Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Evolução dos preços dos carros

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Fernando Salgueiro, 25 Jul 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Fernando Salgueiro, 25 Jul 2008.

  1. Viva!

    Ando aqui a tentar fazer um pequeno estudo sobre a evolução dos preços dos carros desde 1965 a 1985, em Portugal. O estudo pretende ser comparativo, entre a desvalorização do escudo e o aumento do preço de diversos modelos. Infelizmente, tenho muitas revistas estrangeiras, principalmente, alemãs, inglesas, francesas e italianas, mas muito, muito poucas portuguesas.

    Haverá por aqui algumas almas caridosas que estejam na disposição de publicar aqui, digitalizadas, as tabelas de preços dos automóveis novos que, nem sempre mas às vezes, vinham publicadas nas revistas portuguesas da época? :feliz: Sim, porque eu imagino que deve haver por aqui muita malta que guarda religiosamente as revistas portuguesas desta época.

    Bem haja, desde já.
     
  2. Já tinha oportunamente enviado esta lista, já não sei para que tópico. Foi publicada na Revista do ACP. Aqui fica novamente:

    PREÇOS DOS CARROS NOVOS EM 1981
     

    Ficheiros Anexados:

  3. Muito obrigado. Se tiver de outras datas ou mais alguém tiver outras revistas, agradecia.
     
  4. Os carros de hoje, oferecem muito mais por pouco mais (proporcionalmente). Mas são mais caros, ajustando os preços.

    Se tiverem de outras datas ou mais alguém tiver outras revistas, agradecia.
     
  5. Os carros são mais caros em Portugal não à dúvida....
    Sou português para uns coisas e estrangeiro para outras :D:D:D
    Os carros antigamente valorizavam,hoje tá quieto :(-
     
  6. Valorizavam? Os carros sempre perderam valor com o tempo. O dinheiro é que valia cada vez menos, em épocas de grande inflação, como foi o pós-25 de Abril, por exemplo.

    Mais alguém tem dados que me possa facultar?
     
  7. Nao sou desse tempo!

    mas recordo-me do preço de dois carros em 1994

    Toyota Corolla 1.3XLI liftback - 3300 contos

    Fiat Punto 1.2 ELX (5p) - 2281cts
     
  8. Estranho, é que o meu pai comprou um carro em 79 por 200 contos e vendeu em 88 por 400 contos (moeda antiga).
    Geralmente os carros de hoje valem menos do que se paga.
     
  9. duhhhhhhhhhhhhh

    a inflacçao é que era muito grande...

    200 cts nessa data eram muito dinheiro, bem mais que 400cts quando o vendeu

    duhhhhhhhhhhhhhhh

    isso era um fenomeno
     
  10. 200 contos, em 1979, equivalem a 2070 contos de hoje. Basta ir ver uma tabela de coeficientes de desvalorização da moeda.

    400 contos, em 1988, equivalem a 984 contos de hoje. Ambos convertíveis em euros, o que é indiferente em termos de relação.

    Seguramente que esse carro em concreto desvalorizou.

    Mais alguém tem dados que me possa facultar?
     
  11. Boa resposta Fernando!
     
  12. Ninguém tem revistas?
     
  13. nessa altura eu ainda era muito novinho ou nem sequer era nascido!lol
     
  14. O meu volvo custou 14700 contos em 1989 quanto da?
     
  15. 32487 contos.

    Estou a ver que ninguém tem mais dados, só com 2 revistas não dá para fazer nada.:(-
     
  16. Vi aqui numa revista, de 1968, que o preço da gasolina super era de 6,50 escudos por litro. Alguém me pode confirmar, por experiência e memória, esta informação?
     
  17. Em breve coloco as tabelas de 73 e 79...
     
  18. eu nao tnho nada disso... ainda sou novo... lamento nao poder ajudar!
     
  19. Desculpem lá, mas não sou lá muito bom a matemática. Se fosse, estaria a trabalhar com o meu amigo francés Norbert , na Rolls Royce, a fazer motores para aviões.

    Não percebo lá muito disso de desvalorizações , e inflacções , mas sei o que custava comprar um carro por volta do 25 de Abril. Bastante.

    Podemos ,se calhar, comparar o esforço que uma família faz hoje para comprar um carro, e o esforço que fazia na altura. Por exemplo, quando andava na Priméria, em TODA a escola havia um pai que vinha buscar o filho com um Mini 850! Só uns anos mais tarde, é que o meu pai lá apareceu com o Datsun 120Y do patrão, e foi uma festa. Só uns anos mais tarde pele pode aceder a um Morris Marina 1.3 ( HG-40-46)que mesmo assim tinha umas peças partidas.

    Quando entrei para a tropa, ja em 1990, entre 600 recrutas, apenas cerca de 10 tinham carro! Graças á minha pão de forma, conseguia arranjar dinheiro para "os copos" levando pessoal de e para a estação. Conseguia manter a minha Pão de forma, graças a trabalhar nas oficinas, e como sabem, o grosso da frota das forças armadas eram carochas.

    Hoje, com o advento dos "cofidis" e dos "Credifácil" , qualquer cão e gato pode aceder a um automóvel novinho em folha, mesmo não tendo um tostão na carteira. Como o dinheiro é muito mais fácil de aceder, e é para pagar aos bochechos, as pessoas não se importam de pagar um balurdio por um carrito.

    Outrora, tendo de recorrer a familiares para emprestar "cinquenta contitos", indo depois ao banco pedir umas "letras", os stands eram mais comedidos em pedir dinheiro. E havendo poucos carros e pouca transacção, era normal que os preços dos carros se mantivessem sem grande quebra.

    Eis alguns "preços" de que me lembro, de um stand de usados próximo da minha casa. Era para lá que eu ia sonhar...Isto em 1976:

    Jaguar Xj6......400 contos ( Um balúrdio!)
    Opel GT ( Parecido com um Corvette).....250 contos ( Uma enormidade!)
    Porsche 914 ( Com o pára brisas rachado) 120 contos ( Nunca na vida!)

    Mais tarde, o dono de um pronto a vestir comprou um Datsun Sunny novinho em folha:350 contos. Com letras ao banco. Um fenómeno! E o dono da bomba de gasolina, em 1983, comprou um Renault 9 por 850 Contos....Obsceno!

    Acredito que ao menos agora, nos tempos que correm , dispomos de mais escolha. Continua a ser obsceno dar dois mil e tal contos por uma grade de cervejas como o C1 e compahia limitada, quando por um quarto disso podemos montar-nos num clássico dos anos oitenta.

    Nos anos setenta, não. Era isso, ou andar de AEC...
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página