Restauro Opel MantaA 1900L SR

Guilherme Bugalho

BUGAS03
Portalista
Como alguém dizia "90 % do que anda
na net é lixo, ou de ciência duvidosa".
Em vez de chumbo ele até pode dizer que é manteiga … na verdade isso parece mais uma liga de chumbo (30%) e estanho (70%). Caso contrário a superfície fica "mole".
Isto já é usado há muitos anos e inclusive os painéis do meu vauxhall, de 1947, são soldados com este material.
Alem deste material existe um outro muito mais caro, duplo componente, e que é uma "massa ferro" podendo ser dado nas cabeças do motor quando elas abrem fugas. E nem falo da velhinha também "massa pedra".

Chumbo (lead) apenas, não; nem sei como reagirá a tinta …

Portanto quando se diz "chumbar" é incorrecto …

Eu tenho por aqui umas barras parecidas com as usadas pelo fulano, nem sei bem quais as percentagens dos materiais; mas foram compradas para soldar uma máquina de sulfatar …
 

Rafael S Marques

Pre-War
Membro do staff
Premium
Delegado Regional
Portalista
Hoje em dia talvez nenhum bate-chapas faça esse trabalho, mas que é possível é. Cada vez menos se vê alguém a fazer certos trabalhos com gosto, porque ou as pessoas que vão mandar restaurar/arranjar também querem pagar o menos possível ou os próprios não lhes apetece fazer dessa forma.
Concluindo, é devido a isto que os bate-chapas atuais são intitulados de "trocador de peças".



Aprendi com estanho, mas talvez com chumbo também seja possível.
Estás a saber isto antes do dono, este carro tem 40 horas de maçarico e martelo, fora as horas dedicadas aos podres que por acaso até foram poucas, achas que terá ficado assim tão mal desempenado? Como é óbvio, um carro que foi decapado a jato de areia, por melhor que seja o chapeiro, tem que ser todo betumado para corrigir algumas imperfeições.

Não podemos criticar/falar sem conhecimento de causa. Mas continua, só assim partilhamos o conhecimento.:D

Abraço.;)

@Micael Sanches, já deves estar a mandar as mãos à cabeça com medo da conta...:lol::lol::lol:
 

Ricardo José Nobre

Portalista
Portalista
Estás a saber isto antes do dono, este carro tem 40 horas de maçarico e martelo, fora as horas dedicadas aos podres que por acaso até foram poucas, achas que terá ficado assim tão mal desempenado? Como é óbvio, um carro que foi decapado a jato de areia, por melhor que seja o chapeiro, tem que ser todo betumado para corrigir algumas imperfeições.

Não podemos criticar/falar sem conhecimento de causa. Mas continua, só assim partilhamos o conhecimento.:D

Abraço.;)

@Micael Sanches, já deves estar a mandar as mãos à cabeça com medo da conta...:lol::lol::lol:
Mas aqui alguém disse que ficou mal ou criticou? Apenas falei do que aprendi ou estarei errado ao vir expressar algum conhecimento que tenha?
Qualquer das maneiras não tenho mais nada acrescentar, vou-me remeter à minha insignificância.

Cumprimentos e continuação de bom restauro.
 

Rafael S Marques

Pre-War
Membro do staff
Premium
Delegado Regional
Portalista
Mas aqui alguém disse que ficou mal ou criticou? Apenas falei do que aprendi ou estarei errado ao vir expressar algum conhecimento que tenha?
Qualquer das maneiras não tenho mais nada acrescentar, vou-me remeter à minha insignificância.

Cumprimentos e continuação de bom restauro.
Tu não me compreendeste, podes e deves criticar, mostra o teu interesse, para mais, é assim que se aprende, tanto tu como nós, e é com a crítica que se melhora.

Abraço.;)
 

Micael Sanches

YoungTimer
Bom dia
De volta e com novidades, o processo de recuperação do Opel Manta continua, mais peças que têm chegado, outras que parece já não haver. Mas as novidades estão já visíveis...
 

Anexos

Patrique Fernandes

Portalista
Portalista
Bom dia
De volta e com novidades, o processo de recuperação do Opel Manta continua, mais peças que têm chegado, outras que parece já não haver. Mas as novidades estão já visíveis...
Caro Micael,

Quero começar por felicitá-lo pelo seu projeto de restauro. Desejo que corra tudo bem e que no final se recupere um clássico Manta A.

Encontro-me a começar um projeto com algumas semelhanças ao seu. Tenho um Opel Ascona B 1.9 S, todo desmontado já (já o comprei assim).

Tenciono convertê-lo (aos fins-de-semana) num tributo ao Opel Ascona 400 (em termos estéticos) com que o Walter Röhrl venceu o Rali de Monte Carlo em 1982. Tenciono deixar a mecânica praticamente original, por enquanto. No futuro, logo se vê se troco o motor por algo mais vitaminado. O objetivo será participar em ralis de regularidade históricos.

Neste momento o carro está todo desmontado, com a carroçaria restaurada (desconheço a qualidade da reparação / preparação) e pintada na cor original (laranja).

Irei montar-lhe um roll cage (ja comprado), uns paineis de fibra de vidro (alargadores das cavas das rodas da frente e de trás, capot, tampa da mala, embaladeiras, etc).

Irei soldar uns reforços de chassis / braços de suspensão.

De seguida irei pintá-lo com um fundo branco e colocar as cores da Rothmans.

Irei tratar dos interiores, aproveitando pouco do material original (algum dele a precisar de um restauro profundo) e substituindo por interiores de um carro de rali, incluindo o tablier, painel de instrumentos por medida e baquets.

Quanto à mecânica, o motor veio já todo desmontado. Irei começar por inventariar as peças que tenho e ver se falta alguma coisa. Depois tratarei de comprar o que falta e montar o motor, com ajuda de amigos (um deles é mecânico).

Penso que a mecânica do seu é muito semelhante à do meu (Opel 1.9 CIH). Se houver alguma dúvida que eu possa esclarecer, não hesite em contactar-me. Contactá-lo-ei igualmente se eu tiver alguma dúvida.

Abraço e boa sorte para o seu projeto!
 
Topo