Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Será...

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por SérgioLBSoares, 2 Jul 2008.

Tópico em 'Motos e Motorizadas' iniciado por SérgioLBSoares, 2 Jul 2008.

  1. Um bom investimento abrir uma oficina de reparação/restauro/construção de motos em Lisboa?:huh:
     
  2. É, sem dúvida, se eu tivesse os meios monetários abria cá uma no norte!

    Não há quase nenhuma que se dedique a 100% a essas vertentes, a unica que tenho conhecimento fica no barreiro e não faz restauro, só construção e assistência.

    Por isso, se tem o dinheiro, a paixao e o conhecimento, força nisso.
     
  3. A mim parece-me um bom investimento, não sou um perito em motas mas sei que não ha muitas escolhas no que toca a oficinas exclusivamente dedicadas a essa area.
    Claro que se poder fazer um estudo de mercado, mas penso que seja uma boa ideia se não houver muitos estabelicmentos a fazer concorrencia.
     
  4. sim...
    os motivos estão nas mensagem anteriores
     
  5. eu penso que nao sera rentavel!!! muitas pessoas por mais amor que tenham não vão gastar dinheiro em mandar restaurar motas, preferem faze-lo em casa pelos seu meios... inda para mais nos tempos que correm.... é a minha opinião.... mas força nisso
     
  6. boas ainda nao votei porque tenho algumas duvidas:

    1-seria a tempo inteiro ou "part-time"

    2- seria so reparação ( eu levo a mota e repara) ou tembem posso comprar uma mota na loja


    independente de tudo isto teria de fazer um estudo do mercado para analizar as necessidades do consumido (nos diversos sites por exemplo), e tinha de ver ai na zona se ha lojas ou oficinas do mesmo tipo, e por fim tinha de colocar preços simpaticos pois da maneira que isto estao_O saudações
     
  7. Boas, Se tens gosto, jeito e dinheiro penso que poderá ser um bom negócio.
    Esse é o meu sonho, mas um dia quando for mais velho e não necessitar de dinheiro para pagar a prestação da casa :)
    A longo prazo dá dinheiro além de muito trabalho, mas no inicio poderás estar um tempo a angariar clientes.
    Conheço um senhor que faz vida do restauro de Vespas, principalmente, há dias estive lá a ver as que ele estava a restaurar e disse-me "esta é de um Engº de Lisboa..." ou seja pessoas com dinheiro e gosto por motas antigas, mas que não têm tempo e vida para as restaurar, entregam a mota nas mãos de um profissional, sabem que vão pagar bastante, mas as motas saem dali como se fossem novas.
    Boa Sorte
     
  8. Seria a tempo inteiro.

    Previ que houvesse essa confusão daí ter especificado reparação/restauro/construção...
    Reparação de qualquer tipo de moto, restauro de qualquer tipo de moto e construção de motos de origem.
    Venda de motos só mesmo as construídas na oficina.

    Tenho apenas algumas noções de mecânica de motos, a minha vertente é a mecânica de automóveis ligeiros e pesados, portanto o primeiro passo seria a contratação de pessoal devidamente especializado e credenciado.
     
  9. Não sei se haverá mercado para o negocio ser rentável, todas as oficinas tradicionais na minha zona já fecharam, só há as que têm uma representação de motas ou motorizadas novas, a maior parte da malta já repara e faz alterações em casa , só recorrendo num caso pontual à oficina. Faça um estudo de mercado e depois verá.
     
  10. Para poder construir motos precisa das licenças de construtor... uma homologação que custa muito dinheiro... pergunte aos tipos da AJP a massa que já gastaram para homologar as motos....

    Convém fazer um estudo de mercado... um a sério!
     
  11. Olá a todos.Acho muito dificil a sobrevivencia de uma oficina a tempo inteiro só dedicada a este tema.Façam contas ao que se gasta num restauro em que é tudo feito pelo próprio e sem contabilizar mão-de-obra.Verão que se gastam balúrdios e que se não for pelo gosto do passatempo a maior parte das vezes a moto ou outra coisa qualquer é economicamente inviável daí o inflacionado em que tudo anda neste mundo dos "clássicos".Na minha opinião o restauro de clássicos só pode existir como um "nicho" dentro de uma oficina servindo para rentabilização de tempos livres.
     
  12. Em Lisboa não sei, mas aqui em Évora era capaz de dar qualquer coisa, o restauro! Já a construção de motas.... é capaz de ser complicado! Só pela carga de trabalhos que isso deve acarretar!
    Mas desejo-lhe muito boa sorte!
    Um abraço
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página