Porsche 924 1979

Tomás Aleixo

Clássico
Já agora (o "já agora" é o pior inimigo do restauro) é fácil converter a travagem traseira para discos?
Boas amigo João.

Tinha de mudar muita coisa, precisava dos braços do 944 mais travões e tinha de adaptar muita coisa. E no fim ficava com discos mas de 5 pernos, enquanto que os atuais sao de 4 teria de mudar as jantes e os da frente também.

Outra opção seria comprar via USA um kit conversão dos travoes para o Super beeatle que são de 4 pernos, mas também teria de adaptar muito, mas sempre menos que a primeira opção.

Vou deixar estar assim original que gosto mais. Só se vir que a travagem está mesmo má é que penso em adaptar.
 

Joaquim Hermenegildo

Portalista
Portalista
Já agora (o "já agora" é o pior inimigo do restauro) é fácil converter a travagem traseira para discos?

Boas amigo João.

Tinha de mudar muita coisa, precisava dos braços do 944 mais travões e tinha de adaptar muita coisa. E no fim ficava com discos mas de 5 pernos, enquanto que os atuais sao de 4 teria de mudar as jantes e os da frente também.

Outra opção seria comprar via USA um kit conversão dos travoes para o Super beeatle que são de 4 pernos, mas também teria de adaptar muito, mas sempre menos que a primeira opção.

Vou deixar estar assim original que gosto mais. Só se vir que a travagem está mesmo má é que penso em adaptar.


Os kits de conversão para um sistema de travagem com discos são produzidos para furação 5x130 que é a furação utilizada no 944. O 924 em causa tem furaçao 4x130. Só por aqui já tinham de ser mudadas as jantes.

Existem uns "maduros" holandeses que abordam muito bem esta temática, disponibilizando aos cibernautas toda a sua vivência e experiência sobre o assunto. A página está em holandês mas, o google tradutor consegue uma tradução de muito bom entendimento.


Se o sistema estiver bem mantido, forem utilizadas maxilas de qualidade e estas estiverem bem ajustadas, não deverão ser sentidos problemas na travagem. Recordo que o 924 Turbo equipava tambores atrás.
 

João Pedras

Portalista
Premium
Portalista
Boas amigo João.

Tinha de mudar muita coisa, precisava dos braços do 944 mais travões e tinha de adaptar muita coisa. E no fim ficava com discos mas de 5 pernos, enquanto que os atuais sao de 4 teria de mudar as jantes e os da frente também.

Outra opção seria comprar via USA um kit conversão dos travoes para o Super beeatle que são de 4 pernos, mas também teria de adaptar muito, mas sempre menos que a primeira opção.

Vou deixar estar assim original que gosto mais. Só se vir que a travagem está mesmo má é que penso em adaptar.
Os kits de conversão para um sistema de travagem com discos são produzidos para furação 5x130 que é a furação utilizada no 944. O 924 em causa tem furaçao 4x130. Só por aqui já tinham de ser mudadas as jantes.

Existem uns "maduros" holandeses que abordam muito bem esta temática, disponibilizando aos cibernautas toda a sua vivência e experiência sobre o assunto. A página está em holandês mas, o google tradutor consegue uma tradução de muito bom entendimento.


Se o sistema estiver bem mantido, forem utilizadas maxilas de qualidade e estas estiverem bem ajustadas, não deverão ser sentidos problemas na travagem. Recordo que o 924 Turbo equipava tambores atrás.
Só falei nisso porque até pensei que daria para adaptar de algum modelo da VW.
 

Joaquim Hermenegildo

Portalista
Portalista
Só falei nisso porque até pensei que daria para adaptar de algum modelo da VW.
A adaptação não é possível pois os modelos contemporâneos do 924, tais como o Polo, Golf, Jetta, Passat, Scirocco,... , eram trações dianteiras. Adicionalmente, qualquer uma destas versões, também estava equipada com tambores traseiros.

Por outro lado, os contemporâneos do 924 que equipavam com discos traseiros (911 e 914) montavam o motor na traseira, modificando substancialmente a suspensão e a transmissão, inviabilizando o transplante do sistema de travagem traseiro.
 

João Pedras

Portalista
Premium
Portalista
A adaptação não é possível pois os modelos contemporâneos do 924, tais como o Polo, Golf, Jetta, Passat, Scirocco,... , eram trações dianteiras. Adicionalmente, qualquer uma destas versões, também estava equipada com tambores traseiros.

Por outro lado, os contemporâneos do 924 que equipavam com discos traseiros (911 e 914) montavam o motor na traseira, modificando substancialmente a suspensão e a transmissão, inviabilizando o transplante do sistema de travagem traseiro.
E do grupo VAG, tipo da AUDI?
 

Joaquim Hermenegildo

Portalista
Portalista
E do grupo VAG, tipo da AUDI?

Os Audi, ou mesmo os seus antecessores Auto Union, também eram de tração dianteira e tambores traseiros, ou seja, no mesmo "barco" dos VW.

Desde o início da década de 70, quando a VW sentiu necessidade de desenvolver o projecto do sucessor do Type 1, vulgo carocha, os seus responsáveis decidiram abandonar a tração traseira. Como sabemos, foi assim que nasceu o VW Golf.
Pelo sucesso desta fórmula e por uma questão de economia de escala, esta política foi adoptada para os restantes modelos do grupo.

Como atrás referido, o 924 nasce de um projecto que a VW encomendou à Porsche, que pretendia um coupé para ser comercializado com a marca Audi. O projecto foi desenvolvido e previa um veículo de tração traseira. Uma das razões do seu abandono foi a mudança de estratégia do grupo para veículos de tração dianteira.
 

Tomás Aleixo

Clássico
Os kits de conversão para um sistema de travagem com discos são produzidos para furação 5x130 que é a furação utilizada no 944. O 924 em causa tem furaçao 4x130. Só por aqui já tinham de ser mudadas as jantes.

Existem uns "maduros" holandeses que abordam muito bem esta temática, disponibilizando aos cibernautas toda a sua vivência e experiência sobre o assunto. A página está em holandês mas, o google tradutor consegue uma tradução de muito bom entendimento.


Se o sistema estiver bem mantido, forem utilizadas maxilas de qualidade e estas estiverem bem ajustadas, não deverão ser sentidos problemas na travagem. Recordo que o 924 Turbo equipava tambores atrás.

Boa tarde amigo Joaquim.

Bom site. Obrigado. Li a primeira parte, mais logo vou ler tudo para tirar umas ideias.

Exactamente, era o que estava a dizer ao amigo João pedras é possível sim alterar a partir do 944 mas teria de alterar muita coisa e no fim ficaria com essa diferença 5x130 do 944 contra 4x130 do 924.

Exatamente. O carro não é para grandes correrias, penso que o sistema original, bem mantido ou restaurado como estou a fazer cumpra bem a sua função mesmo em passeios maIs rapidos hehe.

É verdade, nas primeiras versões era tambor, nas ultimas penso que não. Já ouvi dizer mas isto não posso confirmar que era um extra que muitos não o tinham.

Abraço

Só falei nisso porque até pensei que daria para adaptar de algum modelo da VW.
Boas amigo João
O unico carro que tem a configuração do 924 atrás é o beetle hehe devido ao motor traseiro. Mas vem de origem também com tambor. Se viesse de origem com discos sim era possível alterar.

A adaptação não é possível pois os modelos contemporâneos do 924, tais como o Polo, Golf, Jetta, Passat, Scirocco,... , eram trações dianteiras. Adicionalmente, qualquer uma destas versões, também estava equipada com tambores traseiros.

Por outro lado, os contemporâneos do 924 que equipavam com discos traseiros (911 e 914) montavam o motor na traseira, modificando substancialmente a suspensão e a transmissão, inviabilizando o transplante do sistema de travagem traseiro.
Exatamente tudo tracçao dianteira, e para adaptar da porsche era preciso fazer quase um carro novo hehe.

Mas foi como disse atrás.
A solução mais viável para mim, e isto na minha modesta opinião é comprar um kit que vendem nos Estados Unidos para fazer a conversao das ultimas versões do Super Beetle que se virem no video em baixo até parece que o mecânico está a mexer num 924 mas na verdade é um Super Beetle hehe
É plug and play.

A única diferenca seria ter de fazer furação num torneiro para 4x130




E do grupo VAG, tipo da AUDI?
Penso que a única opção na Audi seria o quattro, mas também deve ser bastante complicado. Digo eu que do quattro não tenho certezas pois não conheço
 
Última edição:

Tomás Aleixo

Clássico
Bem hoje como é feriado, foi dia de montagem da travagem.

Depois de tudo limpo e pintado, ficou com este aspecto:





Começei por montar os tambores fora como mostra a imagem.


Levaram maxilas novas, todas as molas novas e bombitos novos. Parece que veio de fabrica :) vamos ver como fica a travar.
Pintei tambem ontem as cavas da roda de trás. Montei tudo e dei o ajuste depois de montado nas maxilas. No local dos rolamentos toda a massa velha foi retirada e colocada nova.





A parte que me deu mais trabalho foi a peça que tem como função afastar as maxilas para ajustá-las. Estavam completamente presas e com ferrugem como mostra a imagem.
Tive de as deixar em oleo um dia e depois limpar tudo externamente bem.


Depois disto substitui tambem os 2 tubos flexiveis de trás, pelo sim pelo não. Nao tinham muito mau aspecto, mas já que estava com a mão na massa.





Passei para a frente. As pinças foram todas desmontadas e bem limpas. depois de tudo pintado, decidi por esta cor mais arrojada para a frente hehe. levaram embolos novos e aneis de borracha novos,
assim como o sangrador.







Fiquei por aqui por hoje que está calor hehe falta montar as juntas da bomba central, pinta-la, substituir os tubos da frente, montar as pinças e afinar tudo.

Abraço
É de 1983.

Podes acompanhar o diário de bordo abaixo:


Abraço e bons trabalhos!
Boas amigo Edgar

Ui essas jantolas heje perfeiro.

Mais logo dou uma vista de olhos a sério no tópico dessa maquina twin-cam vermelha hehe


Abraço
 

Tomás Aleixo

Clássico
Este carro precisa de tanta coisa que isto que estou a fazer parece nada amigo Jorge

Quando há tempo gosto de me dedicar a isto, e fazer as coisas bem feitas, acho que gosto mais de mexer nos bolides que andar neles hehe

Abraço
 

Patrique Fernandes

Portalista
Portalista
Car
Este carro precisa de tanta coisa que isto que estou a fazer parece nada amigo Jorge

Quando há tempo gosto de me dedicar a isto, e fazer as coisas bem feitas, acho que gosto mais de mexer nos bolides que andar neles hehe

Abraço
Caro Tomás,

Estou impressionado com o seu cuidado no restauro. Parabéns!

Sou um entusiasta/fã da Porsche e de todos os seus carros (não morro de amores pelo Panamera e dispensava bem o Cayenne e o Macan), incluindo os arrefecidos a água.

Força para esse restauro, e se precisar de um par de braços, diga-me (já que somos vizinhos)...
;)
 

Tomás Aleixo

Clássico
Car

Caro Tomás,

Estou impressionado com o seu cuidado no restauro. Parabéns!

Sou um entusiasta/fã da Porsche e de todos os seus carros (não morro de amores pelo Panamera e dispensava bem o Cayenne e o Macan), incluindo os arrefecidos a água.

Força para esse restauro, e se precisar de um par de braços, diga-me (já que somos vizinhos)...
;)
Olá amigo Patrique


Obrigado pelo opoio :) Eu gosto muito desta temática de restauros por isso quando meto mãos á obra tento fazer o melhor possível com máximo rigor para deixar tudo
de origem como se tivesse saído de fabrica.

Em relação aos motor traseiro arrefecido a ar é como diz o anucio dos anos 80 da Porsche "nothing even comes close".
já conduzi muito e tambem reparei o 964 do meu primo e aquilo é outro campeonato quer em curva quer em aceleraçao quer em barulho <3

Mesmo assim o transaxle e os seus 125 HP para aproximadamente 1 tonelada de peso já o fazem interessante, embora não seja muito rápido também não é lento,
e a robustez mecanica desta máquina
também é de categoria.

Em relaçao á ajuda agradeço muito pois é sempre bem vinda, a diversidade que cá tenho e a falta de tempo fazem
os projectos ir avançando a conta gotas, se é aqui do Estoril agradeco muito e é sempre bem vindo para visitar os classicos e para partilhar histórias, tenho aqui máquina para todos os gostos desde os alemães
aos franceses passando pelos italianos e até da terra do sol posto.


Abraços e obrigado
 
Última edição:

Tomás Aleixo

Clássico
Boa noite amigos

Hoje foi dia de continuação da saga!


Comecei pela substituição do tubo flexivel dos travões da frente, estes ao contrario dos de trás estavam em muito mau estado, como vemos pelas fotos. A montagem na parte da frente for relativamebnte mais simples que os tambores.

Optei por não montar um disco novo por agora, mas poso faze-lo em qualquer altura, sendo que é só necessario tirar 2 parafusos que prendem a pinca ao carro, nao sendo necessario desenroscar nenhum fio do sistema de travagem.


vou ver como se comporta assim, caso seja necessario mais tarde mudo.



Retirei o oleo que estava dentro do balao da bomba central e tentei limpar tudo ao maximo por dentro. Levou uma pintadela anti-ferrugem e montou-se tudo, depois foi sangrar.


Ainda andei 1 hora a sangrar todo o sistema. Tive de reapertar tubos, e sangrar como manda o manual, primeiro roda direita traseira depois esquerda, passando para roda direita da dianteira e depois a esquerda.
ficou impecavel.

Conseui tambem por a maquina a roncar, que esteve calada nos ultimos anos!!!

Experimentei e trava muito bem mesmo parece novo hehe. Faz apenas um estalo quando travo a andar para a frente, mas penso nao ser relacionado com os travoes.

Terei de averiguar mais tarde pois ja estava a ficar escuro.








image upload


Primeira parte feita, vamos para os próximos capítulos .


Pa semana vai tar calminho que estou de ferias, depois volto ao ataque.

Parte eléctrica agora, e depois uma revisão mais a fundo, substituição da distribuição, bomba de água termostato, todos tubos de sistema de refrigeração e limpeza do radiador.


Abraços
 
Topo