Meu amado classico....

Eduardo Relvas

fiat124sport
Portalista
Cara Maria José,

O problema dos cintos é fácil de resolver, caso queira. Muitos clássicos mais recentes inclusivé trazem já os pontos de fixação, mas mesmo que os não tenham podem facilmente ser adaptados.

Eu no meu Spider montei um cinto atrás para quando andamos os 3 no carro o miúdo poder ir atrás. Serve de alguma coisa? Bem, eu acho que não, porque sendo apenas de 2 apoios (i.e., de cintura), o miúdo pode na mesma numa travagem dar uma grande toutiçada no cimo do banco da frente, mas enfim... não havia possibilidade de pôr os de 3 apoios.

Para montar os cintos, basta escolher um sítio com rigidez estrutural boa para fazer a montagem... o que não costuma ser difícil porque os pilares da carroçaria costumam ser bastante sólidos, bem como a plataforma onde se irá fixar a parte de baixo.

Saudações clássicas!
 

Miguel Bernardo

YoungTimer
Tenho um familiar que conseguiu virar um carocha.... mais tarde quando falei com ele disse-lhe assim: Então pá andaste de cabeça para baixo???... ao que ele respondeu: Cada um anda da maneira que quer...!!!!
 
QUOTE=Miguel Bernardo;80239]Tenho um familiar que conseguiu virar um carocha.... mais tarde quando falei com ele disse-lhe assim: Então pá andaste de cabeça para baixo???... ao que ele respondeu: Cada um anda da maneira que quer...!!!![/QUOTE]

:D :D :D :D :D :D
 
No meu ver não há nenhum carro clássico,antigo ou actual que seja seguro para os seus ocupantes sem utilizar os cintos de segurança!! Basta ver testes de colisão...o_O
Uma simples bagagem com 20 ou 30Kg é mortal para quem leve com a mesma...e isto a uma velocidade de 50Km/h
 

Nuno Andrade

Portalista
Portalista
Miguel Bernardo disse:
Tenho um familiar que conseguiu virar um carocha.... mais tarde quando falei com ele disse-lhe assim: Então pá andaste de cabeça para baixo???... ao que ele respondeu: Cada um anda da maneira que quer...!!!!
:DD:D Mais nada...

cumprimentos.
 

Simao Reis

Prego a fundo...
realmente é uma boa questão...:oo
vai andar com crianças no banco de tras?? vai andar todos dias?? vai andar mais devagar ou não?? na minha modesta opinião... eu colocaria... mas tambem por outro lado eu tambem fiz muitas viagens pelo ip5 (Porto- Castelo Branco) num carocha e nunca me aconteceu nada!!
será o destino ou não de cada um... mas eu na duvida colocaria! se temos a oportunidade de ter as coisas porque não...!! é a minha opinião...
 

Jose Manuel S Lopes

ESCORT79
Delegado Regional
Portalista
maria jose lopes disse:
Pois...vou arriscar! digo a minha filha para ir deitada!!:DD
Pois é, isto de transportar crianças em carros que não possuem cintos é aborrecido, eu por exemplo quando o meu clássico era o carro dia-dia e a minha filha era pequena, consegui amarrar a cadeira com 2 cintas de aperto, lá fiz uma engenhoca "à maneira".
Só que agora se for apanhada pela policia com a criança no carro apanha multa de certeza, isto porque é simplesmente proibido transportar crianças menores de 12 anos (julgo) em carros que não tenham cintos de segurança nos bancos de trás, e como não podem também virem sentadas no banco da frente.:(
 
Jose Manuel S Lopes disse:
Pois é, isto de transportar crianças em carros que não possuem cintos é aborrecido, eu por exemplo quando o meu clássico era o carro dia-dia e a minha filha era pequena, consegui amarrar a cadeira com 2 cintas de aperto, lá fiz uma engenhoca "à maneira".
Só que agora se for apanhada pela policia com a criança no carro apanha multa de certeza, isto porque é simplesmente proibido transportar crianças menores de 12 anos (julgo) em carros que não tenham cintos de segurança nos bancos de trás, e como não podem também virem sentadas no banco da frente.:(
Nao tenho certeza, mas julgo que nestes casos, carros que na epoca nao tinham cinto, nao é obrigatório!! senao...ELES QUE ME PAGUEM a colocaçao de uns!! :cool:
 
maria jose lopes disse:
Serão seguros mesmo sem cintos traseiros?o_O
Claro que não :rolleyes:
E deixem-se de tretas porque todos sabemos que um carro com 25/30 anos é tudo menos seguro olhando pelos padrões de hoje.
Claro que dantes, essa coisa do conceito de segurança era algo que ninguém se lembrava.
Eu recordo-me de fazer grandes viagens sentado no banco traseiro, ao meio, com os braços apoiados nos dois bancos da frente... ou seja se houvesse um toque eu era logo projectado contra o vidro... Hoje isso está fora de questão em relação aos meus filhos que têm de ir bem sentados e com cinto.
As mentalidades mudaram, a segurança assim como a ecologia, são hoje coisas óbvias que fazem todo o sentido, há 30 anos não.
 

Nuno Andrade

Portalista
Portalista
Jorge Faustino disse:
Claro que não :rolleyes:
E deixem-se de tretas porque todos sabemos que um carro com 25/30 anos é tudo menos seguro olhando pelos padrões de hoje.
Claro que dantes, essa coisa do conceito de segurança era algo que ninguém se lembrava.
Eu recordo-me de fazer grandes viagens sentado no banco traseiro, ao meio, com os braços apoiados nos dois bancos da frente... ou seja se houvesse um toque eu era logo projectado contra o vidro... Hoje isso está fora de questão em relação aos meus filhos que têm de ir bem sentados e com cinto.
As mentalidades mudaram, a segurança assim como a ecologia, são hoje coisas óbvias que fazem todo o sentido, há 30 anos não.
Completamente...

cumprimentos.
 

Eduardo Flôr

Clássico
Caros amigos,uma coisa é certa,os nossos classicos nao sao feitos de plastico e fibra de vidro,como muitos dos carros que se vem hj em dia.
 
Topo