Restauro EFS 120m

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Boas,
Tenho andado tão ocupado que ainda nem tinha ido ao forum,e foi estranho não recebi nenhum e-mail de aviso de uma resposta nova relativa a este tópico.
Muito obrigado RMariz, era mesmo isto que precisava para ver em detalhe o guarda corrente, o teu parece novo, o meu não vai ficar tão bom :(, vou tentar dar o meu melhor para o pôr o melhor possível, mas... vou ter de cortar o meu pela linha vermelha da imagem abaixo.
É estranho ele já de origem não era igual ao teu, a parte de baixo não alinha com a de cima e não foi cortado, deve ser um modelo diferente, portanto o cavaco também deveria ter o mesmo desalinhamento, mas nunca vi nenhum igual, nem montado em motorizadas, nem em imagens na net.
WP_20180123_004.jpg
Eu acho que neste ponto não foi alterado nem cortado porque ainda tem, tanto em cima como em baixo as chapinhas que mantém o cavaco alinhado, vejam:
WP_20180102_006.jpg
Por isso o cavaco deveria ter um formato diferente.
 

Anexos

Paulo jr Silva

Portalista
Portalista
Parabens uma Casal do 1º ano 1966
tive uma Mocita desse ano e motor Casal 1966
Até hoje ainda não vi nenhuma igual !! Que dor que tenho !!!
 

Anexos

Última edição:

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Boas,
Foi pena ter ido para a sucata, não tinha cura possível? Se calhar também não tinha documentos... não?
Pois é, em Junho de 1966 é o ano em que João Casal inicia a produção do primeiro motor Casal com a ajuda do Eng. da Zundapp Robert Zipprich, daí as semelhanças visuais com o Zundapp.
 

Fernando Pinheiro

YoungTimer
Parabéns sr Carlos Ferreira, o Sr fez aí esse restauro da vespa 5 estrelas, o vídeo está top. E para quem faz isso não deve ser difícil fazer a base para o farolim traseiro da efs e até o guarda corrente. São mais umas horas de trabalho. E a boss também está top. É você que faz tudo inclusive pintura.
 

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Boas,
Quanto ao dois restauros que realizei (Vespa e Boss) foi feito praticamente tudo por mim, só mandei decapar com jacto de areia, que fica melhor do que manualmente, sai a tinta e a ferrugem toda, a seguir é só dar o primeiro anticorrosivo e soldar o estrado da Vespa com uma máquina de soldar que não possuo e que nem justifica adquirir, que é uma TIG. Tenho uma maquina de soldar com eléctrodos mas não se consegue soldar chapa tão fina com este equipamento, não fica perfeito.
Quanto à pintura improvisei uma cabine debaixo do coberto que dá acesso à garagem, coloquei um plástico a tapar a frente toda e molhei bem o chão para não levantar pó. Para aplicar os primários não é preciso tanta coisa, como para a pintura, visto que estes são para lixar, estes podem ser dados ao ar livre.
Coloca mais fotos das tuas máquinas com mais pormenores e de vários ângulos, o pessoal é curioso gosta de ver os pormenores todos ;) diz de que ano é cada uma, têm todas documentos?
 

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Boas,
De uma forma continua e intensa ainda não. Fiz umas obras em casa e estou a acabar o que falta, que não é pouco... inclusivamente o meu pequeno atelier vai passar para essas novas instalações, depois ponho fotos. Prefiro dar prioridade aos trabalhos, do que fazer tudo junto e depois nem uma coisa nem outra ficarem perfeitas, gosto de fazer um trabalho e não estar a pensar no outro.
Mas espero em breve começar o restauro da minha nova máquina, estou ansioso ;)
 

manuel galego

Clássico
Boa noite Carlos.
Que belos trabalhos foram feitos na Vespa e na Casal boss, parabéns.
Faz hoje uma semana que tenho na minha garagem uma EFS Casal de turbina. A mota está quase toda de origem, falta-lhe o cavaco do guarda correntes, o farolim não é o dela e pouco mais.
O antigo dono pintou a mota a pincel, e é claro que vai ter de ser toda desmontada para pintar como deve ser. Fica uma foto para veres a máquina.

Cumprimentos
 

RMariz

Portalista
Portalista
Boas Manuel a mota está practicamente completa o farolim só o vidro é que não é original porque a base é aquela...

Na minha e em todos os modelos as letras e desenhos são , em autocolantes e depois levam verniz por cima...
 

RMariz

Portalista
Portalista
Carlos com calma faz-se bons restauros é mais vale demorar algum tempo a reunir o material necessário , do que a andar a aldrabar , a minha já está restauro a quase 2 anos e agora com a compra da casa não sei quanto mais vai demorar...

Pelo menos já tenho projectos para a reforma :D:D:D:D
 

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Boa noite Carlos.
Que belos trabalhos foram feitos na Vespa e na Casal boss, parabéns.
Faz hoje uma semana que tenho na minha garagem uma EFS Casal de turbina. A mota está quase toda de origem, falta-lhe o cavaco do guarda correntes, o farolim não é o dela e pouco mais.
O antigo dono pintou a mota a pincel, e é claro que vai ter de ser toda desmontada para pintar como deve ser. Fica uma foto para veres a máquina.

Cumprimentos
Boa noite Manuel,
Mais uma bela máquina nacional que vai voltar a ganhar vida, é assim mesmo:thumbs up:
Venham mais pormenores, mais fotos, de que ano é, etc...?
Quanto ao farolim tira umas fotos mais à beira, mas é como diz o RMariz, o suporte é o original só o vidro é que foi adaptado,
Assim sendo tens uma máquina praticamente completa em que só precisas de a voltar a por a brilhar.
O banco se ainda for o original (tem o logotipo EFS numa chapinha atrás?) não o substituas, restaura-o, mandas decapar a armação e molas a jato de areia, compras a capa que é barata, um bocado de esponja e voltas a coloca-lo como novo;).
Cria um tópico teu, onde poderás tirar duvidas e apresentar a todos os avanços do restauro.
Parabéns pela iniciativa.
 

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Boas Manuel a mota está practicamente completa o farolim só o vidro é que não é original porque a base é aquela...

Na minha e em todos os modelos as letras e desenhos são , em autocolantes e depois levam verniz por cima...
Boas RMariz,
Hoje já aprendi mais uma coisa nova, não fazia ideia que as letras "Modelo de Luxo" eram autocolantes e que eram envernizados por cima, o plástico do autocolante não reage com o solvente do verniz ?
Tencionava fazer as minhas pintadas e depois sim, envernizá-las, mas então assim é bastante más fácil:D
 

Paulo jr Silva

Portalista
Portalista
Supostamento seriam decalques e não autocolantes, e as pinturas nas motorizadas antigas seriam em celuloso, o que não acontece agora !
 

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Supostamento seriam decalques e não autocolantes, e as pinturas nas motorizadas antigas seriam em celuloso, o que não acontece agora !
Boas,
Ah! decalques concordo não reagem a solventes, pelos menos não como o plástico dos autocolantes e têm a vantagem de ser transferidos com água e de os poder deslocar com a ajuda de um pequeno pincel e agua em abundância caso não fiquem alinhados ou no sitio pretendido. Já agora onde se arranjam ou quem os faz?
 

RMariz

Portalista
Portalista
Convem que se diga , que hoje em dia restaura-se tanto carro como mota , em que o resultado final é melhor do que saía novo....

As minhas estão assim pintadas, não quer dizer que é a melhor ou mais correcta maneira para as pintar, mas até agora nunca houve problemas com os autocolantes...
 

Carlos Silva Ferreira

Portalista
Portalista
Convem que se diga , que hoje em dia restaura-se tanto carro como mota , em que o resultado final é melhor do que saía novo....

As minhas estão assim pintadas, não quer dizer que é a melhor ou mais correcta maneira para as pintar, mas até agora nunca houve problemas com os autocolantes...
Bom dia,
Claro que sim, hoje existem produtos e técnicas de preparação para as pinturas de qualidade muito superior aos que existiam há 50 / 60 anos a trás.
O autocolante estando por baixo de uma camada de verniz tem um grande vantagem, está protegido de elementos que o poderiam degradar se estive exposto.
Já agora uma duvida, vejo que numas das fotos se vê a mala com o texto "Modelo de Luxo" as letras são individuais e coladas uma a uma ou é um autocolante único com o texto todo, se puderes dar mais pormenores agradecia.
 

Paulo jr Silva

Portalista
Portalista
Boas,
Foi pena ter ido para a sucata, não tinha cura possível? Se calhar também não tinha documentos... não?
Pois é, em Junho de 1966 é o ano em que João Casal inicia a produção do primeiro motor Casal com a ajuda do Eng. da Zundapp Robert Zipprich, daí as semelhanças visuais com o Zundapp.
Ainda fiquei com algumas peças, o motor foi para a vitrina !!
 

manuel galego

Clássico
Boa noite Manuel,
Mais uma bela máquina nacional que vai voltar a ganhar vida, é assim mesmo:thumbs up:
Venham mais pormenores, mais fotos, de que ano é, etc...?
Quanto ao farolim tira umas fotos mais à beira, mas é como diz o RMariz, o suporte é o original só o vidro é que foi adaptado,
Assim sendo tens uma máquina praticamente completa em que só precisas de a voltar a por a brilhar.
O banco se ainda for o original (tem o logotipo EFS numa chapinha atrás?) não o substituas, restaura-o, mandas decapar a armação e molas a jato de areia, compras a capa que é barata, um bocado de esponja e voltas a coloca-lo como novo;).
Cria um tópico teu, onde poderás tirar duvidas e apresentar a todos os avanços do restauro.
Parabéns pela iniciativa.
Boa noite Carlos.
Como dizes a base do farolim é de origem, só preciso de um vidro.
Neste restauro estou a pensar mandar pintar a mota a Sangalhos (se não estou enganado é em Sangalhos) dizem que vem como se tivesse saído da fabrica. Ainda me vou informar como é o processo e dos preços.
Os cromados vão ser novos, assim como os raios e mais algumas peças.
O motor vai ser tratado aqui por casa e a montagem também.
Quanto ao banco vou tentar fazer como dizes.
Já tenho a mota toda desmontada, e assim que que os trabalhos avancem vou abrir um tópico com o restauro da máquina.
Cumprimentos
 
Topo