Por onde começar?

Maria Feiteira

Maria Curricas
Comprei uma dyane no fim-de-semana passado (14-04-2007):D . Era uma paixão que vinha desde os 15 anos, quando o meu pai vendeu a nossa velha "dyaninha" para comprar um 127 para o meu irmão:wacko: . Era uma compra que eu esperava fazer mais tarde, com uma vida mais estabilizada, mas visto esta ser do meu ano (1982), tive de fazer uma "pequena" loucura. O principal está em bom estado, tem o motor bom e não tem podres, mas quero pô-la toda "XPTO". Quero estofá-la, arranjar os vidros (os botões estão largos), arranjar as portas(uma descai),pintá-la e mudar a capota (tem um rasgão). Quero ser eu a restaurá-la (pelo menos em tudo o que conseguir), e a pouco e pouco, mas não sei por onde começar. Como ainda sou ignorante nestes assuntos, gostaria que alguém, caso interessado, me desse umas dicas. :D Obrigada
 

Diogo Lisboa

Veterano
Seja bem vinda!;)

Eu não sou muito especialista em restauros, mas dava ;) jeito colocares umas fotos da tua Dyane para se observar em que estado é que se encontra o automóvel, para o pessoal mais experiente ver e avaliar, para te dizerem :feliz: melhor por onde é que deves começar...

Talvez começar por desmontar as peças, para ver o que se aproveita...
 

Nuno Andrade

Portalista
Portalista
Ola Maria, antes mais bem-vinda, olha para começar deves por umas fotos para o pessoal mais experiente poder dar as devidas opinioes, mas para ja para ja deves dar uma boa limpeza ao carro, por baixo, cavas das rodas etc...
Depois recomendo que analises bem o estado do carro, debaixo das alcatifas, na mala por baixo de alguma coisa que possa ter por cima ( nao conheço o carro )...
Bem isto foi o que eu fiz no meu, depois so vendo as fotos...

cumprimentos.
 

paulo gomes

YoungTimer
Bem vinda

Vou dar o exemplo do meu
1º desmontei tudo para ver o que aproveitar
2 º Chapa retificar cavlhas das portas etc
3º Pintura cor a gosto ou entao manter original
4º passar toda a parte eletrica
5º mecanica tudo a funcionar e afinadinho
6º estufador montagem das restantes peças e acabamentos

BEM ou MAL o meu ficou IMPEK pelo menos para mim.
Tudo isto levou 2 anos a reparar e preciso muita calma e claro €
Tenho um mini de 1974 se puder ajudar nao exite meu mail [email protected]
 
Primeiro Bem vinda

Assim como vc comecei do zero sem saber nada ainda mais aqui no Brasil
que somos poucos a querer restaurar alguma coisa.
Enfim mas coloqei dois topicos sobre pintura e funilaria na parte de chapas
da uma lhadinha la pode te ajudar quando chegar nesta parte.

E o mais importante va nos informando como vai indo..

Beijos
 

Vitor Dinis Reis

Pre-War
Membro do staff
Premium
Portalista
Olá Maria, bem-vinda ao Portal dos Clássicos!

Parabéns pela compra. Penso que começas-te esta aventura com o pé direito: tens um clássico desejado e que conheces. Assim não existe o perigo de um engano, o risco de gastar dinheiro em algo que afinal não é o que esperas.

Existem duas maneiras de "atacar" a recuperação desse jovem clássico: partir para um restauro total nas mãos de um profissional ou fazer as coisas com calma e tempo, reparando as eventuais deficiências à medida da que a disponibilidade o permita. Depois de alguma experiencia sou cada vez mais adepto da segunda opção. Entendo que será também a tua.

Assim, a primeira coisa a fazer é manter o bom funcionamento mecânico e garantir as condições de segurança necessárias à circulação na via pública. Um carro parado é um desperdício, tenta mantê-lo em funcionamento e inicia uma lista das reparações a fazer.
Entretanto vais procurando e adquirindo as peças danificadas que não possam ser recuperadas (o que tem exactamente esses botões?).

As reparações devem ser feitas na seguinte ordem:
1) Problemas de segurança (travões, cintos, suspensões)
2) Problemas que estejam a provocar outras avarias (lona deixa entrar chuva?)
3) Problemas funcionais (manipulos de abertura, etc)
4) Questões estéticas (estofos)

Boa sorte, e conta connosco para ajudar no que for possível.
 
Topo