Citroên 2CV

Olá a todos.

Começo por me apresentar,

Sérgio Ribeiro
24 anos
Matosinhos - Porto

Recentemente adquiri um Citroên 2CV que tá em estado razoável mas no entanto acho que vou partir para um restauro como deve ser.

Vou ter de desmontar a carroçaria, por tenho uma longarina empenada e o chassi vai ser tratado.

Alguém tem documentação de acordo com este modelo? como se desmonta, manual do carro, ...

O modelo é um 2CV Clube de 1983.

Alguém me sabe dar informações das versões desta época, ou seja, o meu é vermelho, com capota vermelha, estofos em xadrez, para-choques e faróis em cinzento (em que versão os faróis são à cor do carro?).
 
Bem está na hora de fazer o ponto de situação do restauro levado a cabo em mais um belo 2 CV´s.

Carro desmontado, e carroçaria separada do chassi!

Eixos separados do chassi!

Peças novas:

- fundo da mala;
- chão direito completo;
- meio chão lado esquerdo;
- fundo abaixo do tablier;
- chapa para remendos;

Aqui vai umas fotos do estado actual.
 

Anexos

Boas!

Olha o homem...Isto do bicho dos clássicos ta se a estender, qq dia a ONEG forma uma concentração...

A ver se fica pronto pa irmos a concentração nacional aqui do portal, tu de 2 cv e eu de Escort. Dps vamos dar umas voltas para experimentar isso...

Abraço.
 
Boas...

Gostaria de pedir a vossa ajuda agora que a fase de chapeiro está pronta.

Ao procurar estufados para tornar o interior do meu 2CV novo, deparo-me com o problema de não conseguir arranjar o tecido original do carro. Algumas pessoas já me disseram que já não se arranja, só estando disponível o tecido do modelo de 1990.

O tecido que procuro é da primeira foto, a segunda é dos de 1990.

Obrigado.
 

Anexos

Ora bem.

Vou fazer o ponto de situação do restauro que estou a fazer.

Como referido anteriormente, o chassi foi todo limpo, reforçado e pintado para dar um acabamento final.

Ao mexer no chassi o mesmo quebrou, na zona critica (já estava torcido quando comprei o carro, pois segundo o antigo dono, levou um encosto de um carro quando estava estacionado).

Todos os pontos críticos da carroçaria foram limpos, remendados e em alguns casos foram compradas as peças de origem para remendar, pois como sabem, o 2CV é feito do encaixe de muitos peças de chapa.

O Fundo do carro foi quase todo substituido por novo, fundo lateral direito, fundo dos pedais e meio fundo do lado esquerdo.

O fundo da mala como estava picado de ferrugem foi tirar e colocar um novo.

As embaladeiras foram reconstruidas pelo chapeiro de forma a poupar uns euritos.

Só um aparte, ao adquirir o carro, o antigo dono dizia, os podres estão à vista. O não eram que não estavam!

Como é normal nestes casos, toda a fase de desmontar do carro foi documentado com fotos e algumas etiquetas no caso da identificação dos cabos e tubos.
 

Anexos

Aqui vai mais algumas fotos dos trabalhos realizados.

Nesta fase o carro já partir de reboque para a oficina de pintura, localizada em local distinto do chapeiro.

A porta do passageiro ficou ainda em reparação, pois, na altura em que o reboque chegou a mesma ainda não estava 100% reparada.

O carro foi todo montado para corrigir eventuais desvios e acertos.

Ao chegar à pintura, o carro vai ser novamente desmontado para se dar o respectivo tratamento à chapa tratada.

Nesta fase, já estamos preocupados com o interior do carro, e toca a arranjar estofador e o mais difícil o tecido original do carro.

O volante também precisa de ser novo, mas parece que já não encontro.
 

Anexos

Topo