
 

Rafael S Marques

Pre-War
Membro do staff
Premium
Delegado Regional
Portalista
Se não está informatizada, assim que a legalizares passas a pagar 32€ ou mais de 50€ de IUC pois quase de certeza que essa carrinha será comercial ou mista.

Boa sorte e vai dando novidades.;)

Abraço.
 

NunoCouto

Veterano
Premium
Tiago,

Não leves a mal algumas das questões que são feitas aqui. Sim, entrámos um bocado na brincadeira contigo mas penso que tudo o que está a ser dito é com espírito construtivo e com o intuito de te alertar para as possíveis consequências de comprar um veículo que está simplesmente demasiado demasiado danificado pela idade e marcado pela ferrugem.

Pelas respostas que deste não me pareceu (e perdoa-me se não for o caso) que tenhas experiência na recuperação de um veículo com tantas questões a resolver.

Se fosse um modelo onde as peças abundassem no mercado usado, onde a ferrugem não atingisse partes estruturais do carro e onde tivesses mostrado conhecimento sólido se calhar as opiniões já seriam diferentes.

Vontade e apoio é 50% do caminho para a recuperação mas sem os outros 50%, que é um base recuperável, o projecto dificilmente terá pernas para andar.

Repara que o próprio dono já teve a carrinha à venda e não foi vendida por algum motivo.
Repara igualmente que se que as partes estruturais estivessem mesmo boas o dono era o primeiro a dizer-te "Tire lá os painéis que vai ver que o chassis tem ferrugem mas não tem podres." - Foi dito? Não.
A própria questão do selo e de dizer que não paga é algo dúbia e pode trazer dissabores.
Tens documentação a tratar e não tens certezas absolutas de conseguires levar o processo a bom porto.

Tudo isto são questões importantes. E se vais trocar algo que tens pela carrinha, se calhar esse "algo" até poderá ter um valor no mercado que te permita ir buscar uma alternativa melhor.

O meu conselho? Se realmente tens vontade de entrar neste mundo de clássicos porque não escolher algo mais simples, mais rápido de recuperar e até ver como tu, o teu cunhado e o teu primo funcionam bem em conjunto?

Por exemplo, andam a aparecer toyotas hiace que são girissímas, têm mecânica de guerra e podem cumprir com o que pretendes até para ver se é mesmo isso que queres.

Toyota HiAce lh20 6lugares Agosto/82 - à venda - Ligeiros Passageiros, Porto - CustoJusto.pt

Fica a ideia. :thumbs up:
 

miguelcristovao

Portalista
Portalista
Sim foram sabe na vida nada é impossível tem de se ter e força de vontade e nao so ver problemas
Concordo contigo Tiago, a 100 %!

Mas vou dizer-te o que vai acontecer:

1- Compras a carrinha, todo contente. Aquela sensação porreira de a ver no reboque! Ignoras que o senhor do reboque olha para ti de cima a baixo a avaliar se estás bem psicologicamente, ou não.
2- Pagas o reboque. Teve que vir um pesado porque a carrinha não cabia num ligeiro. Mas pronto, é tua!!
3- Arranjas espaço para a descarregar. Um grande espaço. Não a consegues descarregar. Os travões não descolam. Vais chamar o vizinho com a retro para lá ir com uma cinta tirá-la do reboque. Ignoras outra vez o homem do reboque, com cara de "Tou velho pra esta merda! Amanhã meto os papeis para a reforma!!"
4- Trazes o carro de mão, uma vassora, uma pá. Começas a limpar a carrinha.
5- Vais despejar o carro de mão e voltas. Pensas que devias ter comprado um carro de mão maior ou uma carrinha mais pequena.
6- Depois do entusiasmo, vês buracos por todo o lado. Continuas entusiasmado até fazeres uma ferida na perna. Caíste da caixa de carga até ao chão.
7- Vais ao Hospital. Triagem. Pulseira verde.. Porreiro, vês no telemóvel imagens de carrinhas iguais restauradas.
8- Ficas sem bateria no telemóvel. Porra. És atendido de madrugada, chegas a casa já é dia.
9- Quando acordas, teus pais e namorada olham para ti com olhar reprovador. Ficas a pensar que se fosse droga o olhar não era tão mau. E saía mais barato também o vício.
10- Tudo combinado para começarem a tratar da carrinha. O cunhado não aparece porque tem um biscate bem pago para fazer. O primo tá de ressaca e acorda às 2 da tarde. Andaste tu de volta dela. Fizeste uma coisa aqui, outra ali. Sem ordem nem principio, mas sentes-te bem porque fazes qualquer coisa.
11- O cunhado vai arranjando desculpas para não lhe pegar. O primo entalou um dedo e está de baixa.
12- O espaço onde está a carrinha é preciso para outra coisa. Arranjas solução, mas é-te dado um ultimato.
13- Desanimas. Mas não dás o braço a torcer.
14- Começam a trabalhar nela. foram 2 caixas de minis para remendar meio metro quadrado de chapa e desmontar o motor de arranque.
15- Fazes contas à vida. Mais uma vez, se fosse droga saía mais barato que as minis.
16- A namorada queria um anel de noivado. Tu queres chapa nova para a carrinha.
17- Levas o sofá para a carrinha e passas lá a noite. Começa a chover. Arrependes-te de ter comprado uma carrinha tão podre.
18- Tentas minimizar as perdas. Pões a carrinha à venda. "Com restauro iniciado, sem peças em falta. Rara. Única no país." E poes uma foto da tua, e 30 fotos de carrinhas já restauradas.
19- Oferecem-te 200 euros só pelo párabrisas.
20- Compras o anel de noivado à rapariga. Ela chega a casa e pergunta pela carrinha. Respondes que não queres falar disso.
21- A vida continua. Há coisas muito bonitas, mas é para quem tem o backround na área, os recursos e o conhecimento.
22- O cunhado e o primo agora vão mais vezes aí a casa. Foi um peso que lhes saiu de cima.
23- As minis que tinhas comprado duram até 2023. Nem tudo é mau.
24- Tropeças num anuncio de algo pronto a andar. Compras, porque não gastaste 10 ou 15 mil euros a tentar restaurar a carrinha. Dás graças a Deus por ter sido um erro de casting.
25- Vais buscar a nova aquisição. Sais do local a conduzi-la, com seguro feito na hora. A namorada já é esposa na altura. Adora a compra, e partem de férias nesse mesmo instante...


Ficção? Sim... mas olha que...
Há tanta mas tanta gente que compra as coisas por serem baratas, mas que depois desiste antes de começar, ou a meio.. perdem tudo, o dinheiro e sobretudo o tempo e suor que investiram no projecto.
E por melhor que te des com o primo e cunhado, se esperas que terceiros estejam sempre disponíveis vais arranjar chatices e mau ambiente.. sem depender de ninguém é uma coisa, assim é outra.
Pensa bem Tiago... ninguém quer isso nem dado, no estado em que ficou.
Tira uma pausa e não penses nisso durante 1 semana, arrefece ai os ânimos.. estás muito focado nisso e não é bom para ti.

Para terminar.. se for só eu a ver problemas, ignora. Se forem mais 2 ou 3, pensa nisso. Se forem todos os que já aqui andamos à muitos anos....
 

José de Sá

"Life's too short to drive boring cars"
Portalista
Concordo contigo Tiago, a 100 %!

Mas vou dizer-te o que vai acontecer:

1- Compras a carrinha, todo contente. Aquela sensação porreira de a ver no reboque! Ignoras que o senhor do reboque olha para ti de cima a baixo a avaliar se estás bem psicologicamente, ou não.
2- Pagas o reboque. Teve que vir um pesado porque a carrinha não cabia num ligeiro. Mas pronto, é tua!!
3- Arranjas espaço para a descarregar. Um grande espaço. Não a consegues descarregar. Os travões não descolam. Vais chamar o vizinho com a retro para lá ir com uma cinta tirá-la do reboque. Ignoras outra vez o homem do reboque, com cara de "Tou velho pra esta merda! Amanhã meto os papeis para a reforma!!"
4- Trazes o carro de mão, uma vassora, uma pá. Começas a limpar a carrinha.
5- Vais despejar o carro de mão e voltas. Pensas que devias ter comprado um carro de mão maior ou uma carrinha mais pequena.
6- Depois do entusiasmo, vês buracos por todo o lado. Continuas entusiasmado até fazeres uma ferida na perna. Caíste da caixa de carga até ao chão.
7- Vais ao Hospital. Triagem. Pulseira verde.. Porreiro, vês no telemóvel imagens de carrinhas iguais restauradas.
8- Ficas sem bateria no telemóvel. Porra. És atendido de madrugada, chegas a casa já é dia.
9- Quando acordas, teus pais e namorada olham para ti com olhar reprovador. Ficas a pensar que se fosse droga o olhar não era tão mau. E saía mais barato também o vício.
10- Tudo combinado para começarem a tratar da carrinha. O cunhado não aparece porque tem um biscate bem pago para fazer. O primo tá de ressaca e acorda às 2 da tarde. Andaste tu de volta dela. Fizeste uma coisa aqui, outra ali. Sem ordem nem principio, mas sentes-te bem porque fazes qualquer coisa.
11- O cunhado vai arranjando desculpas para não lhe pegar. O primo entalou um dedo e está de baixa.
12- O espaço onde está a carrinha é preciso para outra coisa. Arranjas solução, mas é-te dado um ultimato.
13- Desanimas. Mas não dás o braço a torcer.
14- Começam a trabalhar nela. foram 2 caixas de minis para remendar meio metro quadrado de chapa e desmontar o motor de arranque.
15- Fazes contas à vida. Mais uma vez, se fosse droga saía mais barato que as minis.
16- A namorada queria um anel de noivado. Tu queres chapa nova para a carrinha.
17- Levas o sofá para a carrinha e passas lá a noite. Começa a chover. Arrependes-te de ter comprado uma carrinha tão podre.
18- Tentas minimizar as perdas. Pões a carrinha à venda. "Com restauro iniciado, sem peças em falta. Rara. Única no país." E poes uma foto da tua, e 30 fotos de carrinhas já restauradas.
19- Oferecem-te 200 euros só pelo párabrisas.
20- Compras o anel de noivado à rapariga. Ela chega a casa e pergunta pela carrinha. Respondes que não queres falar disso.
21- A vida continua. Há coisas muito bonitas, mas é para quem tem o backround na área, os recursos e o conhecimento.
22- O cunhado e o primo agora vão mais vezes aí a casa. Foi um peso que lhes saiu de cima.
23- As minis que tinhas comprado duram até 2023. Nem tudo é mau.
24- Tropeças num anuncio de algo pronto a andar. Compras, porque não gastaste 10 ou 15 mil euros a tentar restaurar a carrinha. Dás graças a Deus por ter sido um erro de casting.
25- Vais buscar a nova aquisição. Sais do local a conduzi-la, com seguro feito na hora. A namorada já é esposa na altura. Adora a compra, e partem de férias nesse mesmo instante...


Ficção? Sim... mas olha que...
Há tanta mas tanta gente que compra as coisas por serem baratas, mas que depois desiste antes de começar, ou a meio.. perdem tudo, o dinheiro e sobretudo o tempo e suor que investiram no projecto.
E por melhor que te des com o primo e cunhado, se esperas que terceiros estejam sempre disponíveis vais arranjar chatices e mau ambiente.. sem depender de ninguém é uma coisa, assim é outra.
Pensa bem Tiago... ninguém quer isso nem dado, no estado em que ficou.
Tira uma pausa e não penses nisso durante 1 semana, arrefece ai os ânimos.. estás muito focado nisso e não é bom para ti.

Para terminar.. se for só eu a ver problemas, ignora. Se forem mais 2 ou 3, pensa nisso. Se forem todos os que já aqui andamos à muitos anos....
:xD: :xD: :xD: Muito bom...:thumbs up:
 

miguelcristovao

Portalista
Portalista
Ja esta em minha casa correu bem

Agora e preciso muito trabalho
As rodas nao estavam coladas e o motor esta a trabalhar bem
Parabéns!!
Quero que saibas que não só respeito como apoio a tua decisão.
Tocámos todos em alguns pontos que te podiam fazer desistir do projeto, mas pensaste e seguiste em frente.
Isso só quer dizer uma coisa:
Tens o apoio desta comunidade para o que precisares.

Abre um tópico de restauro e siiigaaaaaaa pá frente!!
A partir de agora, não há entraves nem problemas, pergunta que toda a gente te vai tentar ajudar.
Força nisso!!!!
 
Topo