Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

como tratar a chapa???

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por brunolopes, 22 Jul 2008.

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por brunolopes, 22 Jul 2008.

  1. boas

    caros amigos, quero começar a tratar da chapa do meu Fiat126 e vou começar pelo interior das portas.
    quero adiantar trabalho antes de ir a um batechapas e ao pintor, para ser mais rápido(€€€)

    uma pergunta- posso aplicar o primario directo na chapa após a decapagem?

    já comprei primario para aplicar , mas fiquei na dúvida se será necessario aplicar mais alguma produto.

    cumps
     
  2. Sim podes aplicar o primario directamente! aliás até deves ir aplicando à medida que vais decapando! Por exemplo decapas o tejadilho e os pilares das uma lixadela com uma lixa p220 ou se tiver que levar betume podes mesmo passar a p80 e dás primário! existe um primário proprio para colocar logo após decapagem para que a chapa não fique a oxidar pois por cima desse primário ainda se tem que colocar betume e depois mais primario! neste caso o normal! mas podes colocar do normal por cima da chapa mas tens que o lixar para por betume e o outro não! ou então decapas pões o betume e so depois o primario!
     
  3. A explicação correcta.
     
  4. Tal e qual!!! É o tratamento que o meu 600 está a levar e penso que é o melhor!!
    Bom trabalho...
     
  5. obrigado pelas dicas

    a minha preocupação é mesmo nao deixar a chapa oxidar, e depois quando for ao pintor ter já algo adiantado.

    será aconselhavel duas demãos de primario??

    este betume que falam é para tapar eventuais buracos , ou é semelhante ao que o carro tem na chapa do lado de fora??
    pergunto isto porque o meu fiat tem uma camada na parte fora por toda a chapa de algo parecido com betume , que acho que se chama "massa de enchimento"(??)

    cumps
     
  6. É de toda a conveniência que, após a decapagem e antes da aplicação do primário se tenha o cuidado de lavar a chapa limpa com um desengordurante. Por descuido passamos sempre as mãos e ficam dedadas de gordura e suor que são um foco terrível de ferrugem. Existem no mercado vários productos para esse fim. O pequeno investimento em desengordurante pode poupar grandes dissabores e muitos €€ no futuro. Quando pintei o meu G tive sempre o cuidado de, antes de qualquer aplicação de tinta lavar sempre com o desengordurante.
     
  7. Caro amigo,

    Só uma pequena advertência... Se a chapa ainda demorar a pintar, convém tratá-la com qualquer coisa mais do que simples primário, pois o primário é poroso e não impede a oxidação.

    Pode-se usar um conversor de ferrugem ou algo do tipo da Hammerite. Isso sim já dará protecção à chapa.

    Um abraço a todos!
     
    Silvio gostou disto.
  8. No meu Mini utilizei um primário anti-corrosão (amarelado) logo após a decapagem, em seguida os betumes necessários e um primário de enchimento (acinzentado), depois muito trabalho de lixa e polimento, e só a seguir é que apliquei a côr final, isto tudo em 1998, e até hoje portou-se muito bem.
     

  9. Eu estou a usar spray de zinco escuro da Wurth, é o spray com mais alto teor de zinco no mercado, depois então passaria betume por cima do spray.

    Acham que é aconcelhado ou há algo contra?

    Penso que o spray de zinco é um tipo de primário à base de zinco, o efeito é o de zincagem a frio.
     
  10. dou uma sujestão..., de a tiragem da tinta velha for com decapante é nessessario a lavagem com jacto de agua em tempo de sol se possivel depois passa pistola de ar nas zonas dificeis onde a agua iria estar algum tempo ,,, depois do dia todo ao sol alguns pontos de ferrugem podem apareçer ai uma lixagem com lixa de grao medio/fino passar por toda a chapa e aplicar um desengordurante (atenção que a dois tipos deste produto uma para aplicar por cima da tinta outro para directo a chapa) neste caso comprar o directo a chapa,.,,, eu mesmo passo primeiro diluente celuloso do bom...,,,- que é mais forte, depois o desengordurante depois dai aconselho a comprar tinta primário de 2 componentes de resinas EPOXI a venda em lojas de tintas de construção civil, bem diluido com diluente epoxi, na minha ideia nao á melhor, depois disso o prossesso normal de pintura massas, aparelho de enchimento, lixa, tinta.

    atenção: que o zinco é muito bom para proteger mas muito mau para os outros produtos o poderem agarrar mesmo o primário de 2 componentes.
     
  11. Para a plataforma de Paprika,e a seguir os conselho do pintor com acordo com o chapeiro o processo é após reparação (e uma serie de alterações: barra "Berg Hazithaul like, triptico CSP) limpeza a jacto de areia, desengordurante, aplicação de um Washprimer de tipo Néophos da Max Meyer com catalisador acido para fazer desaparecer as micro partículas de ferrugem que poderão ter resistiram a limpeza com areia (há outras marcas como o "Ixell" da Renault muito bom), aparelho epoxy de dois componentes,betumes, lixa (plataforma visível) aparelho, e acabamento com pintura preta par pesos pesados. O interior da viga será tratado com acido fosfórico e cera de corpo ocos para prevenir veleidade da ferrugem.
    Ha mais 15 anos restaurei um vw 1200 de 68, com as mesmas técnicas (produtos diferentes) e até agora nada para apontar
     
  12. Resposta correcta!!!!!
    Abraço!!!
     
  13. Boas a todos!

    Sou um zero á esquerda nisto da chapa e como os zeros na conta bancária só mesmo à esquerda queria tentar preparar o carro toda para ir a pintar.

    Gostaria só que alguem conferisse se percebi bem o processo e precisava que alguem me tirasse umas duvidas.

    1º- Decapar.
    2º- Diluente, desengordurar e primário anticorrosivo.
    3º- Betume, e lixar para ficar liso.
    4º- Primário normal e lixar de novo.
    5º- Pintar

    Será isto?

    As duvidas:

    1º- Pode-se decapar só com escovas de arame no berbequim e lixa?
    2º- O primário pode ser aplicado a pincel ou só mesmo á pistola?
    3º- Quanto tempo aguenta o carro com o tal primário anti-corrosivo?(ou washprimer, é a mesma coisa?)
    4º- Todas as fazes em que se lixa, são a seco? Ou com água?

    Desculpem a ignorância mas a vontade de ter um clássico superam a carteira por isso queria aprender, e fazer o máximo possivél sem recorrer a oficinas.

    Cumps
     
  14. Boas,
    Estou com as mesmas dúvidas, já pus decapante, como não saíu tudo tentei lixar (com uma lixa) até as superfícies ficarem o mais uniformes possível, assim que fazia isto em várias zonas do carro fui limpando com aguarraz e apliquei primário anti-corrosivo.
    Tenho algum receio de não ter desengordurado bem porque não tinha onde lavar o carro, por isso usei a aguarraz.

    No primário anti-corrosivo, apesar de já o ter lixado com uma lixa fina, quando passo com as mãos aida encontro partes irregulares por causa restos do primário antigo que não consegui remover totalmente.

    Será que tenho que aplicar mais uma demão de primário anti-corrosivo ( só dei uma) ou tenho apenas que comprar outro tipo de primário para os acabamentos e enchimento dessas diferenças ( que são muito pequenas)?

    Cumprimentos;)

     
    Luis C Matos gostou disto.
  15. Ooops erro a "citar" desculpem...
     
  16. Não é preciso pedir desculpa. Já corrigi.

    Penso que mais tarde ou mais cedo vai aparecer cá pessoal que percebe de chaparia e vos vai ajudar...
     
  17. Eu acho que também era uma boa ideia tentar "estruturar" isto melhor.Num post ter todas as informações necessárias, as camadas todas que são precisas para que a chapa fique protegida, e a tinta seja resistente. Mas não quero estar a pedir muito...
     
    Luis C Matos gostou disto.
  18. Tenho pena que este tópico tenha morrido, ou esteja moribundo...

    Estou com as exactas duvidas...
     
  19. eu tenho feito o seguinte e corrigam-me se fiz mal

    no chassis:

    como levou varias vigas e todos os fundos novos, pouco ficou do antigo e a chapa nova é daquela cinzenta que ja é tratada (zincor) penso eu, é a mesma qu se faz os paineis dos carros, as vigas por dentro e zonas ocas novas e velhas levaram spray de zinco, umas 5 latas, depois de estar tudo pronto, foi tudo tratado com zarcão e a seguir anti-gravilha, depois tinta preta para dar acabamento, no final em todos os buracos, zonas ocas e fundos leva cera de interiores propria para o efeito e talvez ainda leve um pouco de oleo por dentro

    mas partes decapadas a jato de areia e metalizadas:
    (caves de roda, carroceria, apoios de para-choques e todas as peças metalicas grossas que aguentem)

    apos a metalização levaram com zarcão, o que persisou levou massa de juntas na chapa, outra camada de zarcão e depois ja no pintor aparalho e a tinta

    em paineis novos e guarda lamas novos:

    nem todos os tratamentos que estes paineis trazs são bons, normalmene são pretos, se apos passar com diluente celuloso, se começar a sair, é melhor tirar tudo,

    no meu caso não saio com diluente, era do bom e ficou, estes guarda lamas levaram zarcão por dentro e por fora e anti gravilha por dentro

    as portas, capot e mala:
    foram decapadas quimicamente, pois não podem ir a jato de areia para não empenarem, depois foram zincadas, a seguir n sei se leve zarção ou de o pintor da o primarioo dele, visto ja estar zincado e protegido

    a carroceria:
    vai ser decapada a jato de areia porque aguenta, e depois é metalizada, e de seguida leva uma camada de zarcão, so o tejadilho é que leva com decapante, depois é lavado varias vezes, lixado e leva tambem com zarcão,

    as caves de roda da frente e tras tambem levam com antigravilha assim como o fundo da mala do lado de fora

    não utilizei nenhum primario esquezito de 2 componentes, espero não fazer mal, mas varios pintores me indicaram o zarcão, o grande inconveniente é o peso que a carrinha (uma 4L) vai ficar, pelas minhas contas o equivalente a mais uma pessoa, 4 latas de zarcão, 6 de anti gravilha, pelo menos 2 de cera, a metalização, a zincagem, mastiques e massas, e algum oleo.
     
  20. vou levantar este topico do fim do mundo.. :p

    duvida não citada ainda.. tenho alguns pontos de ferrugem, a minha ideia é ou lixar, desengordurar e aplicar spray de zinco e pintar a cor do veiculo.
    entretanto surgiu a ideia de aplicar betume, será que deva aplicar antes de zincar ou lixo a pequena zona, aplico betume, lixar, aplicação do zinco, lixar e por fim quando estiver tudo direitinho pintar?

    se me poderem ajudar..

    cumprimentos
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página