Porsche 924 1979

Tomás Aleixo

Clássico
Olá pessoal

Vou apresentar o meu outro clássico!
Na altura em que o adquiri tinha de obedecer a 3 características. Ser clássico claro, tracçao traseira e com mais de 100HP
Pesquisei aguardei, aguardei e pesquisei e lá consegui encontrar.

Porsche 924 de 1979, amarelo ovo estrelado com caixa dog-leg da porsche muito semelhante às 915 uma caixa muito curta, demasiado curta.

Comprei a máquina em 2006, vinha com muitos afazeres e cabeça de motor desmontada.
Montei a dita cabeça (problema nas touches) e renovei a travagem de traz (tambores) isto em 2006, deade então foi sendo o meu carro do dia-a-dia.
Impecável em todos os aspectos, qualidade de construção, robustez e precição, o carro agarra à estrada que é um mimo, a precisão da direção permite um curvar fantastico,
um pouco gastador e mais lento que o irmão 944 mas ainda assim muito agradavel de se conduzir e com bastante força para brincadeiras :) .
A primeira velocidade não sei para que serve, o carro arranca em segunda como se fosse primeira.

Continuou a andar até meados de 2016, altura em que varios problemas mecanicos/carrocaria/travagem me "obrigaram" a encostá-lo.
Só não me desfiz dele porque tinha lugar para o abrigar em garagem, e tendo eu mais outros 3 classicos tambem a precisar de mimos, não me restou outra solução e ficou parado ate agora, mas não esquecido.
Foi então altura de o tirar da garagem para lhe devolver o brilho de outrora.
Na altura os problemas que me levaram a encostá-lo foram:

-Travagem. Deixou simplesmente de travar, bomba central? bombitos traseiros?

-Parte electrica. Bastante complexa devido ao sistema de injecção K-jetronic, O carro deixou de pegar, na altura o problema seria o rele da bomba de combustivel ou a própria bomba. Mas no geral todo o sistema eléctrico têm de levar uma revisao urgente para poder circular novamente em segurança

-Pintura gasta (sendo que o amarelo não é uma cor que goste no geral e em particular neste carro, a verdade é que fazia virar muitos pescocos ), embora a pintura tenha mais de 20 anos.

-Entrada de agua pelo tecto de abrir, identificada ferrugem ao redor da calha onde o tecto de abrir encaixa.

-As Luzes pop-up deixaram de ser Pop up :)

-Uma batidela atras e para choques trazeiro partido.

-Tubos sistema de refrigeraçao a precisar de refrma.

-Pontos de ferrugem. existem pelo menos mais 2 na grelha de frente (certamente proveninete de alguma batidela antiga)
e debaixo do guarda lamas direito no local da bateria, possivelmente por queda de ácido esta ultima um buraco já jeitoso.
Entretanto nos seus 4 anos parados os pneus tambem se foram.

Uma chapa do estado actual, falta a limpeza geral






photo host
 

Nuno Filipe Pinto Ferreira

Titulo
Portalista
Olá pessoal

Vou apresentar o meu outro clássico!
Na altura em que o adquiri tinha de obedecer a 3 características. Ser clássico claro, tracçao traseira e com mais de 100HP
Pesquisei aguardei, aguardei e pesquisei e lá consegui encontrar.

Porsche 924 de 1979, amarelo ovo estrelado com caixa dog-leg da porsche muito semelhante às 915 uma caixa muito curta, demasiado curta.

Comprei a máquina em 2006, vinha com muitos afazeres e cabeça de motor desmontada.
Montei a dita cabeça (problema nas touches) e renovei a travagem de traz (tambores) isto em 2006, deade então foi sendo o meu carro do dia-a-dia.
Impecável em todos os aspectos, qualidade de construção, robustez e precição, o carro agarra à estrada que é um mimo, a precisão da direção permite um curvar fantastico,
um pouco gastador e mais lento que o irmão 944 mas ainda assim muito agradavel de se conduzir e com bastante força para brincadeiras :) .
A primeira velocidade não sei para que serve, o carro arranca em segunda como se fosse primeira.

Continuou a andar até meados de 2016, altura em que varios problemas mecanicos/carrocaria/travagem me "obrigaram" a encostá-lo.
Só não me desfiz dele porque tinha lugar para o abrigar em garagem, e tendo eu mais outros 3 classicos tambem a precisar de mimos, não me restou outra solução e ficou parado ate agora, mas não esquecido.
Foi então altura de o tirar da garagem para lhe devolver o brilho de outrora.
Na altura os problemas que me levaram a encostá-lo foram:

-Travagem. Deixou simplesmente de travar, bomba central? bombitos traseiros?

-Parte electrica. Bastante complexa devido ao sistema de injecção K-jetronic, O carro deixou de pegar, na altura o problema seria o rele da bomba de combustivel ou a própria bomba. Mas no geral todo o sistema eléctrico têm de levar uma revisao urgente para poder circular novamente em segurança

-Pintura gasta (sendo que o amarelo não é uma cor que goste no geral e em particular neste carro, a verdade é que fazia virar muitos pescocos ), embora a pintura tenha mais de 20 anos.

-Entrada de agua pelo tecto de abrir, identificada ferrugem ao redor da calha onde o tecto de abrir encaixa.

-As Luzes pop-up deixaram de ser Pop up :)

-Uma batidela atras e para choques trazeiro partido.

-Tubos sistema de refrigeraçao a precisar de refrma.

-Pontos de ferrugem. existem pelo menos mais 2 na grelha de frente (certamente proveninete de alguma batidela antiga)
e debaixo do guarda lamas direito no local da bateria, possivelmente por queda de ácido esta ultima um buraco já jeitoso.
Entretanto nos seus 4 anos parados os pneus tambem se foram.

Uma chapa do estado actual, falta a limpeza geral






photo host
Mal amados pelos “puristes” mas bons carros, a maior parte dos componentes mecãnicos é Audi / VW , foi um modelo que permitiu á porsche de respirar um pouco , e como antes o 914 tinha sido este foi feito tambem a pensar num maior numéro de pessoas e foi o primeiro Porsche a ter motor a frente , foi um modelo inovador em muitos aspectos na Porsche, adoro a cor , é diferente , e cada vez são mais raros de se ver .
 
Última edição:

Carlos Vaz

Portalista
Portalista
Gosto, gosto, gosto!

Os purista não gostam muito dele mas não posso deixar de referir a impressão viva com que fiquei quando vi o meu primeiro 924. Estariamos em 77 ou 78 +e lá estava ele. Verde escuro, novinho em folha (pelo menos parecia) de matricula alemã a abastecer numa bomba de gasolina que havia dentro de Milfontes.
Fiquei apaixonado.
E mesmo sendo relativamente pouco performante, desde que não seja tomado pelo que não é, acaba por ser um carro fantástico!
 

Tomás Aleixo

Clássico
Mal amados pelos “puristes” mas bons carros, a maior parte dos componentes mecãnicos é Audi / VW , foi um modelo que permitiu á porsche de respirar um pouco , e como antes o 914 tinha sido este foi feito tambem a pensar num maior numéro de pessoas e foi o primeiro Porsche a ter motor a frente , foi um modelo inovador em muitos aspectos na Porsche, adoro a cor , é diferente , e cada vez são mais raros de se ver .
Olá Amigo Nuno
Cada vez mais é um verdadeiro classico, e fez este ano, 40 anos de vida. Muitos componentes VW. Pelo que percebi 100% VW são os tambores de trás pois o material que comprei era VW.
Adoro as linhas predominantes dos anos 70 neste carro, intemporal. Gosto sobretudo do interior, o forro de alcatifa verde, o volante a consola central os manometros com um grande conta-rotações e a posiçao
de condução bem rasteirinha e junta ao asfalto.
Felizmente o amarelo vai desaparecer hehe, é muito berrante para mim, e alem disso não é a cor original do carro.
Vai voltar à cor de origem que é um vermelho escuro, mas priemeiro vou terminar a travagem e os problemas electricos.

Abraço e obrigado

Gosto, gosto, gosto!

Os purista não gostam muito dele mas não posso deixar de referir a impressão viva com que fiquei quando vi o meu primeiro 924. Estariamos em 77 ou 78 +e lá estava ele. Verde escuro, novinho em folha (pelo menos parecia) de matricula alemã a abastecer numa bomba de gasolina que havia dentro de Milfontes.
Fiquei apaixonado.
E mesmo sendo relativamente pouco performante, desde que não seja tomado pelo que não é, acaba por ser um carro fantástico!
Ola amigo Carlos
É verdade confirmo. A primera vez que vi um 924 tambem fiquei de boca aberta, vinha com as luzes ligadas, e com as jantes iguais as que tenho no meu e era branco.
É realmente um carro diferente, e o não ser puro, na minha optica dá-lhe um certo caracter. As linhas sempre adorei e a falta de exemplares em bom estado pelo menos
em portugal começa a fazer valorizar o carro. Depois têm pormenores que o tornam divertido de conduzir, principalemnte a posiçao de conduçao e o comportamento em curva.
Não sei se todos os 924 vinham com barra estabelizadora traseira, este trazia de origem e nota-se bem. Claro não o podemos por ao nivel do 911, ou de outros ditos puros desportivos, são 125cv e o sistema de injeçcao penaliza muito a respota do carro. Mas continua a envergonhar muitos carros novos, nem que seja pela fiabilidade.
É um classico para aproveitar uns passeios de fim semana pela marginal ou encontros como os daqui no forum. :)

Abraço e obrigado

Eu tinha uma professora do liceu que usava como carro do dia-a-dia. Também me ficou na memória, obviamente. :D
Ola amigo jorge.
Tem umas linhas muito bonitas, e como é muito baixo tem uma boa presença hehe.
A ver vamos o trabalho que tenho pela frente.
Pancada por maquinas com mais de 40 anos dá nisto hehe

Abraço e obrigado
 

Tomás Aleixo

Clássico
Em relação à cor, ao desmontar uma das protecções de metal das luzes reparei que a cor original era um vermelho escuro bourdeux. Em mais nenhum lado no carro consegui encontrar a referencia original.
Pesquisei pela internet e consegui encontrar o codigo da cor. Em 1979 a porsche tinha apenas um tom de vermelho, que era este "Malaga-Red"
A ideia é voltar a por a cor de origem que era uma cor utilazada pela porsche no fim dos anos 70 como este da imagem:










Primeiro vou acabar as travagem e a electrica e depois penso numa pintura à maneira.


Amanhã se a chuva tirar ferias vou desmontar a travagem toda, frente, trás e bonba central, vou só deixar os tubos do sistema de resto vai tudo fora para ficar à maneira

Abracos
 

joao p vasconcelos

Portalista
Premium
Portalista
Gosto da cor:thumbs up:

Aqui por casa também passou um 944 mk1, teve alguns anos parado porque muitas vezes não pegava e ninguém descobria o porquê (foi num era que a internet ainda não era uma ferramenta muito utilizada para pesquisar).
Só depois se descobriu o relé da bomba de gasolina (DME), que fica numa localização medonha..
 

João Pereira Bento

128coupe
Portalista
Projecto muito giro. :)

O meu Pai tem um primo direito que fez a vida toda nos últimos 20 anos num. Inclusivé várias viagens para a Alemanha. Até pode conhecer o carro, é muito avistado e há fotos pela internet dele Tem uma frente em fibra personalizada.

Gosto do seu em amarelo. :)
 

Joaquim Hermenegildo

Portalista
Portalista
Olha um 924 amarelo... se tivesse matrícula espanhola e tivesse pertencido ao Paulo Futre o seu valor de mercado dispararia certamente.
:lol:
Agora mais a sério.

Para os mais puristas da marca, o Porsche perfeito, é o que está equipado com um motor de cilindros opostos refrigerados a ar, montado atrás do eixo traseiro. O 924 rompeu com esta tradição, inaugurando a era do motor de 4 cilindros em linha, refrigerado a água e montado no eixo dianteiro.

Como se isto não bastasse, o 924 também é considerado um filho bastardo da Porsche.
Com efeito, o projecto inicial, é uma encomendada da VW à Porsche, no sentido desta conceber um coupé, para ser comercializado sob a marca Audi. Já com o projecto numa fase bem adiantada, e que recorria em abundância a componentes de origem VW, esta debatendo-se com problemas financeiros pois ainda não tinha encontrado um sucessor para o Carocha, acabou por deixar cair o projecto Audi Coupé.
Como a Porsche também procurava um sucessor para o 914, e a sua saúde financeira estava longe de ser considerada saudável, aproveitou esta "desistência" da VW e, adquirindo os seus direitos, lançou o 924.

Inicialmente teve péssima aceitação pois recorria em excesso a componentes de origem VW, estava equipado com travões traseiros de tambor e caixa de 4 velocidades. Já o preço, esse nada tinha a ver com a VW, estando alinhado pela bitola da marca de Zuffenhausen que, simultâneamente, comercializa o 911 para os verdadeiros amantes da marca. Com uma relação preço/performance miserável para os seus pergaminhos, a crítica não perdoou, levando a que o público desprezasse este modelo. Nascia assim o patinho feio da Porsche.

No entanto, a marca sabia que tinha uma excelente carroçaria monobloco, dotada de uma aerodinâmica apurada e, com uma distribuição de pesos perfeita, 50%-50%. Com estes trunfos, restava-lhe evoluir o modelo para versões mais performantes, através da adopção de turbocompressor que acrescentava mais de 50 cv à potência inicial e travões de disco nas 4 rodas. As caixas também passaram a contar com 5 relações. Nesta mesma linha, assiste-se ao surgimento da versão de 8 cilindros, materializado no 928. Estava escrita a história de um modelo que mesmo não sendo aceite pelos puristas, foi fundamental para a sobrevivência da marca.

A viatura em causa aparenta estar num estado de fácil recuperação e saúdo a intenção de lhe devolver a cor original. Se o seu código não estiver visível numa chapa de identificação, um contacto com a marca indicando o VIN da viatura, resultará certamente na informação do mesmo.

Aproveito e deixo dois links que poderão ser úteis:
  • Loja online para aquisição de material de manutenção;

  • Manual Bosch do sistema de alimentação K-Jetronic;

Boa sorte no restauro de um modelo que está em franca valorização. Vá partilhando com o pessoal.

Cpts,
 

Tomás Aleixo

Clássico
Gosto da cor:thumbs up:

Aqui por casa também passou um 944 mk1, teve alguns anos parado porque muitas vezes não pegava e ninguém descobria o porquê (foi num era que a internet ainda não era uma ferramenta muito utilizada para pesquisar).
Só depois se descobriu o relé da bomba de gasolina (DME), que fica numa localização medonha..
Boa tarde amigo Joao.

O amarelo é demasiado extrovertido para mim hehe. Andei com ele assim muito tempo.
Este bordeaux é diferente, mais sobrio, mais classico vai ficar à maneira.

Exato esse relés são chatos, eu tambem tirei esse rele no meu, fica debaixo do tabelier logo embaixo do braço do volante. Também tive de fazer uns testes com o relé, mas acabou por ser falha na bomba de gasolina.

Abraço

Bom carro, esse bordeaux fica-lhe muito melhor e deixa de ser o Porsche do Futre :).
Boa recuperação ao jovem quarentão.

O carro ou a professora?
Olá amigo Antônio

:xD: parece mesmo o do futre assim.
Agora é tempo e paciência.

Abraço
Bonito carro, dá-lhe nova vida que ele merece.
Olá amigo Moises

É isso mesmo que quero fazer, como vou ficar com ele, quero tudo direitinho e de origem como mandam as regras hehe
Com paciência irei certamente por o jovem quarentão na estrada.

Abraço

Projecto muito giro. :)

O meu Pai tem um primo direito que fez a vida toda nos últimos 20 anos num. Inclusivé várias viagens para a Alemanha. Até pode conhecer o carro, é muito avistado e há fotos pela internet dele Tem uma frente em fibra personalizada.

Gosto do seu em amarelo. :)
Boas amigo João.
Por aqui nunca me cruzei com ele senão tinha certamente memorizado. Sao boas mecânicas frias e fiáveis como os alemães hehe
Na altura que o comprei em 2006 ainda via uma mão cheia deles, agora parece que desaparceram.

Abraço
Olha um 924 amarelo... se tivesse matrícula espanhola e tivesse pertencido ao Paulo Futre o seu valor de mercado dispararia certamente.
:lol:
Agora mais a sério.

Para os mais puristas da marca, o Porsche perfeito, é o que está equipado com um motor de cilindros opostos refrigerados a ar, montado atrás do eixo traseiro. O 924 rompeu com esta tradição, inaugurando a era do motor de 4 cilindros em linha, refrigerado a água e montado no eixo dianteiro.

Como se isto não bastasse, o 924 também é considerado um filho bastardo da Porsche.
Com efeito, o projecto inicial, é uma encomendada da VW à Porsche, no sentido desta conceber um coupé, para ser comercializado sob a marca Audi. Já com o projecto numa fase bem adiantada, e que recorria em abundância a componentes de origem VW, esta debatendo-se com problemas financeiros pois ainda não tinha encontrado um sucessor para o Carocha, acabou por deixar cair o projecto Audi Coupé.
Como a Porsche também procurava um sucessor para o 914, e a sua saúde financeira estava longe de ser considerada saudável, aproveitou esta "desistência" da VW e, adquirindo os seus direitos, lançou o 924.

Inicialmente teve péssima aceitação pois recorria em excesso a componentes de origem VW, estava equipado com travões traseiros de tambor e caixa de 4 velocidades. Já o preço, esse nada tinha a ver com a VW, estando alinhado pela bitola da marca de Zuffenhausen que, simultâneamente, comercializa o 911 para os verdadeiros amantes da marca. Com uma relação preço/performance miserável para os seus pergaminhos, a crítica não perdoou, levando a que o público desprezasse este modelo. Nascia assim o patinho feio da Porsche.

No entanto, a marca sabia que tinha uma excelente carroçaria monobloco, dotada de uma aerodinâmica apurada e, com uma distribuição de pesos perfeita, 50%-50%. Com estes trunfos, restava-lhe evoluir o modelo para versões mais performantes, através da adopção de turbocompressor que acrescentava mais de 50 cv à potência inicial e travões de disco nas 4 rodas. As caixas também passaram a contar com 5 relações. Nesta mesma linha, assiste-se ao surgimento da versão de 8 cilindros, materializado no 928. Estava escrita a história de um modelo que mesmo não sendo aceite pelos puristas, foi fundamental para a sobrevivência da marca.

A viatura em causa aparenta estar num estado de fácil recuperação e saúdo a intenção de lhe devolver a cor original. Se o seu código não estiver visível numa chapa de identificação, um contacto com a marca indicando o VIN da viatura, resultará certamente na informação do mesmo.

Aproveito e deixo dois links que poderão ser úteis:
  • Loja online para aquisição de material de manutenção;

  • Manual Bosch do sistema de alimentação K-Jetronic;

Boa sorte no restauro de um modelo que está em franca valorização. Vá partilhando com o pessoal.

Cpts,
Olá amigo Joaquim
:xD: O que vale é que vai deixar de ser amarelo, corria o risco de me perguntarem se era algum parente do Futre

Verdade foi um carro diferente para a época na perspectiva da porsche, tirar o motor da parte de trás e colocar à frente principalmente um 4 em linha.

Muitas peças da VW maioritariamente travoes, suspensão dianteira, bloco motor, interiores das portas e mais materiais no cockpit, ainda assim o resultado final é um carro com um handling fenomenal, mas com "apenas" 125HP ainda assim um carro muito equilibrado e completo. Principalmente se o enquadrar-mos na conjuntura de à 40.anos atrás.

Obrigado pelo site, vai ser útil na parte dos tubos do sistema de refrigeração

Sim, vou partilhar tudo o que fizer até o por quase novo hehe

Abraço

Gosto, deve ser um carro muito equilibrado.
Tópico subscrito
Boas amigo Vasconcelos

Sim muito equilibrado e espectacular comportamento em curva. A caixa close tambem ajuda.

Obrigado, vou tentar partilhar tudo o que fizer.
Hoje consegui desmontar os travões.
Mais logo ja posto umas chapas do trabalho

Abraço
 

Antonio Valerio

Clássico
Dos meus Porsches favoritos ! O facto de ter tanto componente VW não o torna mais barato na manutenção que um Porsche ? Já olhei para os Porsches mas as peças tão caras fazem-me logo olhar para o lado !

Espero que consiga trazer esse belo carro de novo as estradas, boa sorte e bons trabalhos.
 

Tomás Aleixo

Clássico
Dos meus Porsches favoritos ! O facto de ter tanto componente VW não o torna mais barato na manutenção que um Porsche ? Já olhei para os Porsches mas as peças tão caras fazem-me logo olhar para o lado !

Espero que consiga trazer esse belo carro de novo as estradas, boa sorte e bons trabalhos.
Boa noite amigo Antônio
Muito giro sim hehe.
A resposta certa para essa questão será um depende. Por exemplo os travões tambor traseiros o material foi francamente barato. Mas para a travagem da frente que é ATE já não é bem assim, uma bomba central de travões por exemplo nova é perto dos quinhentos. A suspensão da frente que é VW também se conseguem bons precos, mas o transaxle atras que é porsche ja sobe bastante. Dependendo de se a peça é VW ou Porsche pode ser respectivamente barata ou cara.

Agora o motor sendo um 4 em linha tudo o que é filtros correias bomba de agua e afins ainda se encontra a bons preços.
Nos internos o motor acaba tambem por ser um misto, o bloco é audi 100 mas a cabeca e internos têm muitos componentes Porsche.

Mas ainda existe mercado de peças em segunda mão porque foram produzidos cerca de 100mil, nacional algumas lá de fora (UK e EUA) muito

Outro exemplo é vidro traseiro enorme que na Porsche sao 4000 mil, consegue-se ca por 200.
Espero ter ajudado
Abraços
 

Tomás Aleixo

Clássico
Boas pessoal

Entretanto consegui hoje desmontar os tambores de trás, um deles estava desfeito o ferodo descolado das maxilas como vem aqui pelas fotos, a ideia é limpar tudo muito bem e depois pintar com tinta anti-ferrugem e pintar também toda a area da cava da roda de trás.

Serão substituidas as maxilas, todas as molas e os bombitos, assim como os tubos flexiveis, de maneira a por a travagem como NOVA. Este carro devido à idade e o muito uso que lhe dei no passado precisa de uma reviravolta na travagem.
Em 2006 quando fiz este trabalho apenas substituá as maxilas, desta vez vai levar tudo Novo.

Desmontei tambem a travagem da frente, nao estava em tão mau estado, mas aproveito e vou desmontar as pinças e dar uma limpeza e pintura, e depois vai levar embolos novos e kits de juntas novas assim como os tubos flexiveis.

Fico só na duvida em relaçao ao disco, ainda está dentro das medidas, mas com um aspecto assim para o mau, vou experimentar dar uma limpeza e decido depois.
Seguem as fotos do trabalho
Esta semana será para limpeza das peças e para a semana monto tudo no sitio.











Abraço :thumbs up:
 

João Pedras

Portalista
Premium
Portalista
Tanto os discos como os tambores, se ainda estiverem dentro da tolerância, podes mandar para o torneio para rectificar, assim quando montares as pastilhas e os calços novos não ficam a chiar.
 

Edgar.Guerra

Portalista
Premium
Portalista
Ui, isto promete!
Tópico subscrito.

Antes de comprar a Giulietta, o 924 foi um dos modelos em que estive muito interessado. Cheguei a conduzir um exemplar, a precisar de mimos. Fiquei um pouco desiludido com a habitabilidade, eu não sou propriamente um calmeirão (1,80 m), e ficava com a cabeça a roçar no forro do tejadilho.
De resto, é como diz o Dr. Vaz.

desde que não seja tomado pelo que não é, acaba por ser um carro fantástico!
Acho muito boa ideia a mudança para a cor original.
 

Tomás Aleixo

Clássico
Tanto os discos como os tambores, se ainda estiverem dentro da tolerância, podes mandar para o torneio para rectificar, assim quando montares as pastilhas e os calços novos não ficam a chiar.
Boas amigo João.

Secalhar é isso que vou ter de fazer sim. Os tambores estão ok, agora os discos....
Agora vou acabar e experimentar, se ficar a roçar muito é so desapertar as pinças e saco os discos.

Obrigado
Abraço
Ui, isto promete!
Tópico subscrito.

Antes de comprar a Giulietta, o 924 foi um dos modelos em que estive muito interessado. Cheguei a conduzir um exemplar, a precisar de mimos. Fiquei um pouco desiludido com a habitabilidade, eu não sou propriamente um calmeirão (1,80 m), e ficava com a cabeça a roçar no forro do tejadilho.
De resto, é como diz o Dr. Vaz.



Acho muito boa ideia a mudança para a cor original.
Ola amigo Edgar.

Um Giulietta?
De que ano?
São lindos.
Adoro alfas sem dúvida.
Sim é mesmo verdade, o habitáculo é pequenino, também por ser muito rasteirinho. Não tenho 1.8m mas ando lá perto e é verdade minha cabeça toca no tejadilho também. Mais de 1.90 só sem tecto de abrir hehe.

Tirando isso e outras pequenas coisas é um carro divinal de se conduzir.

Claro não é para grandes acelerações. O propósito é passeios e para apreciar um carro 100% mecânico sem electrónicas e de tracçao traseira. É isso que adoro.
Agora o principal é por a máquina na estrada que é o lugar dela.

Vou partilhar aqui tudo o que fizer para irem vendo o progresso (ou retrocesso hehe )

Abraço e obrigado
 
Topo