Alguém conhecia isto ?

Não me admirava nada que fosse um prototipo da British Leyland, dado o seu aspecto e olhando para os outros produtos do grupo.:D :D :D
 

Conde Nelas

Antes Francisco Lemos Ferreira
Portalista
Fábio Silva disse:
Não me admirava nada que fosse um prototipo da British Leyland, dado o seu aspecto e olhando para os outros produtos do grupo.:D :D :D
Não sejas mauzinho Fábio A BLMC tem grandes máquinas :D :D :D
 

Joao Fonseca

YoungTimer
realmente tem um aspecto estranho! o_O

parece ter umas linhas de lotus europa... mas dps tem aquela "coisa" a que chama traseira! lol

sinceramente não vejo grande potencial estetico nesse carro... mas gostos são gostos!
 

Luis Vales

elvales
O desenho geral do carro lembra vagamente o mais moderno Volvo 480, mas sem a mesma beleza das linhas...no entanto deve ser valioso, com apenas 12 unidades fabricadas;)
 

Rui Almeida

YoungTimer
N batam + no ceguinho!!!!!!!! :D :D
N é nenhuma obra prima do design (n é pinifarina ne bertone :p :p :p ) mas até é fixe (n m importava nada)
 

Nelson Lopes

Veterano
eu sou estudante em design industrial,
não acho que o carro seja assim tao mau, apesar de ser um pouco diferente, é parecido com o volvo 480, que tem linhas interessantes... o actual renault megane quando saiu houve um grande fóróbóbó por causa da traseira, mas hoje é um automovel de sucesso. eu nao conheço este automovel, mas acredito que o menos interessante nele nao deveria ser o design, talvez outros aspectos que nao correram bem... nao ajudaram á sua projecçao.
 

Manuel Ferreira Dinis

Dinis Vila Real
Portalista
Crayford Auto Developments

Quase se pode dizer que quando a uma marca não tem a Crayford Auto Developments, de Westerham, Kent, England faz e assim aconteceu ao longo de 23 anos.
David McMullan e Jeffrey Smith iniciam as suas actividades em 1962. O modelo escolhido é precisamente o mini, dando inicio a uma longa colaboração com o grupo BMC.
Inúmeras conversões vão tomando forma e são apresentadas, vendidas. com maior ou menor dificuldade a clientes ávidos de originalidade, acompanhando sempre as necessidades marginais de várias marcas.
Assim, vamos encontrar trabalhos na: BLMC, Austin, Morris, Rover, Triumph, Riley, Wolseley , Marina ou Alegro.
Desenvolveu também os cabriolés, Ford Corsair, Cortina e Capri, numa época em que os descapotáveis de quatro lugares estavam em decadência nos mercados internacionais.
Transformava o Cortina Mk 2 num panorâmico coupé “VC 6” e no plano mecânico equipava-o com motores V6 do Zodiac , o mesmo acontecendo ao Escort e para o Capri escolhe um V 8.
O Vauxhall Viva era equipado luxuosamente e era denominado de Prince, ou então melhorar o motor, Prince GT, ou então transformado num elegante cabriolet.
A Mercedes também vai incluir os seus serviços no ano de 1977 e posteriormente a Audi.
Um original sorteio, organizado pela sociedade agro-alimentar Heinz, onde 57 Wolseley Hornet, foram o principal atractivo na promoção na venda das sopas.
 

Anexos

Topo