Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Duvida No Clássico A Comprar

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Diogo Bandeira, 24 Jan 2014.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Diogo Bandeira, 24 Jan 2014.

  1. Viva meus caros ;)

    Conforme me apresentei noutro tópico, gosto de carros com curvas, com frisos, com charme... No entanto o orçamento não é assim tão alargado hehe

    Então vi dois carros que gosto, um Opel Olympia Rekord P1 de '57 e um Hillman Minx de '62

    Eu adoro a traseira do Hillman mas em tudo o resto adoro o Olympia, mas para mim tem que ser com a edição 2 cores.
    Após muito ponderar estou mais inclinado para o Opel mas peço a vossa opinião.

    Questões: Tenho ideia que o Opel tem um valor superior e é um carro mais imponente (ainda que apesar de ser um investimento o meu principal critério e sentir-me bem no carro e não o valor de mercado que não o conto vender)

    No entanto o Opel, faltam-lhe os espelhos de origem, e cromar tudo o que é "prateado" :p
    É um carro que está parado há 27 anos mas que o dono (emigrante e que regressou) sempre que vinha cá punha-o a trabalhar. Não gosto da cor, e como disse, que terá de ser com as duas cores, vai-me obrigar a pintá-lo todo.

    O Hillman, adoro a traseira, mas tudo o resto não me seduz muito. Acho que o friso lateral n é o original, os espelhos tb não, n tem os centros das jantes, e a grelha frontal parece-me do convertible, mas vejo no google muitos minx com aquela grelha tb. No entanto este precisa de muito menos trabalho e o dono diz que n tem IPO mas faz-se, está tudo ok, basta um seguro e trago-o a andar, o Opel vem de reboque, e estando parado há tanto tempo vai requerer sempre alguns cuidados.
    Preço do Opel: 2500
    Preço do Hillman: 2600

    Deixo-vos fotos de ambos
    Aguardo opiniões :D

    Ver anexo 329470Ver anexo 329471Ver anexo 329472Ver anexo 329473Ver anexo 329474Ver anexo 329475Ver anexo 329476Ver anexo 329477Ver anexo 329478Ver anexo 329479Ver anexo 329483Ver anexo 329482Ver anexo 329481Ver anexo 329480
     
    Jorge M Silvestre gostou disto.
  2. Meus caros. Onde estão as vossas opiniões?! =/
     
  3. epa... eu não me vou prenunciar.. so agora percebi que as fotos eram de 2 carros diferentes pelas matriculas... os carros são bue parecidos... eu nasci em 94.... e nem sei nada sobre este dois carros em causa...
     
  4. Meu caro:

    Se quer a minha opiniao, compre um carro que GOSTE EFECTIVAMENTE e nao faça favores a si proprio.
    Nao queira ter um carro antigo, so por ter, porque, estas coisas dos classicos nao terminam, quando compramos um carro. Muitas das vezes começa.
    Pelas fotos, o Opel tem muito onde gastar dinheiro.
    O Hilman...... Eu tenho 52 anos e sinceramente nao me lembro de alguma vez ter visto esse modelo de carro.
    Pelo aspecto, parece estar mais ou menos, falta saber o resto............... e o resto esta por dentro do carro e por debaixo da tinta.

    Abraço
     
  5. Parece-me que o Hillman será mais raro e pessoalmente até o acho bem atractivo. O Opel sem dúvida que parece estar a precisar de mais trabalhos mas ambos facilmente multiplicam o valor de compra aquando de qualquer restauro (ou ligeiro restauro).

    Abraços
     
    Diogo Bandeira gostou disto.
  6. Pelas fotos a mim parece-me que ambos os carros se apresentam bastante sólidos.
    Curiosamente vistos de frente são bastante parecidos. Como foi dito o Hillman é um carro mais raro.
    Não tenho lembrança de alguma vez ter visto algum ao vivo.
    Eu pessoalmente gosto mais do Rekord, também conhecido por "bandeirinhas". Note que um carro parado á 27 anos poderá ter muitos problemas escondidos que á 1ª vista poderão não se ver.

    Mas no fim é mesmo escolher aquele que gosta mais e que lhe parece ser o melhor negocio.

    Boa comprawink.png
     
  7. Eu ia para o Hilman pela raridade e por aparentar melhor aspeto, mas tem o contra da dificuldade em encontrar material.

    O opel tem a vantagem de se arranjar material com mais facilidade, mas é um carro mais vulgar e aparenta mais trabalho pela frente, mas isto de ver só fotos é complicado...
     
  8. Diogo,


    Primeiro os meus parabéns por vires aqui pedir opiniões/informações mostrando os casos concretos. Não é assim tão frequente em membros com poucos posts e por isso deve ser sublinhado.
    Do outro lado da escala temos as desculpas esfarrapadas tipo "não coloco fotos do meu carro por respeito aos donos anteriores"

    Os dois modelos são bons exemplares do "Transatlantic Look", carros europeus dos anos 40 (ex. Peugeot 203) , 50 (ex. Opel Olympia Reckord), 60 (ex. Mercedes W11 "Fintail") e 70 (ex. Ford Cortina MkIII) com linhas inspiradas nas tendências em voga do outro lado do Atlântico (US). Com algumas exceções (Citroen...) quase todas as marcas europeias por lá passaram, mesmo a Mercedes não resistiu a colocar uns "rabos de peixe"**

    **fins em inglês ; http://www.google.pt/search?q=cadillac+fins&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=G2zlUq3mDaPy7AaBlIHQCg&ved=0CAcQ_AUoAQ&biw=1007&bih=703

    Eu ia pelo Opel, terá um restauro mais caro mas será sempre um carro mais fácil utilizar. ´É um carro mais fiável melhor construido mas muita atenção aos cromados, é dificil arranjar quem os restaure e é um processo caro.

    O meu sogro teve um Sunbeam (marca do mesmo grupo/fabricante do Hillman) e nunca mais quis nada da velha albion, quando havia humidade já não pegava, depois comprou um Toyota e nunca mais quis outra coisa. (ainda vou ser insultado mas é um caso real)

    No entanto gosto muito do Hillman e dentro do genero (made in GB) nem era dos piores.


    Aguardamos o report e mais fotos.

    nuno granja
     
  9. Escolha o que lhe mais "prender", tanto a custos, como por gosto / paixão.

    Na minha opinião, preferia o Hillman, já não se vê muitos, e aparenta estar em excelente estado! ;)

    A nível de peças, + ou - encontra-se tudo em Uk, ou não seriam eles a "Meca" do automóvel!
     
  10. Subscrevo tudo o que foi aqui dito.

    A decisão deverá convenientemente passar pelos custos associados a cada um dos restauros, sendo que atendendo às marcas em causa e às vantagens da Internet, não deverá ser muito complicado encontrar peças aqui pela Europa.

    Agora, na minha opinião, o mais importante será sempre optar por um projecto/carro que realmente lhe agrade pessoalmente.

    Se não gostar verdadeiramente daquilo a que se está a dedicar/investir, a probabilidade de desmotivação a cada nova factura que lhe aparecer será maior.

    Boa sorte!
     
  11. Fui hoje ver o Opel e sinceramente fiquei com vontade de ir para a semana buscá-lo, a questão é que, ele pega à primeira, tá tudo ok (ao que parece) de motor, naturalmente precisará de rever travões e essas coisas. No entanto terá que ser pintado, tem algumas "barrigas" e pontadas de ferrugem (sobretudo na zona dos para choques e junto às óticas) perceptivel nalgumas fotos. Quanto a cromados, estão aceitáveis mas requerem uma polidela pra puxar o brilho. Considerando apenas o vísivel aos olhos: pintura (1000€ ou +), cromar para-choques (200€ ou +), espelhos originais, mudar borrachas dos frisos. um farolim partido, um pisca partido e algum trabalho de chapa (nomeadamente um braço da direção um bocado corroído), pintar volante, arranjar travões e restante mecânica, uns 2000€ poderão n ser suficientes. Mas até 5000€ (restauro + valor inicial) não me parece desperdício para o carro que é, a questão é que sou um puto e hoje em dia tenho trabalho, para o mês que vem posso n ter, e n queria comprar o carro e depois, por alguma questão financeira, não poder terminar o projecto.

    O Hillman é de Braga e fica-me longe ir ver o carro, mas parece-me de facto em muito melhor estado.

    Continuo a gostar mais do Opel, mas acho que entre o gosto preferencial pelo opel vs gastar o dobro do dinheiro, poderá não justificar. Mas tb tenho medo de comprar o Hillman e ficar sempre com o bichinho do Opel (o que não impede que mais tarde venha a ter os dois mas...tongue.png )
    O que menos me agrada no Opel é o facto de ser efetivamnte um carro mais vulgar (até porque ao que li, o Ford 1200 que saiu a seguir partilha as mesmas linhas).

    O meu dilema agravou-se!sad.png
     
    ricardo silva neves gostou disto.
  12. Nuno,

    Obrigado por toda a informação e contextualização. Eu tenho estado de facto mais inclinado para o Opel, muito também pela questão que muita gente a quem peço opinião do Hillman me diz "quê? não conheço!" e não consigo um bom feedback nesse sentido. Neste momento pela opinião dos demais (que agradeço imenso) começo a tombar a minha decisão para o Hillman, mas não quero de facto um carro que me vá andar sempre a dar problemas mecânicos :s Disse que não era dos piores, mas isso, ainda assim, não é uma opinião favorável :) Acha que me vai dar dores de cabeça frequentemente, o Hillman?

    Obrigado ;)
     
  13. Eu pessoalmente gosto mais do Opel.. Óbvio que existem mais carros desses, mesmo assim conta-se pelos dedos de uma mão os que se cruzam comigo por essas estradas.
    Pede opinião familiar, as vezes ajuda nas decisões.
     
  14. A opinião familiar é: o meu pai gosta dos "potentes", com cavalos! ou o boca de sapo...a minha mãe só quer que compre um Morris Minor, porque era o carro do meu avô quando era pequena (mas não há tusto :p) o meu irmão... quer é dormir, e o que vier, pedir-mo emprestado :)
     
  15. Pelo que vi das fotos o Hillman está em melhor estado. Mas tudo depende do gosto, e do plafond que ainda t€m disponível para tratar dos pormenores ao Rekord, claro está, se a escolha recaia no opel.

    Abraço
     
    Diogo Bandeira gostou disto.
  16. O Dono do Opel Rekord já o vendeu!! :'(

    Agora tou a pensar ir ver o Hillman, mas fica sempre aquela pena do Rekord. Ha outro na net, mas pede + 1000€, no mesmo estado. Não compensa

    Se alguem souber de um Rekord P1 para venda, avise. Obrigadobiggrin.png
    Ou o Kapitan, tb gosto, de preferência o de 53-58 mas o P1 tb serve!
     
  17. Diogo,

    É sempre um amargo de boca quando enquanto decidimos e o carro é vendida! Mas, talvez até seja melhor assim, facilita-te a vida. Pessoalmente também gosto de carros bicolores - tenho um Volvo 121 assim, - e o Hillman parece estar em estado muito razoável. Quanto menos tiveres que fazer no carro, melhor!
     
  18. Diogo, o fundamental para uma boa escolha é ver o maior numero possível de carros e recolher o máximo de informação.

    Não se preocupe se o Opel foi vendido. Há montes de clássicos à espera de novo dono...

    Veja o que é importante para si num clássico - faça uma lista de prioridades.

    Procure muito, informe-se muito e vai ver que de repente lhe aparece o carro ideal...

    E nesse nível de valores (aprox. 2500€) tem muitos e bons clássicos por onde escolher.

    Boa sorte na procura!
     
  19. Concordo com todas as opiniões anteriores. Acima de tudo o carro deve dizer-nos alguma coisa, porque são os nossos euros e o nosso entusiasmo... e nada mais interessa.

    Dito isto, eu pessoalmente talvez preferisse o Minx, porque aquelas reacções do estilo "Hillm... o quê?" têm piada. É uma marca que já desapareceu há muito, mas que em Inglaterra tinha imensa tradição, e alguns modelos bastante interessantes. O material localiza-se todo facilmente lá, com a internet hoje em dia nada fica sem solução. Existem também clubes da marca que podem ajudar nalguma questão mais difícil, por isso com net e uma boa prática do inglês safas-te com facilidade.

    Quanto à fiabilidade, não sei se era assim tão mau... o grupo Rootes tinha imensa presença no mercado britânico e fora dele, e algum prestígio. Começou a cair em declínio só já nos anos 60 com a sucessiva troca de donos do grupo e a homogeneização com outras marcas.

    Seja como for, com o acesso ao saber de décadas de retrospectiva, tudo se resolve, e não há nada que complique demasiado o uso de um carrito destes com regularidade. Podes inclusivé com algumas adições simples torná-lo mais fiável e seguro, por isso não tenhas receios a esse nível. Se ainda por cima o carro está direitinho e a bom preço, é de aproveitar, já não é coisa que nos possamos dar a esse luxo com facilidade por esse orçamento e ficar com um carro tão pouco vulgar.

    Um abraço!
     
  20. Já falei com o dono do Hillman, em princípio no Domingo vou vê-lo :)
    (ainda que me seja bastante longe mas..)
    Ele diz que o carro parece que está a ficar mais escuro, é normal? Uma polidela resolve?
    E alguem me sabe confirmar se a grelha da frente é original? é que julgava que esta era a grelha do convertible, mas vejo muitos com esta grelha no google. e tb vejo muitos com o friso lateral diferente. Isso teria a ver com edições ou não será mesmo original?
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página