Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

seguro\IPO

Tópico em 'Legislação' iniciado por José Pedroso, 7 Jan 2011.

Tópico em 'Legislação' iniciado por José Pedroso, 7 Jan 2011.

  1. Olá amigos,

    Venho vos expor um problema insólito que me aconteceu hoje e me está a deixar de veras preocupado.
    Possuo diversas viaturas que tinha guardadas numa garagem subterranea de um amigo. Infelizmente esse amigo necessita do espaço e tive de remover de lá as viaturas. Eram 7 ao todo e das quais 2 têm a matrícula cancelada e não se encontram em meu nome. Para remover todos os carros contratei um reboque.
    Infelizmente o reboque não conseguia ir ao estacionamento subterrâneo e tive de colocar as viaturas na via pública para serem carregadas.

    Aqui é que tudo se complica, porque tive de me adiantar e colocar as viaturas imobilizadas em local acessível ao reboque, rebocando-os com a minha pick-up e o auxílio de um amigo e de uma corda própria para o efeito. Por volta das 7 da manhã estavam 5 viaturas no exterior do edifício, que era a hora que estava combinada com o proprietário do reboque. Infelizmente há 2 meses atrás o reboque havia sido roubado e foi encontrado sem guincho entre outras coisas. O proprietário mandou aplicar um guincho novo que por minha pouca sorte avariou. Por volta das 7h10 ele contacta-me a justificar o atraso, uma situação que só ficou resolvida por volta das 9h, altura em que me contactou novamente a avisar que ia finalmente poder fazer o serviço contratado. Após este contacto voltei para dentro para preparar as restantes duas viaturas que poderam saír pelos próprios meios. Eram por volta das 10h quando ele me contacta a indicar que já estava no local, subi e quando chego a junto das viaturas verifico que todas haviam sido multadas por falta de inspecção e seguro.
    Esta situação ocorreu devido a uma viatura que me é alheia e que foi estacionada num local que impedia a passagem de viaturas pesadas a uma obra naquela rua, pelo que foi chamada a PSP e todos os outros veículos em situação irregular foram igualmente multados.

    Peço ajuda para saber o que posso fazer pois pelas informações que recolhi a falta de seguro nas viaturas é considerada uma contra-ordenação grave pelo que este infeliz incidente me pode custar para além das coimas elevadas, a própria carta de condução.

    Poderei eu fazer, com sucesso, uma exposição ao Ministério da Administração Interna, solicitando o anulamento destas multas, dado o carácter absolutamente excepcional da situação acima descrita?



    Sem mais,
    José Pedroso
     
  2. Numa situação destas não sei se haverá muita coisa a fazer, o seguro acho que só é obrigatório se a viatura se encontrar a circular, mas IPO têm que ter para estar na via pública, talvez o melhor seja tentar falar com o Agente que o autuou...:huh:o_O
     
  3. :(-:(-:(-
    Não estou a ver outra solução que não a de expores o caso, e como tens o senhor do reboque como testemunha e tudo, não vejo outra solução para este cenário.


    Penso que é assim que funciona, embora não concorde uma vez que se o veiculo não estava a circular não coloca em perigo outros utentes...

    Mas e se eu quisesse levar o carro para fazer a IPO? Como faço?
    Levo num reboque até ao centro de inspecções???

    E só depois é que posso fazer seguro porque há seguradoras que pedem a folha de inspecções...


    Desculpem o offtopic...
     
  4. Renato, se não tem IPO não pode circular pelos próprios meios, assim só de reboque.;)
     
  5. grande dor de cabeça.....
    exponha o caso, ponha o proprietário da garagem e o senhor do reboque como testemunha.
     
  6. E se não estou em erro se chumbar na IPO com anotações muito graves pode-se deslocar apenas até ao mecanico - IPO / IPO - mecanico.
    Mas é uma treta ter que alugar um reboque para ir ali ao virar da esquina... :rolleyes


    Caro José, tive um amigo que esteve em risco de ficar sem carta por excesso de velocidade na A1.
    Escreveu uma carta muito bem argumentada a dizer que ia a caminho de um exame da universidade e que estava atrasado - o que era mentira - e que era estudante e estava a estudar longe de casa, e como tal precisava da carta, e que o dinheiro não abunda na carteira dos estudantes.

    Não evitou de pagar a multa, mas evitou ficar sem carta que já não foi mau.

    No caso dele funcionou, no seu caso, e com o serviço de reboque já contratado para aquela hora, penso que pelo menos não perde nada em tentar expor a situação, dizendo que os carros não circulam e estão sempre em garagem e estava a 5m de entrar no reboque. No mínimo tentar evitar ficar com carta apreendida, e se perdoassem pelo menos parte da multa também era bom...é tentar.
     
  7. Amigo, isso é muito azar, mas se fosse eu ia a correr à esquadra falar com quem emitiu as multas e com o Chefe de serviço para explicar e tentar que não as registem no sistema informático, apartir de estarem registadas em sistema informatico, vai ter grandes problemas, tem de ser antes do fim do turno dos agentes.
    Se explicar tudo e tiver a sorte de dar com um chefe que compreenda a situação, provavelmente vai mandar o carro patrulha verificar que não estão lá as viaturas na via publica, pode se livrar de muitos problemas.
     
  8. Escrevi este texto às 3 da manhã. Infelizmente a delegação de trânsito fecha às 16h. Pelo que já não tive hipótese de fazer nada.
    O que me preocupa grandemente é o facto da sanção acessória, que me dará apreensão da carta dadas todas as contra ordenações verificadas.
     
  9. A sanção acessoria com uma boa explicação e se for a primeira infracção grave, normalmente aceitam a justificação e perdoam a inibição de conduzir, agora as multas não lhe perdoam e 5 multas de falta de seguro/IPO é dinheiro.
     
  10. Ainda ninguém me conseguiu garantir se há ou não sanção acessória, pelo que as multas não são o verdadeiro problema. Apenas o risco de ficar sem carta me assusta.

    Origado
     
  11. Caro José,

    Os carros quanto tempo estiveram na via pública :huh:

    Os veículos tem aspecto de abandonado ou estão impecáveis, faltando apenas IPO e seguro :huh:

    Acho esta história algo bizarra, vou explicar...

    Se tinha os carros guardados em garagem não precisa IPO e seguro, como os retirou para a rua afim de serem rebocados em viatura própria (reboque certificado), alguém :huh: chamou as autoridades a queixar-se da situação (5 viaturas) estavam em que zona :huh:

    Não estou a entender bem pois se era uma situação provisória acho excesso de contra-ordenações (vulgo multas) a autuação de todas as viaturas....

    Cada falta de Seguro é de 500 Euros, cada falta de IPO é de 250 Euros, somente a falta de seguro é Contra Ordenação Grave com Inibição de Conduzir de 1 a 12 meses....

    Mas se você não estava a conduzir, como lhe podem reportar a IC :huh:

    As viaturas estão todas em seu nome?

    Tem fotos do local e das viaturas, era mais fácil o ajudar....
     
  12. Ninguém lhe pode garantir nada à partida, depende sempre de quem analisar o seu recurso/exposição, no entanto sei que nos ultimos anos normalmente as pessoas que recorrem, mas pagam as coimas de livre vontade, não dão razão na totalidade às pessoas, ou seja recebem as multas e não aplicam a inibição de conduzir, isto caso seja a primeira vez, mas fica registado, durante dois/três ? anos não pode ter outra, se não conta as duas, isso tem um termo juridico que agora não me lembra o nome, sei porque aconteceu com a minha esposa e enviaram uma carta para casa a comunicar a decisão.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página