.

Carlos Antunes

Fordmaníaco
Muito bem vindo. Permite-me discordar em absoluto em dois tópicos que escreves-te acerca dos clássicos. Para mim são muito mais práticos e não são menos seguros que os veículos de agora. Saudações clássicas.
 

Joao Cunha

Celicas Clube Português
Bem vindo ao cantinho dos clàssicos :feliz: Também vivi nessa bela e limpa cidade de Èvora:huh:
 
Carlos Antunes disse:
Muito bem vindo. Permite-me discordar em absoluto em dois tópicos que escreves-te acerca dos clássicos. Para mim são muito mais práticos e não são menos seguros que os veículos de agora. Saudações clássicas.
claro que tudo depende dos veiculos em questão mas quer-me parecer que no geral são menos seguros graças principalmente aos carros actuais, pois se vier um maluco qualquer lançado a 200, não tou a ver por exemplo um mini a sobreviver:( mas claro este assunto dá pano pra mangas
 

Carlos Antunes

Fordmaníaco
José Pedro Lopes disse:
claro que tudo depende dos veiculos em questão mas quer-me parecer que no geral são menos seguros graças principalmente aos carros actuais, pois se vier um maluco qualquer lançado a 200, não tou a ver por exemplo um mini a sobreviver:( mas claro este assunto dá pano pra mangas
O assunto dá pano para mangas, mas a 200 não sobrevive um mini nem outro carro qualquer.
 
claro (a não ser que se vá de hummer ou algo assim igualmente grande :D )

200 foi só uma forma de expressão
mas que hoje em dia os carros estão melhor preparados para suster grandes impactos é verdade.
acho que foi isso que o eduardo tentava dizer
 
Topo