Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Rodas: espaçadores/alargadores/adaptadores ?

Tópico em 'Legislação' iniciado por Mike S Silva, 5 Jul 2010.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Mike S Silva, 5 Jul 2010.

  1. O que é que diz a lei sobre os espaçadores/alargadores e adaptadores de rodas?

    No meu caso queria usar um adaptador que muda a furação da roda para outra furação.
    Estes adaptadores tambem, como é obvio, funcionam como espaçadores.

    O pneu não pode ultrapassar a extremidade da carroçaria, é isso que diz a lei?

    Alguem sabe esclarecer?
     

  2. certo, não te sei dizer a lei que é... mas é por isso que metem os alargamentos nos carros B)
     
  3. no que toca ao ultrapassar os limites da carroceria, a lei em questão é o código da estrada, não sei de memória se é a lei geral ou algum regulamento anexo, mas se pesquisarem por código da estrada ou comprarem um (acreditem que não é dinheiro mal gasto) rapidamente descobrem.

    quanto aos espaçadores (vulgo bolachas), de memória julgo que também não vem essa proibição em nenhuma lei, ´penso que a proibição vem numa nota técnica da DGV sobre isso. e já agora, penso que também vem na portaria que define as deficiências na IPO, mas só consultando.
     
  4. Boas, eu ca em casa tenho 2 carros equipados com espaçadores, em que a jantes estao memso a face da carrocaria e na IPO nunca tive problemas, alem de mais bonito estaticamente fica mais seguro!
     

  5. desde que não ultrapassem os limites da carroçaria esta tudo bem!! :D
     
  6. fica mais bonito... é subjectivo, é discutivel, fica mais seguro... uma ova. desculpa lá a franqueza
     
  7. mas logo no ponto 2 da introdução diz:

    "2 - As observações e verificações referidas no número anterior visam confirmar a
    manutenção das boas condições de funcionamento de todo o equipamento do
    veículo de acordo com as características originais homologadas e devem ser
    feitas sem prejuízo da observação de todos os elementos ou componentes de
    cada sistema, acessíveis sem desmontagens."

    e tens ainda o ponto 12 do anexo 7:

    "Todos os equipamentos e acessórios não homologados---> tipo 2"

    é questão de ler tudo ;)
     
  8. os separadores são muito bons mas é para acabar com os rolamentos......Acho que é preferivel montar uma jante mais larga mas com o mesmo offset..... mas claro que isso tambem depende do uso e do estilo de condução de cada quem....
     
  9. Sim, se for um carro de corrida onde as rodas são sujeitas a aclerações e travagens brutais não será nada aconselhavel, mas para um uso quotidiano, normal não vejo problema.

    No meu caso particular não há hipotese nenhuma de encontrar jantes com a furação pretendida, pois a furação em causa só foi utilizado neste modelo particular e não se fabrica há 25 anos,,,,,
    A hipotese de mandar furar umas jantes de fabrica é estupidamente caro.
    Só resta 2 soluções, adaptadores ou fazer uma nova furação nos cubos...

    Para já vou optar pelos adaptadores pois é mais simples do que fazer uma furação nova nos cubos e tambores... Depois vamos ver se consigo legalizar ou não.... :))
     
  10. legalizar creio que não consegues, porque creio que não são permitidas, já que um dos requesitos da L.T.A. para legalizar medidas de pneus é que não podem estar montados separadores ou adaptadores....e um amigo que tem montado no carro estavam sempre a embirrar na inspecção, o que ele fez foi mandar soldar os separadores na jante, passou o torno, pintou e ficou como se fosse a jante.....mas claro que no teu caso não serve esse truque.
     
  11. Sim, já li que um dos requisitos da LTA é não ter espaçadores, mas, eles não desmontam as rodas... se não virem não podem saber que tem...
    Depende das jantes, umas mais fechadas não permitem ver...

    Neste tipo de jante é bastante facil ver... so mesmo pintando da mesma cor da jante ou tambor... :oo
     

    Ficheiros Anexados:

  12. Há carros que trazem espaçadores de origem que concerteza são legais. Penso que isso também tem a ver com o bom senso da aplicação. Se calhar colocar uns espaçadores com 60 mm é um exagero, mas uns de 5 ou 10, não. O pneu não pode ultrapassar a carroceria, isso é certo

    Quanto ao melhorar o comportamento, também me parece que muito se fala de cor. Melhora em quê e em que circunstâncias? O facto de a distância do cubo ao eixos de rotação dos braços de suspensão aumentar, tem muitas desvantagens também... Cada caso é um caso e alargar por alargar, não garante realmente nada. Apenas um aspecto mais desportivo e mesmo isso é discutível, segundo os gostos e opiniões.
     
  13. Os alargadores desde que não sejam exagerados e que os pneus fiquem dentro das dimensões da carroceria, não conheço problemas em IPO, agora conheço problemas em casos que colocaram alargadores e as jantes ficaram fora da carroceria.

    È obvio que em Portugal depende sempre um pouco do Centro de Inspecções, por exemplo em Coimbra, nos espelhos retrovisores exteriores têm de ter um E de homologação Europeia e palas nas rodas(nos classicos), vou à inspecção a outro distrito do pais e já não ligam para essas coisas.

    No entanto no 124 Sport Coupé, conheço varios todos com "bolachas" para as rodas ficarem à face e nunca implicaram, independentemente do Centro de Inspecções, aliás alguns Fiat antigos traziam uma bolacha de 5mm de origem.
     
  14. e qual é a linha que define o alargador exagerado e não exagerado? é ao gosto do freguês não?

    Em Portugal, tudo o que é legislação é sempre aplicado de forma estranha, seja quem área for. Então no sector rodoviário, é o caos total, devem haver tantas interpretações do código da estrada como agentes da policia a fiscalizar. resultado: confusão geral e ninguém se entende. nos centros de inspecção é a mesma coisa, meia dúzia de regulamentos e não há 2 centros que os interpretem de igual forma. Mas não se confunda isto com dualidade de critério ou incompetencia pura e simples. Quando está escrito que determinado acessório deve ter x ou ser y, isso é igual para todos, e os que se desviam disso estão a servir mal os clientes, mas lá está, toda a gente prefere o lados mais simples que é não ter chatices, mesmo que ande errado a vida toda. Comodismo tuga!
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página