Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Clássico do mês de Julho de 2009 - Porsche 935

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Pedro A. Soares, 12 Jul 2009.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Pedro A. Soares, 12 Jul 2009.

  1. De 1976 em diante, as corridas de longa distância do Campeonato Mundial de Construtores corriam com os chamados "production racing sports cars", de acordo com as novas regras do Grupo 5 .

    Este foi o sinal para o desenvolvimento do Porsche 911 Turbo (designação interna 930) e criar o 935. A experiência acumulada com o 911 Turbo RSR poderiam ser utilizados para o pleno em 1974. Comparado com o turbo RSR com o seu perfil aerodinâmico traseiro espectacular, a forma e o tamanho do perfil aerodinâmico sobre a rectaguarda 935 foram limitados. Os contornos do carro, visto da frente, também não foram autorizados a partir de projecto . O desenho do spoiler, que teve de ser modificado mais tarde em virtude de uma resolução da FIA, foi bem adaptado para acomodar a carga de ar intercooling, além da indução de ar.

    Como não foram impostas restrições sobre a configuração do pára-choque dianteiro, a borda superior foi simplesmente cortada, os faróis também foram removidas. Os 600 cv do Porsche 935 foi introduzido em corridas de longa distância para o Campeonato Mundial de Construtores em 1976. A estreia foi um sucesso: em Mugello como na próxima corrida em Vallelunga, Ickx / Mass dirigiram directamente para a vitória global e, assim, após uma pausa de cinco anos, eles foram capazes de trazer de volta um World Constructors' Championship, o tão aguardado título para a Porsche.

    Technical Specifications
    Engine: Six-cylinder twin-valve turbo engine (Boxer), air-cooled, two overhead camshafts with chain drive
    Power: 590 PS bei 7.900/min
    Displacement: 2.857 cc
    Fuel system: Mechanical Bosch injection pump, 200 litre fuel tank
    Transmission: Four-speed gearbox with rigid drive-through
    Chassis: Self-supporting steel body with plastic parts, independent wheel suspension, coil springs, internally ventilated disc brakes
    Dimensions and weight: Wheel base 2.271 mm
    length 4.680 mm
    weight 970 kg
    Performance: Top speed 340 km/h
    Chassis No. of the museum car: 935 005
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Re: Clássico do mês de Junho de 2009 - Porsche 935

    Umas fotos...
     

    Ficheiros Anexados:

  3. Re: Clássico do mês de Junho de 2009 - Porsche 935

    Porsche 935 J/80 #016
    Com o objectivo de vencer no Mundial de Marcas e no Campeonato Alemão, para a época de 1980 a Joest Racing revelou a sua resposta ao modelo 935 K3 dos irmãos Kremer.

    Entre 1976 e 1981 o Campeonato Mundial de Marcas foi disputado por carros de Grupo 5, derivados de modelos de produção homologada. No decurso deste período, o grande dominador dos circuitos do Mundial foi o Porsche 935, nas suas mais diversas versões. Até ao surgimento do modelo 935/78 “Moby Dick” de 1978, foi sempre a própria Porsche a apresentar as evoluções mais competitivas do Grupo 5 da marca, mas a partir desta extrema evolução do já de si radical 935, a Porsche desinteressou-se do campeonato e deixou as participações a cargo de equipas privadas como a Kremer, Gelo ou Joest. Note-se que além do campeonato do mundo, estas equipas também competiam no DRM (Deutscherennmeisterschaft) o então muito aguerrido campeonato alemão de velocidade. Para a época de 1979, a Kremer surpreendeu os adversários quando apresentou o modelo 935 K3, uma importante evolução em relação aos omnipresentes modelos competição-cliente que não só dominou o DRM (com Klaus Ludwig) como venceu as 24 Horas de Le Mans desse mesmo ano.

    Compreendendo que teria que evoluir os seus 935 para enfrentar a nova produção dos seus rivais de Colónia, para a época de 1980 a equipa de Reinhold Joest criou este modelo que aqui apresentamos, a partir de um chassis novo adquirido à fábrica e equipado com uma carroçaria derivada do modelo oficial de 1977. Além de alguns detalhes aerodinâmicos, o que distingue este 935 J/80 do modelo original é a utilização de dois intercoolers ar-ar, que em relação ao modelo ar-água anteriormente empregue pela equipa oficial, permitem a manutenção de maiores potências durante maiores períodos de tempo, factor essencial nas provas de longa duração do Mundial de Marcas. Desse modo, com o motor bi-turbo de 3.2 litros, este 935 J podia desenvolver mais de 750 cv, um valor que igualava o que os irmãos Kremer faziam de melhor.

    Tal como sucedia com os K3 da Kremer, nem todos os 935 J/80 foram construídos de raiz, havendo modelos que foram adaptados de carros já existentes naquilo que era um procedimento normal na época. Um desses modelos adaptados nas oficinas da Joest (chassis #014) poderá ter sido o carro que triunfou nas 24 Horas de Daytona de 1980. No entanto, a questão do vencedor da clássica americana ainda hoje constitui fonte de alguma polémica, com diversas informações contraditórias publicadas em obras ditas de referência. A dúvida permanece e não é certo se o vencedor terá sido o chassis #014 ou o original #016.

    Independentemente do detalhe do número, não há dúvidas que foi um 935 J/80 a vencer a clássica americana e, a partir daí, é indiscutível que o chassis #016 alinhou com as cores da equipa de Reinhold Joest no DRM de 1980, com Rolf Stommelen ou Manfred Winkelhock ao volante e obteve três vitórias à geral.

    No ano seguinte, o mesmo 935 #016 foi vendido a Dieter Schornstein que repartiu a utilização do carro entre o DRM e o Campeonato Mundial de Marcas, tendo obtido um histórico triunfo nas 6 Horas de Silverstone, prova pontuável para o Mundial de Marcas. Nesta corrida, Schornstein partilhou a condução do Porsche com Harald Grohs e com o piloto de ralis Walter Rohrl. O mesmo carro alinhou também nas 24 Horas de Le Mans, tendo concluído a clássica francesa no 10º lugar da classificação geral e 3º entre os Grupo 5.

    Para 1982, sempre assistido pela Joest Racing e com o apoio dos vidros Vegla, este 935 continuou na mesma equipa de Dieter Schornstein, mas por esta altura, com o surgimento dos novos protótipos de Grupo C, o Porsche já não era competitivo e, em condições normais, apenas corria para o triunfo na classe. Data desse ano uma nova participação nas 24 Horas de Le Mans, onde o 935 #016 sofreu um grave acidente nos treinos que obrigou à sua reconstrução.

    Como curiosidade, anos mais tarde e já completamente “fora do prazo”, um Porsche 935 (chassis #77 003) convertido pela Joest Racing para as especificações J/80 conseguiria vencer as 12 Horas de Sebring de 1984, (com Maurício de Narvaez, Hans Heyer e Stefan Johansson) contra uma concorrência de protótipos, mais rápidos, mas também menos fiáveis. Foi o último grande triunfo internacional de um carro de Grupo 5.


    Porsche 935 #016

    Joest Racing

    1º Bergischer Lowe Zolder: Stommelen
    2º 300 Km Nurburgring: Stommelen
    3º Kreuzritter-Rennen Spa: Stommelen
    1º Bavaria Salzburgring: Winkelhock
    3º Diepholz: Winkelhock
    3º Hessen-Cup Hockenheim: Winkelhock
    1º Supersprint Nurburgring: Winkelhock


    1981: Vegla Racing Team

    4º Jim Clark Trophy, Hockenheim: Schornstein
    4º Mainz-Finthen; Schornstein
    2º Monza: Schornstein, Grohs
    1º 6 Hours Silverstone: Schornstein, Grohs, Rohrl
    4º Wunsdorf: Schornstein
    Le Mans: Schornstein; Grohs; Tschirnhaus
    4º G.P. von Tourenwagen, Nurburgring: Schornstein
    6º 6 Hours Brands Hatch: Schornstein; Grohs; von Tshirnhaus
    5º Westfalen-Pokal, Zolder; Schornstein

    1982: Joest Racing – Vegla Team

    5º Bergischer Lowe, Zolder: Schornstein
    5º Salzburgring: Schornstein
     
  4. Re: Clássico do mês de Junho de 2009 - Porsche 935

    Umas fotos com a devida descrição.

    Porsche 935 K2 3.0 Team Kremer
    [​IMG]
    [​IMG]
    1977-05-29_nurburgring_1_935_kremer_51.jpg

    Porsche 935/2 Team Works
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]
     

    Ficheiros Anexados:

  5. Re: Clássico do mês de Junho de 2009 - Porsche 935

    Porsche_935-2.0_Coupe_Baby_1977_frontleft_2009-03-14_A.JPG
     

    Ficheiros Anexados:

  6. nao foi comprado ha pouco tempo,um carro desses em portugal?nao sei é se seria para competir a nivel nacional ou internacional...

    ja agora,nao é o sitio mais indicado,mas ja que se fala sobre o grupo 5, que tal criar um topico apenas a falar dos diversos grupos criados e quais as suas principais diferenças?

    abraço!
     
  7. Parece uma boa ideia Tiago, estas a vontade para começar. :D
     
  8. A Sportclasse já teve o #16...
     
  9. aquilo foi ha pouco tempo mas nao sei como ficou...
    a sportclasse corre ou é so oficina e venda de porsche?
     
  10. É oficina e stand.
     
  11. pois,era a minha ideia.

    mas tambem um carro desses cá era para bater nos outros...que apesar de muito bons...nao tinham andamento!

    mas é um carro que venero!
     
  12. Aqui tens Tiago
    Sportclasse

    [​IMG]

    Porsche 935 #016

    Joest Racing

    1º Bergischer Lowe Zolder: Stommelen
    2º 300 Km Nurburgring: Stommelen
    3º Kreuzritter-Rennen Spa: Stommelen
    1º Bavaria Salzburgring: Winkelhock
    3º Diepholz: Winkelhock
    3º Hessen-Cup Hockenheim: Winkelhock
    1º Supersprint Nurburgring: Winkelhock


    1981: Vegla Racing Team

    4º Jim Clark Trophy, Hockenheim: Schornstein
    4º Mainz-Finthen; Schornstein
    2º Monza: Schornstein, Grohs
    1º 6 Hours Silverstone: Schornstein, Grohs, Rohrl
    4º Wunsdorf: Schornstein
    Le Mans: Schornstein; Grohs; Tschirnhaus
    4º G.P. von Tourenwagen, Nurburgring: Schornstein
    6º 6 Hours Brands Hatch: Schornstein; Grohs; von Tshirnhaus
    5º Westfalen-Pokal, Zolder; Schornstein

    1982: Joest Racing – Vegla Team

    5º Bergischer Lowe, Zolder: Schornstein
    5º Salzburgring: Schornstein

    Durante alguns anos, este chassis #016 fez parte da colecção Sportclasse
     
  13. Umas fotos do Porsche 935 K3
     

    Ficheiros Anexados:

  14. mais algumas...

    Vejam bem aquelas admissões de ar...:oo:oo:oo
     

    Ficheiros Anexados:

  15. Este é o famoso Moby Dick, certo?
     
  16. Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página