Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

Ajuda na colocação de vidros e alinhar painéis

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Pedro M Gonçalves, 4 Abr 2008.

Tópico em 'Chapa e Pintura' iniciado por Pedro M Gonçalves, 4 Abr 2008.

  1. Alguém sabe dicas para facilitar o alinhamento das portas, é um pouco trabalhoso mas devem haver umas dicas para ajudar no processo.

    Já vi em alguns foruns a colocar os vidros com uma corda a volta da borracha, alguém consegue descrever o processo mais detalhadamente?

    Obrigado :D
     
  2. Quando estiver para chegar a altura do meu, depois poderei explicar, até lá mantenho-me na ignorância... :D

    cumprimentos.
     
  3. Para colocar um vidro, não-colado claro, coloca-se uma cordão - um cordão do tipo daqueles que se usa nos estendais de roupa - inserido no interior da moldura de borracha do vidro. Depois assenta-se o vidro na posição me que deve ficar montado pressionando com alguma força contra o carro (convém 2 pessoas). Depois, retira-se uma das pontas do fio pra o interior do carro e com a pressão adequada a moldura de borracha irá encaixar-se no friso metálico. A ideia base é esta... :feliz:
     
  4. Atençao que os braços devem de estar o mais estendido possivel pra ocupar a maior área possivel, pro vidro nao estalar :(-e uma mão de outra pessoa ir aconpanhando o correr do barbante pressionando um pouco não muito :D! Atençao se o vidro tiver estalado numa esquina ou simplesmente no meio é estilhaço certo :(-! Espero ter ajudado Pedro :D:D
     
  5. No meu foi um sofrimento.....nei sei ...
     
  6. Por??:oo:oo
     
  7. entao e quando so existe borracha a metro como é o procedimento? :))
     
  8. Foi dos poucos trabalhos que paguei para que mo fizessem...
     
  9. Visto no forum da Garagemvw.com/forum a colocação de um para brisa num carocha. As fotos assim como o texto são a minha propriedade assim como do referido forum

    Colocação de um pára-brisa

    Nada de mais simples dirão alguns, basta colocar a junta no vidro, depois o cordão, meter o vidro no sitio, puxar o cordão , et voila... Só que vai ser sempre um pouco mais complicado do que isto, há sempre surpresas e depois é o que se vê, juntas as ondas, frisos impossíveis de colocar, carros a meter agua pelas juntas quando chove porque não vede como devia ser, quando não são vidros a não querer entrar ou a partir, ou pior :/.
    Existem uns “truques” bastantes simples para colocar de modo eficiente e rápido os vidros fixos que são o pára-brisa, os vidros laterais e óculo(s) de traseiro do seu VW, e ficar estanque.
    Note, este artigo técnico assim como as fotos são a propriedade do fórum da garagem VW e dos seus autores. Mesmo livres de direitos, é pedido caso sejam utilizadas em outros sites, suportes, que mencionada a origem das mesma. Obrigado
    Agrecimentos aos meus dois amigos que tiverem de me aturar na officina, assim que ao dono deste Oval, o Alex (o homen sem telefone nem internet :p).

    O sujeito hoje é um Oval, pintado de fresco, no qual temos de colocar um pára-brisa. Houve neste carro varias tentativas sem resultados que satisfazer nem o dono nem o chapeiro. A pintura nova e uma borracha de muito boa qualidade estão a dificultar em muito a tarefa
    [​IMG]

    Material: um pára-brisa, uma junta de origem alemão, e os dois ½ frisos de acabamento com as duas junções

    A mais, tem de arranjar 4 metros de cordão solido, vaselina não estirilzada (de electricista), um pincel, um maço de borracha, papel de limpeza e varias chaves de fendas. Uma ajuda é indispensável e mais dois amigos são muito bem vindos. Tres ja é demais (ou quase)

    Aqui esta ele, o conjunto ao completo mais não armado, e composto do para brisa, da junta, dos dois meios frisos
    [​IMG]

    O 1er passo consista em marcar o centro do comprimento do pára-brisas, com um marcador, um bocado de papel para pintura. No nosso caso a medida deu 45,5 cm. O lado direito da fita, esta a indicar-nos o centro Isto para centrar a junção da junta, e não estar a procura do ponto de junção dos frisos. Um pequeno pormenor que tem a sua importância, não técnica mais estética
    [​IMG]
    Começar a enfiar a borracha
    [​IMG]

    Após uns centímetros verificamos que nada mexeu-se, por isto continua-mos
    [​IMG]

    Esta “concluído” este 1er passo
    [​IMG]

    Para o concluir, vamos nos assegurar que a junta esta mesma enfiada a fundo a volta do vidro. Por isto armado do maço de borracha vamos bater SUAVEMENTE mas com firmeza na junta para aplicar o fundo do estria contra o vidro
    Cima
    [​IMG]
    Baixo e as laterais
    [​IMG]

    2 passo.
    Colocar os meios frisos. Aqui esta o 1er verdadeiro truque: colocar agora os frisos, e os espelhos de acabamento. Após é quase impossível sem o danificar, a pressão na junta é tal, que é impraticável.
    Lembre-se do papel do inicio. Graça a ele o centro do vidro, aonde se juntas os frisos é facilmente localizado. Vamos tentar encontrar a melhor posição possível parar eles se fazer as curvas com as quais eles vem
    [​IMG]

    Uma vez a posição encontrada, o friso é colocado no seu rasgo na junta, no nosso caso as curvas fizerem que a ponta do friso ficasa ha uns milímetros da junção da borracha
    [​IMG]

    1er curva (canto superior)
    [​IMG]

    2º curva (canto inferior)
    [​IMG]

    1er meio frisos colocado
    [​IMG]

    E colocação do 1er espelho (aqui o inferior, nada de lógica nesta escolha, simplesmente calhou ser este)
    [​IMG]

    Deslocado com uma chave de parafusos
    [​IMG]

    E colocado mais ou menos em frente ao centre do vidro (podem se ajudar com o papel colado no topo)
    [​IMG]

    Verifica-se a posição do 2º meio friso em relação as curvas, e que a extremidade esta coberta pelo espelho
    [​IMG]

    E começa-se a enfiar o friso
    [​IMG]

    Verifica-se que as curvas estão certas
    [​IMG]

    Esta tudo o.k., podemos continuar
    [​IMG]

    Esta quase
    [​IMG]

    Chegamos. Não falha, esta a chegar no ponto certo
    [​IMG]

    Recuamos então o espelho para acabar de colocar o friso
    [​IMG]

    E voltamos a o colocar na sua posição definitiva
    [​IMG]

    E de novo vamos nos assegurar que a junta agora com o frisos ao completo esta bem junto no fundo do seu rego contra o vidro do pára-brisa. Por isso, toca a sacar o maço de borracha
    [​IMG]
    [​IMG]
    [​IMG]

    O vidro de pára-brisa ao completo...
    [​IMG]
    Mas ainda falta, a prova do cordão

    Quem já colocou um para brisa no seu vw, seja ele um tipo 1, um KG, ou uma bay, que o vidro tem quase sempre tendência a fugir, que parece não estar centrado, um pouco para cima... e que não falha, na 1er chuva mete agua pela junta :/
    Para remediar vamos lhe propor uma serie de dicas muitas simples para acertar a posição do para brisa a 1er e assim assegurar a função de estancar da junta
    Lembre-se no nosso para brisa agora armado com a junta e o friso? Regressamos a ele, desta vez com os 4 metros de cordão solido, a vaselina não esterilizada (de electricista), o pincel, as chaves de parafusos , o nossa amigo o maço de borracha e o papel de limpeza.
    DSCF0535.jpg
    Regresso ao oval
    DSCF0536.jpg
    O primeiro passo e a 1er dica é de lubrificar o perímetro do quadro da para brisa com a vaselina.
    DSCF0539.jpg
    Sem esquecer as esquinas
    DSCF0542.jpg

    Vem o momento da corda, que podemos lubrificar com um pouco de vaselina, com a realização da famosa argola. Esta argola encontra-se na parte superiora do para brisa a altura da junção dos frisos Repara bem como a corda se cruz com ela própria
    DSCF0543.jpg
    E começamos a descer em direcção as laterais, usando uma chave de parafuso regularmente lubrificada para ajudar o cordão a entrar no rego
    DSCF0544.jpg

    E vem a dica mais importante,
    Nas laterais, é feito de cada lado uma nova argola, com o mesmo pormenor do cordão a se cruzar consigo próprio
    DSCF0545.jpg
    1er argola lateral feita
    DSCF0546.jpg
    E continuando ultrapassando a curva
    DSCF0547.jpg
    E Bis repetita na outra lateral
    DSCF0549.jpg
    Já acabada
    Já na parte de baixo, o cordão cruza-se sobre uns centímetros
    DSCF0550.jpg
    E advinha: maço de borracha. Com todas essas manobras a junta pode se ter um pouco descuida e afastada do vidro do para brisa. Seria uma pena de ver a junta sair agora a apresentar o para brisa, por isto, vamos nos assegurar que esta a junta bem junta :)
    DSCF0551.jpg
    Et action!
    DSCF0552.jpg
    DSCF0553.jpg

    3er dica… Vamos lubrificar a junta, para ter a certeza que haja o menos de resistência possível
    Saca da vaselina e do pincel (estamos a falar da junta e não de oura coisa
     

    Ficheiros Anexados:

    JorgeMonteiro gostou disto.
  10. Apresentado o conjunto para brisa/ junta/ friso com o cordão no quadro do para brisa do oval, O 1er cuidado a ter, é de colocar as 3 argolas com as duas pontas inferiores do cordão para dentro do carro
    DSCF0559.jpg
    E o centrar o melhor possível, e o bocado de papel( lembre-se dele?) vai ser de grande ajuda dando um ponto de referencia
    DSCF0561.jpg
    Uma vez centrado, é conveniente os dois ajudantes começar a pressionar o vidro contra o quadro com as mão
    DSCF0562.jpg
    Acção. Enquanto da parte de fora esta se empurrar o vidro, da parte de dentro, começa-se a se puxar nas argolas laterais primeiro.
    DSCF0563.jpg
    Isto permito nesta fase do processo, fazer que o vidro se centra no eixo do carro, e esta a escorregar lindamente:
    DSCF0565.jpg
    Um pouco a esquerda, um pouco a direita, vamos agora começar a puxar a argola de cima
    DSCF0566.jpg
    Isto vai agora muito depressa (difícil de tirar fotografias, tão é rápido)´
    De baixo
    DSCF0567.jpg
    Enquanto isto se faz, os ajudantes vão dando umas palmadas para ajudar o vidro a se colocar no sitio
    E esta:
    DSCF0568.jpg
    Acabado. Levou 2 mn! A preparação foi longa, mas compensou, verifica
    A juntas, tanto da parte de fora
    DSCF0570.jpg
    Como de dentro
    DSCF0572.jpg
    Mesmo nas zonas mais chata estão perfeitamente colocados apos os labios que por vez falham a encaixar serem ajudados a se colocar no sitio com uma pequena chave de parafuso, isto com muito cuidado para não riscar a pintura nova
    DSCF0571.jpg
    Agora só basta limpar os excessos de vaselina
    DSCF0573.jpg
    Et voila!
     

    Ficheiros Anexados:

    JorgeMonteiro gostou disto.
  11. nice.
    e quando nao ha borrachas novas, algum adica para usar borracha a metro? especialmente nos cantos em que é sempre dificil vedar...?
     
  12. Pessoalmente, eu corte sempre um centimetro a mais para a pontas da junta fazer pressão tanto entre elas com no quadro e no vidro, e umas gotas de cola e veda na mesma junção. Se a junta de origem estiver simplesmente muita suja, ela vai para dentro da maquina de lavar dentro de um saco de pano. Sai como mova, e isto serve para qualquer junta.
     
  13. ok.
    obrigado pela dica :)
     
  14. Este é daqueles trabalhos que exigem muita paciencia e cuidado. Qualquer descuido pode simplesmente partir o vidro.
    O truque do fio colocado na borracha nem sempre ajuda. Eu coloquei os meus com um cartao tipo cartao de credito de plastico e alguma massa consistente. è sujo e dificil mas ajuda muito.

    Espero ter ajudado

    Em anexo está uma foto tirada logo após a montagem.
     

    Ficheiros Anexados:

Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página