Renault '71 Renault R6 TL - "Le Croissant & O Compromisso De Honra"

Ivo António Santos

Portalista
Portalista
@Ivo António Santos, muitos parabéns pelo teu trabalho.
O que mais me desmotiva num clássico é a ferrugem. Não tenho tempo para ser eu a consertar nem dinheiro para mandar arranjar. E pelo valor de mercado do meu, não me parece merecer a pena o esforço. Por outro lado, andar com o carro sem fazer as reparações necessárias leva a vários problemas: já é quase impossível abrir a porta do condutor devido ao empeno da carroçaria, estou sujeito a que ceda um ponto de apoio da suspensão em andamento, e preocupa-me a integridade estrutural em caso de acidente. Já o meu daily driver foi um dos primeiros carros a ser galvanizados, por isso não apresenta um ponto de ferrugem, apesar de estar de resto completamente destruído. O que me leva a concluir que, por mais que eu adorasse ter uma lata velha como a tua, no futuro só comprarei carros mais recentes já galvanizados em que nunca tenha de pensar em trabalhos de chapa. Porque a alternativa é fazer o que estás a fazer, e poucos o fazem. As Renault 6 e similares vão ser pouco mais de meia dúzia dentro de poucos anos...
Obrigado pelo teu apreço no meu trabalho José! :) Já somos dois a pensar igual em relação à ferrugem, a questão é que se eu colocasse os factores "valor de mercado", o "tempo" e o "dinheiro" numa balança em relação ao meu projecto... :ph34r: Era para esquecer, pura e simplesmente. A realidade do mundo dos clássicos é mesmo essa. Ou se gosta muito de um determinado carro e se enfrenta aquilo que te desmotiva nele, ou mais vale parar de atirar dinheiro a um buraco sem fundo e procurar outro que precise de menos trabalho! (Às vezes a segunda opção é a mais lógica, racional e financeiramente viável):ph34r:

Porque se trata do restauro deste carro em particular e não de outro semelhante, (podia até comprar outro carro igual, mas não seria o mesmo! Provavelmente nem seria um Renault 6) Tendo esta possibilidade e sendo o valor do carro unicamente sentimental, decidi não ser tão "racional" se quiseres em relação ao restauro do nosso Renault 6! Depois não o faço por nenhum tipo de retorno financeiro, é mesmo só por orgulho, gosto e vontade próprios! O valor que este carro representa para nós não se insere em nenhuma tabela para cálculo da cotacão de mercado! :)

Este tópico para além das aulas práticas de recuperação automóvel também tem aulas teóricas sobre a história dos mesmos...

Muitos parabéns.

Abraço,
Tento, sempre que possível, fazer um enquadramento histórico! Não só pelo espírito de partilha, que acho que é o que todos fomentamos aqui, bem como para dar mais algum complemento ao tópico e não ser só mais um de tantos diários de restauro, que se centra só nisso mesmo! :)

Obrigado pelas palavras Gonçalo, um abraço!


Adorei!
Não sabia essa dos farolins do 127 Coriasco.

O resto da história já conhecia. As carroçarias Coriasco com base no 600 Multipla foram imensamente populares em Itália!
Nem sabes o quão feliz fico por saber que pude aqui contribuir para ampliar um pouco mais o conhecimento do grupo! :) Quase fiquei um bocadinho admirado por não saberes esta João! :lol:
Estou a brincar, aprendemos até morrer, é bem certo! ;)
 

Ivo António Santos

Portalista
Portalista
- A Saga do Suporte de Bateria, Part I -

(Desde já as minhas desculpas pela ausência de noticias, mas desde que troquei de telemóvel, este novo tira fotografias "boas de mais" e o fórum parece que não suporta o tamanho das mesmas... ainda estou a tentar achar um jeito fácil para as converter)

Se ainda se lembram o que restava do suporte de bateria tinha ficado em casa de um amigo ao mesmo tempo que o tanque para ser recuperado!

Ele começou por mandar as peças ao jacto para ver o que se aproveitava.... Depois de voltarem de lá o resultado não era animador... :ph34r:
received_935112756848951.jpeg received_2564085167015001.jpeg received_1136676856541613.jpeg received_440624603467445.jpeg

É verdade, até o suporte estava com "cara triste"! :( :xD::xD:
received_1226325467569966.jpeg

Todo o suporte estava muito deteriorado, a chapa é fina e também em muitos pontos com a oxidação rompeu ou estava já muito fraca... :confused:
received_1369862416503412.jpeg received_790103891421707.jpeg received_849779005425283.jpeg received_684304365390640.jpeg received_1137851123067305.jpeg

Conclusão: Toca a fazer um suporte de bateria novo a partir do que restava do original! :D

Ter um amigo com veia de serralheiro (e com paixão pelos clássicos) dá sempre um jeitão! :D Deixo-vos com algumas fotos detalhadas dos trabalhos, parecendo que não é uma peça algo complexa de se fazer! Foi feita com chapa mais grossa! Já deve durar outros 50 anos! :p
received_491058198291457.jpeg received_436279700640604.jpeg received_414734356115703.jpeg received_2789293821133382.jpeg received_2724242770959822.jpeg received_456167591675867.jpeg received_443053439663244.jpeg received_960854520929980.jpeg received_524438974797696.jpeg received_407689146574900.jpeg

Desde a base ao suporte, tudo em chapa nova! :D
received_402828123731435.jpeg received_688950138282644.jpeg received_2640138909341288.jpeg received_552155812277984.jpeg received_416726602359489.jpeg received_1484606068355578.jpeg received_2614428671957258.jpeg received_510755096323162.jpeg received_685936338583465.jpeg received_496645571062071.jpeg
(to be continued)
 

Francisco Relvas

Clas-sick
Portalista
- A Saga do Suporte de Bateria, Part I -

(Desde já as minhas desculpas pela ausência de noticias, mas desde que troquei de telemóvel, este novo tira fotografias "boas de mais" e o fórum parece que não suporta o tamanho das mesmas... ainda estou a tentar achar um jeito fácil para as converter)

Se ainda se lembram o que restava do suporte de bateria tinha ficado em casa de um amigo ao mesmo tempo que o tanque para ser recuperado!

Ele começou por mandar as peças ao jacto para ver o que se aproveitava.... Depois de voltarem de lá o resultado não era animador... :ph34r:
Ver anexo 1174731Ver anexo 1174732Ver anexo 1174733Ver anexo 1174734

É verdade, até o suporte estava com "cara triste"! :( :xD::xD:
Ver anexo 1174735

Todo o suporte estava muito deteriorado, a chapa é fina e também em muitos pontos com a oxidação rompeu ou estava já muito fraca... :confused:
Ver anexo 1174736Ver anexo 1174737Ver anexo 1174738Ver anexo 1174739Ver anexo 1174740

Conclusão: Toca a fazer um suporte de bateria novo a partir do que restava do original! :D

Ter um amigo com veia de serralheiro (e com paixão pelos clássicos) dá sempre um jeitão! :D Deixo-vos com algumas fotos detalhadas dos trabalhos, parecendo que não é uma peça algo complexa de se fazer! Foi feita com chapa mais grossa! Já deve durar outros 50 anos! :p
Ver anexo 1174741Ver anexo 1174742Ver anexo 1174743Ver anexo 1174744Ver anexo 1174745Ver anexo 1174746Ver anexo 1174747Ver anexo 1174748Ver anexo 1174749Ver anexo 1174750

Desde a base ao suporte, tudo em chapa nova! :D
Ver anexo 1174751Ver anexo 1174752Ver anexo 1174753Ver anexo 1174754Ver anexo 1174755Ver anexo 1174756Ver anexo 1174757Ver anexo 1174758Ver anexo 1174759Ver anexo 1174760
(to be continued)
Que trabalhos Ivo... estou sem palavras outra vez! :wub:
 

Guilherme Bugalho

BUGAS03
Portalista
- A Saga do Suporte de Bateria, Part I -

(Desde já as minhas desculpas pela ausência de noticias, mas desde que troquei de telemóvel, este novo tira fotografias "boas de mais" e o fórum parece que não suporta o tamanho das mesmas... ainda estou a tentar achar um jeito fácil para as converter)

Se ainda se lembram o que restava do suporte de bateria tinha ficado em casa de um amigo ao mesmo tempo que o tanque para ser recuperado!

Ele começou por mandar as peças ao jacto para ver o que se aproveitava.... Depois de voltarem de lá o resultado não era animador... :ph34r:


É verdade, até o suporte estava com "cara triste"! :( :xD::xD:


Todo o suporte estava muito deteriorado, a chapa é fina e também em muitos pontos com a oxidação rompeu ou estava já muito fraca... :confused:


Conclusão: Toca a fazer um suporte de bateria novo a partir do que restava do original! :D

Ter um amigo com veia de serralheiro (e com paixão pelos clássicos) dá sempre um jeitão! :D Deixo-vos com algumas fotos detalhadas dos trabalhos, parecendo que não é uma peça algo complexa de se fazer! Foi feita com chapa mais grossa! Já deve durar outros 50 anos! :p
Ver anexo 1174741Ver anexo 1174742Ver anexo 1174743Ver anexo 1174744Ver anexo 1174745

Desde a base ao suporte, tudo em chapa nova! :D
Ver anexo 1174751Ver anexo 1174752
(to be continued)


Pois é esse teu amigo tem jeito, e tem uma coisa que eu ando a cobiçar há muito tempo; falta de coragem para comprar …. esses esquadros magnéticos ….

:wub::wub::wub::wub:
 

JorgeMonteiro

...o do "Boguinhas"
Membro do staff
Premium
Portalista
troquei de telemóvel, este novo tira fotografias "boas de mais" e o fórum parece que não suporta o tamanho das mesmas... ainda estou a tentar achar um jeito fácil para as converter
Para reduzir no smartphone haverá certamente alguma app.

Eu faço upload automático das fotos para o PC com a dropbox e depois uso o image resizer no windows
 

Ivo António Santos

Portalista
Portalista
Pois é esse teu amigo tem jeito, e tem uma coisa que eu ando a cobiçar há muito tempo; falta de coragem para comprar …. esses esquadros magnéticos ….

:wub::wub::wub::wub:
Este meu amigo gosta disto tanto ou mais que eu e tem muito jeito mesmo! :)
Olha Guilherme, aproveita esse do Lidl! Tenho cá um e é bem bom pelo preço! Já tem dado jeito! ;)

De serralheiro a ourives... Pouco falta! Muito bom trabalho!
Sem sombra de duvida Miguel! :) Eu só lhe disse a ele o mesmo que digo a todas as pessoas que te tenho procurado para me ajudarem nisto: "Faz como se fosse para ti, e diz-me quanto é!" :)

Para reduzir no smartphone haverá certamente alguma app.

Eu faço upload automático das fotos para o PC com a dropbox e depois uso o image resizer no windows
Obrigado pela dica Jorge! ;) Vou passar tudo para o PC e converter as fotos! :cool:

Pronto...agora o carro vai ficar mais inclinado desse lado com o peso a mais da chapa .... a brincar, muito bom gosto e profissionalismo.
:xD::xD::xD::xD: Ficou à vontade a pesar quase o dobro (mas o original era feito de folha de papel, quase como o resto do chassi do carro):lol::lol::lol:!
Obrigado a todos em nome de mais uma daquelas pessoas que, como alguns de nós, faz anonimamente muito pelo mundo dos clássicos, só por amor à camisola! Também acho que os elogios são merecidos, ele esmerou-se! :)
 

Guilherme Bugalho

BUGAS03
Portalista
……………..

Obrigado pela dica Jorge! ;) Vou passar tudo para o PC e converter as fotos! :cool:

…………….

Há por aí coisas que não percebo … converter porquê ??? o_O


Para guardar no PC ou em qualquer outro lado … sempre no máximo da resolução (tamanho) depois podes diminuir ..
Assim manténs sempre a melhor qualidade … quando necessitares diminuis. Agora se diminuis depois não podes aumentar … e perdes qualidade ....
É lixado mas verdade ...

Nos vídeos também podemos optar por formatos de compressão um bocado complexos como por exemplo o H.264, ou Advanced Video Coding (AVC), e o H.265, também chamado de HEVC (High Efficiency Video Coding).
Mas também aqui há um problema … se escolheres o formato H.265 (que é extremamente pequeno) depois na edição de vídeo não dá para fazer "camara lenta" ...

Pessoalmente guardo no melhor e depois para publicar "reduzo". É certo que fica mais caro em DVD de segurança, mas ao preço a que estão, não é significativo. Já lá vai o tempo de gravações de dvd a 500 escudos … :wub::wub:
 

Guilherme Bugalho

BUGAS03
Portalista
Elementar meu caro... :thumbs up:;)
O software que indiquei faz cópias reduzidas das imagens. Não tem forçosamente que reduzir os originais.
Se, se carrega com no botão do lado direito do rato sobre uma imagem e depois se vê "propriedades", e indicar menos "K" ou megas lá foi a "qualidade" para o beleleu ....
Há muitos formatos de compressão de imagens fotográficas, quanto mais pequeno o tamanho menor qualidade ...
Essas imagens podem dar para "desenrascar" ... mas se quiserem usá-las para serem tratadas em fotografia publicitaria vai ser lindo.
Em resumo ... quanto menos DPI pior imagem ...

 
Topo