Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Detectores de radares - legais ou ilegais?

Tópico em 'Off-Road' iniciado por José Luís Serôdio Nunes, 18 Mar 2011.

Tópico em 'Off-Road' iniciado por José Luís Serôdio Nunes, 18 Mar 2011.

  1. Olá a todos os amigos(as) portalistas

    Estive recentemente em Andorra a passar uma semaninha de neve (esquiar ajuda a limpar a alma) e enquanto lá estive, tive a noticia de que os limites de velocidade em espanha iam baixar dos 120 Km/h para os 110 Km/h (nas auto-estradas, evidentemente).

    Dado que ia efectuar a viajem de regresso num só dia, e sempre eram perto dos 1.300 Km até chegar a casa, sinceramente não me estava a ver a percorrer toda essa distância a 110 Km/h.

    De salientar de que não costumo abusar em demasia da velocidade, pois por norma, costumo fixar o Cruise-Control nos 145 Km/h quando circulo nas auto-estradas, o que considero ser uma velocidade aceitável para se viajar e, se tiver o azar de ser apanhado por algum radar, sempre será uma infracção leve, e não uma infracção grave.

    Assim, acabei por comprar em Andorra um detector de radares modelo:

    Whistler Model XTR-130 - Alguém conhece este modelo?

    Modelo que, segundo informação prestada pelo próprio fabricante, não causa interferências ou mau funcionamento nos radares da policia (apenas informa a sua presença) e que também aceita eventuais interferências causadas pela policia, através de dispositivos próprios.

    Só comprei este detector porque, segundo uma circular emitida pela policia de trânsito espanhola em Outubro de 2010, são proibidos todos os detectores que causem interferência nos radares da policia mas que, no entanto, todos os restantes detectores que não causem interferências são permitidos.

    Inclusive, esta circular mereceu algum destaque na imprensa espanhola.

    Tanto quanto eu sei, em Portugal, estes detectores são proibidos e que, inclusivé, se estiverem instalados de forma fixa no carro, poderá implicar a apreensão da viatura, isto é claro, para além do pagamento de uma pesada multa.

    E nos restantes paises da Europa? Alguém sabe se, à semelhança de Espanha, desde que os detectores não causem interferência nos radares da policia, se serão também permitidos?

    Alguém sabe mais alguma informação sobre este assunto que me possa partilhar comigo, bem como com os restantes portalistas que se interessem por este tópico?

    É que, sinceramente, apesar de ter comprado este detector de radares, não pretendo de forma nenhuma cometer qualquer ilegalidade, seja em Portugal ou em qualquer outro país europeu.

    Abraço
    Luís Nunes
     
  2. De uma coisa dessas precisava eu ... qual foi o preço ? Faço, na epoca escolar, 2x por semana a ip4 ... :S

    Ilegalidade é a constante caça á multa, que se tem verificado. Acho bem que se façam cumprir as Leis, não acho correcto olhar para elas como fonte de lucro.

    Abraço
     
  3. Isso é ilegal, e há detectores de detectores de radares! :x
     
  4. Amigos, que eu saiba, tudo o que é detector de radar policial para contrôlo de velocidade, é INTERDITO em todos os Paìses da Europa, de facto se estiverem fixados na carroçaria do veìculo ou inacessiveis, a apreenssão do veìculo é possivel.

    Existe um sistema legal, que eu utilizo sempre que conduza qualquer veìculo motorizado que é um avisador de radar por satelite, ou seja é um aparelho que contém um cartão de telemovel que é controlado por satelite, compra-se por 150€ (o mais barato e o mais simples) depois assina-se uma mensualidade 18€, este aparelho mostra a velocidade instantanea a que rolamos, ao aproximar-se dos radares fixos avisa-nos por sinal sonoro e visual quando rolamos em excesso de velocidade, avisa-nos também dos controis de velocidade ponctuais, ou seja, o primeiro que avista a policia no control, pressiona um botão no aparelho que vai estantãneamente avisar todos aqueles que se encontrem na proximidade do eventual control, temos a possibilidade de avisar o control no nosso sentido como no sentido contrario, avisa também os acidentes e todos os incidentes que possam estar na nossa direcção, é fiavel a 99% numca me deixou mal e torna-se rentavel muito rapidamente.
    O produto chama-se COYOTE e tanto se pode comprar o receptor como se pode utilizar em SmartFone, é valido em todos os Paìses da Europa, em caso de problemas com a Autoridade, a Sociédae que comercializa este produto coloca-nos um Advogado gratuito para nos defender!
    Ja experimentei o meu em Espanha e Portugal, funciona parcialmente, para funcionar 100% tenho de pagar a opção Europa.
    Porquê arriscar se existem produtos fiaveis e Legais?
     
  5. Olá Diogo, bom dia

    Custou 180 Euros e concordo contigo, muitas vezes aposta-se mais na caça à multa do que na educação dos condutores.

    Por exemplo, já ouvi histórias (nunca presenciei tal facto pessoalmente) sobre colocarem nas bermas das estradas cartões em tamanho real com o formato de carros da policia, de forma que, quem os vê ao longe não consegue distingir se se trata de carro da policia real ou falso, e isso é motivo suficiente para que os condutores abrandem automáticamente a velocidade.

    Assim sim, estaremos a apostar na educação dos condutores em detrimento da caça à multa.

    Abraço
    Luís Nunes
     
  6. Olá Moisés e Bento, bom dia

    Em Espanha não é proibido, daí eu ter comprado este dispositivo somente para atravessar Espanha sem apanhar nenhuma multa por excesso de velocidade.

    Em anexo envio o Oficio emitido pela Direcion General de Trafico, onde está mencionado que são probidos os dispositivos que causem interferências no correcto funcionamento dos sistemas de vigilância do trânsito mas que, no entanto, todos os restantes sistemas são permitidos.

    E o que é um facto é que atravessei a Espanha de uma ponta à outra, mais própriamente, de Andorra até Portugal, passei por muitos controlos da policia com o meu detector sempre a funcionar, e realmente não me mandaram parar uma única vez.

    Só para acrescentar, inclusivé por 3 vezes, fui seguido por alguns quilómetros nas Autopistas por carros da policia (nas suas acções de patrulhamento normais), e sempre que tal aconteceu, nem eu desliguei o meu detector de radares e nem nenhum deles me mandou parar.

    Também assisti na televisão portuguesa as autoridades de trânsito manifestarem não terem nada contra a informação dada pelos GPS TomTom sobre a localização dos radares fixos.

    Inclusivé disseram que era uma forma válida de disciplinar os condutores portugueses pois, pelo menos nesses pontos, abrandariam a velocidade.

    Parece-me que realmente o problema é quando estes sistemas de detecção de radares causam mau funcionamento, ou interferências, nos radares da policia.

    No entanto, sei perfeitamente que em Portugal são absolutamente proibidos. Por exemplo, nos Estados Unidos, na grande parte dos Estados, são permitidos, bem como em Espanha.

    Daí a minha dúvida e a razão da abertura deste tópico, nos outros países da Europa, seguirão o exemplo de Portugal ou o exemplo dos EUA e Espanha?

    Abraço
    Luís Nunes
     

    Ficheiros Anexados:

  7. O preço que dizem que custa isso é deborla em comparação com o que paguei eu em Janeiro em 2 multas por excesso de velocidade.... onde se compra isso?
    Em 20 anos de carta apanhei 5 multas, 2 multa de estacionamento nos primeiros anos apos ter tirado a carta e só no passado mês de Janeiro paguei 3 multas, 2 de escesso de velocidade e 1 de estacionamento.
    Abraços
     
  8. Porreiro, era umas fotos do dispositivo, só para ter uma ideia da forma e se é discreto ou não. Abraço
     
  9. Augusto, estou a ver que estas numa de ajudar o estado a tirar o pé da lama.... :huh:
     
  10. Olá pessoal

    Quem estiver interessado em ver ou comprar este detector de radares, é só efectuar uma pesquisa na internet sobre os seguinte modelo:

    Whistler Model XTR-130

    e a partir daí ver várias fotos do modelo e quem o vende em Portugal e quais os preços praticados.

    Abraço
    Luís Nunes
     
  11. Acho que deves ter sido enganado. Está no ebay à venda por cerca de 42 £ (34,32 + 7,65 do transporte), menos de 50 €. Mesmo vindo dos USA o mais caro que poderá ficar é em 80 a 90 € se tiveres o azar de parar na alfândega
     

    Ficheiros Anexados:

  12. Eu não aconselho o uso do dispositivo.
    Pelo que pesquisei há um ano (após menos 500€ e um mês sem carta), esses dispositivos são ilegais, e pior, detectáveis pelos radares da polícia (ondas contra ondas…)

    Sugiro andar devagar, caso contrário, andar de olhos bem aberto…
     
  13. Amigos
    Penso que o DL 70/95 de 15 de Abril ainda não foi alterado ou revogado; a não ser no que refere à actualização das coimas (para o dobro e de escudos para euros) :wacko::wacko:
    A ser assim temos no artigo 1º, 1 - É proibido produzir,fabricar, transportar, deter para venda, vender, importar, exportar ou transaccionar por qualquer outra forma quaisquer aparelhos, dispositivos ou produtos ................................
    Certo que ainda não li (na totalidade) o actual código da estrada, mas isto parece bastante e não acredito que se tenham "esquecido" de transcrever este pormenor. :wacko::wacko:
    Ainda sobre este tipo de "detectores" tenho a dizer que não "detectam" todos os meios de "medição da velocidade" colocados na estrada.
    Parece que os novos "porticos" das SCUT já têm dispositivos para ver quem anda a acelerar.
    :wacko:
    Cuidado eles andam aí :D
     
  14. Olá Dias

    Já estive também a pesquisar e tens toda a razão, fui enganado. Está certo que necessitam de ter uma margem de lucro mas, assim tanto...

    Bem, aprender até morrer, compras em Andorra... nem tudo é o que parece.

    Abraço
    Luís Nunes
     

Partilhar Página