Targa Florio - Slot Clube do Porto

Este sabado tivemos mais uma prova do Campeonato de Rallys Clássicos, do Slot Clube do Porto.

Finalmente o Asfalto... os meus bólides já se queixavam de tanta cafeína.

Também pela primeira vez, este ano, tínhamos em dis**** a classe Históricos 65, dando descanso aos todo-poderosos Grupo B.

Devido à realização de um Rally em Vigo, esta prova apresentou uma lista de inscritos um pouco abaixo do normal. Ausência bastante notada foi a de Francisco Bianchi, o grande dominador dos clássicos nos últimos tempos. (Cavalo, já não és o único a dar graxa ao Bianchi aqui no fórum)

Com uma média de 9/10 inscritos em cada uma das 5 classes o Rally começou dentro do horário previsto, com o Porsche do Troféu Ninco a abrirem a Pista.

Luís Faria apresentou um ritmo endiabrado desde o primeiro minuto, não dando qualquer hipótese à concorrência, e conseguindo um avanço que lhe garantia uma segunda passagem tranquila.

Na luta pelo segundo lugar fiquei Eu e o Márcio a fechar o Pódio..

De seguida vinham os carros da Classe SCX, onde os Porsche 911 Altayeiros continuam a Reinar, sendo que desta vez, tiveram uma tímida réplica do Fiat 124 de Ricardo, mas que mais uma vez, não passou disso mesmo. Luís Faria voltou a mostrar que estava com o dedo quente, e deu um grande avanço na primeira passagem, para na segunda poder controlar o andamento dos seus mais directos adversários.

Na Classe 3, a luta na primeira passagem foi bastante equilibrada, com Luís Faria a impor o seu Fiat 131, ao de Ricardo, em 3º vinha Eu com o meu Porsche 914/6 sempre cheio de problemas, e no 4º lugar estava o Márcio com um Renault Dauphine preparado para Históricos 65, mas com um andamento excelente... Todos separados apenas por 3 segundos. Na segunda passagem, a reviravolta foi total. Eu consegui ultrapassar os problemas do Carro e do dedo, e dei-lhes uma "ratada" a todos, Ricardo, com o seu 131 Abarth de aluguer, mas preparado por um Grande profissional, conseguiu suplantar o 131 de Luís Faria, com Márcio Teixeira a deixar perceber que se tivesse mais motor... ficou em 4º e foi muito bom. Apenas quero deixar uma nota, para a ausência o Bianchi... Bianchi sem a sua ausência, esta vitoria não seria possível... OBRIGADO (Cavalo vê se aprendes, é assim que se dá graxa bem dada...)

A classe 4, apresentava uma lista de vários carros candidatos à vitoria, O meu 911, o 250 GTO do Filipe, o Alpine de Luís Faria, o 911 do Márcio, o 250 GTO do Ricardo... mas o desenrolar da prova mostrou que o meu 911 era inalcançável no 1º lugar, Filipe Morais e o seu GTO também não davam hipóteses e garantiam com alguma facilidade o 2º lugar. A luta pelo 3º lugar foi a mais acesa, com Márcio Teixeira com um fabuloso Austin Healey a conseguir levar vantagem sobre Luís Faria.

A fabulosa classe dos Históricos 65, apresentava os Poderosos Ferrari 250 GTO na linha da frente para a vitória, um pouco mais lentos estavam os Porsche 356, Alfa GTA e BMW 1600...
Assim sendo o pódio ficou com 3 Ferraris 250 GTO. A Vitória coube a Márcio Teixeira, que após vários pódios, conseguia a sua primeira vitória do ano. O segundo lugar foi para Filipe Morais e no 3º ficou José Cidrais...




 
Topo