Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Restauro Opel 1204 Caravan 1978

Tópico em 'Opel' iniciado por Luís Pedro Ferreira, 2 Mai 2014.

Tópico em 'Opel' iniciado por Luís Pedro Ferreira, 2 Mai 2014.

  1. Já a algum tempo que me registei neste portal mas ainda não tinha tido tempo para colocar o meu primeiro projecto no mundo dos clássicos. Já há uns anos que queria comprar e restaurar um clássico com motor a frente e tração a trás mas ainda não tinha encontrado o negocio certo. No meio de um conversa com um mecânico amigo ele lembrou-se de um Opel que estava para venda e que já estava em face de restauro. O antigo proprietário já o tinha desmontado, tirado a tinta e tratado algumas das áreas com ferrugem. No dia em que o fui ver e buscarbiggrin.png :

    Ver anexo 337318

    Ver anexo 337319

    Ver anexo 337320

    Ver anexo 337321

    Ver anexo 337322

    Quando chegou ao lugar onde se encontra neste momento:
    Ver anexo 337323

    Ver anexo 337324

    Importante salientar que não tenho muitos conhecimentos de mecânica, chaparia ou pintura, pelo que poderei cometer diversos erros durante o restauro, mas agradecia que os mais experientes na matéria me pudessem dar dicas se virem alguma coisa de errado.
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Parabéns pelo projecto.
    O que não faltam é especialistas aqui no portal, eu que o diga, que muito me têm ajudado.
     
  3. Após organizar as peças o melhor que consegui, visto não saber onde metade delas são, comecei por tratar do compartimento do motor. A ideia é pintar o compartimento do motor e interior do carro em preto fosco e o exterior em cinzento claro com jantes e acabamentos a preto. Comecei por lixar as áreas quem me pareceram com imperfeições e retirar todo o que consegui para pintar.

    A zona da bateria tinha ferrugem, mas nada que depois de umas horas a raspar, pintar com um primário e colocar "craft" ( não sei se é este o termo certo) não resolvessem.

    Ver anexo 337554

    Ver anexo 337555

    Ver anexo 337556

    Ver anexo 337557

    Ver anexo 337559

    Ver anexo 337558
     

    Ficheiros Anexados:

  4. Depois de pintar o compartimento do motor virei-me para a parte que achei mais interessante do projecto ate agora, o motor.


    Ver anexo 337589
    Ver anexo 337590

    comecei por desmontar os acessórios do motor

    Ver anexo 337591
    Ver anexo 337592

    tinha ideia de pintar o bloco do motor de vermelho, mas no dia em que pintei a única casa de tintas que encontrei aberta só tinha preto de alta temperatura. Como tal achei que poderia mudar os planos e que não iria fazer muita diferença desde que ficasse bem pintado.

    Após umas boa horas a limpar e tirar a sujidade entranhada pintei a colaça e o bloco.
    aqui esta o resultado:
    Ver anexo 337593
    Ver anexo 337594
     

    Ficheiros Anexados:

  5. O motor levou cerca de 3 camadas de tinta de alta temperatura, na tentativa de durar muito tempo. Mas já me disseram que não devia ter dado tantas pois apesar de ficar bem, dificulta o arrefecimento do bloco. A partir disto não sabia o que fazer mas como não me apeteceu refazer o trabalho que tive, decidi que se mais tarde tivesse problemas de aquecimento arranjaria outra solução.

    A tampa de válvulas estava em mau estado de pintura por isso decidi lixar para tira a tinta toda e pintar de novo para não existirem imprefeiçoes apos pintura.

    Ver anexo 337595

    comecei também a lixar e limpar a caixa de velocidades e a tampa da correia de distribuição. como a ideia era pintar isto tudo de vermelho achei que a melhor coisa a fazer era pintar tudo ao mesmo tempo.
    Ver anexo 337596
    Ver anexo 337597
    Ver anexo 337598
    Ver anexo 337599

    não fotografei todas as peças porque para dizer a verdade fiquei tão entusiasmado com o que estava a fazer que me esquecilaugh.png
    Ver anexo 337600
    Ver anexo 337603
    Ver anexo 337601

    Após estar satisfeito com o trabalho de pintura e limpeza comecei a montar:

    Ver anexo 337602

    Ver anexo 337604

    com a caixa já montada:

    Ver anexo 337605

    tive de esperar uma semana para me poderem emprestar uma grua,e apesar de parecer uma eternidade finalmente chegoubiggrin.png
    já na grua:

    Ver anexo 337606

    ainda faltava pintar o cárter, e aproveitei para o fazer antes de meter o motor ao sitio:

    Ver anexo 337607
    Ver anexo 337608

    a cor do cárter é mais viva do que mostra nas fotografias.Mas como as estou a tirar com o telemóvel, são muito influenciadas pela quantidade de luz no sitio. Mesmo assim ando a escolher as melhores para colocar.

    A melhor foto do projecto ate agora:

    Ver anexo 337609

    (neste momento podem reparar que já tinha adiantado mais áreas do carro como as caves de roda a parte de baixo e o interior. Mas como me entusiasmei a contra esta parte, irei mais tarde fazer um post a descrever o processo das partes restantes)
     

    Ficheiros Anexados:

  6. No interior do carro comecei por retirar toda a camada insonorizante para ver se tinha algum ponto de ferrugem.
    Ver anexo 338935
    Ver anexo 338936

    depois de limpar pintei tudo com craft
    Ver anexo 338937

    Infelizmente na mala não foi a mesma historia pois tinha diversos pontos de ferrugem

    Ver anexo 338938
    Ver anexo 338939
    Ver anexo 338940
    Ver anexo 338941
    Ver anexo 338942


    e após as descobertas começou o trabalho de chapa:

    Ver anexo 338944
    Ver anexo 338943
    Ver anexo 338945
    Ver anexo 338946

    Na tentativa de começar a desocupar espaço com as peças o interior foi pintado:
    Ver anexo 338949
    Ver anexo 338950
    Ver anexo 338951
    Ver anexo 338952

    Ver anexo 338958
    Ver anexo 338938
    Ver anexo 338953
    Ver anexo 338954
    Ver anexo 338955
    Ver anexo 338956
    Ver anexo 338957


    Na parte de baixo comecei por raspar e pintar com craft:

    Ver anexo 338959
    Ver anexo 338960

    Ver anexo 338961
     

    Ficheiros Anexados:

  7. A continuação do trabalho na parte de baixo:

    já que a o cárter e a caixa de velocidades ficaram a vermelho, decidi tonar mais apelativa a parte de tras, pintando a tampa do diferencial da mesma cor
    Ver anexo 340327
    Ver anexo 340328

    Antes de começar a preparar a parte de pintura, montei a frente só para ver como ficava:
    Ver anexo 340329

    vi também o estado dos travões que me pareceram ainda estar em bom estado
    Ver anexo 340330

    Após muita lixa gasta e muitas horas perdidas finalmente consegui lixar a superfície do carro de modo a ficar pronta para colocar primário:

    Passou de esta superfície ferrugenta
    Ver anexo 340331
    para esta
    Ver anexo 340332
    Ver anexo 340333
    Ver anexo 340334

    Já com o primário de enchimento

    Ver anexo 340335
    Ver anexo 340336
    Ver anexo 340337

    Devido à pouca experiência de pintura, o primário ficou mal distribuído e ficou a notar-se zonas com muita quantidade e ate escorrido, e outras com uma espessura muito reduzida. Estava também a espera que o primário de enchimento tapasse parte das imperfeições na chapa, mas em algumas áreas não tive muita sorte. As mossas eram muito profundas para serem cobertas com primário, por isso começou a parte de aprender a usar o poliéster.

    Ver anexo 340338
    Ver anexo 340341
    Ver anexo 340342
    Ver anexo 340343
    Ver anexo 340344

    Passando a parte da pintura a frente porque de momento não tenho trabalhado nela, chegaram as algumas peças para o motor. Um rotor, uma tampa do distribuidor e após 4 meses a procura finalmente arranjei um carburador completo a preço acessívellaugh.png

    Ver anexo 340346
    Ver anexo 340347

    Ja com tudo no sitiobiggrin.png

    Ver anexo 340348
    Ver anexo 340349


    O meu problema agora é que não consigo descobrir como por o carro a trabalhar. Quando pintei o bloco do motor tirei o distribuidor, e não me lembrei de apontar ou marcar a posição na qual ele estava. quando o comprei também não vinha com os cabos de velas no sitio e também foi um problema descobrir a ordem. Foi ao auto-data ver a ordem do dos cabos de velas e a sua posição na tampa do distribuidor, mas mesmo assim não pega. Manda rateres pelo escape ao pela admissão e não consigo saber qual a posição certa. Será que alguém que saiba ou tenha passado pela mesma situação me possa dar uma ajuda ou umas dicas dos procedimentos que tenho de seguir?? Desde já um obrigadowink.png

    Mais um questão, alguem me sabe dizer onde posso arranjar um filtro de ar rectangular para o carburador. Não gosto muito de ver o motor com aquele filtro redondo.
     

    Ficheiros Anexados:

    Pedro Filipe Santos gostou disto.
  8. Boas, Luis só agora vi o teu projecto e por isso só agora é que posso dar os parabéns pela bela maquina que tens, eu chamo-lhe "ramôna" e foi o meu primeiro carro...laugh.png
    Começando pela pintura acho que antes de pintares seja o que for, deves sempre fazer alguma pesquisa, na internet, revistas, etc... para que não te arrependas depois do trabalho feito...Vejo que embora digas que não entendes de pintura, tens algumas bases, pois muita gente nem sequer sabe o que é o primário...wacko.png
    O importante é o trabalho ficar bem feito, para evitar ter de refazer...demore o tempo que demorar. Não ligues a quem te disse que o motor arrefece menos por causa da pintura que lhe deste, o motor arrefece com a agua e não por dissipação natural, se aqueceres um motor sem agua, passado uma hora ainda está quente...portanto o melhor é "cagares" no assunto!
    Quanto a meteres o motor a trabalhar, eu não te sei dizer bem como hás-de fazer, mas penso que se meteres o motor a ponto no volante do motor, o pistão do primeiro cilindro tem de estar em cima e tens de ter o rotor do distribuidor apontado para a vela do primeiro cilindro. Se fizeres isto, vais ver que ele acaba por pegar, depois vais atrasando ou avançando até apanhares o ponto. Caso tenhas alguém com uma pistola estroboscópica que te empreste, pode ajudar. Estes motores se estiveres "mais ou menos" a ponto, desde que tenham gasolina e bateria, trabalham sempre!
    Em relação á pintura exterior, vê bem o que queres e faz as coisas com muita calma, pois a pintura é a "cara" do carro, é o que chama mais a atenção e regala a vista...todos têm de levar betume, não dá para tirares moças sem ter de aplicar sempre um pouco de betume...a chapa é assim mesmo, mas há diferenças entre dar 1 milímetro de betume e dar 1centimetro de betume...tira sempre o máximo das moças que conseguires com o tais e o martelo e se tiveres de dar calores não hesites, só quando está tudo desempenado o máximo possível é que avanças para o betume e o primário. Não dês tinta em cima do betume directamente, no fim de dares betume e de o lixares, cobre tudo com primário, depois lixas o primário com uma 320 a seco ou com esponja 3m superfine, desengorduras tudo muito bem, tiras algum pó que haja e então depois dás a tinta (Dica: não lixes o betume logo após ele seque, se puderes deixa-o estar um dia ou dois e só depois é que lixas, é que o betume tem tendência para abater passado algumas horas e poderá vir-se a notar depois na pintura)
    Terei muito gosto em ajudar em tudo o que estiver ao meu alcance, dá uma olhadela pelos vários trabalhos nos Opel aqui do portal, aprende-se muito a ler por aqui.
    wink.png
     
  9. Boas,

    Francisco, desde já um obrigado pela ajuda.

    Eu tenho andado a ver no google e em alguns forums um cinzento original para a carrinha, diferente do que tinha.O que tinha era meio azulado e para dizer a verdade não gosto muito e também não tenho interesse em mudar a cor no livrete. A carrinha sob a qual tenho tirado ideias é a seguinte, mas faltam algumas modificações. As ópticas vão ser redondas (junto com a compra vieram as ópticas redondas e as rectangulares), as jantes queria as do manta ou algo semelhante, falta também as grades no tejadilho a preto. Os para-choques que tenho são cromados, mas estão em mau estado e se decidir arranjar estes e polos direitos, muito possivelmente irei pinta-los de preto. Basicamente a ideia é pintar a carrinha de cinzento e todos os acabamentos possíveis a preto fosco.

    Ver anexo 340360
    Ver anexo 340361

    Relativamente a qualidade final da pintura, tenho feitos todos os possíveis para tentar chegar perto de um bom acabamento final, nem que seja repetir o processo algumas vezes ate ficar perto do esperado. Depois do poliéster pintei com outra camada de primário, e agora só depende dos preços, mas penso que ainda vai levar uma camada de poliéster pistolado. Só depois é que vai levar tinta.
    Relativamente ao motor, apesar de não ter muito tempo vou tentar fazer o que me disse. Quando tiver resultados coloco um video do motor a trabalhar.laugh.png
     

    Ficheiros Anexados:

  10. Boas noticias Luís, o modelo que te estás a guiar é excelente, uma das mais bonitas carrinhas que já vi e a cor assenta-lhe lindamente!
    Com calma vais lá!
     
  11. Boa noite Luis,

    Está a avançar a bom ritmo esse restauro, assim é que é!!

    Essa carrinha para seguir como exemplo parece bem ;)
     
  12. David, a carrinha que está como exemplo a seguir, tem uns sapatos que custam para cima de mil euros... ando á muito para comprar umas botas dessas para o meu golf mk1 gti...
     
  13. Pois, imagino que custem.... são umas bbs ne ? Num Golf devem ficar bem, e até no meu corsa c ficavam ahah :)
     
  14. Sim, são umas BBS RS (penso que 001) que se conseguem por volta dos 700/800€, mas depois faltam as abas que custam 110€ cada uma e ainda ficam a faltar os parafusos, para não falar dos centros em alumínio...
    Como as da foto podem chegar aos 2000€...
    É muita fruta, daí eu ainda me ficar pela imaginaçãorolleyes.gif
     
  15. Finalmente conseguiram afinar-me o distribuidor e o motor já pega. E para dizer a verdade, a sensação de o ouvir a trabalhar após cerca de 4 meses foi muito melhor do que a sensação que tive quando comprei o carro. Acabei por fazer um video do motor a trabalhar mas ainda sei se é possível, nem como é que o poderei por aqui. A partir de agora já posso começar a arranjar posição para os tubos de agua, cabos de velas e para os fios eléctricos de modo a por o compartimento do motor muito mais apresentável do que esta. :)
     
  16. Luis a melhor maneira e mais fácil é meteres no youtube e depois metes aqui o link
     
  17. Após mais de 5 meses desde a compra finalmente conseguir dar umas voltas com a carrinha e riscar um bocado o pavimento :D. A sensação de estar atrás do volante e de já não ter de empurrar de um lado para o outro, valeu sem duvida nenhuma o tempo todo que dispensei, trabalho que tive e também me levou a ganhar mais motivação para acabar.

    Aqui estão dois video das primeiras vezes que trabalhou:

    https://www.youtube.com/watch?v=Tmb5cfajRmI&feature=youtu.be

    https://www.youtube.com/watch?v=5hAUN1KNQ1o&feature=youtu.be
     
    Tiago Filipe Santos gostou disto.
  18. Ja vão alguns meses que não postava nada sobre o restauro. Tive uns tempos que como não tinha muita disponibilidade para a trabalhar na carrinha e cheguei mesmo a tentar vendê-la. Felizmente não consegui. Por motivos maiores tive necessidade de a montar rapidamente porque fiquei sem o carro que andava no dia a dia. tive cerca de semanas para completar o projecto. De momento ando todos os dias com ela, e apesar de ainda não estar perto de como eu gostaria que ficasse, o restauro ainda não morreu por isso devagarinho vai la chegar.
    Não houve tempo suficiente para a mandar para o pintor, mas as mossas foram removidas o melhor que consegui, mas ainda quero melhorar uns pontos que me escaparam. A carrinha encontra-se ainda com o primário :(, mas espero conseguir rapidamente dar poliéster nas imperfeições que tem e pintar.
    DSC_0127.jpg
    DSC_0131.jpgDSC_0137.jpgDSC_0139.jpg
    Não gosto muito de jantes de ferro, principalmente tão estreitas, mas após pinta-las de preto e de lhes por os centros ate ficaram engraçadas
    DSC_0188.jpgDSC_0189.jpgDSC_0190.jpg

    O escape de origem estava com ferrugem, e já tinha excesso de remendos pelo que tive que fazer um novo :D:. Andei uns dias com ele assim, mas não gostava nem do som, nem de saber que a qualquer altura podia cair. então decidi fazer um. Importante salientar que não sei soldar e que não ficou um trabalho de profissional, mas sinto-me orgulhoso por dizer que quase todo processo de restauro foi feito por mim. O único material que tinha era tubo de 45mm de diametro interno, e foi isso que usei. Comecei por lhe meter um catalisador antes do eixo traseiro, mas era demasiado grande para o sitio onde estava e batia contra o eixo quando passava num buraco e tambem fazia demasiado barulho. Foi então que o tirei e coloquei depois do eixo traseiro uma panela que andava para la encostada. A diferença de diâmetro entre o antigo e o novo.DSC_0215.jpg
    o espace velho já com excesso de remendosDSC_0217.jpg
    o escape com o catizadorDSC_0220.jpg
    não tenho fotografias do produto final, mas ainda vou colocar uma serpentina no escape, para evitar a vibração que faz por isso quando o fizer tiro. utilizei o escape antigo desde os coletores ate um bocado antes do ponto onde se unem os dois em um. Cortei-o para que a area do tubo que ia usar fosse igual a dos outros dois.
     

    Ficheiros Anexados:

    José de Sá gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página