Também são clássicos...Ferros de engomar

Diogo Lisboa

Veterano
Aqui estão ferros de engomar que pertencem aos meus avós...

Um ferro de engomar a carvão que nunca chegou a ser utilizado,está praticamente novo, um ferro de engomar eléctrico de marca Sunbeam, de 875W e um ferro de engomar elétrico Tefal de 1200W...
 

Anexos

Andre Brandao

Rebuilder
A minha avó tem um ferro de engomar eléctrico Rowenta, já com vários anos, muito parecido com esse Sunbeam, e é engraçado que às uns dias descobri que ainda se fabricam.:feliz:
 

Diogo Lisboa

Veterano
Andre Brandao disse:
A minha avó tem um ferro de engomar eléctrico Rowenta, já com vários anos, muito parecido com esse Sunbeam, e é engraçado que às uns dias descobri que ainda se fabricam.:feliz:
Não sabia dessa:D...
 

Diogo Lisboa

Veterano
Andre Brandao disse:
A minha avó tem um ferro de engomar eléctrico Rowenta, já com vários anos, muito parecido com esse Sunbeam, e é engraçado que às uns dias descobri que ainda se fabricam.:feliz:
Não sabia dessa:D...

Venham fotos do ferro!!:D
 

M Bento Amaral

Barão da Sopa da Pedra!!
Andre Brandao disse:
A minha avó tem um ferro de engomar eléctrico Rowenta, já com vários anos, muito parecido com esse Sunbeam, e é engraçado que às uns dias descobri que ainda se fabricam.:feliz:
O que é bom, é bom!! :D
 

Daniel Melo

Azimute
Meus Caros;
Talvez fique a comentar algo Off topic, mas nao queria deixar esta passar em vao.
No local onde trabalho, ha mais 20 anos existia uma enceradora extremamente esquesita de formato. Funcionava eletricamente a 110V, era rara a pessoa que sabia trabalhar com ela. Para ir para a frente ou traz, por mais que se empurrasse ela nao ia, (havia que saber a tactica de lidar com ela, tinha apenas que se dar um jeitinho para baixo ou para cima conforme se quizesse ir para traz ou para a frente). A empregada de limpeza que trabalhava com ela era uma pessoa com quase 65 anos, até que chegou a altura da reforma. Nunca ninguem quiz saber do historial dessa enceradora, até que chegou o dia em que eu necessitei de substituir a escova, começo a rebuscar os dados da marca e numero de serie e dei entao com o inesperado. Dos Estados Unidos, donde tinha sido construida a empresa ficou admirada de como nos tinhamos ainda uma enceradora a funcionar que tinha sido construida em 1923! Eles sugeriram que nos fosse fornecido uma maquina nova com todos os acessorios gratis e em troca pagavam para o estorno desta maquina para o museu daquela fabrica que tinha sido fundada em 1920, afim da mesma fazer parte do museu.
Presumo que deve ter sido a primeira enceradora eletrica a funcionar em Portugal.
O que nao disse aos fabricantes foi que, quando a funcionaria que se reformou, foi substuida por uma nova, que esta esqueceu-se de ligar a enceradora a um transformador 110/220V, o raio da maquina era tao boa, que mesmo a 220V trabalhou sempre, deu um ligeiro cheiro a queimado, mas nao rebentou com os fusiveis, nem queimou o motor....
Bom, classico e bom desta forma hoje em dia, ja nao se fabrica...nas mesmas circunstancias faria de imediato disparar o dinjuntor... Veio a maquina nova, continua a trabalhar, mas nada tem a ver com aquela classica Smith Waxer que levou geraçoes a funcionar e assistiu a diversos funcionarios a irem para a reforma e ela aguentou-se SEMPRE, e nao morreu, teve o seu lugar distinto no museu onde foi fabricada.
 

Diogo Lisboa

Veterano
daniel melo disse:
Meus Caros;
Talvez fique a comentar algo Off topic, mas nao queria deixar esta passar em vao.
No local onde trabalho, ha mais 20 anos existia uma enceradora extremamente esquesita de formato. Funcionava eletricamente a 110V, era rara a pessoa que sabia trabalhar com ela. Para ir para a frente ou traz, por mais que se empurrasse ela nao ia, (havia que saber a tactica de lidar com ela, tinha apenas que se dar um jeitinho para baixo ou para cima conforme se quizesse ir para traz ou para a frente). A empregada de limpeza que trabalhava com ela era uma pessoa com quase 65 anos, até que chegou a altura da reforma. Nunca ninguem quiz saber do historial dessa enceradora, até que chegou o dia em que eu necessitei de substituir a escova, começo a rebuscar os dados da marca e numero de serie e dei entao com o inesperado. Dos Estados Unidos, donde tinha sido construida a empresa ficou admirada de como nos tinhamos ainda uma enceradora a funcionar que tinha sido construida em 1923! Eles sugeriram que nos fosse fornecido uma maquina nova com todos os acessorios gratis e em troca pagavam para o estorno desta maquina para o museu daquela fabrica que tinha sido fundada em 1920, afim da mesma fazer parte do museu.
Presumo que deve ter sido a primeira enceradora eletrica a funcionar em Portugal.
O que nao disse aos fabricantes foi que, quando a funcionaria que se reformou, foi substuida por uma nova, que esta esqueceu-se de ligar a enceradora a um transformador 110/220V, o raio da maquina era tao boa, que mesmo a 220V trabalhou sempre, deu um ligeiro cheiro a queimado, mas nao rebentou com os fusiveis, nem queimou o motor....
Bom, classico e bom desta forma hoje em dia, ja nao se fabrica...nas mesmas circunstancias faria de imediato disparar o dinjuntor... Veio a maquina nova, continua a trabalhar, mas nada tem a ver com aquela classica Smith Waxer que levou geraçoes a funcionar e assistiu a diversos funcionarios a irem para a reforma e ela aguentou-se SEMPRE, e nao morreu, teve o seu lugar distinto no museu onde foi fabricada.
Fantástico!!:D

Há fotos da enceradora?
 

Daniel Melo

Azimute
Infelizmente nao amigo Diogo. Isto aconteceu em 2002. Ano que foi muito complicado para a minha situaçao familiar com uma pessoa com um cancro maligno...Nao tive muito tempo disponivel para historiais. Tive mesmo que empacotar e enviar :( .
 

Andre Brandao

Rebuilder
Quando for a casa da minha avó tiro fotos e depois coloco. Ela também tem um a carvão que costuma usar habitualmente.
 
Topo