Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Dúvidas Com Pintura Em Mgb

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Manuel Gabriel G. Nunes, 26 Nov 2014.

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Manuel Gabriel G. Nunes, 26 Nov 2014.

  1. Cumprimentos aos entusiastas nesta área.

    Adquiri recentemente um MGB Roadstar, que fora restaurado há uns 8 ou 9 anos. Os interiores apresentam-se em bom estado, sem indícios de ferrugem.
    Na parte exterior aparecem pequenas "bolhas" de ferrugem mais evidentes na capota do motor e bagageira, embora numa pequena área. No resto da carroçaria aparecem mais algumas, mas em pequena quantidade.
    Pedi opinião a dois pintores.
    O primeiro aconselha, a "decapar" todo o exterior do carro para completo restauro. Evidente que o orçamento é significativo.
    O segundo entende ser suficiente a limpeza das áreas afectadas, procedendo-se depois à pintura geral. O orçamento é bem mais modesto.
    Tendo em atenção ao clima húmido dos Açores (onde resido), gostaria duma opinião daqueles já habituados a lidar com carros antigos.

    O meu obrigado
     
  2. Na minha sincera opinião, o orçamento significativo seria o mais viável. Com isto quero dizer que, atacando só as zonas afectadas, não vai vai resolver o seu problema. É certo, que impede o aparecimento de bolhas nas zonas recém-tratadas, no entanto não o vai resolver de todo. Pois, da mesma forma que "nasceram" essas bolhas, outras também "nascerão", já que, aparentemente, a chapa se está a degradar fruto de uma pintura anterior mal executada.

    Abraço
     
  3. Agradeço a sua resposta.

    A minha grande confusão tem a ver com a actual pintura, e as zonas "ainda" isoladas (ou seja a quase totalidade).
    Pensava eu que, depois de tratar as zonas afectadas e pintar toda superfície exterior do veículo, iria colmatar assim
    a eventual deficiência da anterior pintura.
    Maior confusão ainda, é haver dois profissionais com opiniões diferentes. Confesso que fiquei um bocado céptico.

    Abraço
     
  4. Meu amigo, na minha opinião deve começar por penssar quanto tempo vai durar a sua relação com o MGB, se for para meia duzia de anos o serviço proposto pelo segundo pode chegar,
    se for para 'casar' por uns tempos o melhor é seguir a opinião do primeiro, e mais se està infetado em zonas visiveis, o mais probavel que esta muito mais infetado do que o que vê.

    Eu jà mandei restaurar integalmente 6 cjassicos incluindo dois MGB GT, alguns aparentavam muito bem, pois depois de passar no jato de areia apareciam males na chapa que até parecia mentira.
     
  5. O mais estranho, é que as pequenas "bolhas" que detecto, são no exterior das portas da bagageira e motor. Olhando os interiores, não detecto quaisquer indícios de ferrugem.
    De qualquer modo pondero desmontar aquelas duas unidades, e proceder à respectiva "decapagem" completa.

    Agradeço novamente a vossa ajuda
     
  6. Sim, se é só no capô e na mala. A decagem das duas peças é o mais viável. Enquanto não começarem a aparecer na restante carroçaria, talvez não se justifique proceder à integra reparação do veículo.
    O que falei acima, era para o caso de ter bolhas espalhados pelo carro inteiro.

    Um abraço
     
  7. A pintura está 'queimada' do sol? A facilidade com que se desmontam as portas o capot e a mala para decapagem e pintura, justifica uma solução apenas nos locais afectados. Neste caso o acerto da cor irá ser fundamental.
     
  8. Tal como já foi sugerido a minha opinião é a mesma, se o carro for para manter apenas algum tempo efetue a reparação apenas das peças afetadas se for para "ficar" então comece a pensar em efetuar um trabalho em condições visto que o anterior restauro não foi feito corretamente. Só após ser removida toda a pintura é que conseguirá saber realmente o estado da carroçaria, por vezes uma pintura bonita esconde uma chapa nas últimas….
    O primeiro pintor foi sincero e não se preocupou se isso o ia assustar (orçamento) o segundo disse-lhe aquilo que você possivelmente queria ouvir sendo também o que a maioria das pessoas procura (baixo custo) o que não quer dizer que não seja um bom profissional, não é toda a gente que, mesmo possuindo ou adquirindo um clássico, tem possibilidade ou o interesse em fazer um trabalho de restauro como deve ser...

    Se tiver possibilidade e for para manter o carro não hesite em fazer uma pintura geral como deve ser (tratamento da chapa), mais tarde ou mais cedo possivelmente essas bolhas vão piorar ou começar a aparecer mais.
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página