Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

registo de moto

Tópico em 'Legislação' iniciado por Telmo Soares, 6 Mai 2011.

Tópico em 'Legislação' iniciado por Telmo Soares, 6 Mai 2011.

  1. Boas, tenho uma MOTOM 48 e vou ver se começo para o proximo mes o restauro/montagem da moto mas tenho um pequeno problema, a moto ainda esta registada em nome do meu falecido avô, que tenho de fazer para regista-la em meu nome? Ja tenho a moto em casa há mais de 30 anos, mas o meu pai nunca fez o registo e faleçeu ha quase 2 anos, e como tenho tios estou com receio de ter problemas em fazer o seu registo em meu nome.
     
  2. Boas

    Amigo Telmo, penso que seja assim:

    Primeiro, precisas dos dados do teu avô (BI, nº Contribuinte e morada completa), depois os teus dados (a mesma coisa), um impresso do IMTT (documento 8, basta procurar no site), preencher os campos da identificação, é preciso uma assinatura do teu avô (conforme o BI)

    Depois levas o impresso a uma Conservatória da tua área de residência, levas fotocópias dos documentos para o(a)s senhor(a)s confirmarem os dados e verificar se está tudo ok para posterior transferência de propriedade.

    A moto, se ainda tiver a antiga matricula (da época), tal como o livrete, tens de fazer o pedido de nova matricula e o documento único, só depois é que podes transferir para o teu nome, acho que é assim o mais correcto!!

    Espero ter ajudado!!
     
  3. Estás com um grande problema nas mãos.
    1- A mota tem que estar na relação de bens do teu avô.
    1.1 - A mota está na relação de bens. Pedes uma copia, e o teu pai passa a ser herdeiro da mota tal como os teus tios ou seus herdeiros.
    1.2 - Não está na relação de bens, o cabeça de casal tem que pedir uma alteração da relação de bens.
    2 - A parte da mota correspondente ao teu pai entrar na relação de bens dele se não entrou, pedir alteração à mesma.
    3 - Juntar habilitação de herdeiros do teu avô (o teu pai, tios ou herdeiros deles...) certidões de nascimento, BIs .....
    4 - Juntar habilitação de herdeiros do teu pai (a tua mãe, irmãos.....) certidões BIs.....
    5 - Todos estes herdeiros assinarem a declaração de venda, com todas estas cópias juntas e registar a moto na conservatória em teu nome, fácil...
    6 - Pedir novas matrículas no IMTT.

    7 - Juntar uma boa dose de paciência e um saco de notas.

    8 - Se um dos herdeiros não estiver de acordo.................

    Se conhecerem outra forma avisem também tenho uma mota nestas condiçoes, restaurada e encostada no fundo da garagem, dá uma bela peça de decoração.
     
  4. Estando a moto na posse de alguém há 30 anos, não pode tentar legitimar essa posse por uso capião. (Eu não percebo nada dessas coisas, mas sei que isso é possível em casos semelhantes.)
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página