Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Vii clásicos entresierras (trece)

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por António Carlos Ramos, 10 Out 2009.

Tópico em 'Rallys, Velocidade e Regularidade' iniciado por António Carlos Ramos, 10 Out 2009.

  1. Deixo-vos algumas informações sore o VII Clásicos EntreSierras a ter lugar nos dias 17 e 18 de Outubro, nas Serras das Províncias de Salamanca e Cáceres.

    Saliente-se que este é o 2º Rallye Espanhol integrado na Challenge Ibérica de Rallyes de Regularidade, estando algumas equipas portuguesas muito bem colocadas para vencerem, uma vez mais o título, quer a título individual, quer contribuindo para o título colectivo por países.

    Para já, parece-me que estarão já inscritas 6 equipas portuguesas para defenderem as cores nacionais. O GOLF GTi que entregou a alma ao criador no Rallye da Guarda, já fez um transplante de coração e, em princípio, estará ok para participar nesta prova, tando do seu (nosso) agrado.

    O Programa do Rallye sofreu alterações relativamente ao seu clássico figurino. Este ano, não teremos uma etapa nocturna tão extensa. A noite será bem dormida e o resto da noite será substituída por uma etapa no domingo de manhã.

    TRECE Clásicos organiza el VII Clásicos EntreSierras, tercer evento de Regularidad Histórica puntuable para VIII TRECE que se celebrará el sábado 17 y el domingo 18 de octubre de 2009, según la normativa establecida en la Sección 3ª del Anexo II del RD 1428/03.

    Este rally de regularidad histórica es valedero para el VIII Trofeo TRECE Copa de Clásicos y ademas forma tambien parte de la Challenge Ibérica Clásica.

    Recorrido:
    El evento tendrá su base en la localidad de Hervás, en la provincia de Cáceres. y en las cercanias de la sierra de Bejar. La ruta transcurrirá por las provincias de Salamanca y Cáceres, y su recorrido estará dividido en tres sectores con un total de 442 kilómetros, de los que 288 kilómetros serán de regularidad, repartidos en 10 tramos cronometrados. Está programada la ejecucion de tramos con tabla de regularidad impuesta, regularidad por sectores, y regularidad por hitos, y una prevision de 70 controles secretos.

    Inscripciones:
    Importe de los derechos de inscripción, de doscientos cincuenta euros (250 €).


    Los derechos de inscripción por vehículo participante, incluyen:

    Organización del evento: libro de ruta, dorsales y cronometraje;
    Premios y trofeos;
    Dos comidas tipo lunch para dos personas
    Cena para dos personas
    Alojamiento en hotel para dos personas para la noche del sabado al domingo.
    Programa Horario:
    21/09/2009 - 12:00 h: Apertura del periodo de inscripción. Es necesario realizarla de manera on-line en la web.
    14/10/2009 - 24:00 h: Cierre del periodo de inscripción.
    15/10/2009 - 22:00 h: Publicación de la lista de inscritos con orden de dorsales definitivos.
    17/10/2009 - 11:30 h: Verificaciones administrativas (sólo para aquellos equipos que no verificados on-line, y hasta las 14:00 h).
    17/10/2009 - 12:00 h: Apertura de Parque Cerrado. Entrega de documentación.
    17/10/2009 - 14:00 h: Comida lunch
    17/10/2009 - 14:30 h: Cierre de Parque Cerrado.
    17/10/2009 - 15:00 h: Instrucciones a participantes.
    17/10/2009 - 15:30 h: Entrega secuenciada de Libros de Ruta.
    17/10/2009 - 16:00 h: Salida del primer participante al Sector I.
    17/10/2009 – 21:00 h: Final del sector I. Cena
    17/10/2009 – 23:30 h: Salida del primer participante al Sector II.
    18/10/2009 – 01:30 h: Llegada del último participante del Sector II. Final de la primera Etapa
    18/10/2009 - 09:30 h: Apertura Parque Cerrado.
    18/10/2009 – 10:00 h: Instrucciones a participantes.
    18/10/2009 - 10:30 h: Salida del primer participante al Sector III.
    18/10/2009 – 13:00h: Llegada del último participante al Sector III.
    18/10/2009 – 13:30 h: Comida lunch Finca El Salubral
    18/10/2009 - 14:00 h: Publicación de resultados definitivos y Entrega de Premios.

    Las horas arriba referidas son solamente orientativas y pueden ser modificadas sin previo aviso.

    Os potenciais interessados ainda estão a tempo de fazer a sua inscrição neste magnífico Rallye que irá ter lugar na região montanhosa localizada entre Plasencia e Salamanca (próximo da Ruta de la Plata), ou seja, muito perto da fronteira, quer por Vilar Formoso, quer por Termas de Monfortinho, quer por Elvas...
     
  2. Apesar de se realizar no fim-de-semana seguinte ao RPH, Portugal acaba por conseguir uma boa representação no VII Clásicos EntreSierras, a ter lugar no próximo fim-de-semana na região de Hervás (a Sul de Salamanca e a Norte de Plasencia).

    Eis a 'selecção' portuguesa que irá marcar presença no VII Clásicos EntreSierras:

    -Paulo Almeida / João Botequilha - Austin Cooper S MKI
    -João de Brito / Susana de Brito - BMW 528i
    -António Ramos / J. Paulo Martinho - VW GOLF GTi
    -João Mexia / Nuno Machado - Porsche 911
    -Ana Mexia / Magda Ferreira - VW GOLF GTi
    -José Luis Nunes / Segarra Marques - Alfa Romeo 2000 GTV
    -Cipriano Antunes / Vicente Antunes - AUDI QUATTRO
    -Vitor Borges da Costa / Joana Borges da Costa - Datsun 1200
    -Jorge Diniz António Caldeira - Porsche 911 SC
    -Carlos Gomes / Oscar Romão - BMW 1602
    -João Vieira Borges / João Martins - BMW 635 CSi
    -António Figueiredo / Filipe Fernandes 'Fifé' - VW GOLF GTi

    Ao todo, serão 12 as equipas que irão contribuir para a defesa do ceptro a favor das cores lusas na III Challenge Ibérica de Rallyes de Regularidade.

    O CASTELO BRANCO CLASSIC TEAM estará representado no VII ClásicosEntreSierras através das seguintes equipas:

    - Pepe de la Parte / Lourdes de Juan - BMW 2002 Turbo
    - Paulo Almeida / João Botequilha - Austin Cooper S MKI
    - António Ramos / J. P. Martinho - VW GOLF GTi
    - José António Diaz / Rosa Alvarez Haya - VW GOLF GTi
    - Carlos Gomes / Óscar Romão - BMW 1602

    Para além do CASTELO BRANCO CLASSIC TEAM, regista-se a participação de mais dois Team's nacionais: AUTOMOTRIZ e FERODO QUEIMADO!
     
  3. Antes de qualquer outra referência ou análise ao VII Clásicos EntreSierras gostaria de destacar a magnífica e suada vitória alcançada pela equipa lusa: João Mexia Leitão / Nuno Machado / Porsche 911, que in extremis (última PEC), ultrapassaram na classificação a equipa espanhola Norberto Cosin / Alberto de Pablos / VW Golf GTi (2º’s). Não posso também deixar de salientar a espectacular ponta final da equipa Pepe de la Parte / Lourdes de Juán / BMW 2002 Turbo que alcançaram a último lugar do pódio. Agradeço a esta simpática, competitiva, aguerrida e também discreta equipa a honra que nos dão em integrar o CASTELO BRANCO CLASSIC TEAM. É pena que as outras equipas do Team não tenham estado à sua grande altura!... Muchas gracias Pepe y Lourdes!...

    Para além destas equipas gostaria ainda de mencionar as equipas lusas que alcançaram classificações no top ten: José Luís Nunes / Segarra Marques / Alfa Romeo 2000 GTV (4º’s), Ana Mexia / Magda Ferreira (6ª’s), Jorge Dinis / António Caldeira (7º’s) e Cipriano Antunes / Vicente Antunes (9º’s). Ainda destaque para a equipa do CASTELO BRANCO CLASSIC TEAM, Paulo Almeida / João Botequilha que alcançaram a vitória na classe pré-70 e para a vitória por Team’s da Automotriz.

    O Trece Clásicos organizou em tempo record este Rallye e, em minha opinião, ficou claramente a ganhar por ter feito a “opção” de realizar o “EntreSierras” nesta altura do ano (evitámos o calor de final de Junho) e também com o novo formato: tarde + noite (curta) + manhã de domingo!... Outro aspecto positivo apesar do pitoresco da Aldeia de Candelário, foi o “Quartel-General” do Rallye ter passado para Hervás!...

    O Rallye foi, em minha opinião, bem dimensionado, bem desenhado, com um ritmo adequado ao perfil das “carreteras” e com desafios q.b., baseados na diversidade de provas: regularidades absolutas sem variações de média, com variações de média, com tabelas, regularidades ao “Meco” e regularidade por sectores!...

    Pena que algumas PEC’s alternassem excelente piso com mau piso, como foram o caso das 2 PEC’s que passaram pelo Puerto de Honduras e mais uma ou outra com pisos bastante degradados. Mas, quanto isto nada a fazer! Não existiam para a Organização certamente outras alternativas!...

    Há que salientar, como um factor muitíssimo positivo, a enorme quantidade de controles que este Rallye teve, registando-se no final 92 controlos válidos (100%)! Enhorabuena Trece! Ainda que este aspecto possa ser objecto de discussão noutro tópico, na minha modesta opinião, para tornar um Rallye intenso e competitivo, o mesmo deverá ter como limite mínimo, em média, 1 controle por cada 5 kms!... Acho que no EntreSierras a média foi de um controle por cada 2,5 kms! Foi graças a este aspecto, que muito provavelmente o João Mexia e o Nuno Machado chegaram à vitória na última PEC! Ora venham de lá opiniões sobre o tema?!...

    Na vertente social do Rallye esteve quase tudo bem naquilo que é habitual no Trece Clásicos e à semelhança do que acontece noutros Rallyes em Espanha, excepto na comida (lunch), à hora de almoço, no sábado, que esteve claramente num plano negativo!...

    No cômputo geral e no plano estritamente desportivo, há que dar os parabéns ao Trece Clásicos pelo bom Rallye que nos proporcionaram! Ficamos à espera do VIII Clásicos EntreSierras, em 2010.

    Quanto ao N/ malfadado Rallye (uma vez mais!...), o relato ficará para mais tarde.
     
  4. O N/ Rallye (António Ramos / J. P. Martinho / VW GOLF GTi), uma vez mais este ano, não nos correu bem! O GOLF resolveu pregar-nos outra partida!

    Começámos bem o Rallye com um 5º lugar no Tramo-1, uma regularidade absoluta com tabelas!...

    No Tramo-2 uma regularidade por sectores, algumas precipitações e o receio de apanharmos uma penalização de 100 pontos por redução da velocidade à vista do controle, levou-nos a passar adiantados no 2º controle! Em consequência, o resultado foi mau para a N/ habitual performance neste tipo de provas: 21º’s!!!...

    A seguir avançámos para os Tramos 3 e 4 da Covatilla (Estância de Ski), este ano, com regularidades feitas aos mecos (quilométricos), o Tramo-3 a subir e o Tramo-4 a descer. O Tramo-3 (a subir) correu-nos razoavelmente bem e fizemos 8º! O pior foi no Tramo-4 (a descer), em que o GOLF se atrasou, em algumas situações por força da observação da bela paisagem, outras vezes com elementos estranhos à natureza junto aos rail’s que nos provocou uma distracção que nos fez atrasar nos controles. O resultado foi um decepcionante 21º lugar neste Tramo-4!...

    Seguiu-se o Tramo-5, uma regularidade absoluta com tabelas, que nos correu bem, e onde naturalmente alcançámos um brilhante 3º lugar!

    No último Tramo da tarde, o 6, uma regularidade absoluta a 49,9 km’s sem variações de média, as coisas voltaram a não correr-nos muito bem e fizemos o 20º lugar! E, foi neste Tramo, que alternava bom piso com piso muito mau que o GOLF, quase no final, deu os primeiros sinais de falhar o motor!...

    Intervalo para jantar e seguiu-se a etapa da noite com 3 Tramos.

    No Tramo-7, com o mesmo percurso do 6, mas em sentido inverso, o GOLF faz bem a primeira parte, mas no último terço, o motor começa de novo a falhar. Ainda assim, alcançamos o 9º lugar!

    No final do Tramo-7 ocupávamos o 12º lugar!

    Seguimos para o Tramo-8 com o GOLF a falhar cada vez mais. Vá lá que como o dito cujo era a descer com uns ganchos fabulosos à esquerda e direita. E, mesmo com o GTi em péssimas condições, fizemos o 6º lugar!

    E após este Tramo-8 subimos 2 lugares, para 10º’s!

    No final do Tramo-8 o GOLF falhava imenso e ainda que a ligação para o Tramo-9 fosse curta (cerca de 1 km), resolvi parar para tentar verificar se o motivo do carro falhar seria um algum cabo de vela solto ou o distribuidor largo (mal apertado). Nem uma coisa, nem outra! Retomámos o percurso com o GOLF a falhar imenso! Entrámos no Tramo-9 atrasados, mas, ainda assim passámos um pouco adiantados nos 2 primeiros controlos! A determinada altura apanhamos uma aldeia com umas bandas sonoras e eis que numa delas o GOLF se cala! Parámos, abri outra vez o capot, tentei verificar todas as ligações de fios, perdemos mais de 2 minutos e nada! O carro pegou mas continuava a falhar. Tivemos de passar vários concorrentes em pleno Tramo, mas quem já estavam tramados com uma forte penalização éramos nós!...

    Estava terminada a etapa da noite! Conseguimos chegar ao Hotel com a escolta do Luís Silva! Obrigado Luís!... E a decisão foi a de desistirmos!...

    No final do 1º dia estávamos em 25º lugar!...

    O João Paulo Martinho, muito cansado dirigiu-se para o quarto! Eu fiquei um bocado em amena cavaqueira nuns sofás, junto à recepção, com os outros concorrentes portugueses. Volvidos cerca de 20 minutos e antes de me deslocar para o quarto resolvi dirigir-me ao GOLF e pô-lo a trabalhar! Para grande surpresa minha, sem lhe ter feito rigorosamente nada, o carro estava a trabalhar impecavelmente bem! Fui dar uma volta com ele por Hervás e confirmei que o GTi tinha ressuscitado!... Estranho!... Cheguei ao quarto e o João Paulo meio a dormir, meio a ver televisão perguntou-me: então e o carro? Eu respondi-lhe: não vais acreditar, mas o carro está a 100%!... Resposta imediata do João Paulo: “então amanhã vamos fazer a etapa da manhã”, enquanto eu o tentava convencer que devíamos ficar a dormir até mais tarde! O João Paulo foi peremptório: “vamos fazer a etapa da manhã e não se fala mais nisso”!...

    E assim foi! Lá fomos fazer a etapa da manhã que tinha mais 2 Tramos, por sinal bem difíceis, e que decidiram ainda muita coisa na classificação geral, nomeadamente, a vitória no Rallye, mas não só!...

    Tramo-10 – Com o Golf GTi a funcionar em pleno fizemos 2º’s nesta difícil PEC com tabela imposta pela Organização.

    O Tramo-11 foi decisivo para muitas equipas pela distância do mesmo (36 kms) e por conjugar uma tabela imposta com mudanças de média! Neste Tramo, no famoso Km 11, não consigo evitar completamente o buraco e como resultado o GTi começa de novo a falhar. Ainda assim alcançámos o 7º lugar nesta PEC, o que foi excelente!

    Resultado final: 23º lugar (em condições normais deveríamos ficar no top ten, mas os “ses” não contam e por isso!...)

    Chegámos ao local da entrega de prémios / “comida” (lunch) com o GOLF a falhar! Passada cerca de meia hora o João Paulo vai ao carro e o mesmo já estava impecável! E impecável (sem falhar), fez 200 kms sem problemas até casa!...

    Que avaria mais enigmática?!... Apesar de ter já 2 pareceres técnicos sobre a mais que provável causa do que terá acontecido, caso algum amigo queira dar algum palpite sobre a origem / resolução do problema, agradeço!...

    António Ramos
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página