Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Postalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

As nossas historias dentro de fiat´s

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por ze miguel silva, 14 Mai 2008.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por ze miguel silva, 14 Mai 2008.

  1. Este é o meu comentário 1000..


    Aproveito isto para vos pedir que nos contem aventuras dentro de fiat´s, classicos ou nao..
     
  2. parabens Zé!! :bouncy:

    bem quantoa as estorias nos fiats nao tenho, mas tenho de outros carros :elvis:
     
  3. simao...deves ter... plo menos ja andas te num meu :D

    eu o que posso contar??? é muita coisa...desde andar a caça com ele (ahahha), passar na a23 e olhar no retrovisor e as pessoas que vao atras com sorriso de orelha a orelha ( a 160km/H)
     
  4. Eu já tive algumas (muitas) aventuras dentro de um Fiat punto (entre outros...)mas não posso contar....:p :p:huh:
     
  5. Entre muitas história dentro do meu punto, de destacar meio-pião na marginal de peniche, quase a cair para o mar :shocked:

    Ah!! a marea dos meus pais, o meu punto e o do meu avô e a strada se falassem... :wacky:

    Há muitas mas com bolinha :yes:
     
  6. Tenho de começar a contar as minhas e as da família... São algumas ainda!
     
  7. Sim para contar historias teem que ser as que ja ouvi mil vezes o meu pai contar ca em casa...Cada uma :D....
     

  8. hehehehe esqueci-me do teu fIAT TURBINADO :bouncy: :bouncy: cum catano!!:angry:
     
  9. Eu de fiat's, histórias curiosas só tenho acidentes e desgraças...


    Aprendi a gostar deles após ter capotado 2 vezes de fiat uno em pequeno.

    Eu com o meu panda, já meti tanto carrinho novo a um canto..
    Desde um lupo que eu ia literalmente a "empurrar" numa curva, que lhe fugiu a traseira e se despistou a curvar a uns 90, a ouvir um barulho de "transmissão a bater" quando no final era a jante desapertada que fez 100 km's assim e quando fechei a porta pela ultima vez para finalmente ver se podia ser disso, caiu um dos pernos para o chão:yes:

    Mas gostar, gosto de ir atrás de pessoal meu amigo com carros melhores sempre a 160/170 com a pandeireta :D


    Já fiz Lisboa-Leiria sempre a fundo pela nacional para ir a um encontro de fiat's... escusado será dizer que chegou lá até "cheirava a alho".. e fiquei á frente de pessoal que ia para o encontro pela autoestrada.. eheh
     
  10. Ui... isso por aqui dava quase um livro!

    Tenho tantas... porque mais de dois terços da minha vida automobilística foi dentro de Fiats clássicos.

    Já disse muitas vezes, se o meu 127 falasse, tinha de lhe pagar muito bem para ficar calado!

    Uma das minhas preferidas é dizer que este carro até já fez surf! Sim, surf!

    Eu explico:

    Quando estava a estudar, morava na Costa da Caparica, onde não há rede de esgotos para drenagem de águas pluviais, as sarjetas dão directamente para a areia. Quando chove pouco, tudo bem. Quando chove muito, alaga as ruas.

    Um dia ia eu na avenida de dentro da Costa (2 faixas para cada lado) a chegar a casa, e tinha caído um dilúvio brutal. No cruzamento perto de casa a água tinha uns bons 30 cm de profundidade ou mesmo mais, o tubo de escape estava dentro de água, por isso tinha de manter o motor acelerado para não entrar água para a panela.

    Ia eu então chegando calmamente ao cruzamento pela faixa da esquerda (ia virar) praí em segunda, e sou passado pela direita por um autocarro. Quem conhece os motoristas de autocarros sabe que não é uma pocinha de água que lhes mete medo, e o tipo passou por mim a abrir.

    Nisto oiço um caudal brutal de água por baixo do carro, vem uma onda e levanta o 127 do chão! Fui a flutuar uns bons 2 a 3 metros, e poisei novamente na estrada! :D

    Felizmente não havia nada na frente... E para sempre ficou a história de um carro que fez surf! :D:D:D

    Não se vê disto todos os dias... :D

    Um abraço!
     
  11. Tens o único 127 Surf da 1ª série que conheço! :huh:
     
  12. Não é Surf... é surfista! :D:D:D
     
  13. Foste tu o criador do 127 Surf?:D
     
  14. Sei lá, na volta ainda me roubaram a ideia para essa versão... :D
     
  15. :D:D:D
     
  16. ;)1988
    O meu pai como bom cromo que é nunca ligou nem respeitou as revisões dos carros e consequentemente só colocava peças de má qualidade de perferencia dadas...
    Uma vez chegou a casa com umas velas de cor negra que lhe tinham dado para a carrinha vinham escritas em russo.
    Pesadelo dos pesadelos o carro pegava mal consumia muito afogava com frequencia e não foram raras as vezes em que tinha que se recorrer ao fatidico empurrão... Claro que o meu pai desculpava sempre as ditas velas
    fartei-me daquilo e fui buscar as velhas velas que lá tinha guardado e limpo e coloqueias no carro sem ele saber.
    Foi o dia da Noite pegava bem nunca mais deu problemas e o meu pai só deu o braço a torcer quando um dia disse para mim:
    "tás a ver que as velas são boas!!!"
    e eu contei-lhe a verdade:huh:

    Para mais histórias podem consultar o meu blog, sugiro aquela de uma ida á Aldeia de pai das donas escrita pelo munha esposa.
    http://classicosnaminhavida.blogspot.com/
     



  17. venha o livro!
     
  18. ehehehehe

    Está boa essa....

    :D:D:D
     
  19. Bem, aventura aventura não tenho.

    Mas foi dentro de um que me apaixonei pelos italianos.

    Tratava-se de um Fiat Tipo, de um primo meu, acabadinho de sair do stand, e isto foi no princípio da década de 90, eu ainda era pequeno. Chegado eu junto do carro, logo sou atraído pela pintura preta que brilhava ao sol (pintura metalizada, penso eu), e quando entro fico maravilhado com os estofos em pele preta, as portas forradas a pele preta, os vidros eléctricos à frente e atrás, algo que eu nunca tinha visto até então, um tecto de abrir eléctrico fantástico, e o melhor de tudo, um telefone dentro do carro! De notar que eu tinha algum medo desse meu primo (talvez por ter uma voz grossa e um bigode enorme que me faziam lembrar os vilões dos desenhos animados). Mas nesse dia, insisti para ir no carro dele, e não no dos meus pais...
    Isto passou-se no Brasil, nem sei se o carro ainda é "vivo", infelizmente.
     
  20. Do meu ex-127 so tenho que contar que se fizeram grandes touradas lá dentro.:D:D
    Isso mesmo touradas :D
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página