Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Todos os registos com zero comentários e sem visitas ao Portal nos últimos 12 meses serão removidos definitivamente da base de dados.
    Fechar Aviso
  3. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Carro Penhorado em 42 mil €

Tópico em 'Legislação' iniciado por Mauro Pereira, 9 Mar 2010.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Mauro Pereira, 9 Mar 2010.

  1. Mauro Pereira

    Mauro Pereira YoungTimer

    Registo:
    28 Ago 2008
    Local:
    Sintra
    Pois é meus amigos... Não sei como sair desta...

    Comprei um carro de 94 para o dia a dia, carro esse sem motor, seria para aproveitar o motor de um carro acidentado de um familiar meu.

    Fez-se as declaraçoes de venda pegou-se no reboque e lá veio o carro.

    No dia em que fui modar o carro para meu nome, foi-me dito pela senhora do registo, que tinha uma penhora do carro em 42 mil € registada em 2006. Eu com isto, claro, caiu-.me tudo, um pouco abanado, lá a mulher me disse isto... "Não se priocupe, se isto lhe vierem boscar o carro, coisa que duvido, tambem pelo valor comercial nem se dão ao trabalho. Pode andar á vontade!"... Eu lá com a lavagem cerebral dela, lá deixei meter o carro em meu nome... UMA TERMENDA ESTUPIDES...

    A passar o caso a amigos meus, lá um conhecido PSP me disse que o carro estaria para ser apreendido desde 2002...

    Agora? O homem que me vendeu o carro, alega que não sabia, mas a verdade é que o teve na garagem 3 anos parado sem motor, o porque nao me disse.... Adivinha-se...

    O que posso fazer perante isto??? Tenho-o em via publica parado, sem motor, mau aspecto.... Etc..


    Quero-me desfazer deste embrolio... Mas não sei como... Já nem penso no dinheiro que perdi... Só não quero é ter o carro em meu nome...

    Já liguei para a Policia Municipal e Imtt, mas dizem que não têm a ver com o assunto...

    Amigos... O que poderei fazer perante isto???
     
  2. Ricardo.Ferreira

    Registo:
    13 Abr 2009
    Local:
    Barreiro
    Boas, grande encrenca essa!Nunca tiva ouvido falar em nada parecido...Boa sorte na resolução.
     
  3. fabio queiros

    fabio queiros YoungTimer

    Registo:
    24 Dez 2009
    Local:
    cascais
    boa noite amigo mauro pereira
     
  4. fabio queiros

    fabio queiros YoungTimer

    Registo:
    24 Dez 2009
    Local:
    cascais
    amigo nao tou a perseber bem iso
     
  5. fabio queiros

    fabio queiros YoungTimer

    Registo:
    24 Dez 2009
    Local:
    cascais
    o carro ta penhorado em 42 mil euros porque
     
  6. fabio queiros

    fabio queiros YoungTimer

    Registo:
    24 Dez 2009
    Local:
    cascais
    porque e a sim se o carro ta no seu nome iso e fasil resouver e mandares abater o carro
     
  7. Claudio Vilas

    Claudio Vilas Portalista
    Portalista

    Registo:
    1 Fev 2012
    Local:
    S. Mamede infesta
    Mauro:
    Há alguma coisa mal contada!!!!!!!!!!!!
    Que marca é o carro?
     
  8. João Paulo Ferreira

    Portalista

    Registo:
    5 Nov 2007
    Local:
    Lisboa
    Abre um buraco e enterra-o.

    Era o que fazia um empreiteiro falido, que conheci há muitos anos.
    Quando aparecia um oficial de justiça e lhe penhorava um carro, ele abria um buraco com uma retro e enterrava-o no estaleiro.
     
  9. nuno granja

    nuno granja petrolhead
    Portalista Autor

    Registo:
    2 Jul 2007
    Local:
    Lisboa
    Parece ser uma história mal contada.


    nuno g
     
  10. António Flores

    António Flores Clássico

    Registo:
    31 Dez 2006
    Local:
    Alverca
    Manda abater o carro no centro de abate.
     
  11. Mauro Pereira

    Mauro Pereira YoungTimer

    Registo:
    28 Ago 2008
    Local:
    Sintra
    Boa Noite a todos... Desde já agradeço a respostas....

    O carro pelo que me foi informado, pertencia a uma empresa de tintas que faliu, e depois a dita penhora seria de 42 mil €, onde o carro se encontra como um bem penhoravel... Trata-se de um Fiat Punto TD comercial de 94, que pouco mais de 700€ vale...

    Agora mandar abater, já me disseram isso.. Mas outros já disseram que a matricula não dá para abater porque tem uma penhora registada... Ou seja, pode-se modar de nome, mas nao mandar abater...
     
  12. A Cardoso

    A Cardoso Veterano

    Registo:
    21 Jan 2008
    Local:
    Viseu
    Só aceitam um carro para abate, se não tiver ónus (penhoras, reserva de propriedade, dívidas fiscais, etc...)
    Tenho um familiar com um problema idêntico, assim:
    1 - Compra e paga um A4 em Janeiro de 2008 (com 1,5 anos) num stand reputado da terra;
    2 - Como prática corrente é o vendedor que trata dos documentos, logo não fica a par da situação do carro;
    3 - Recebe os doc. em seu nome sem nenhum ónus…;
    4 - Paga impostos, seguros é mandado para pela BT, nada a assinalar;
    5 - Em Agosto de 2009, recebe a visita da PSP com um mandato de apreensão do carro;
    6 - Fica sem carro;
    Conclusão, o carro na altura da compra tinha um processo de penhora a decorrer por dívidas do antigo proprietário, e entretanto saí a decisão do tribunal para “caçar” o carro, agora está metido em tribunais e em recursos de ambas as partes.
    Passou-se meio ano e nem carro nem dinheiro, só despesas e a andar a pé que faz bem ao colesterol. O carro está à guarda de um solicitador, sabe Deus em que condições e quando sair a sentença final depois de 300000 recursos, sabem o que vai receber?....Um grosso....

    O meu conselho é que ao comprarem um usado, exijam sempre ver os documentos e consultem a conservatória do registo automóvel ou o site Automóvel Online para saberem o estado do carro.

    No teu caso só vejo uma solução, cortá-lo às fatias espalha-lo ao vento e participar o seu roubo para te livrares da sua responsabilidade, ou então enganar mais um. Claro que nenhuma das duas é honesta.

    Continuo sem compreender como é que a conservatória do registo automóvel aceita a transferência de propriedade um carro penhorado, está somente a contribuir de forma activa para a FRAUDE. Por outro lado não aceita a transferência de propriedade de um veículo com a matrícula anulada, não sei o que é mais grave.

    Para conclusão estás na M€RD@.
     
  13. Ricardo Cunha Carreiras

    Registo:
    3 Jul 2007
    Local:
    Viana do Castelo
    Há aí elementos a faltar.

    Procure um advogado
     
  14. Luis Machado

    Luis Machado YoungTimer

    Registo:
    13 Ago 2006
    Local:
    Vale de MIlhaços
    Um carro com penhora não pode ser vendido, a conservatória fez m$%$&.
     
  15. diogo leite

    diogo leite Veterano

    Registo:
    2 Set 2006
    Local:
    anadia
    tente informar-se nas finanças, assuntos de penhoras é com eles
     
  16. Francisco Lemos Ferreira

    Staff Portalista

    Registo:
    8 Fev 2007
    Local:
    Lisboa
    Boas Marco

    Azar Amigo o_O

    No regime anterior, consistindo a penhora na apreensão do veículo automóvel e seus documentos, que podia ser feita por qualquer autoridade administrativa ou policial, nos termos da apreensão requerida por credor hipotecário, tal importava a sua remoção para depósitos. No novo regime, além de bastar à penhora a comunicação à conservatória, que logo desencadeia os seus efeitos, tornando inoponível qualquer posterior acto de disposição ou oneração que o executado pratique (artigo 819º do Código Civil) e garantindo a preferência ao exequente (artigo 822º/1 do CC) há a possibilidade de, em alternativa à apreensão material do veículo, proceder à sua imobilização, onde for encontrado, mediante a aposição de selos. A lei marca a sua preferência pela imobilização, ao estatuir que a remoção do veículo só se dá com base num juízo de necessidade, substituído por um juízo de mera conveniência quando o executado não se tenha oposto à penhora” (Código de Processo Civil Anotado, Vol 3º, Coimbra Editora, pág. 436/437).

    Não entendo como foi possível a transmissão :oo

    Que tal entregares o carro no tribunal?
     
  17. Luis Gonçalves

    Luis Gonçalves FIAT Classic's 100%

    Registo:
    11 Set 2006
    Local:
    Maia
     
  18. HUGO NORTON

    Registo:
    9 Out 2009
    Local:
    ....
    Eu fazia isto...

    Dava-o como roubado.
    Depois vendia às peças.
    Ponto final!

    Se perguntarem pelo carro...foi-se! Não sei, não faço ideia...
     
  19. HUGO NORTON

    Registo:
    9 Out 2009
    Local:
    ....
     
  20. Mauro Pereira

    Mauro Pereira YoungTimer

    Registo:
    28 Ago 2008
    Local:
    Sintra
    Bem amigo Fransico Ferreira, eu entrego a qualquer pessoa ou identidade... Não me importa mais o carro, porque nem valor comercial tem... E trata-se de um salvado, não tem mecanica...

    Isso de desaparecer com o carro e dar como roubado, já me passou bastante pela cabeça.....
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página