Mini Moke

  • Thread starter Jorge Aguiar
  • Data de início
J

Jorge Aguiar

Guest
Para o Francisco Lemos

O Mini Moke é um veículo baseado no Mini e foi concebido para a British Motor Corporation (BMC) por Sir Alec Issigonis. O nome vem de "Mini"-o carro com o qual a Moke partilha muitas partes e "Moke" , que é um dialecto arcaico termo de "burro".

O projecto inicial era um protótipo de um veículo militar, em função do estilo do Jeep americano, mas as suas pequenas rodas e a altura com relação ao solo tornou impraticável como um veículo fora-de-estrada. Posteriormente, foi oferecido em uma versão civil com baixo custo e fácil manutenção como veículo utilitário. O Moke finalmente conseguiu sucesso como um buggy de praia,tornando-se um popular do veículo de "culto" em Seychelles, Austrália, Estados Unidos e de muitos resorts tropicais nas Caraíbas. O original Moke usava um motor idêntico, transmissão e suspensão peças fundamentais para o Mini.

Os Mokes foram construídos na primeira fábrica em Oxford Morris antes de transferida a sua produção para o BMC's Longbridge, Birmingham e eventualmente no exterior. 14500 unidades de Mokes foram produzidos no Reino Unido entre 1964 e 1968, 26000 na Austrália entre 1966 e 1981, e 10000 em Portugal entre 1980 e 1993, quando a produção do Moke terminou.

História

Quando Issigonis concebeu o Mini, ele tinha planeado um outro veículo para compartilhar com o Mini's as partes mecânicas. Esta foi uma tentativa de tomar uma parte no negócio de veículos militares da Land Rover. Até 1959, a BMC havia trabalhado com os protótipos de código com o nome "The Buckboard", para depois se tornar a "Mini Moke." Estes protótipos foram mostrados ao Exército Britânico como um veículo para ser lançado com um para-quedas, mas a sua altura em relação ao solo muito baixa e um motor de baixa potência ,não cumpria os requisitos básicos para um veículo fora-de-estrada. Só a Royal Navy demonstrou algum interesse em todos os "Buckboard",como um veículo para uso no convés dos porta-aviões.

Numa nova tentativa de fazer alguma coisa para o exército, alguns Mokes com quatro rodas motrizes,foram feitos por meio da adição de um segundo motor na parte de trás do veículo com mudanças.No entanto,estas alterações em nada fizeram para resolver o problema da altura em relação ao solo e algumas complicações mecânicas desencorajaram o desenvolvimento do veiculo, para além da fase de protótipo. Este estranho veículo foi chamado de "O Twini" e foi mostrado para ao Exército dos Estados Unidos da América, novamente sem sucesso.

British Mokes

Eventualmente a BMC desistiu da ideia de vender o Moke para os militares, e em 1963 foi tomada a decisão de construir uma versão civil, visando agricultores e comerciais ligeiros. Vários protótipos foram construídos desde de 1963.O Moke foi lançado para o mercado britânico em 1964.

O Moke atraíu atenção como um veículo de "culto",em resultado do sucesso sem precedentes do Mini e através da popular série de televisão "O Prisioneiro". Apesar de tudo, dos 14500 British Mokes vendidos, apenas cerca de um décimo deles permaneceram na Grã-Bretanha. O Mokes continuou a ser feito na Grã-Bretanha até 1968.

Mokes Português

Com o australiano Moke,a ver a sua produção a cair,a sua produção foi transferida para a filial da British Leyland, em Portugal, que produziu 8500 unidades de Mokes na sua fábrica em Vendas Novas entre 1980 e 1990.

Em 1990, a British Leyland vendeu (pelo então chamado Grupo Rover) o 'Moke' ,á Cagiva - uma marca de motorizadas fabricadas em Bolonha, Itália. A produção continuou em Portugal até 1993, quando a Cagiva transferiu a produção para a sua fábrica em Itália com a intenção de reiniciar a produção em 1995 - o que nunca veio a suceder. Como a Cagiva não detinha a marca "Mini", eles construíram 1500 veículos que foram vendidos apenas como 'Mokes ". A produção total de Mokes e Moke foram cerca de 50000 unidades.
 

Anexos

Nuno Andrade

Portalista
Portalista
O Moke é uma "moka"!!! E está tudo dito... Pena nao ter ido dar uma volta... Oportunidade tive, talvez para proxima... :D se o dono deixar... ;)

cumprimentos.
 

Dias Gonçalves

Abílio Gonçalves
Portalista
Não sei se repararam mas as "orelhas" que seguram o capot estão lá mesmo para o segurar, pois não tem dobradiça mas apenas o encaixe junto ao pára-brisas

Basta levantar as "orelhas" para retirar o capot

É um carro muito interessante, sobretudo o do Francisco que é dos primeiros
 
tive o prazer de ver esta maquina ao vivo e acreditem que é uma curtição:D e o conjunto mini mais capacete fica a matar
tipo se ele avaria quase que se pega nela e leva debaixo do braço até a oficina mais próxima:D, não é bem assim mas que ele é muito leve la isso é.
parabéns Francisco
 

António Barbosa

Red Line
Portalista
Grande tópico, grandes carros, (não fossem arraçados de Minis). A história do "Twini" envolve também o Sr. John Cooper, que construi um Cooper "S" com dois motores 1275cc, "envenenados" com mais de 200HP no total!!! Tudo terminou num enorme acidente com o Sr. john Cooper em coma, pois para fixar o motor de trás, utilizaram um "charriot" da frente virado ao contrário, e como não tinha caixa de direcção atrás, soldaram as ponteiras da direcção, e pelo que se apurou na altura foi justamente uma dessas soldaduras que cedeu...
 
Topo