Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Fazer Molde De Peça

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Ricardo Neves, 26 Out 2013.

Tópico em 'Ajuda no Restauro e Manutenção' iniciado por Ricardo Neves, 26 Out 2013.

  1. Boas!

    Preciso da ajuda dos entendidos...

    Tenho duas peças no meu BMW 1602 que estão bastante danificadas pelo calor do sol. Preciso de as reparar, porque não encontro nenhumas para substituir, são as condutas de saida de ar da chaufagem para o parabrisas, que ficam no tablier.
    Surgiu-me a ideia de fazer um molde e tentar reproduzi-las em fibra de vidro.

    Alguém me consegue ajudar e explicar como se faz um molde da peça? Que material devo usar?

    Obrigado e cumprimentos
     
  2. boas
    tambem podes fazer o molde em fibra.
    Aplicas desmoldante na peça e fibras por cima e tens ai o teu molde ;)
    convem é arranjares maneira de tornar o molde um pouco mais resistente.
    abraço
     
  3. Boas Pessoal,
    Fazer moldes em fibra de vidro não é difícil como parece mas requer que haja material e um pouco de prática. Eu é que noutros tempos moldava as grandes peças dos guarda-lamas dos camiões Volvo e mais recentemente reconstrui umas peças em fibra de vidro para a caixa de velocidades e caixas de proteção do limpa vidros dos jipes Land Rover Santana 109S.
    Primeiramente precisam de comprar o seguinte material: Caixa com kit de fibra de vidro que já contem a resina e o respectivo acelerador e ainda um pincel e uma embalagem para se fazer a mistura. Nas lojas de fibra tem que adquirir uma cera chamada "FIVE" que é para aplicar em camadas finas no molde original a fim de que nada se agarre ao original quando se aplica fibra por cima.
    Depois tem que pincelar a peça de plástico com resina já preparada com acelerador e indo depois disso aplicando cortes de fibra de vidro por cima até cobrir a peça e ao mesmo tempo cobrir cada tira nova com uma camada de resina. Note-se que aqui não se pode deixar criar papos de ar e as pinceladas tem que ser com "batidas do pincel" de modo a cobrir uniformemente os retalhos.
    Cada retalho terá que ser cortado segundo o molde, ou seja, dar-lhe a melhor forma de se adaptar ao original indo a ponto de recortar umas esquinas em formato de triangulo de modo a que estas partes se vão curvando conforme tanto curvo é o original. Deve cada peça ser maior que o original cerca de 5 cm para depois recortar com serra tico-tico.
    Feita a cobertura da peça (nem muitas camadas nem poucas mas de modo a que seja uma peça dura e inteiriça) e deixado secar dá-se mais uma demão só de resina com acelerador, mas se pretendem que a peça tenha uma cor igual à original devem pedir uma lata de 1/2 litro de pigmento na cor da peça e este ser misturado numa pequena dose com a resina e o acelerador onde depois de seco se obtêm uma peça na cor pretendida e muito mais apresentável do que simples peça de fibra.
    Secada a peça - regra geral eu deixo secar de um dia para o outro ao ar natural - basta agora separar as 2 peças (molde e original).
    Cortam-se as peças originais com serra tico-tico e com lâmina extra fina para ferro. Juntam-se as duas peças e coloca-se um pedaço de fita adesiva de papel (fita de mascarar) e aplica-se a peça no lugar do original onde se verificam se as medidas são as exactas e se não é preciso recortar o tamanho ou proceder a qualquer alteração nas suas medidas.
    Se a peça está adequada e não precisa de ser levemente lixada com lima para ferro ou lixa grão 320 ou 220 de modo a retirar quaisquer rebarbas e melhorar o aspeto das entradas e saídas retira-se a fita cola e dá-se mais uma demão de pequenas tiras cortadas previamente a tesoura e com uma boa largura de 5 a 6 cm de fibra a todo o comprimento da peça usando para tal a resina já preparada com o mesmo acelerador e o respetivo pigmento. Aqui tem que recortar 2 a 4 tiras de fibra sem deixar rebarbas algumas para serem aplicadas 2 tiras nas uniões ao comprido e desta feita exatamente na mesma medida de comprimento das peças e 2 ou mais tiras para aplicar ao longo da peça mas usando a mesma para dar uma volta completa em todo o seu diâmetro como se estivessem a encaixar uma abraçadeira num tubo de modo a reforçar o corpo da peça.
    Deixa-se secar, aplica-se depois a peça no local fixando a mesma e se usarem parafusos nas entradas e saídas perfurem com broca de respectivo diâmetro dos parafusos e a baixa velocidade as peças. Se usarem abraçadeiras podem recortar uns "fios" com a tico-tico em cada bocal a fim de que a fibra se consiga contrair quando sobre ela houver pressão de abraçadeira metálica.
    Logicamente qualquer peça, após concluída pode ser pintada com tinta de esmalte ou resistente ao calor e se aplicarem spray aconselho tintas de alta temperatura (alguns colegas meus usam simples tintas de Grafiti que tem alta resistência e durabilidade) de modo a dar-lhe a cor pretendida uma vez que os pigmentos para a resignas são muito elevados em custos.
    O kit acima referenciado pode ser obtido nas lojas de fornecimento de tintas auto e alguns comércios de materiais para chapeiros e mecânicos. Se não houver nem tiverem acesso a essas lojas (algumas só fornecessem a profissionais) peçam para ver possibilidade de fazer 1 encomenda. O valor varia consoante o kit e fica entre os 35 e os 75 euros.
    Qualquer asneira na aplicação é o caos pelo que recomendo visualização de vídeos informativos na internet sobre o assunto.
     
  4. Obrigado Luis, pela informação!

    Eu andei a pesquisar no youtube e encontrei lá umas dicas interessantes. Vou habilitar-me a reconstruir a peça que preciso e depois logo se vê!

    Obrigado
     
    Luis C Matos gostou disto.
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página