Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Recuperação de um clássico na sucata

Tópico em 'Legislação' iniciado por AmaralBarreiros, 1 Jan 2011.

Tópico em 'Legislação' iniciado por AmaralBarreiros, 1 Jan 2011.

  1. Bom ano para todos os amantes de clássicos.

    Alguém me consegue informar se há possibilidades de recuperar um clássico que já está no centro de abate. Estou a falar de documentação para voltar a circular normalmente. É que encontra-se cada barbaridade inexplicável...

    Abraço
     
  2. Boas:

    Obrigado pela dica. Bem me parecia que seria complicado. Abraço
     
  3. Se o carro já deu entrada oficialmente como abatido, é impossivel voltar a circular novamente.
    Estou a falar não de uma sucata qualquer, mas das licenciadas para abate de veiculos em fim de vida.
    É necessário os proprietarios entregarem o DUA ou registo propriedade mais o livrete à entidade que faz o abate, é preenchida uma ficha individual para cada abate, assinada pelo proprietario que declara o abate do veículo, e assinada e carimbada pela sucata. Posteriormente, estes dados são enviados ao IMTT, incluindo a documentação original do carro, e é feito o abate e limpeza das matriculas dos registos nacionais.
    Como tal, carro abatido é carro perdido.

    Cumprimentos
     

  4. Caro Miguel Cristovão:

    Obrigado pelo esclarecimento. Disseram-me que há uma kadett A caravan no Centro de Abate de Rio Tinto. Não sei é como é que foi lá parar.
    Abraço
     
  5. atençao que nem todos os carros que estao no centro de abate sao irrecuperaveis sei que há pessoas que vao a esses centros e ao levá-los para abate se conversarmos com o dono da viatura antes de fazerem a entrega dos documentos ao centro o dinheiro que o centro lhe vai dár nós damos a eles e ai já se pode salvar mais um classico das garras do desmancho e consequente perda de mais um atentado ao nosso patrimonio circulante.mas atençao que só dá se for um particular,se for stand entao esqueçam.
     
  6. Deve lá ter ido parar da mesma forma que apareceu um bmw 2002 de 73/74, com 75000km reais, sem um único podre, com a pintura de origem, em estado IMACULADO, COMPLETO, e que ao fim de 2 horas no centro de abate já estava completamente vendido!
    Penso que a mecânica está aqui a Venda e pelas fotos dá para ver que o carro estava novo!
    Alguém preferiu receber 1500€ do abate na compra de um carro novo e nem se chateou a tentar vende-lo.
    Tive um amigo que tentou comprar a carroçaria completa e apenas lhe venderam cortada a frente e a traseira e as portas,
    Confesso-te que conheço poucos carros no estado daquele sem nunca ter sido restaurado, enfim…
    A primeira coisa que cortaram do carro foi o nº do chassis
    Cumprimentos.
     
  7. Os documentos entrando no centro de abate é para esquecer :(
     


  8. Tem de comprar um igual, todo podre com documentos e mudar a toda a zona onde está gravado o nº de chassis, não pode ser só o rectângulo com os numeros mas sim toda a peça, como por exemplo toda a cave da roda, nos classicos se não for denunciado não dá problema, até porque antigamente era frequente grandes reparações de chapa com substituições de caves de roda, frentes, etc... logo é dificil provar desde que bem feito.
     
  9. Obrigado a todos pela preciosa informação

    Abraço e Bom Ano de 2011. O meu vai começar muito bem pois a minha menina kadett B Caravan está quase pronta a circular.
     

  10. Amigo Barreiros,
    Há quanto tempo !
    Eu vi logo que se tratava de uma Kadett "A" Caravan, porque será?!
    A sua Kadett "B" Caravan, não era suposto ter ficado pronta pelo Natal? O que se passou, homem? Atrasos do costume? Espero que o seu restauro esteja concluído brevemente, sem mais atrasos, para podermos "cavalgar" juntos!
    Um grande abraço, um excelente ano de 2011 e até breve!

    Emílio Rodrigues
     
  11. Grande Emilio:

    Passou para o mês de Janeiro pois o homem teve problemas o telhado oficina com o temporal.
    Olhe a lingua portuguesa é muito traiçoeira: "para podermos "cavalgar" juntos!" :)

    Abraço

    Quando houver novidades será o primeiro a ver a máquina
     
  12. Nem todos os casos sao de abate de documentos!
    Um centro de abate nao deixa de ser uma sucata, e pode receber carros Com ou Sem documentos, para apenas fazer ferro...Agora se o caso, foi de abate, ai nao ha nada a fazer, pois os mesmo ja foram dados de baixa no IMTT (assim que o carro entra, e o proprietario assina a declaração de abate).

    Antes de especularmos sobre esse carro, a melhor coisa é ligar para esse centro de abate e verificar se se trata realmente desse Kadett A caravan, ou doutro modelo, e qual a sua situaçao.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página