Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Pedidos De Ajuda

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por nuno granja, 17 Fev 2013.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por nuno granja, 17 Fev 2013.

  1. O recente tópico em que um membro aqui do Portal pedia ajuda para encontrar um Mini Cooper a "preços acessiveis", recordou-me alguns pedidos de ajuda "peculiares" que me foram fazendo desde que ando por aqui.

    Este exemplo é dos mais interessantes pois tenho as imagens necessárias à sua ilustração...

    Há uns anos, pesquei este Land Rover Série I na zona da Vila da Feira...
    LAND1-1.jpg
    LAND2.jpg
    LAND3.jpg
    LAND4.jpg

    Uns dias depois recebo uma mensagem privada de um "amante dos Land Rovers", que queria muito aquele modelo e tal, bla, bla, bla,


    Mando indicações completas...
    AN.jpg
    MAPA.jpg

    Nunca mais tive noticias, nem "olha, fui lá vi o carro comprei por isto ou não comprei por aquilo", nada, nem um "obrigado"

    Ok não foi o primeiro nem será o último.

    Uns meses depois vejo o carro em Gaia, já sem o equipamento de reboque, à venda na berma da estrada (esteve lá pelo menos 2 meses, mais provavelmente foi mais) a 100 metros do mar, que como sabemos é o sitio ideal para quem gosta de classicos os deixar...


    LANDROVERS1_PRT1111-3.jpg
    LANDROVERS1_PRT1111-6.jpg
    LANDROVERS1_PRT1111-4.jpg
    LANDROVERS1_PRT1111-2.jpg


    Não posso garantir o tudo o que se passou, apenas tenho a certeza de que quem me pediu informações não tem por habito agradecer quando lhe fazem um favor, mas tenho fortes suspeitas de que quem me enviou a mensagem terá outros defeitos.

    Curiosamente, se me dissesse que queria o carro para vender, eu indicava na mesma o local onde ele estava à venda.


    Este exemplo não é único, mas não representa nem de perto nem de longe a maioria dos pedidos de favores que me fizeram, mas não deixa de ser peculiar (no minimo).

    Também não fez com que sempre que possa ajudar, responda aos pedidos que me fazem. Na maioria dos casos ajuda-se boa gente, nos outros é uma maneira muito barata de saber com quem estamos a lidar.


    Em conversas com outros entusiastas já ouvi outros caso "peculiares", alguem tem histórias deste tipo para partilhar?


    nuno granja
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Nem é bom falar disso :(
     

    Ficheiros Anexados:

  3. Acho que sim, de certa forma. O maior problema ( e o que mais me aborrece) é a indefinição na procura e depois da coisa estar prestes a ocorrer ...saltam fora!
    Nem sei explicar mas...preparas o cozido e depois ninguém se senta à mesa para comer!

    Acontece também muita vontade e poucos euros pois parece que o pessoal gosta de tornar o sonho verbal sem realmente o concretizar, ou seja, deixam um gajo apeado no negocio e chegam ao fim para comprar uma coisa de 5000 euros e dizem mil e uma desculpas .. E depois descobres que nao tem sequer possibilidade e nem nunca comprou nada parecido. A indefinição!

    Por isso é melhor perguntar primeiro se há dinheiro, se é mesmo aquele carro? Enfim.. Temos que estudar, saber o queremos, falar com as pessoas primeiro e chegar a conclusões . Depois procurar o que se quer!
     
    Pedro Pereira Marques gostou disto.
  4. Tenho tantas histórias dessas Nuno...

    Um dia um amigo pôs um anuncio na internet a OFERECER um alfasud sprint veloce 1300. Nem queiram saber as perguntas que os "interessados" faziam. Se tinha inspecção, o estado dos pneus, se trabalhava, como estava a chapa... porra o carro era dado e ainda desdenhavam. A certa altura esse meu amigo, que tinha um feitio particular, respondia que o carro era oferecido mas que até tinha o depósito de gasolina cheio e uma gaja boa lá dentro!

    E aquela malta que anda há procura de coisas boas abandonadas, daquelas que custam mais de 100.000 eur e me vêm perguntar se eu sei de um carro (Alfa no meu caso) assim, que até tinha aquilo em alumínio, aquela peça era de magnésio e ao mesmo tempo dizem que não vale nada e é um carro velho... porra, a contar a missa ao papa. Esses são os que gosto mais. Quando se armam em espertos mando-os procurar nuns terrenos que conheço que é só silvas e depois contam-me que andaram à procura, arranharam-se todos, mas não estava lá nada. É só cromos.
     
  5. E a Malta que te diz...eh pá , vi um carro como o teu super barato..por x euros abaixo do preço de mercado!
    Um valioso XPTO a este preço ..vou já ver isso!
    E lá vamos nós confirmar a verdade..perder tempo, claro!
    Ainda a pensar se ainda existem achados mirabolantes..crentes...


    Mas agora já digo:
    compra já, se é isso que pretendes, siga!
    E só depois digo:
    Ainda bem que não me perguntaste mais nada..!
     
  6. [sub]Deram-me um 33 Imola. Como o carro estava na zona do Cartaxo, eu na altura tinha carros a mais e tempo a menos, decidi que não ia ficar com ele e meti num fórum que oferecia um 33. O carro em questão até não estava nada mau, pois cheguei a ir vê-lo. Tirando a falta de IPO, estar parado á quase 4 anos e uma pintura baça mas perfeitamente recuperável, este 33 era um projecto interessante para quem não tinha muitos euros disponíveis e quisesse sujar as mãos.[/sub]
    [sub]O amigo que ofereceu-me o carro tinha imensa urgência em tirar o "mono" do local onde estava pois tinha vendido o imóvel onde tinha aparcado o 33. Depois de meter o anúncio, iria dar primazia a quem respondesse 1º. Choveram pedidos de informações de supostos interessados. Eu fazia no anúncio um relato detalhado do estado do 33 e a urgência em retirar o carro do local onde estava.[/sub]
    [sub]Perguntas como: "Tem IPO, pode vir a circular até ao Porto?" ou "Se guardar-me o 33 um mês ou dois, fico com ele." ou "Consegue dar-me orçamento para reboque até Braga?" ou "Meta-me o carro aqui no Cacém que trato bem dele." ou o melhor "Não tenho forma de deslocar-me até ao Cartaxo, pode ir buscar-me a Lisboa e depois trazer-me para ver se o 33 interessa-me?" Perdi a paciência para este tipo de pessoal.[/sub]
    [sub]Lá falei com um amigo que o foi buscar e até hoje está num armazém bem guardado á espera de melhores dias.[/sub]
    [sub] [/sub]
    [sub]Outro caso. Quando comprei o meu 1600 Ti, no mesmo local estava um 2CV 1º série e um Ford Cortina mk1 2 portas. Fiquei com o BMW para mim mas prometi ao senhor que era simpático e prestável que se soubesse de alguém interessado nos outros carros, iria dar uma ajuda. Falei com algumas pessoas, umas amigas, umas que conheço, outras que mais valia não conhecer… Um deles foi ver o Cortina. Só faltou chamar ladrão ao vendedor, pois entraram em desacordo com o preço e ninguém se entendeu. Eu sabia os preços dos carros mas nunca disse nada a ninguém, pois não queira envolvimento no negócio, mas que os preços eram abaixo do que se pediam na altura, isso eu tinha a certeza. Obviamente que no próprio dia o vendedor ligou-me e disse-me que aquele tipo de ajuda, agradecia mas dispensava. Não voltei a ter coragem de mandar alguém ter com o vendedor.[/sub]
    [sub] [/sub]
    [sub]Mais um caso. Descobri, por mero acaso, um RenaulT 5 GT TURBO aqui na minha territa. Como eu já não compro tudo o que vejo, esqueci o carro. O preço era bastante apetecível mas mesmo assim, resisti á tentação. Mais uma vez, em conversa nos fóruns, também recebo uma mensagem privada a pedir a localização do R5. Não fazia ideia quem era o tipo e apenas tinha 6 mensagens escritas no fórum, mas escreveu-me que gostava de surpreender o Pai dele com este carro, pois ia fazer anos, e blá, blá, blá. Ok, claro, ainda para mais por esse motivo, toma lá a localização, o contacto, o estado do carro, etc., etc.. Ligo ao senhor que tinha o carro e digo-lhe que irá alguém ver o R5. 3 dias depois, encontro este R5 no Stand virtual á venda com uma inflação de 140%. O que fazem ou deixam de fazer com os carros a mim não me diz respeito. O que deixa-me apreensivo em relação a futuros contactos deste género, são as tretas que inventam para apelar ao lado emocional.[/sub]
    [sub] [/sub]
    [sub]Ultimo caso que ainda está a decorrer. Vendo 2 carros a um senhor do Norte. O homem nem veio ver os carros, pediu-me o NIB, transferiu-me os euros e pediu-me para guardar os carros1 mês ou 2. Tudo bem. Negócios assim são estranhos mas eu tenho os euros e os carros na minha posse, o que pode correr mal? Pode correr mal que o homem nunca veio buscar os carros, já faz 4 anos e existe um valor que aparcamento a pagar no local onde estão guardados. Farto de ligar ao homem, ninguém atende, quando atendem dizem que o homem está fora, depois contacta-me, deixou de atender o telefone…[/sub]
    [sub] [/sub]
    [sub] [/sub]
     
  7. Lol,

    Temos aqui material que dava para fazer uma série tipo "Monty Python" dos clássicos. Se calhar com audiências superiores às da "Estação de Serviço".


    Por outro lado responder a um pedido de ajuda/informações é uma forma muito barata de ficarmos a saber com quem estamos a lidar.



    nuno granja
     
    Jorge Viegas gostou disto.
  8. Bem realmente há com cada um!!!
    Eu por acaso tive um dissabor do genero,mas comigo...
    Desde há muito tempo que procurava um kadett c coupé,e antes de comprar o meu,andava sempre á procura.Como sou obcecado pelo carro,ando sempre a falar nele e o pessoal que se dá comigo,sabia do meu desejo...um dia o tal ex-amigo falou-me de um carro que estava á venda em leiria,que estava em bom estado,etc...etc...eu logo com a pica toda,mostrei-me interessado e combinamos para ir ver.
    Este meu ex-amigo é um gajo que pouco entende de automoveis e muito menos de classicos,mas é muito opurtunista e onde houver maneira de lucrar,ele não olha a meios...Lá combinamos ir ver o carro e o tal individuo foi comigo porque ele é que sabia onde estava.Chegamos lá,vi o carro,falei com o dono e conversa para cá,conversa para lá e eu já tinha a certeza que o ia comprar.Então disse ao dono que embora não podesse levar o carro na hora,pagava já e comprometia-me a ir buscar o carro até ao fim da semana,ao que o senhor me respondeu:
    "Se você diz que fica com o carro,até ao fim da semana fica reservado e paga quando levar."
    Vim embora todo contente e a gabar o carro,que era uma boa compra,que se vêm mais caros...etc...Ora o tal individuo(ex-amigo) a ouvir esta conversa o caminho todo,começou logo a magicar uma maneira de como lucrar com esta historia...
    Assim que chego a casa,vai de ligar para um grande amigo que tem um pronto de socorro,para ver a melhor altura para ir buscar o carro.Dois dias depois,ligo ao senhor do carro para ver quando lhe dava mais geito eu la passar...ao que ele me responde:
    "O amigo com as suas incertezas,perdeu o carro...já o vendi!"
    Bem eu sem perceber a conversa fiquei pior que danado e pensei logo que alguem tinha oferecido mais dinheiro e o homem cedeu.Passou uns dias e eu estava em fase de digerir esta historia,quando me chegou aos ouvidos que o tal individuo(ex-amigo) tinha um carro como o que eu procurava.Liguei-lhe e ele nunca atendia...
    Então voltei a ligar ao senhor que tinha o carro á venda e perguntei ao certo o que se tinha passado,e porque vendeu o carro...ao que me responde:
    "Olhe a pessoa que veio consigo ver o carro,veio cá e disse que você já não o queria e que se tinha arrependido,mas como até gosta do carro,comprou-mo"
    Foi aí que percebi porque é que o homem me falou torto quando liguei.Nem queria acreditar...
    Como o tal individuo não percebe nada de classicos,não fazia ideia no que se metia e quando começou a ver que embora o carro estivesse bom,precisava de algum trabalho,teve a feliz ideia de me perguntar se lho queria comprar...e que se eu quizesse ficava guardado para mim.
    A partir daí não voltei a contactar com esta pessoa.
    Vejam bem ao ponto que as pessoas vão!
    A mim custou-me porque o considerava um amigo e tambem porque era algo que procurava á muito.A boa noticia é que comprei o meu semanas depois ;)
    Soube mais tarde que o tal individuo trocou o carro por uma mota.
     
  9. Caro Francisco,

    Que grande FDP.. Bem, comigo havia molho..mas fizeste muito bem em ignorar.

    Confiamos tanto nas amizades e depois, as pessoas revelam-se finalmente. Realmente são ou eram os amigos de conveniência.
    Esse podia ter acabado com fracturas variadas (irremediável para obrigar a tratamentos semanais) na mota que comprou logo uns dias depois..isso é que era lindo! Para se lembrar da coisa oferecias-lhe um carrinho desses em miniatura para ele se lembrar..no Hospital!
     
  10. Mais uma,

    Continuo a considerar que são formas baratas de vermos com quem estamos a lidar.


    nuno granja
     
    Carlos Vaz gostou disto.
  11. Concordo,há situações em que quando nos apercebemos de com quem lidamos,já fomos demasiado prejudicados...
    cumprimentos
     
  12. Um dos pedidos mais peculiares que me fizeram.

    Mencionei aqui uma revista de clássicos comprada no Porto (moro em Lisboa e venho ao Porto com regularidade) e um membro que mora longe dos grandes centros urbanos, pergunta-me se eu poderia-lhe comprar uma e envia-la por correio, uma vez que não a conseguia adquirir na localidade onde mora.

    Na boa, trato de comprar, enviar e pouco depois (ou até antes...) já tinha o dinheiro na minha conta.

    Recebo então uma pm de outro membro a perguntar se podia comprar-lhe outra e enviar-la pelo correio à cobrança. Ora esse membro mora no Porto.

    Achei uma abuso e já agora perguntei se tambem precisava de alguma coisa de mercearia ou de tratar de algum assunto na loja do cidadão.



    nuno granja
     
    Jorge Viegas e HUGO NORTON gostaram disto.
  13. Essa tá muito boa! ;)

    Olha se puderes podias ir buscar umas tripas à moda do Porto quentinhas para o menino... ;)
     
    nuno granja gostou disto.
  14. E aqueles que negam a ajuda?

    Tenho um amigo que tinha um 205 1.9GTI lindíssimo para vender, como ele tinha sido emigrante em França, não tinha bem a noção da raridade dum 1.9 por cá.

    Ofereci-me logo para lhe conseguir um comprador conhecedor que lhe daria certamente mais que alguns "zés do boné" lhe andavam a oferecer e ao mesmo tempo ficaria com a garantia do carro ficar bem entregue.

    Inexplicavelmente nunca mostrou interesse na minha ajuda que não seria mais do que tirar umas fotos ao carro, ver os kms e enviar por mail a 2 ou 3 potenciais compradores com os contactos dele.

    Não sei se estava com medo que eu quisesse ganhar algum...só sei que acabou mesmo por vendê-lo abaixo do valor dum 1.6...
    Devia estar com medo de ficar rico...
     
  15. Nuno, tocaste num assunto ingrato mas muito interessante.
    Eu cá actualmente (já fui ingénuo) só ajudo neste campo quem conheça ou então presencialmente pois também já fui enganado.
     
    Marco Reis e nuno granja gostaram disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página