O Restauro do bolinhas

O Restauro de um pequeno grande carro - Fiat 127

Cá vou eu aos bocados verificando a evolução do meu bolas 127, com tempo e calma, pois o que interessa é que no final esteja o melhor possível.
Não é uma questão de exibicionismo, mas sim de orgulho. Tive um igual, no qual fiz viagens mirabolantes sem nunca me deixar ficar mal, tendo feito na última cerca de 2500 kms antes de o terem desfeito quando estava estacionado (isto já em 1998).
Adquiri este, e quero colocá-lo totalmente original (ou o mais possível).
Foi uma promessa que fiz a mim mesmo, e passados 10 anos aos poucos está a concretizar-se :D

Um abraço a todos
 
Paulo apereira disse:

EHEH... não :D
Um carro ligeiro despistou-se dobrando literalmente o meu a meio, arrastando mais 3 carros... só para verem a violência do embate...

As fotos do restauro tenho-as colocado na secção "garagem", são de telemóvel mas dá para ver qualquer coisa.

Um abraço a todos :D
 
Este carro é um super fiat. simples e fiável. nunca deu problemas. os sucessores dele, nomeadamente o da 3ª série, não o continuou.
Mas de facto é um grande Fiat. O sucessor natural do meu 600!
 
J

Jorge Aguiar

Guest
Eu mudava o nome do tópico para "O Restauro de um grande carro-Fiat 127"...:cool:
 

Tony Cabral

Cabral
boas. paranbens pelo insentivo que tem para restaurar o seo 127. poix é um modelo muinto interesante.
comprimentos..
 
O carro neste momento está na fase de início de pintura, apenas a zona do bloco do motor (é colocado e depois pinta-se o restante)...
A côr é a nº 163 (Rosso Ossido), usada pela Fiat entre 1971 e 1980, que estava mencionada na chapa de identificação do carro







 
Ora bem... vão ficar mais depressa prontas as peças do que o carro
também não tenho stress com isso... o que quero é que fique e muito bem finalizado...
as jantes já estão reparadas, desempenadas e tal... coloquei as tampas (calotas) para ver como ficava... bom fiquei babado

ps: não reparem no bicho possante que esta no reflexo da tampa (calota)


já tenho também umas palinhas
só tenho dúvidas no que respeita ao procedimento para depois colocar...
- acham que esta medida de palas fica bem nos g.lamas traseiros?
- devo colocar alguma chapinha ou cena do género para proteger a pala?
(digam de vossa justiça)






também tenho 1 dúvida acerca do rádio... no manual de instruções diz que tem possível colocação no tablier ao lado do cinzeiro)
sinceramente acho que ficaria a matar (no meu PO tinha 1 consola central, só que agora para este já arranjei uma porta objectos), mas se calhar é necessário furar a chapa por detrás do tablier (estive a ver isso e não vi lá nehuma tampa, mas sim uma chapa inteira na totalidade :violino: , pois como o carro está em carcaça)

atentem ao nº15




Ajudem aqui o desgraçado :D

Um abraço a todos
 
Bom após o menino estar tanto tempo parado, hoje fui à oficina ver o kenito...
mal entro o chapeiro diz-me "VENHA VENHA" e eu fiquei tipo "o que é que se passa?!"

Bom quando entrei dentro



fui-me aproximando e reparei que já tinha o motor ao sítio, a parte eléctrica toda revista com cabos novos, as tubagens, vedantes, bomba de água nova, radiador reparado (falta só a tampa do carburador :D)



depois subimos o elevador e quando vi os eixos ao sítio
Os discos e as pastilhas de travões não foram necessários colocar novos porque ainda têm resmas para gastar... tudo o resto é novo desde ponteiras a transmissões, tubagens, borrachas etc



noutra perspectiva onde também se pode ver o escape da panela ao colector (new old em stock como alguém disse :D)



descemos o elevador e quando vi por dentro não tinha nada de especial, mas adorei o resultado final da madeira (é de registar que as fotos são todas tiradas do meu tijolo móvel que não tem grande resolução, e a madeira brilhava)



vista do lado esq. (já com os cabos eléctricos passados)



Enfim, uma agradável surpresa da qual não estava à espera após um interregno bem grande
Ps: elucidem-me sobre a colocação do rádio, pois eu acho que dá para colocar na parte de madeira do tablier...

1 abraço a todos
 
Este bolinhas azul que aparece em baixo nas fotos é o principal motivo pelo qual estou a restaurar este 27... não teria significado nenhum este restauro se eu não tivesse um Fiat 127 que me fez gozar a vida enquanto estudante, nas férias, as viagens que fiz nele para concertos, festivais, enfim... vivências que me fizeram enriquecer como pessoa
Ia com ele para todo o lado, dormia lá dentro, acampava... nunca me deixou ficar mal...
A manha que ele tinha no carreto da 2ª velocidade (fazer dupla como nos pesados antigos e 1 ligeira aceleradela), pois só assim ela entrava sem arranhar
aquelas ponteiras de direcção que de vez em quando se escutava KREAK KREAKK KREAKK ao virar tudo à direita
andava sempre, a bomba de gasolina nunca deu o estouro com os kms que fiz nele... enfim era 1 carro de guerra... tinha a chapeleira, o manual de instruções, as chaves todas fiat... era o meu PO
As fotos são de Agosto de 1998 ao lado do parque de campismo da Zambujeira do Mar (as últimas tiradas, e o carro ficou muito mais "desenhado" do que ai aparece pois na altura havia a loucura de escreverem os carros todos, e nas fotos ainda estávamos no início do festival...


 
Topo