Novo imposto sobre os classicos

Companheiros, consta que o nosso "querido" governo quer criar um imposto qualquer sobre os classicos mesmo que estejam parados! Bem sei q a problematica ja foi tocada ao de leve noutros topicos, mas tive a ideia de fazer um "refresh" sobre esta tematica.
Afinal sobre que vai incidir este novo imposto? como s chama? e quais sao os seus valores e entrada em vigor?

obrigado

cumprimentos
 

Francisco Costa

Portalista
Portalista
Olá Ricardo, para já que eu saiba ainda nada esta definido, por isso qualquer tipo de informação que possamos dar, é sempre sujeito a alterações.
O que actualmente se sabe com toda a certeza, é o pagamento do imposto, pelo registo de propriedade, e é paga no mês da matrícula do carro. Quem não pagar tem processo executivo e serão penhorados bens que tenham em seu nome. Mas vamos aguardar para ver
 

Moises Trovisqueira

MTrovisqueiraF
Portalista
espero que isso seja uma brincadeira porque se for a sério os meus classicos Portugueses vão passar a viver muito felizes em frança :huh:
 

Diogo Lisboa

Veterano
Moises Trovisqueira disse:
espero que isso seja uma brincadeira porque se for a sério os meus classicos Portugueses vão passar a viver muito felizes em frança :huh:
Só se forem os teus, porque os nossos vão deixar de ter vida:(...

Em relação ao imposto, este é aplicado a automóveis matriculados depois de 1981...
 

Carlos M Ramos

YoungTimer
Acho que nem se deve falar disto? Pois corremos o risco de se algum politico pertencer ao portal passar o tema ,e tornar-se realidade !
Falta-nos cá uma ETA !
 

Paulo Vicente

YoungTimer
Ola boas
O Carlos entao ja nao tens o BMW 3.0 CS ??
de qualquer maneira parabens pelas novas aquesiçoes
Cumprimentos
Paulo Vicente
 

Jose Manuel S Lopes

ESCORT79
Delegado Regional
Portalista
Imposto?! O estado devia era comparticipar ou fazer deduções no IRS pela preservação do património que fazemos, porque preservar um carro que jamais voltará a ser fabricado é obra e a "massa" que investimos nele.
 

Luis Silveira

Clássico
O imposto que estão a falar já está em vigor.Automóveis registados ,se não estou em erro depois de 1977 ,estejam em circulação ou não,pagam selo como os outros.
Já um tópico sobre isso.
 
Jose Manuel S Lopes disse:
Imposto?! O estado devia era comparticipar ou fazer deduções no IRS pela preservação do património que fazemos, porque preservar um carro que jamais voltará a ser fabricado é obra e a "massa" que investimos nele.
Nem mais .......... qualquer dia pagamos pra respirar ou então iremos pagar selo pra andar a pé na rua o_O:wacko:
 

Rui Guedes

Clássico
Parece que os nossos queridos governantes têm um problema qualquer com clássicos...cá para mim é inveja! :D
 

Rui Coelho

Clássico
Caros amigos tenham calma

Não há nada para clássicos, o que há é uma medida para acabar com os carros abandonados ou danificados sem que se desse baixa, estando as ruas cheias deles e a conservatória com veículos registados que já não existem, fazendo qualquer dia falta essas matriculas para outros carros.

O que se passa é que os veículos até aqui só pagam imposto se andassem na via publica, agora passam todos a pagar, até quem tem só os documentos e não deu baixa do carro.

Os carros anteriores a 77 não pagam nem precisam de selo de isenção, a partir dessa data pagam até aos 25 anos.

Um abraço a todos
 

João Correia Santos

Escort mkII 1980
eu já nao percebo nada disto.. tenho um ford escort de 1980, na minha situação tenho que comprar selo, mesmo que seja o de isenção?? alguem me explique se faz favor...
obrigado
 

Rui Coelho

Clássico
"- Os veículos que não constem das tabelas publicadas por Aviso nº. 1623/2006 – publicadas no DR II Série de 10 de Fevereiro de 2006, por força do disposto no art.º 54º da Lei n.º 60-A/2005 de 30 Dezembro ( lei do Orçamento), ou seja:

. Veículos ligeiros de passageiros ou mistos até 2500 Kg - anteriores a 1977 e,

. Motociclos – anteriores a 1987,

Não estão sujeitos ao Imposto Municipal sobre Veículos, donde, não poderá ser exigido o dístico da ISENÇÃO uma vez que esta só existe quando há incidência, a qual o legislador afastou para os casos supra citados. "

Como vê estes não estão sujeitos a imposto, os que estão sujeitos após 25 anos passam a estar isentos

Um abraço
 

Diogo Lisboa

Veterano
Se ninguém pagar, essa treta acaba...

Se o problema é as matrículas, isso já devia estar resolvido à muito tempo pela criação de novas matrículas...

Isto é mais uma maneira que os gajos arranjam para nos roubar mais dinheiro e quem se lixa somos nós...
 
Rui Coelho disse:
"- Os veículos que não constem das tabelas publicadas por Aviso nº. 1623/2006 – publicadas no DR II Série de 10 de Fevereiro de 2006, por força do disposto no art.º 54º da Lei n.º 60-A/2005 de 30 Dezembro ( lei do Orçamento), ou seja:

. Veículos ligeiros de passageiros ou mistos até 2500 Kg - anteriores a 1977 e,

. Motociclos – anteriores a 1987,

Não estão sujeitos ao Imposto Municipal sobre Veículos, donde, não poderá ser exigido o dístico da ISENÇÃO uma vez que esta só existe quando há incidência, a qual o legislador afastou para os casos supra citados. "

Como vê estes não estão sujeitos a imposto, os que estão sujeitos após 25 anos passam a estar isentos

Um abraço
Caro Rui Coelho, espero bem que tenha razao!
 
Julgo que nada há sobre os clássicos. Mesmo para os outros fala-se da questão de todos pagarem, mesmo os que não estão a andar, a questão é que isso parece que também só está explicito para os matriculados a partir deste Verão.

Quanto a clássicos para já não passa de um boato criado apartir de medos e desconfianças no nosso querido governo :rolleyes:

Como já foi dito aqui nem deviamos falar sobre o boato, é que eles podem lembrar-se que nós existimos.
 
Jorge Faustino disse:
Julgo que nada há sobre os clássicos. Mesmo para os outros fala-se da questão de todos pagarem, mesmo os que não estão a andar, a questão é que isso parece que também só está explicito para os matriculados a partir deste Verão.

Quanto a clássicos para já não passa de um boato criado apartir de medos e desconfianças no nosso querido governo :rolleyes:

Como já foi dito aqui nem deviamos falar sobre o boato, é que eles podem lembrar-se que nós existimos.
exacto, quem nao vê nao peca!lolol
 
Topo