Ponte atlas

Boas. Surgiu-me uma dúvida aquando da restauração do meu escort mk1. Queria montar uma ponte traseira atlas, mas como estas são um pouco dificeis de encontrar disseram-me que poderia usar uma da fors transit mk1. Apenas teria de a cortar...:huh:
A minha dúvida prende-se com a versão da transit mk1 que trazia de origem esta ponte. Dá qualquer versão, inclusive as de caixa aberta?
Obrigado e as maiores saudações.
 

Pedro Vale

pvale23
Portalista
Bem, do pouco que sei, aconselho-te a comprar mas é de um cortina mk3 e cortar, já que são tb mais largas uns bons 20cm.
Quanto ao eixo das transit's, nem sei se será bem atlas...
Tenho um eixo do cortina, mas n tem o diferencial nem roda d croa, avisa se interessar.
Abraço
 
Segundo informações que duas pessoas me deram pelo menos uma versão da transit mk1 dá, agora qual e....
Já agora se me pudesse facultar o preço da ponte agradecia.
Pode mandar por mensagem privada.
Obrigado e abraços.:feliz:
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Caros,

Nos escort é normal encontrar 3 tipos de pontes:

- Salisbury/English (Todos)
- Baby Atlas (Algumas versões Sul Africanas 1.6, etc...)
- Narrow Atlas (Grupos 2 e 4 - Atlas cortado)

O procedimento de aplicar um Narrow Atlas nao é muito barato nem fácil. É necessário não só cortar a ponte mas também ambos os semi-eixos.

Depois é necessário adquirir uma relação de transmissão (as Transit são muito curtas por causa das jantes 15 e pneus comerciais).

Para finalizar é necessário fazer um veio de transmissão hibrido e calibrá-lo.

Pergunto: se não é para competir, vale a pena?

Abraço,
R
 
A questão é que é para competir.
Porque o problema está em arranjar a ponte em si, porque os semi-eixos, o veio e o diferencial arramjam-se com mais facilidade e a preços mais acessíveis.
Agora diga-me se a transit mk1 de caixa aberta vem equipada com a narrow atlas e como a posso reconhecer.
Obrigado e abraços.:feliz:
 
Carlos Andre P. G. Jorge disse:
A questão é que é para competir.
Porque o problema está em arranjar a ponte em si, porque os semi-eixos, o veio e o diferencial arramjam-se com mais facilidade e a preços mais acessíveis.
Agora diga-me se a transit mk1 de caixa aberta vem equipada com a narrow atlas e como a posso reconhecer.
Obrigado e abraços.:feliz:
Antes de mais:

Salisbury = Atlas
English = Timkem = banjo

As pontes atlas são do tipo salisbury, que também equipava entre outros os Jaguar, Willys, Volvo etc...É um tipo de ponte traseira em que a parte central é em ferro fundido. O "english" é em aço prensado, tal como os Toyotas e Datsuns 1200.

A "narrow" penso que não equipou nenhuma Transit, mas sim os Capri, acho que o 3000 MK1, pelo que deve ser quase impossível de encontrar.
 

Anexos

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Fábio Silva disse:
Antes de mais:

Salisbury = Atlas
English = Timkem = banjo

As pontes atlas são do tipo salisbury, que também equipava entre outros os Jaguar, Willys, Volvo etc...É um tipo de ponte traseira em que a parte central é em ferro fundido. O "english" é em aço prensado, tal como os Toyotas e Datsuns 1200.

A "narrow" penso que não equipou nenhuma Transit, mas sim os Capri, acho que o 3000 MK1, pelo que deve ser quase impossível de encontrar.
Caro Fábio,

Penso que está enganado na afirmação. Basta dar uma volta pelas listagens de material para Escort/Capri para confirmar pelos seu próprios olhos que basicamente só existem dois tipos de pontes (diferentes):

- English/Salisbury (com conjunto de diferencial a sair pela frente)
- Atlas (com conjunto de diferencial a sair por trás)

(o baby atlas é muito raro e é quase uma miniatura dos Atlas utilizados nos capri e "narrow atlas" utilizados nos carros de competição oficiais. Costumava equipar os Ford produzidos na Africa do Sul e Australia. Não existe quase material nenhum para estas pontes)
 
Ricardo Teixeira disse:
Caro Fábio,

Penso que está enganado na afirmação. Basta dar uma volta pelas listagens de material para Escort/Capri para confirmar pelos seu próprios olhos que basicamente só existem dois tipos de pontes (diferentes):

- English/Salisbury (com conjunto de diferencial a sair pela frente)
- Atlas (com conjunto de diferencial a sair por trás)

(o baby atlas é muito raro e é quase uma miniatura dos Atlas utilizados nos capri e "narrow atlas" utilizados nos carros de competição oficiais. Costumava equipar os Ford produzidos na Africa do Sul e Australia. Não existe quase material nenhum para estas pontes)

Apenas estava a tentar esclarecer que a ponte salisbury é equivalente a uma atlas e não a uma english, para tal sugiro que veja este artigo:

http://www.mgcars.org.uk/cgi-bin/gen5?runprog=mgoc&a=&p=emg/emg010302.html

É para MG B mas serve de exemplo pois os primeiros tinham um eixo english (banjo) tal como o escort normal e os ultimos um eixo salisbury do mesmo tipo do atlas.

Quanto as baby atlas, são realmente muito raras, mas são a ideais para um escort sem alargadores nos garda lamas. Era usadas nos RS2000 de Grupo 1.
Julgo que a Gartrac ainda fornece o materal necessario para converter uma ponte maior para uma baby.
 
Muito obrigado pelos esclarecimentos feitos até ao momento.
Agora colocava outra questão. Como se pode mandar cortar a ponte traseira:huh:
Sabem dizer-me as medidas, etc...???
Muito obrigado e saudações.
 
Carlos Andre P. G. Jorge disse:
Muito obrigado pelos esclarecimentos feitos até ao momento.
Agora colocava outra questão. Como se pode mandar cortar a ponte traseira:huh:
Sabem dizer-me as medidas, etc...???
Muito obrigado e saudações.
Sugiro que visite www.gartrac.com, tem alguma informação e peças sobre o assunto. Além disso quanto a medidas é melhor se informar com o fornecedor dos semi-eixos (a não ser que dê para sangrar os existentes), pois estes é que determinam o comprimento.
Quanto a trabalhos de corte, soldadura, etc convém ser alguém experiente, pois é critico o alinhamento dos tubos do eixo.

"baby " atlas: largura - 1230 mm., comprimento semi-eixo - 665 mm
"narrow" atlas: largura - 1270 mm, comprimento semi-eixo - 675 mm

Não garanto a veracidade destas medidas, é melhor consultar alguém realmente entendido no assunto:huh:.
 

Pedro Vale

pvale23
Portalista
Aproveitando o tópico... convidava então a visitarem a minha garagem e a ver o meu escort.
A ponte sei que é Atlas, mas tenho dúvidas se é uma "baby"...
De origem vem assim, foi montado na França em 1973, e não é o primeiro sport que vejo c esta ponte!!!
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Ze Carlos disse:
Pessoal o meu também tem Ponte-Atlas????
Caro Ze Carlos,

Efectivamente o conceito Atlas era comum a varias marcas. Existem pontes Atlas nos Ford assim como existem nos Volvo, nos Opel nos MG, etc.

Não quer dizer no entanto que tenham uma única peça em comum. Apenas o conceito é o mesmo, com o conjunto diferencial a sair por tras.

Por exemplo nos MG é comum inclusivamente chama-los de "Tube Axle" que veio substituir os "Banjo Axle"....

Sim, o teu City tem uma ponte Opel de conceito Atlas/Tube.....

Abraço,
R
 

Ricardo Teixeira

Gasolina nas veias
Portalista
Pedro Vale disse:
Aproveitando o tópico... convidava então a visitarem a minha garagem e a ver o meu escort.
A ponte sei que é Atlas, mas tenho dúvidas se é uma "baby"...
De origem vem assim, foi montado na França em 1973, e não é o primeiro sport que vejo c esta ponte!!!
Caro Pedro,

O teu Escort tem uma "Baby Atlas", que como disse anteriormente é rara e com pouco material disponível no mercado. No entanto para utilização "fast road" é muito boa. Provavelmente esse carro foi montado em fabricas ultramarinas ou foi-lhe aplicado material de um RS2000 original.

Agora perguntas-me como ter a certeza que é uma "Baby"?

1) Se estivesse a utilizar uma ATLAS, o fundo do carro estava batido e/ou modificado para poder albergar o volume da ponte. Ela é exageradamente grande para um Escort (o volume da "pinha"). Pelo que vejo na foto o teu carro até tem espaço para um batente de borracha.

2) A tampa traseira por onde tens acesso ao diferencial tem um formato ligeiramente quadrado na Baby. Na ATLAS é mesmo circular e daí o seu volume da pinha.

Abraço,
R
 
Viva. Ricardo pelo que percebi a forma de reconhecer uma atlas é pela forma redonda da tampa traseira da ponte correcto?
há mais alguma marca especial que permita reconhece-la??
Obrigado e abraços.
 
Boas,

Peco desculpa pela intromissão mas também gostava de saber de que "tipo" é a minha ponte, posso adiantar que veio de uma cortina mk3 2.0 gt.

desde ja muito obrigado,

miguel.

Ver anexo 24267

p.s - peco desculpa pela sua apresentação mas ainda nao tive tempo para tratar dela.
 

Anexos

Mario Camacho

Veterano
A melhor maneira de ver tudo em 3 paginas é ter acesso à revista "classicFord" nº112 (Outono de 2006) pag nº 118 e ... seguintes. Explica quais os tipos de diferenciais e em que viaturas os podemos encontrar bem como o "uso" lhes podemos dar

Ford saudações

Mário Camacho

Escort 1100 Mk 2 1980 2 portas a ser tranformado......

Carlos Andre P. G. Jorge disse:
Boas. Surgiu-me uma dúvida aquando da restauração do meu escort mk1. Queria montar uma ponte traseira atlas, mas como estas são um pouco dificeis de encontrar disseram-me que poderia usar uma da fors transit mk1. Apenas teria de a cortar...:huh:
A minha dúvida prende-se com a versão da transit mk1 que trazia de origem esta ponte. Dá qualquer versão, inclusive as de caixa aberta?
Obrigado e as maiores saudações.
 
Topo