Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Tornar Um Fiat 850 Num Carro De Dia A Dia.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Rui Nelson Silva, 15 Mai 2014.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Rui Nelson Silva, 15 Mai 2014.

  1. Rui Nelson Silva

    Rui Nelson Silva Portalista
    Portalista

    Registo:
    3 Out 2009
    Local:
    porto
    A pergunta será mesmo essa, será possível tornar um fiat 850 special num carro de uso diário?
    Sei que inicialmente estes carros foram feitos para isso mesmo, no entanto a vida em 1969 nada tinha a ver com a que levamos agora. a pergunta é, será que o carro esta pronto para levar essas "coças" diárias de viagens de 30\40 km para cada lado? será que aguenta o para arranca do nosso transito comum? E revisões? será que depois com o andamento do carro vão começar a aparecer bastantes problemas por desgaste de peças?

    Outra questão é, naqueles dias de chuva torrencial, será que o carro se adapta bem a esse ambiente? é que as escovas apenas tem uma velocidade de funcionamento.
    não sei se existe ou não formas de modernizar um clássico de forma a ele ficar apto ao dia a dia sem alterar muito sua originalidade.

    Todos os dias penso em perder a cabeça e investir neste sonho de usar o 850 diariamente, mas tenho sempre medo que corra mal.

    fico a aguardar respostas, possivelmente de quem ja tenha este prazer diariamente.biggrin.png
     
    Claudio Vilas gostou disto.
  2. João Luís Soares

    Staff Portalista

    Registo:
    24 Out 2007
    Local:
    Maia / Gaia
    Veículos nas Garagens:
    2
    Rui, tem mesmo de ser um 850?

    Eu adoro o carro e é perfeitamente utilizável, mas se falas em pára arranca e se, eventualmente, esses 30 ou 40 km envolverem AE, o 850 não é o ideal. O motor refrigera pouco por ser atrás, e a pequena cilindrada aliada a uma caixa de 4 velocidades não permitem milagres.

    Que tipo de utilização real pretendes dar ao carro?

    Já ponderaste a hipótese de um 127 ou 128? E um 124?
     
  3. João P Silva

    João P Silva Portalista
    Portalista

    Registo:
    15 Set 2008
    Local:
    Matosinhos Porto, Portugal
    Olá caríssimo.
    Claro que dá para ter o carro no dia a dia, mas temos que tem em conta o transito actual é muito mais exigente do que há 40 anos.
    Os carros de hoje são rápidos, ágeis de manobrar e muito práticos, ou seja são muito diferentes dos antigos.

    127, Panda, uno.. já não se vêm muitos no dia a dia mas vai-se arranjando algumas peças acessíveis.

    Mas não deixando de frisar, se é para ser um 850, terá o meu apoio.
     
  4. Claudio Vilas

    Claudio Vilas Portalista
    Portalista

    Registo:
    1 Fev 2012
    Local:
    S. Mamede infesta
    Boa tarde meu caro:

    O Fiat 850 é exatamente igual aos outros carros em termos de fiabilidade agora, tem é que ter o carro nas devidas condiçoes.

    Eu falo desta forma porque tenho um e sei o que o que o carro vale e o meu é o 850 normal.

    Em termos de fiabilidade, nao tem que se preocupar, Tem é que pensar o seguinte e aqui ja foi salientado esse aspecto. O transito de hoje é mais rapido, o 850, é lento, mas que aguenta, nao tenha duvidas.
    So para ter uma ideia, eu durante um ano mais precisamente emtre junho de 1984 e junho de 1985, fazia diariamente o percurso entre S Mamede Infesta /Santa Maria da Feira e regresso. Fiz isto durante um ano inteiro e nunca tive problemas, nem uma avaria. Fazia diariamente 100kms certos. Ainda nao havia auto-estrada a partir dos Carvalhos para a Feira. Fazendo as contas 250 dias de trabalho, vezes 100kms corresponde a 25000 kms, fora os fins de semana quando saia com a namorada.
    Claro que é um carro que tem as suas limitaçoes. Estamos a falar, no meu caso de um carro com 43 anos de idade.
    Se é por ai as suas preocupaçoes pode estar a vontade.

    Alguma coisa, pode dispor.

    Claudio
     
    Hugo_Fiat 242 gostou disto.
  5. Eduardo Relvas

    Eduardo Relvas fiat124sport
    Portalista

    Registo:
    31 Jan 2007
    Local:
    Portalegre
    Caro amigo,

    O 850, tal como muitos outros carros desta era (60/70) é perfeitamente passível de voltar a ser utilizado para aquilo que lhe é inerente, ou seja, o uso regular.

    A única questão é que um carro para uso regular, mais que estética, precisa de ter toda a parte funcional em plena forma, e isso muitas vezes não é levado a sério nos "restauros" que vemos fazer.

    Se o carro for devidamente revisto a todos os níveis (p.ex./ no circuito de arrefecimento fazer uma limpeza, radiador recondicionado ou novo, tubos novos, bomba de água revista ou trocada, termostato novo, etc.), já é mais de meio caminho andado. Depois há pequenos melhoramentos que se podem fazer para aumentar a fiabilidade e a segurança, sem desvirtuar o feeling do carro.

    Neste capítulo da segurança, há dois aspectos essenciais: primeiro, faróis de halogéneo, caso ainda não tenha; segundo, travões de circuito duplo se possível (não recordo como é a bomba no Special, hei-de ver).

    Na parte da fiabilidade, podem-se melhorar várias coisas: primeiro, uma bomba de gasolina eléctrica facilita o arranque, elimina os problemas de evaporação em dias quentes ou no trânsito, e é menos um risco para o motor; uma ignição electrónica das boas também ajuda bastante, mas uma boa revisão profunda ao distribuidor, uns bons cabos de velas e as velas em si já resolve muito.

    De resto, a máquina de base é já bastante adequada ao tipo de uso. Não me lembro se ainda tem dínamo ou se já tinha alternador. Caso ainda tenha dínamo, a conversão para alternador é provável que seja útil, especialmente se o uso implica muito trânsito lento, onde o dínamo carrega pouco.

    Na pior das hipóteses, caso ainda haja receios de aquecimento, pode-se sempre pensar na adopção de uma ventoinha eléctrica como têm os carros mais modernos. É uma fuga mais óbvia à originalidade, mas compensa bastante, e além de libertar um pouco de potência do motor, ajuda a mantê-lo mais na sua zona ideal de funcionamento.

    Mais alguma questão, estamos cá para ajudar.

    Um abraço!
     
  6. Rui Nelson Silva

    Rui Nelson Silva Portalista
    Portalista

    Registo:
    3 Out 2009
    Local:
    porto
    Apesar do tempo passado o tópico não foi esquecido,

    estava a espera para vender o carro que tinha, um bmw 320i coupe e36, carro que cheguei a falar aqui no forum por causa de uns problemas que tive, agora que o vendi já posso pensar melhor no caminho que vou escolher.

    Eu moro perto de Santa Maria da feira e estudo na Maia, o percurso é praticamente feito em auto estrada e são mais ou menos 35 km para cada lado. Tenho bastante receio porque quando passo a zona do estádio do dragão de manha aquilo tem sempre um transito caótico, ainda por cima é a subir, daí o meu receio. depois como o carro já tem uns anos e apesar de não ter muitos km sei que a manutenção dele feita pelo meu avô não foi muito cuidada, lembro me de ele se "gabar" ao dizer que andou anos com a mesma agua no sistema de refrigeração do carro. tenho medo que depois de investir e o tornar num carro utilizável ele comece a apresentar despesas altas por causa do desgaste.

    pensei em adquirir um carro comercial diesel com um valor baixo e com o restante dinheiro investir e aos poucos trazer o 850 de novo para a estrada assim em dias de chuva tenho sempre o outro carro para usar, ou pelo menos posso ir intercalando com os dois.

    A verdade é que tenho o 850 parado na garagem, desmontado e com o trabalho de lixa já a meio à mais de um ano e quero terminar a parte de pintura para pelo menos começar a montar.
     
  7. João Luís Soares

    Staff Portalista

    Registo:
    24 Out 2007
    Local:
    Maia / Gaia
    Veículos nas Garagens:
    2
    Tendo em conta os trajectos que vais fazer, essa opção de um 2º carro pode ser boa ideia...
     
  8. Rogério Machado

    Registo:
    27 Ago 2006
    Local:
    Lisboa
    Elah podes usar o 850 no dia a dia sem problemas. N esperes conseguir andar a velocidade dos outros carros em subidas de resto ta descansado. Não precisas alterar nada no carro, agora se o motor está todo assado não esperes que isso vá para a estrada e não te de problemas...

    Eu tenho um fiat 600 que é meu carro do dia a dia, e em 8 anos fiz 55.000km com ele... Com dínamo sem ventoinhas e com praticamente tudo de origem ( troquei o motor do limpa para brisas por o de origem ser muito lento)
     
    Francisco Dias gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página