Tata compra Jaguar e Land Rover

Rúben Farinha

Jon aka Y10Assassin
Não vos cheira a 'esturro'? :wacko:

Não sei até que ponto a Tata tem pedalada para abraçar um projecto destes! Espero sinceramente que isto não seja a morte das marcas adquiridas!
 

Jorge M Silvestre

Portalista
Portalista
Rúben Farinha disse:
Não vos cheira a 'esturro'? :wacko:

Não sei até que ponto a Tata tem pedalada para abraçar um projecto destes! Espero sinceramente que isto não seja a morte das marcas adquiridas!
A TATA é um grupo muito grande, com muita industria, a pouco tempo adquiriu umas das maiores empresas de siderurgia, a Corus por £6,4bn.... vamos estar atentos ao que vai acontecer...
 

Rúben Farinha

Jon aka Y10Assassin
Jorge M Silvestre disse:
A TATA é um grupo muito grande, com muita industria, a pouco tempo adquiriu umas das maiores empresas de siderurgia, a Corus por £6,4bn.... vamos estar atentos ao que vai acontecer...
Espere mos para ver.... oxala façam um bom trabalho!
 

Ricardo Bras

Clássico
Agora é que o meu Range vai valorizar :huh: um puro inglês;)
Mas na verdade é uma pena que estas marcas de prestigio caiam nas mãos TATA.
O Novo look dos Range o_O
 

Antonio F Carvalho

Portalista
Portalista
Jorge M Silvestre disse:
...Só falta mesmo é a Volvo, essa é a próxima a ser vendida!!! Segundo a Ford, já está a ser preparada para po-la aà venda!!!!

Cumprimentos,
Em relação à Volvo, o negócio até foi correndo menos mal à Ford.

E porquê?

Se compararmos os "clientes-alvo" da Ford , os "clientes-alvo" da Volvo e os "clientes-alvo" da Jaguar, vemos que a Ford e a Volvo estão muito mais próximas entre si do que a Ford e a Jaguar (analisando sobretudo a vertente "prestígio").

Por isso é muito mais fácil para a Ford fazer um Volvo e ter sucesso do que fazer um Jaguar.

E os exemplos estão aí: Volvo V50/Ford Focus SW e Jaguar X Type/Ford Mondeo.

E não quero dizer com isto que o X Type é um carro mau...é só um Jaguar fraquinho...
 
As marcas inglesas perderam o norte. Como todos os ingleses, cegos pela ilusao de grandesa, alhearam-se da concorrencia, insistiram em produzir coisas obsoletas, como por exemplo a Austin ou a Morris que nos anos setenta quando começavam a aparecer carros bons como o Opel Kadett ou outros como o Ford Escort para o segmento médio, registando uma evoluçao natural, lançaram Morris Marina e Austin Allegro, ou seja lixo móvel. Foi esse o motivo da sua aniquilaçao. A Austin ainda tentou resistir com o Metro, o Maestro e o Montego, mas enforcou-se! Foi o fim.
Resistiu a Rover, que enquanto andou aliada a Honda as coisas corriam bem. Mas estagnou. Depois com a má gestao tudo piorou. Mas decisoes atras de mas decisoes. ainda deu ar de sua graça com o Rover 75, um carro muito distinto mas nao se livrou de ser dissolvida.

Agora com estas marcas o que se passa é diferente. é tao só a questao da propriedade da marca, julgo eu. pelo menos é o que eu espero. a Land Rover e a Jaguar nao podem acabar.
 
Antonio F Carvalho disse:
Em relação à Volvo, o negócio até foi correndo menos mal à Ford.

E porquê?

Se compararmos os "clientes-alvo" da Ford , os "clientes-alvo" da Volvo e os "clientes-alvo" da Jaguar, vemos que a Ford e a Volvo estão muito mais próximas entre si do que a Ford e a Jaguar (analisando sobretudo a vertente "prestígio").

Por isso é muito mais fácil para a Ford fazer um Volvo e ter sucesso do que fazer um Jaguar.

E os exemplos estão aí: Volvo V50/Ford Focus SW e Jaguar X Type/Ford Mondeo.

E não quero dizer com isto que o X Type é um carro mau...é só um Jaguar fraquinho...
O grupo Ford pelo menos foi bom numa coisa. Deixa as marcas que controla como a Mazda e a Volvo conservar a sua autonomia enquanto produtores de motores e de veiculos.

O mesmo nao acontece com a Nissan, que se tornou um mero satélite da Renault
 

Jorge M Silvestre

Portalista
Portalista
Jose Manuel S Lopes disse:
Rover ------ China

É a globalização a funcionar.....
A Rover não foi para a China!!! :D

A Ford comprou a marca Rover porque tinha direito sobre ela!!! (pelo que li e uma regra internacional)
Como é que isto aconteceu??? Bem, a Ford viu a MG-ROver a ser comprada pela NAC, e com medo de eles estragarem a Marca porque tinha nas mãos a Land-Rover, atraves dessa "lei" comprou-a! A NAC ate criou outra marca, ROEWE!!!! :DD
 

Jorge M Silvestre

Portalista
Portalista
Ricardo Cunha Carreiras disse:
As marcas inglesas perderam o norte. Como todos os ingleses, cegos pela ilusao de grandesa, alhearam-se da concorrencia, insistiram em produzir coisas obsoletas, como por exemplo a Austin ou a Morris que nos anos setenta quando começavam a aparecer carros bons como o Opel Kadett ou outros como o Ford Escort para o segmento médio, registando uma evoluçao natural, lançaram Morris Marina e Austin Allegro, ou seja lixo móvel. Foi esse o motivo da sua aniquilaçao. A Austin ainda tentou resistir com o Metro, o Maestro e o Montego, mas enforcou-se! Foi o fim.
Resistiu a Rover, que enquanto andou aliada a Honda as coisas corriam bem. Mas estagnou. Depois com a má gestao tudo piorou. Mas decisoes atras de mas decisoes. ainda deu ar de sua graça com o Rover 75, um carro muito distinto mas nao se livrou de ser dissolvida.

Agora com estas marcas o que se passa é diferente. é tao só a questao da propriedade da marca, julgo eu. pelo menos é o que eu espero. a Land Rover e a Jaguar nao podem acabar.
Até parece que é só Ingleses quem tem ilusão de grandeza!!!!!!!!!!!
O fim foi por várias razões, más decisões atras de más decisões, pouco lucro, muitas GREVES, muito pouco investimento e por ai fora.....
 

Jorge M Silvestre

Portalista
Portalista
Ricardo Cunha Carreiras disse:
O grupo Ford pelo menos foi bom numa coisa. Deixa as marcas que controla como a Mazda e a Volvo conservar a sua autonomia enquanto produtores de motores e de veiculos.

O mesmo nao acontece com a Nissan, que se tornou um mero satélite da Renault
Muitos dos motores da Mazda e da Volvo são provenientes da "Joint-Venture" entre a Ford e a PSA(Peugeot-Citroen)!!!! Nomeadamente os Diesel!
 
Mas a Mazda continua a criar motores, principalmente a gasolina! A Volvo tambem é o mesmo. A partilha de motores diesel é hoje um facto consumado, e nem adianta discutir isto.

Os ingleses perderam o fio a meada. Mesmo muito mau... Nao se orientam e continuam perdidos. O que pode acontecer é extinguirem-se.
E realmente era uma pena vermos marcas como a Aston Martin ou a Jaguar desaparecerem, era mau nao so pra nos como para a industria automoveol.
Quanto as marcas ditas populares a ultima vez que a Austin fez um carro de jeito foi o MINI, depois foi sempre a cair. a Morris idem aspas. Gostava que a MG se salvasse mas que evoluisse...
 

Jorge M Silvestre

Portalista
Portalista
Dizer que o ultimo carro (de jeito) que a Austin criou foi o Mini é discutivel... :D :D então e os 1100/1300, Maestro, Montego...

Cumprimentos,
 
é a minha opinião...
nos anos 80 a Rover fabricou bons carros, a Triumph fabricou o Acclaim (motor Honda) e acho que fica por ai. Depois a Rover andou a arrastar-se. Ainda fabricou o 75 (fabuloso) mas foi insuficiente. Lamento imenso a perda da Rover. E espero que a Jaguar e a Land Rover nao tenham a mesma sorte.
 

Jorge M Silvestre

Portalista
Portalista
Ricardo Cunha Carreiras disse:
é a minha opinião...
nos anos 80 a Rover fabricou bons carros, a Triumph fabricou o Acclaim (motor Honda) e acho que fica por ai. Depois a Rover andou a arrastar-se. Ainda fabricou o 75 (fabuloso) mas foi insuficiente. Lamento imenso a perda da Rover. E espero que a Jaguar e a Land Rover nao tenham a mesma sorte.
Com certeza, é a sua opinião, nada do que disse foi com intenção de ofender...
Cumprimentos,
 
Topo