Restauro Citröen Dyane - 1983 - Luis Faisca

Boas,

Com já referi na minha apresentação comprei este Dyane vai fazer 2 anos em Outubro de 2007, sendo eu o seu 8º proprietário.

Todas as fotos que vão ver neste tópico são relativas ao restauro deste carro, à medida que o trabalho for avançando coloco novas imagens, mas lembrem-se sempre que sou apenas um curioso/amador que tem como passatempo este tipo de trabalhos, e não um profissional, por isso se alguma coisa estiver menos bem todos os comentários são bem vindos, é sempre bom saber a opinião dos outros.


Aqui estão as fotos da máquina no dia de chegada a casa:























O coração




O inicio do restauro:















E foi neste estado que ficou o carro até Dezembro de 2006 (+/- 8 meses de paragem), em Dezembro ultimo como estive de férias aproveitei para dar mais um avanço no restauro, acabei de separar a carroçaria do chassis, custou um pouco mais do que eu julgava, mas isto é sempre assim num restauro, há sempre muitas surpresas escondidas, quando algo parece bom à primeira vista surgem contratempos, alguns dos parafusos que uniam a carroçaria ao chassis estavam corroídos de tal maneira que já não tinham cabeça para a chave, tive que fazer uns furos no centro do parafuso para os poder tirar sem danificar nada.

Deixo aqui umas fotos:









O chassis estava em boas condições, não necessita de grande cuidado, a carroçaria é que está um pouco mais mal, precisa de levar os painéis de chapa do chão.







O monte de peças para lixar e pintar





Braço de suspensão traseiro



Braço de suspensão dianteiro + depósito combustível

DSC05851.jpg

O depósito já o tenho todo decapado, mas não tenho ainda foto do mesmo.

Chassis pronto para o restauro

DSC05852.jpg

DSC05853.jpg

DSC05855.jpg

Chassis depois de decapado por mim com discos de lixa para rebarbadora, a cor preta é um conversor de ferrugem que depois de reagir com a chapa fica assim, o conversor de ferrugem cria uma película protectora entre chapa/tinta, transformando os restos de ferrugem existentes em tinta, ou seja evita o avanço da ferrugem, quando devidamente aplicado.

DSC05888.jpg

DSC05890.jpg

Chassis já com primário

DSC05892.jpg

Chassis já com a cor definitiva, pode não parecer, mas desde as primeiras fotos do carro com a carroçaria junta ao chassis até esta foram cerca de 2 semanas de trabalho, tudo feito por mim, o meu pai ajudou-me apenas para carregar algumas peças mais pesadas que sozinho não conseguia.

DSC05895.jpg

Até este ponto já larguei cerca de 500 €, desde tintas, diluentes, decapantes, lixas, parafusos (os 8 parafusos que fixam os braços de suspensão custaram cerca de 60 € e 5 jantes novas + 4 pneus novos, não tenho fotos do estado em que as jantes velhas estavam, era impressionante, pareciam em bom estado, mas por dentro estavam uma lástima, logo que possa vou tirar uma foto das jantes novas/velhas.

Neste momento já não pego no carro à cerca de 6 meses, vou agora retomar o restauro novamente, vou acabar de decapar/pintar os braços de suspensão, reparar a chapa da carroçaria, decapar todas as restantes peças (portas, capot, etc) isto vai indo aos poucos, só a medida que vai havendo €€€ de sobra, por minha vontade já estava a andar à muito tempo.

Um abraço
 

Anexos

Daniel Melo

Azimute
Ola Luis;
Este foi o meu primeiro Carro (Amor) em 1978. Ao final de 30 anos comprei outro em França, mas tive sorte, estava com 48000 klms e durante todos estes anos esteve numa garagem. Mas de qualquer forma eu vou fazer exactamente o que estas a fazer e monta-lo todo de novo. Os (PURISTAS) do 2 Cv Denominam este carro como um travestti do 2 CV, mas a realidade é que em pouco tempo o seu valor vai quadruplicar em relação ao 2 CV, porque a fabricação do Dyane foi menos de 1/4 doque os 2 CV até 1990. Tudo isto para te dizer que estas no bom caminho, mas queria-te alertar para um pequeno detalhe que acho importante. Antes de montares de novo a carroçaria, efectua primeiro um reforço no chassi, no local onde termina a caixe de velocidades, porque estes carros teem o habito com o uso de rachar ou partir por ai e depois o carro fica sem servir para nada. Se precisares de outra ajuda, entra em contacto comigo.
Um Abraço
Daniel Melo
Açores - Portugal
 

Hugo Rainho

Veterano
Bom trabalho, parece-me que isso vai ficar bem feitinho, com essa dedicação. Claro que os euros disponíveis é que vão mandado na dedicação e rapidez do restauro. Continuação de bom restauro.

Um abraço
Hugo Rainho
 
J

Jorge Aguiar

Guest
Caro Faísca, quando a Dyane der faísca avise a malta;)
isso é que é um restauro, virou-lhe as "cuecas" do avesso:D:D:D
 

Daniel Melo

Azimute
Caro amigo Faisca. Entao sempre reforcou o chassi como eu lhe falei?
Tenho um 2 cavalos que ja estou a montar depois de restaura-lo de A a Z.
Quero ver se o consigo por a andar no Natal.
 
Topo