Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Andar de bicicleta...

Tópico em 'Off-Road' iniciado por M Bento Amaral, 5 Jul 2011.

Tópico em 'Off-Road' iniciado por M Bento Amaral, 5 Jul 2011.

  1. Não é carne nem é peixe, é uma poucaxinha!!

    Bom, para quem não sabe, vim morar recentemente para Santarém, por um conjunto de factores, entre os quais, estar perto do trabalho, e poder ir a pé, ou de bike, com o intuito de poupar umas coroas ao final do mês.
    Dou por mim agora, a fazer exercício mais 4 vezes por dia, a poupar uns euros, e a constatar alguns factos, que até então me escapavam, do ponto de vista de um ciclista.

    O que é um ciclista afinal? Se vamos na estrada, somos uns “empata f0d4s”, não devíamos estar ali, somos demasiado lentos e pouco volumosos que nem devemos ser considerados veículos, se formos no passeio, e quisermos atravessar de bicicleta a passadeira, também ninguém nos consideram um peão, e não param a menos que nos mandemos para a passadeira.

    Já existem alguns traçados próprios para bicicletas, ainda assim, bastante insuficientes.
    Quando tirei a carta, um ciclista, era considerado um veículo, como todos os outros que na estrada circulam, isso ainda se mantêm? Se eu já me sinto inseguro em andar de carro na via pública, de bicicleta nem faço comentários.

    Em Portugal, onde nos dizem para termos acções mais verdes e amigas do ambiente, temos muito pouco incentivo, ou uma regulamentação de mão pesada, que beneficiasse quem quer deixar o carro em casa, ainda assim, parece-me que a verdadeira ameaça, vem do resto da população, e não de uma má gestão da nação. Muitos portugueses, preferem buzinar, mandar vir, fazer uns gestos obscenos e enervar-se, do que apenas travar e seguir viagem!

    “Saiam da frente que isto aqui é tudo meu!”
     
  2. Começo a ter pena dos automobilistas de Santarém...o_O:D:D
     
  3. Acontece isso infelizmente, mas há que manter a calma e levar a nossa ideia em frente B) pedalar.
     
  4. Ca na terra diz-se, "não é carne me peixe, é choco!" :D
     
  5. Olha lá:
    -Tens seguro da viatura ???
    :D:D
    Agora vais ficar mais "elegante" :D:D
     
  6. Já te estou a ver a ganhar a volta a França do ano que vem!!!:huh::D:D
     
  7. Meu bom amigo, subscrevo tudo o que disse.

    Eu ando de bicicleta há muito tempo.
    Sou daqueles que comprou a Bike Magazine nro 1 e desde aí ficou com o bichinho.
    E também nas bicicletas gosto de clássicos (vendi a minha nova para comprar uma “velha”) coisa que a minha mulher pura e simplesmente não entende…

    Já estive para ser atropelado, entalado, cilindrado e esmagado várias vezes. O que é uma pena. Pois é uma pena quando comparados com Dinamarca e Holanda, países onde a bicicleta é rainha e opção porque sim e não porque não há dinheiro para mais.

    “Aqui” há aquela coisinha de sul de Europa de que bicicleta é coisinha de pobre e que para ir da sala à cozinha só não vou de carro porque este não passa pela porta.

    Também não há verdadeiras infra-estruturas para este transporte. Mas verdade seja dita, às vezes nem para piões quanto mais…

    Eu, antes de ciclista sou condutor. Mas faço manguitos e insulto a mãe de quem me apita só porque vou na estrada, basicamente, porque existo…

    Mas também é verdade que estamos a mudar como país.
    Se perdemos umas coisas com as últimas gerações ganhamos outras. E civismo (alargado, entenda-se) é uma das que ganhamos.
    Temos de perdoar (e repensar pedagogicamente o acto de tirar a carta) quem não sabe conduzir e nos abalroa sem intenção e tentar educar os zé’s do boné que acredito, tendem para a minoria.
     
  8. Pedro, eu estive alguns meses na Austria, e fiquei super fascinado com a maneira como aquela gente pensa!
    Os carros, de semana praticamente não andam, eu passava por eles todos os dias quando ia para o trabalho, e estavam sempre nos mesmos sítios!
    Diga-se que Viena tem um sistema de transportes públicos 7 estrelas, e está cheia de ciclo-vias!
    Muito bom!
    Em Portugal é de baixo nivel ir a pé ou de bicicleta para o trabalho! Mas a gasolina que poupar durante a semana, vou queima-la ao fds no 850! :p



    :D :D :D

    Até ver, é isenta! eheheh
     
  9. Concordo. Haveria de não só haver infra-estruturas para piões, mas também para arranques e burnout's. Uma coisa assim estilo livre. Assim o Rocha poderia fazer o tal vídeo. :p:D


    Pedro, desculpa lá brincar com o teu post, mas não podia deixar passar esta. ;):D
     
  10. Por norma os ciclistas em Lisboa são cumpridores, tirando um ao outro que vai na estrada e quando há sinais usa a passadeira, ou ate outros que no sinal vermelho não para porque pensam que as regras não se aplicam a eles.
    A minha tendência é sempre de facilitar a vida aos mesmos, mas ha dias houve um que me tirou do serio. Primeiro andava aos zigzags, parecia que não sabia andar a linha recta, conseguir ultrapassa-lo foi um martírio, mas la o fiz, sem protestos e buzinadelas. Mais a frente ha um sinal e não é que o sacana se vai meter a minha frente (e de todos), conclusão, voltou a perturbar a condução de toda a gente por puro egoísmo e chico espertisimo, então não era mais fácil ficar atrás sabendo que nem 2 segundos depois esta a ser ultrapassado por uma data de carros? Mas não, "vou meter-te a frente deles todos para dificultar a passagem".
    Conclusão, buzinão geral, foi da maneira que saiu logo para o passeio.
    São casos raros, mas acontecem.
     
  11. Fazes muito bem Mauro em andar de bike, eu até há pouco tempo fazia 18 Km todos os dias depois de chegar a casa, tenho estado parado, mas vou recomeçar a faze-los já no próximo sábado, faz bem ao fisico:D:gear_wink2:
     
  12. Na volta estava com os copos :p:D
     
  13. Penso que não, estava de capacete e não de boina.
    :huh:
     
  14. Vais ver que na volta o capacete tapava-lhe os ouvidos :D:D
     
  15. Ou os olhos!! xD
     

Partilhar Página