Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

restauro dyane 1974

Tópico em 'Citröen' iniciado por joao manuel ferreira, 22 Set 2008.

Tópico em 'Citröen' iniciado por joao manuel ferreira, 22 Set 2008.

  1. Antes de mais quero cumprimentar todos os membros aqui do portal e todos os entusiastas em geral de coisas antigas.
    O meu nome é João Ferreira, tenho 30 anos e moro em Queijas perto do Estádio Nacional.
    Depois de muito me divertir a ver os restauro postados aqui no Forum decidi eu também partilhar o retauro da minha dyane.
    A escolha do modelo citroen Dyane foi pelo facto de ter sido o primeiro carro do meu pai e consequentemente da familia tinha eu 4 anos e adorar o carro; lembro-me de ir para a praia e pedir para abrir a capota, o que eu adorava.Comprei o carro à cerca de um ano, estive muito indeciso se havia de comprar ou não porque me diziam que não valia nada, devia comprar um 2 cv que esse vai sempre valorizar, que o dinheiro do restauro era o mesmo, mas quando vi esta dyane não resisti e tive de a comprar.infelizmente parecia que o restauro era simples, mas as camadas de betume e grafitex disfarçavam muitos podres escondidos.e um restauro simples acabou por revelar-se um restauro complicado e bem dispendioso.Bem mas agora que ja começou e as peças começaram a chegar não posso parar, e para que fique o mais original possivel peço desde já toda a vossa. um Abraço e um até breve já com fotos
     
  2. Bem vindo ao Portal dos Clássicos!! Quijas....já namorei uma rapariga daí ;) Venham fotos da máquina..
     
  3. Bem vindo e bom restauro, nem todos podem ter 2 cavalos, mas acho que a Dyane também tem lugar na história, há quem lhe chame o parente pobre, mas eu sempre gostei desse carro, também andei de Dyane algum tempo um amigo meu teve uma e muitas vezes fomos ao Rock Rendez-Vous na Rua da Beneficiência- Lisboa com ela já éramos famosos...o que é certo é quando subiamos o Alto Carvalhão e se o carro levava 5 pessoas tinham que sair pelo menos 3, porque senão ali ficava qual mula teimosa:D:D:D:Dvelhos tempos.
    Boa sorte e paciência.
    Abraço
     
  4. Boas,

    Bem vindo, é um carro bastante engraçado, tb estive indeciso entre uma dyane e um 2 Cv, por fim lá trouxe o 2 Cv para casa !!! Força nesse restauro, e venham lá essas fotos.

    Abraços
     
  5. Boas;
    O meu primeiro carro foi tambem um Dyane (usado). Acabei tambem por importar em Abril 2007 um Dyane de França que esta todo original e a necessitar de algum restauro, mas nada de complicado. A minha prioridade foi para o 2 CV que tambem importei e que ficou a meu gosto. Mas logo que possa vou tambem po-lo como fiz no 2CV. A questao que se poe é que nas peças a venda, é mais dificil encontrar para o dyane do que para o 2 CV. Força no restauro e gostaria de o acompanhar nesta tarefa.
     
  6. Antes de mais obrigado pelos posts.
    Tenho pena de não ter as fotos da dyane por desmontar mas como disse parecia que seria so uma pintura e não um restauro e então não tirei. Pode ser que o anterior dono se vier aqui ao forum e tiver fotos de-la as poste.Era de Beja.
    Então aqui vão as fotos Já desmontada
     

    Ficheiros Anexados:

  7. Bem vindo ao Portal ;) e
    boa sorte no restauro,aprecio mais a Dyane do que apropriadamente o 2cv em si ;)
     
  8. Viva João,

    Desde já, os meus parabéns pela decisão de restauro da sua dyane! É um excelente carro, sem duvida.
    Também eu sou um feliz proprietário de uma Nazaré de 1977, que foi o meu primeiro carro de dia a dia, e agora clássico de fim de semana.
    Se precisar de material para a sua menina contacte-me.

    Saudações,
    Vitor Craveiro
     
  9. Se calhar vou escandalizar muita gente mas gosto muito mais da Diane do que do 2 CV e falo por mim com alguma sabedoria pois já tive 2 Dianes, o primeiro e segundo carro do dia a dia, e um 2 CV este já em 2000 e não há duvida que gosto muito mais da Diane.
    Parabéns e boa sorte no restauro.
     
  10. Bem vindo ao Portal, e boa sorte nesse restauro!

    Também faço parte do grupo "Prefiro Dyane a 2 CV". É um dos carros que está na minha lista "hei-de ter um".

    Cumprimentos! ;)
     
  11. Boa tarde a todos.
    Eu tambem gosto mias do dyane do que do 2CV.
    Tenho a sorte de ter os 2, 1º comprei o 2cv mas ficou sempre o bichinho de ter um dyane. Em 2006 comprei um dyane de 1970.
    Não sei se tivesse comprado 1º o Dyane teria comprado depois o 2CV.
    Boa sorte nesse restauro.
    Vá mostrando tudo.
     
  12. Ora então vamos lá começar a mostrar o que eu não sabia que ia encontrar.
    1º não sabia que ía encontra tanta ferrugem
    2º não sabia que ía encontrar tanto betume e grafitex
    3º não sabia que existiam bate chapas tão aldrabões, mas isso fica pra depois contar.
    ora aki vão as imagens.
    a imagem não mostra bem mas o guarda lamas tem mais uns quilos que o novo que comprei e uma altura em certas partes de 1 cmVer anexo 73107

    Ver anexo 73108
    aki o monte de bocados de ferrugem que o 1º bate chapas que mexeu no carro tirou, sim já vou no segundo e espero não ter de trocar maisVer anexo 73109
     

    Ficheiros Anexados:

  13. bem vindo!!!
    e força no restauro
     
  14. Ficheiros Anexados:

  15. Quando restaurei o meu 2 CV, eu optei por refazer o chassi em barra de ferro, o que me saiu por uma fortuna. Comprando o chassi ja feito por cerca de 500€ saira´muito mais em conta, mas se for como o que eu tinha no meu carro, no interior ele era composto por diversas chapas de 2 mm, crieo que nao será tao forte como o que eu fiz.
     
  16. Bem vindo ao portal!!
    Boa sorte para o restauro, adoro os dyane e 2cv.

    força
     
  17. sr. Daniel Melo já que levantou a questão, eu estou indeciso em comprar um novo ou um reforçado, não é uma questão de preço porque o preço é bastante parecido e quem vende o reforçado tambem vende o novo, mas sim porque me diz que o que ele tem repardo e reforçado não parte decerteza e já o vi e a primeira vista pareçe muito bom, com chapas novas nota-se os pontos de solda dos reforços interiores já vem pintado, com cera no interior, bem digam-me o que aconselham. o meu bate chapas disse-me que preferia o de origem porque porque esses novos podem não ter grande qualidade e aquele parecia tar muito bom.é mais uma coisa para me chatear a cabeça e preciso das vossa opiniões para me decidir
     
  18. Excelente escolha!

    A Dyane foi também o meu primeiro carro (e também o terceiro). Fiz o país de lés a lés de Dyane e nunca fiquei a pé. A Dyane foi para mim uma excelente “escola de condução”.

    Relativamente ao restauro, vai ser necessária muita capacidade de estupefacção e alguns euros para acompanhar o espanto.
    Contrariamente ao que se pensa, a Dyane começa a ser relativamente rara e não é muito fácil encontrar material para ela, em oposição com o que se passa com o 2CV. Consequentemente é um carro que se está a valorizar bastante bem.

    Eu sou daqueles que preferem os 2CV, que considero um dos ícones da história do automóvel (entre outros, claro!), mas não desdenharia jamais voltar a ter uma Dyane.
     
  19. Não sabendo qual a utilização que vai dar a Diane atrevo-me a dizer que o normal, sem ser reforcado, é o mais indicado era o que vinha original e os técnicos estudaran-no assim pois talvez fosse mais leve e com a potencia disponivel era o melhor.
    Eles partiam, e não todos pois os que tive nunca partiram, por causa dos abusos cometidos e o mau tratamento, sem lavagem para tirar as lamas e cargas muito pesadas. Como penso que deve de ser um carro para ser bem tratado daqui para o futuro ...
     
  20. Podem nao concordar comigo, mas mesmo que eu comprasse um chassi novo, antes de montar a carrocaria, eu faria o reforco junto ao local de apoio da caixa de velocidades, isto nao altera ou adultara a originalidade e dara' mais seguranca. Acho ainda importante que o interior do chassi seja bem protegido no interior com oleo queimado, para evitar a corrosao ao longo dos tempo. Sao daquelas coisas que nao tem custos a ano ser o tempo que se perde para o fazer, mas que se beneficia a longo termo.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página