Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

História atribulada...

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Francisco Lemos Ferreira, 9 Out 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Francisco Lemos Ferreira, 9 Out 2008.

  1. O Alfa Romeo "Daytona" 33/2 Nº 0015

    Vou contar-vos uma história de um dos meus carros preferido o Alfa Romeo 33/2 nº 0015, mais conhecido pelo "33 do Peixinho". Este carro nasce com um motor 2 litros nas 24 horas de daytona em 1968. A partir do Targa Florio ( Corre com o nº 220) é montado o primeiro V8 de 2,5 litros. Disputa o campeonato do mundo com as cores das Autodelta. Posteriormente é vendido a VDS (Equipa Belga) em 1969, ano em que é pilotado por Teddy Pillete.

    No ano seguinte António Peixinho, importador da Alfa Romeo para Angola, compra-o e com ele corre em diferentes provas durante os anos 70, provas em que ficou célebre.

    [​IMG]

    (A chegada a Angola em Julho de 1970)

    [​IMG]

    (Com Peixinho com as cores da Socoina)

    Posteriormente foi adquirido por Santos Pêras:

    [​IMG]

    (Santos Pêras a abrir a porta)

    Após a independência o "33" ficou em Angola e os problemas inerentes à guerra, é deixado ao abandono dentro de uma caixa de madeira enterrado num quintal de uma casa durante 20 anos, por questões de segurança.

    [​IMG]

    (Caixa em que foi encontrado e transportado)

    Até que alguém informa Jean-François Chambault da sua existência em Angola. Foi encontrado dentro da caixa, com a célebre cobra "Piton" dentro do depósito.
    Regressa à europa em 1986 e mantemse no estado em que foi encontrado até 1994, ano em que começa a ser restaurado por Giordano e Massimo Gambi, velhos conhecidos da Autodelta, um regresso a casa depois da aventura africana.

    [​IMG]

    [​IMG]

    (Estado em que foi encontrado completo para restauro)

    A partir de 2000 passa a ser propriedade de Franco Meiners, tendo sido preparado em França por Francis Trichet.

    2746770788_be028a69e8.jpg

    2746769124_c6dd9f93f0.jpg

    Francisco Lemos Ferreira
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Re: Uma história atribulada...

    eu diria, uma historia complicada, muito complicada
     
  3. Re: Uma história atribulada...

    Que historia Francisco, desconhecia por completo e o carro é muito bonito :feliz:

    Abraço
     
  4. desconhecia tal historia, mas admiro bastante esse carro! Obrigado Sir Francisco por ter partilhado isto..
     
  5. Bem que eu gostava de saber onde que tu vais desencantar estas histórias todas...devias conhecer bem o Savimbi :D:D:D

    De qualquer forma está encontrado por escrutínio directo o nosso "historiador" de artigos automóveis clássicos...B)
     
  6. Já conhecia! Até tenho um livro sobre o carro - emprestado à mais de um ano, tenho de o "resgatar" antes que fique emprestadado :D


    Tenho a certeza que já existe um tópico sobre o assunto mas não consigo encontrar! No entanto é sempre bom recordar!


    Como curiosidade: o carro tem o valor incalculável! Pagava a casa a qualquer um de nós e ainda sobrava para comprar um Ferrarizinho...

    Ver se encontro mais informação para o tópico! ;)
     
  7. Muito interessante, e um carro muito bonito sem dúvida.
     
  8. História fantástica!

    Um "must" renascido!

    Obrigado pela partilha!

    Abraço
     
  9. Que inveja!!! :))
     
  10. "Granda" filme, vinte anos enterrado dentro de uma caixa de madeira. :huh:
    Obrigado Francisco.
     
  11. Bela historia, quando dizes enterrado é no sentido literal da palavra?
     
  12. quem o enterrou por 20 anos é que deve ter feito grande negocio :oo
     
  13. Ao menos ainda vive... :feliz:

    cumprimentos.
     
  14. Aqui está ele em 1968 (antes de ir para Angola):
    Ver anexo 75754
    Esta foto foi antes da partida para os 1000Km de Paris, com Teddy Pilette e Rob Slotemaker ao volante. Não terminou por despiste!
    Ver anexo 75755
     

    Ficheiros Anexados:

  15. Ficheiros Anexados:

  16. Em 1969, o Team VDS vem a Vila Real com os dois Alfa Romeo T 33 que participaram mas 24 Horas de Le Mans.
    Um grupo 6 com motor de 2,5 para Teddy Pilete Rob Slotemaker e outro grupo 4 para taf Gosselin Claude Bourgoignie, tendo ambos abandonado a prova,
    Pelo motor o carro de António Peixinho é o que foi utilizado por Teddy Pilete / Rob Slotemaker e que abandonou à 5 volta em Vila Real e à 5 hora em Le Mans.
     
  17. O carro era português antes de ser enterrado?
     
  18. Bem, pelo menos essa história teve um final feliz.
     
  19. O verde quadrado por acaso nao sei qual é, mas os outros...

    Ferrari 356 Daytona;

    Chevrolet Corvette C3 Stingray;

    Renault Alpine;

    Porsche Carrera 6;

    Porsche 914;

    Ford Gt 40;

    Iso/BIZZARRINI Griffo A3C;

    Corvette;

    Porsche Carrera 6;

    Porsche Carrera 6;

    Lola T212;

    Porsche Carrera 6;

    O Alfa 33 do Peixinho (quase nao se ve... o_O);

    Shelby Mustang Gt350;

    Porsche Carrera 6;

    Chevron B16;

    Chevron B8;

    1:42 - nao consigo desvendar, parece um Lola, mas...

    Ferrari Dino 246 GT;

    O tal verdinho dificil de saber qual é...

    Shelby Mustang Gt 350;

    1:59 - Um Matra???

    2:05 - ???

    Lola T 70 Mk III;

    Lola T 70 Mk III;

    Porsche 917;

    Lola T 70 Mk III;

    Meu deus, quem me dera la estar... :oo

    Desculpem pelo pequeno off- topic...

    cumprimentos.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página