Dicas que Salvam Vidas

Deleted member 1475

Antes Francisco Lemos Ferreira
Portalista
Este tópico está on-line desde dia 26 de Maio e não teve nenhum comentário...o_O É sintomático de alguma coisa não é :huh: :p como não existe nehum Fórum de Segurança optei por colocá-lo aqui :cool:
 
é muito bom saber dicas de segurança.

mas dá-me a sensação que os portugueses não ligam muito à segurança. Mas até pode ser só impressão minha.
 
Dicas úteis, mas que são 0,1% daquilo que um leigo pode fazer em situação de acidente.

Infelizmente é algo que ninguém nos ensina, nem na escola, nem quando estamos a tirar a carta, mas as manobras de Suporte Básico de Vida - SBV - (verificar o estado da vítima, pedir auxílio e, se necessário, iniciar as ventilações (respiração boca-a-boca) e compressões, que são o SBV em si) são relativamente simples, podem ser aprendidas em pouco tempo, sendo fulcrais para salvar uma vida. Aumentam bastante, a curto prazo, a probabilidade de sobrevivência de uma vítima de paragem cardio-respiratória.

Se fôr um assunto que vos interessa, aconselho vivamente a fazerem o curso de formação básica de socorristas da Cruz Vermelha (não é gratuito, claro). Eu fiz há uns anos e não me arrependo nada. São 24h (5 tardes ou 5 manhãs) em que aprendem o SBV, a imobilizar a vítima, a responder em situação de múltiplas vítimas, com materiais que têm sempre convosco (lenços, malas, etc). Entretanto já deixei caducar a minha acreditação como socorrista, pois acabei prosseguindo os estudos para a área da medicina, onde tenho contacto frequente com estas manobras, mas convém de 2 em 2 anos fazer a reciclagem do curso.



PS: a regra nº 1 é sempre assegurar que não se colocam em perigo ao tentar ajudar outro, e a nº2 é manter a calma e gentilmente afastar quem não consegue manter!
 
Carlos Pereira Junior disse:
Dicas úteis, mas que são 0,1% daquilo que um leigo pode fazer em situação de acidente.

Infelizmente é algo que ninguém nos ensina, nem na escola, nem quando estamos a tirar a carta, mas as manobras de Suporte Básico de Vida - SBV - (verificar o estado da vítima, pedir auxílio e, se necessário, iniciar as ventilações (respiração boca-a-boca) e compressões, que são o SBV em si) são relativamente simples, podem ser aprendidas em pouco tempo, sendo fulcrais para salvar uma vida. Aumentam bastante, a curto prazo, a probabilidade de sobrevivência de uma vítima de paragem cardio-respiratória.

Se fôr um assunto que vos interessa, aconselho vivamente a fazerem o curso de formação básica de socorristas da Cruz Vermelha (não é gratuito, claro). Eu fiz há uns anos e não me arrependo nada. São 24h (5 tardes ou 5 manhãs) em que aprendem o SBV, a imobilizar a vítima, a responder em situação de múltiplas vítimas, com materiais que têm sempre convosco (lenços, malas, etc). Entretanto já deixei caducar a minha acreditação como socorrista, pois acabei prosseguindo os estudos para a área da medicina, onde tenho contacto frequente com estas manobras, mas convém de 2 em 2 anos fazer a reciclagem do curso.



PS: a regra nº 1 é sempre assegurar que não se colocam em perigo ao tentar ajudar outro, e a nº2 é manter a calma e gentilmente afastar quem não consegue manter!
como sabem recentemente no track day aquando da capotadela do ke se eles tivessem fecado encacerados posso vos dizer que um bom suporte basico de vida aplicado no local pode evitar muitos danos falo por experiencia pois sou bombeiro e sabemos que a preça e a falta de calma de quem quer ajudar as vezes prejudica mais que proprio acidente... neste casos posso vos dizer nao tirem o capacete sem terem a certesa que esta tudo bem... conselho que vos dou..
 
Francisco Lemos Ferreira disse:
nao concordo minimamente com o primeiro video.
Em ocasiao alguma se deve tirar o capacete após um acidente de viaçao estando a vitima inconsciente!
Corrijam se estou errado mas foi isso que aprendi no curso e lembro-me do formador frizar bem esse pormenor!

Fica aqui a advertencia..
 
Miguel do Carmo Pereira disse:
nao concordo minimamente com o primeiro video.
Em ocasiao alguma se deve tirar o capacete após um acidente de viaçao estando a vitima inconsciente!
Corrijam se estou errado mas foi isso que aprendi no curso e lembro-me do formador frizar bem esse pormenor!

Fica aqui a advertencia..
Miguel,
Então, eu dou-te um contra-exemplo: Um amigo meu foi impedido (Yap... impedido) de tirar o capacete a uma vitima de acidente... (para não me alongar na historia) digamos que faleceu. O tempo que demorou a chegar o "112" foi o suficiente para a pessoa morrer....
Isto sou eu no alto da minha ignorância, não sei como posso tentar reanimar uma pessoa com um capacete na cabeça!
Posso provocar lesões mas também lhe posso salvar a vida!
 

Guilherme Bugalho

BUGAS03
Portalista
Eduardo Ramalhadeiro disse:
Miguel,
Então, eu dou-te um contra-exemplo: Um amigo meu foi impedido (Yap... impedido) de tirar o capacete a uma vitima de acidente... (para não me alongar na historia) digamos que faleceu. O tempo que demorou a chegar o "112" foi o suficiente para a pessoa morrer....
Isto sou eu no alto da minha ignorância, não sei como posso tentar reanimar uma pessoa com um capacete na cabeça!
Posso provocar lesões mas também lhe posso salvar a vida!
Nestas coisas há sempre duas versões :wacko:
Se "mexeu" é porque mexeu, se não mexeu não fez nada ...
 
Eduardo Ramalhadeiro disse:
Miguel,
Então, eu dou-te um contra-exemplo: Um amigo meu foi impedido (Yap... impedido) de tirar o capacete a uma vitima de acidente... (para não me alongar na historia) digamos que faleceu. O tempo que demorou a chegar o "112" foi o suficiente para a pessoa morrer....
Isto sou eu no alto da minha ignorância, não sei como posso tentar reanimar uma pessoa com um capacete na cabeça!
Posso provocar lesões mas também lhe posso salvar a vida!
Meu caro eu concordo plenamente consigo mas ha outra questao, imagine que esse desfecho seria diferente.. imagine que o normal acontecia (a ambulancia demorava) mas o seu amigo tinha tirado o capacete! na melhor das hipoteses poderia ter sido acusado de homicidio involuntario. la está, é como uma moeda de dois lados. eu tambem falo mas na pratica nem sempre se aplica o que está certo. é sempre complicado.. oxala o seu amigo não tenha ficado com maselas psicologicas pois no entanto ele só queria ajudar e nao o deixaram e provavelmente a vitima morreu a frente dele.. o_O
 
Topo