Bem-vindo/a ao Portal Classicos

O Portal dos Clássicos é um sítio português dedicado aos veículos clássicos com interesse histórico. Temos como objectivos juntar a comunidade de entusiastas e prestar auxílio a todos os que pretendem adquirir, restaurar, conservar e manter veículos antigos. O que espera para se juntar à família?

Welcome to Portal Classicos, the biggest Portuguese community about historic vehicles! Change language here.

  1. Este site utiliza cookies. Ao continuar você estará de acordo com a nossa utilização de cookies. Saber Mais.
  2. Portalistas, o Portal dos Clássicos está no no Drivetribe, a rede social automotiva do trio May-Clarkson-Hammond! Junte-se à nossa Tribo
    Fechar Aviso

A nova aquisição, o meu clássico de futuro

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Daniel F Santos, 27 Mar 2011.

Tópico em 'O nosso hobby: Clássicos' iniciado por Daniel F Santos, 27 Mar 2011.

?
  1. Muito Bom

    0 voto(s)
    0.0%
  2. Bom

    69.2%
  3. Razóavel

    30.8%
Multiplos votos são permitidos.
  1. Boa tarde a todos. Deve ser a segunda vez ou terceira que venho colocar um tópico. Costumo acompanhar muito de perto o site, regularmente vejo os anúncios, alguns tópicos de cariz cultural, etc.
    Hoje coloco um tópico por duaz razões, vou apresentar a minha "nova" viatura e depois irei adicioná-la à minha Garagem. Sempre achei interessante cada um partilhar as viaturas que tem, não importando se essa é "boa", "menos boa", com mais cavalos ou menos cavalos. Algo que o meu Pai desde cedo me ensinou nos automóveis clássicos foi que sempre devíamos respeitar os outros, cada um tem os seus gostos, e nada melhor que ter um bom lote de amigos com os mais diversificados gostos, um dia ficamos a gostar de outra marca que antes nem aprecíavamos...
    Desde Dezembro, e foi quase prenda de Natal, que tenho um Mercedes-Benz W126 300SD TurboDiesel de 1981, cinza claro, com 118000 milhas, interiores azul escuro. Há já algum tempo que me sinto "atraído" pelos Mercedes, o meu sempre teve Mercedes, vários W124, tem um 190 Ponton ainda nem eu era nascido, e alguns mais modernos. O mesmo aconteceu com a minha Mãe, ainda nem eu existia, já ela tinha tido uma carrinha Mercedes W123 300TD importada dos USA, e que lhe foi entregue em mão pela Mercedes de Madrid, visto que a sede em Portugal não comercializava esse modelo na altura. Nos últimos anos, e muito por força de um amigo meu do Porto, o João Miguel, que tem um W123 300D de 1978 caixa de 4 velocidades, o meu gosto intensificou-se... Várias vezes conduzi aquele modelo, e inclusivé, ele deixou-me uma semana com o Mercedes em minha casa para eu passear com ele. Fiquei fascinado como um carro com quase dois milhões de quilómetros, ainda dava os 150 km/h sem qualquer problema. Fizemos uma vez, em 2008, uma viagem a Madrid nesse carro, ida e volta se qualquer paragem pelo meio. Impressionante na minha opinião...
    Desde então tenho seguido de muito perto os Mercedes, e já tive 2 antes deste, um Mercedes W124 200D de 1987 caixa automática importado da Alemanha, e um Mercedes W123 300D de 1980, nacional, caixa automática, com bastantes extras (inclusivé Cruise Control e AC).
    A minha paixão de criança sempre foram os americanos e há tempos tive quase negócio fechado a um Firebird de 1987 mas por egocentrismo do vendedor preferi não ficar com a viatura do que me ferirem o orgulho. O meu Pai teve alguns, desde Chevrolet Impala Fastback, Oldsmobile, Chevrolet Chevy Van, Buick Electra 215, etc, e embora ainda tenha essa paixão dentro de mim, considero que os tempos são outros, e a realidade que enfrentámos no nosso dia-a-dia também é outra... Na minha opinião, um automóvel clássico ou antigo, deve ser um elemento presente numa família, e não apenas ser considerado como o "veículo que saí uma vez à rua no mês..." Agradeço também ao meu Pai nisto, pois sempre foi pessoa de circular muito regularmente com os automóveis antigos.
    Este Mercedes que adquiri recentemente é o clássico a que eu chamo "do futuro", embora ainda não tenha muita idade ainda, mas o facto de ser a Diesel permite um uso diferente do que outras viaturas. Com consumos bastante aceitáveis, sou capaz de circular todos os fins-de-semana sem grande problema financeiro, algo que com outras viaturas como por exemplo a Chevrolet não conseguiria fazer. Sempre quis um clássico presente, e nunca quis deixar de usufruir o dinheiro para a vida pessoal e gastá-lo nos clássicos, afinal a vida não é só automóveis antigos... É pena claro, o País em que vivemos, e penso sempre naqueles que têm viaturas a gasolina, que com muito primor e rigor mantém o estado das suas viaturas, mas que quando querem circular são restringidos a meia dúzia de quilómetros... Julgo que esta realidade levou-me a optar por esta viatura. Gosto de passear, levar a namorada e a família comigo, disfrutar de um bom passeio à serra sem olhar ao consumo, e acho que neste momento estou muito bem servido com este Mercedes.
    Algumas coisas neste modelo levaram-me a desfazer-me do anterior Mercedes que tinha, o W123, como por exemplo: o aspecto de "grandão" da estrada, é a versão USA com os pára-choques largos, o conforto e segurança que dá em viagens (embora não tenha ABS), e a fiabilidade, pois é o motor de 5 cilindros que deu renome à Mercedes. Está em bom estado geral, motor muito bom, caixa muito suave e sem ferrugem por baixo. Claro que necessita de alguns melhoramentos, veio com algumas falhas na parte eléctrica e uns riscos na pintura e nos plásticos.
    Deixo algumas informações gerais para os mais curiosos:

    Mercedes-Benz W126 - 300SD - TurboDiesel - 1981
    Modelo exclusivo E.U.A e Canadá - Produzido entre: 1980 e 1985 com 78725 exemplares
    Motor: OM617.951 - 5 cilindros de grande fiabilidade
    118000 milhas
    Importado em 1991
    Cor Cinzenta
    Interiores Azul escuro

    Extras da época:

    - Cruise Control
    - Ar Condicionado
    - Vidros eléctricos
    - Faróis de nevoeiro (na grelha e nos pára-choques)
    - Direcção assistida
    - Tecto de abrir eléctrico
    - Bancos eléctricos
    - Fecho central
    - Rádio Becker Toronto

    Deixo algumas fotos do modelo. Gostaria de saber de alguém que tenha um modelo igual ou de anos próximos, de forma a poder receber a opinião, críticas boas e más claro, de alguém que circule com este modelo, aspectos que tenha de ter em atenção, etc...

    Cumprimentos a todos, votos de felicidades pessoais e para os clássicos também...
    D. Santos.
     

    Ficheiros Anexados:

  2. Bela "poltrona" com rodas :D Muito bonito, cheio de classe e estilo. Muitos e bons km´s ao volante dessa máquina. Abraço

    P.S. aqui perto de mim conheço pelo menos dois, que circulam frequentemente.
     
  3. é um Mercedes, what else!
     
  4. É um MERCEDES esta tudo dito...

    É um carro espectacular e muito confortável a nível de consumos deve andar por volta dos 9 a 10 L/100Km tem 125 Cavalos, velocidade máxima 170Km/h dos 0 aos 100 Km/h em 15.0 segundos ;).
     
  5. Gosto do carro, pena ser a gasolina, mas compreendo o ponto de vista do dono.

    Ainda não será um clássico e esta versão será a última a entrar nessa categoria.


    nuno g
     
  6. Bom dia Nuno
    é a Gasoil e não a gasolina (o que é que andas a fumar ao fim de semana?)
     
  7. A julgar pelo " I HATE DIESEL" ele deveria quer "pena não ser a gasolina" ;)

    No entanto parabens ao feliz proprietario uma bomba luxuosa sem duvida um MB e mais nada

    Abraço
     

  8. Paulo e Moisés,

    Sou disléxico, se reapararem eu troco muito as letras dentras das próprias palavras...


    Tudo o que escrevo tem de ser corrigido, às vezes mais de uma vez.


    Queria dizer "pena não ser a gasolina".


    nuno g
     
  9. Boa tarde a todos, agradeço os elogios.
    Não escolhi um Mercedes até agora a gasolina, e já tive vários em vista como por exemplo, um 230CE de 1988 (meu ano de nascimento) e tive um S420 de 1987 em vista também. Todavia, a minha opinião sobre automóveis a gasolina é muito pessoal, e sinceramente prefiro sem dúvida os motores V8 americanos, sejam eles Ford ou do grupo GM. Já tive várias viaturas com essa motorização, e sempre direi que motores a gasolina só americanos. Embora saiba claro que há muitas boas viaturas com bons motores a gasolina, os ingleses tem automóveis de baixa cilindrada (comparado com os E.U.A), como os triumph por exemplo que são muito energéticos e que dão grande gozo de condução. Mas continuo a preferir os lentos e pachorrentos motores americanos... :)

    Cumprimentos a todos.
    D. Santos.
     
  10. Bela máquina, o verdadeiro banheirão!!!;)
     
  11. ja esta melhor ;-))
     
Código de Verificação:
Rascunho Salvo Rascunho removido

Partilhar Página