VW Brasilia :)

Caros amigos!

Hoje depois de ter visto um VolksWagen Brasilia lembrei-me de abrir um tópico para falar-mos e postar fotos deste carro já pouco ou nada visto ou falado ;)!!
Ficam aqui algumas fotos..

Ver anexo 33024
Ver anexo 33022

Tive o prazer de andar num quando era pequeno,tál como este amarelinho...;)

Ver anexo 33025
 

Anexos

Aqui fica a ficha técnica..


Brasília (1975) Variant (1977) Variant II (1979)

MOTOR

Posição, cilindros e refrigeração traseiro, 4 horizontais opostos, refrigerado a ar traseiro, 4 horizontais opostos, refrigerado a ar traseiro, 4 horizontais opostos, refrigerado a ar
Comando e válvulas por cilindro no bloco, 2 no bloco, 2 no bloco, 2
Cilindrada 1.584 cm3 1.584 cm3 1.584 cm3
Taxa de compressão 7,2:1 7,2:1 7,2:1
Potência máxima bruta 60 cv a 4.600 rpm 65 cv a 4.600 rpm 67 cv a 4.600 rpm
Torque máximo bruto 12 m.kgf a
2.600 rpm 12 m.kgf a
3.200 rpm 12 m.kgf a
3.200 rpm
Alimentação carburador de corpo simples carburador de corpo simples dois carburadores de corpo simples

Velocidades

Marchas e tração 4, traseira 4, traseira 4, traseira

Travões

Dianteiros e traseiros a disco / a tambor

SUSPENSÃO

Dianteira independente, barras de torção independente, barras de torção independente, McPherson
Traseira independente, semi-eixos articulados independente, semi-eixos articulados braço semi-arrastado, barras de torção

RODAS

Pneus 5,90 x 14 165 x 380 175/80 R 14

DIMENSÕES


Comprimento 4,01 m 4,138 m 4,325 m
Entreeixos 2,40 m 2,40 m 2,495 m
Peso 890 kg 950 kg 990 kg

DESEMPENHO

Velocidade máxima 132 km/h 135 km/h 134 km/h
Aceleração 0 a 100 km/h 23 s 23 s 23 s
Consumo médio 9,3 km/l 11 s 10,8 km/l
 

nuno granja

petrolhead
Portalista
Autor
Aprendi a conduzir numa Brasilia que o meu pai comprou nova em 1977...

igualzinha a esta vista em GAIA no ano passdo num evento do VW AR CLUB

BRASILIAVERDE.jpg

uma que vi à venda à uns meses em cortegaça (ja deve ter sido vendida pois desapareceu do stand)

VW_BRASILIA_FR54PASS_.jpg

VW_BRASILIA_BK45COND.jpg .


Tenho tambem uma revista "Fusca" com um artigo muito bem ilustrado e com muitos pormenores da história da Brasilia. Vou procurar.


nuno g
 

Anexos

Diogo Lisboa

Veterano
nuno granja disse:
Aprendi a conduzir numa Brasilia que o meu pai comprou nova em 1977...

igualzinha a esta vista em GAIA no ano passdo num evento do VW AR CLUB

BRASILIAVERDE.jpg

uma que vi à venda à uns meses em cortegaça (ja deve ter sido vendida pois desapareceu do stand)

VW_BRASILIA_FR54PASS_.jpg

VW_BRASILIA_BK45COND.jpg .


Tenho tambem uma revista "Fusca" com um artigo muito bem ilustrado e com muitos pormenores da história da Brasilia. Vou procurar.


nuno g
Esse Brasilia verde fotografei-o o ano passado aqui em Leiria:D...
 

Anexos

Simao Reis

Prego a fundo...
Miguel tens a certeza que este topico é mesmo do VW Brasilia!!!???:D :D :D

O Brasília agradou muito ao público e suas vendas logo de início foram boas. Comprar e levar na hora, só pagando acima do preço de tabela, o chamado ágio. Em 1975 foram produzidas 126 mil unidades. Fazia sucesso entre jovens e famílias. Durante toda sua produção o desempenho não se alterou muito, mas a adoção de dois carburadores de corpo simples em 1976 elevou a potência a 65 cv. Aceleração, velocidade máxima e principalmente a economia de combustível melhoraram.

A opção com um só carburador continuou disponível, mas aos poucos deixou de ser produzida pela baixa demanda. E, como o Fusca, o carro era barulhento para os ocupantes. Com um carburador já era difícil conversar em médias e altas velocidades e, quando passou a ter dois, a coisa ficou ainda pior. Em modelos de melhor acabamento houve uma tentativa de melhorar o isolamento acústico interno, mas que não sanou o problema.



em Alcains existe uma vermelha cabriolet!!!

umas fotos da brasilia!!!
 

Anexos

Simao Reis disse:
Miguel tens a certeza que este topico é mesmo do VW Brasilia!!!???:D :D :D
Simao Reis disse:
O Brasília agradou muito ao público e suas vendas logo de início foram boas. Comprar e levar na hora, só pagando acima do preço de tabela, o chamado ágio. Em 1975 foram produzidas 126 mil unidades. Fazia sucesso entre jovens e famílias. Durante toda sua produção o desempenho não se alterou muito, mas a adoção de dois carburadores de corpo simples em 1976 elevou a potência a 65 cv. Aceleração, velocidade máxima e principalmente a economia de combustível melhoraram.

A opção com um só carburador continuou disponível, mas aos poucos deixou de ser produzida pela baixa demanda. E, como o Fusca, o carro era barulhento para os ocupantes. Com um carburador já era difícil conversar em médias e altas velocidades e, quando passou a ter dois, a coisa ficou ainda pior. Em modelos de melhor acabamento houve uma tentativa de melhorar o isolamento acústico interno, mas que não sanou o problema.



em Alcains existe uma vermelha cabriolet!!!

umas fotos da brasilia!!!
Simão não entendi a piada...........:p :DD:D
 

Marco Pascoal

YoungTimer
lool curiosamente ando a restaurar uma coisinha destas.. Mas o complicado disto é mm peças... alguém sabe onde posso arranjar um motor de arranque para um motor 1600 com 2 caburadores? lol:D
 
Marco Pascoal disse:
lool curiosamente ando a restaurar uma coisinha destas.. Mas o complicado disto é mm peças... alguém sabe onde posso arranjar um motor de arranque para um motor 1600 com 2 caburadores? lol:D
existe uma boa casa em vagos.... volkstore
 
francisco emanuel disse:
existe uma boa casa em vagos.... volkstore
epá.... és de pombal!
na estrada nacional entre pombal e condeixa, antes das bombas "ouro negro" existe uma oficina com alguns vw carochas e um brasilia azul....
tenta ir aí ...
 

Marco Pascoal

YoungTimer
francisco emanuel disse:
epá.... és de pombal!
na estrada nacional entre pombal e condeixa, antes das bombas "ouro negro" existe uma oficina com alguns vw carochas e um brasilia azul....
tenta ir aí ...
lol pois a essa oficina eu já fui, mas esse azul já não tem motor e o outro creme só vende o motor completo.. De lá só consigo uns plásticos e uns farolins lol
Quanto á volkstore, eu fui lá ao site deles, mas n aparece nada :S:(
 

Vitor Patricio

Portalista
Portalista
Estou espantado com as opiniões expressas neste topico, o Brasilia ficou conhecido na epoca por não ter metade da fiabilidade dos Carochas, foi sempre considerado uma desiluzão para quem tinha um Carocha Alemão e trocou por um Brasilia, tanto assim que apesar de na epoca se terem vendido bem, desapareceram rapidamente das nossas estradas por falta de fiabilidade e muitos clientes voltaram a comprar carochas.
 

nuno granja

petrolhead
Portalista
Autor
Vitor Patricio disse:
Estou espantado com as opiniões expressas neste topico, o Brasilia ficou conhecido na epoca por não ter metade da fiabilidade dos Carochas, foi sempre considerado uma desiluzão para quem tinha um Carocha Alemão e trocou por um Brasilia, tanto assim que apesar de na epoca se terem vendido bem, desapareceram rapidamente das nossas estradas por falta de fiabilidade e muitos clientes voltaram a comprar carochas.
Vitor
"nem tanto ao mar, nem tanto à terra"

Sobre Brasilias...
Tivemos la em casa uma comprada nova e usada intensivamente por mais de 10 anos, conheço mais gente que as teve e já li algumas coisas sobre o assunto...

Os Vw Ar brasileiros não tem a mesma qualidade de construção dos alemães, mas não são assim tão maus. Julgo que se nota mais a nivel de acabamentos/interiores e da qualidade das chapas usada na carroçaria. A nivel mecânico a diferênça é menor.
Tecnicamente a diversas evoluções ficaram sempre um pouco atrás das alemás e estéticamente nunca evoluiram tanto. Por exemplo a Brasilia...
brasilia-2.jpg
brasilia-3.jpg

parece uma 412 LE lavada na máquina...
412-1.jpg
412-3.jpg
412-2.jpg


Técnicamente a Brasilia usa o sistema chassis + carroçaria derivado do Fusca do início dos anos 60 (plataformas Karmann Ghia) com talvez o uso dos discos na frente a unica evolução significativa, com mecânica do Fusca 1600, o que não permite ter mala atrás...
brasilia-1.jpg

Já a 412 já tinha carroçaria monobloco, motor Typ4/Porche 914 tipo "panqueca" o que permite ter mala atrás, suspenção independente à frente (McPherson) e atrás (molas Helicoidais), injecção electronica e por ai fora...
412-4.jpg
(desenho técnico do carro 412 mas o lay-out é igual ao da Variant...)


Motor VW Typ 1 do mesmo tipo do usado na Brasilia com as blindagens da refrigeração ao alto, que impossibilita a Brasilia de ter mala atrás..
MOTtyp1.jpg

Motor Vw Typ 4/Porshe 914 "panqueca", com com as blindagens da refrigeração laterais que passibilitam à 412 LE Variant ter mala atrás. Apesar de ser um boxer 4 cilindros refrigerados a ar, as semelhanças com o motor VW Typ 1 acabam ai. Internamente os motores Typ4 não tem nada a ver com os motores VW Typ1.
MOTtyp4.jpg

Não quero com isto dizer mal do Vw Ar brasileiros, tem charme próprio do qual gosto muito e no contexto do pais e da época foram grandes carros. Os primos alemães apenas eram mais bem construidos e ao mesmo tempo técnicamente e estéticamente mais evoluidos.


Miguel....

Notei agora um erro no teu post

"*SUSPENSÃO

Dianteira independente, barras de torção independente, barras de torção independente, McPherson "


Ou é com "barras de torção" ou é "McPherson "

No caso da Brasilia a suspensão atrás e à frente usa o sistema "barras de torção", como todos os VW ar com excepção dos 1302, 1303, 411 e 412 que usam "McPherson "


nuno g
 

Anexos

Topo