O primeiro Olá (apresentação)!

Ora viva,

Vou começar ao contrário do que habitualmente se faz e vou cumprimentar todos os elementos da comunidade logo no inicio. Um abraço e obrigado.

Em relação a mim, sou um aficcionado automóvel desde as minhas primeiras memórias de criança. Desde cedo que o bichinho das quatro rodas navega na minha corrente sanguínea, mas só na ultima meia duzia de anos é que comecei a sentir a força de atração, qual íman, pelos carros mais antigos.
Talvez intimamente relacionado com o facto de só recentemente me ter convertido ao diesel, que embora tenha ocorrido por ocasião e negócio proveitoso, me alienou de qualquer sentimento de ligação ao carro.
No meu dia-a-dia e por força de viver nos suburbios de Lisboa, mais concretamente em Massamá Norte e trabalhar no Parque das Nações, circulo apenas em duas rodas.
Esta conjugação de fatores; carro a diesel (brilhante em quase todos os aspectos por sinal) e as duas rodas durante a semana, despertaram em mim o desejo e a necessidade de sentir algo mais quando seguro no volante.
Assim que surgiu a oportunidade, leia-se, disponibilidade orçamental, envidei numa procura pelo carro certo.

O orçamento existente é limitado e bem definido, pelo que era preciso procurar com cuidado e antes de escolher tive que apontar "canhões" aos veículos/clássicos certos para mim. Comecei por cima(preço) e fui tentanto encontrar o pretendido. Queria algo dentro dos futuros clássicos ou mesmo clássicos (>30 anos).
Queria algo que me tivesse de alguma forma marcado nos meus anos de adolescente ou de míudo (período negro da vida do entusiasta [<18 anos] e sem carta :) ).
1º objectivo: Peugeot 106 Rallye Mk1.
- Objectivo falhado. Extremamente inflacionado pela procura actual e pela reduzida oferta como consequêcia de vidas preenchidas por abusos e tunings. Muitos que vi tinham modificações e metamorfoses com outros veículos da altura e/ou pinturas dignas de carrinhos de choque.... O mundo é grande e temos espaço para todos, mas não davam para mim.
2º objectivo: Peugeot 106 Rallye Mk2
- Objectivo falhado. Só encontrei 2 exemplares em dois meses de pesquisa, um que se encontrava à venda mas o vendedor não era de muitas conversas. Ou respondia sim ou não e pouco mais, no fim lá disse que o carro estava numa garagem e que precisava de fazer muita coisa. O outro extremamente caro e ao mesmo tempo não senti o "click".
3º objectivo: Suzuki Swift gti Mk2/Mk3
- Objectivo abandonado: Tinha tudo para ser uma escolha perfeita. Japonês, fiável, motor 5*, discos às 4 rodas, muita oferta, preços aceitaveis, pequeno e divertido. Embora nunca tenha nutrido algum sentimento por este carro até ao momento, foi agora que senti o despertar o interesse por este mini pocket rocket. Encontrei alguns interessantes, já recuperados. A maioria no norte do país. No dia antes de ir buscar um ao norte, decidi enquanto esperava por uma pequena intervenção na mota, ir ver um clássico de "sonho" que julgava inalcançável e que estava num stand perto da oficina.....

Assim começa a história.

Em paralelo com esta lista anterior, próxima da realidade, com preços ainda aceitaveis e com custos de utilização, manutenção realistas, mantinha uma lista secreta, mais antiga.

Nessa lista, constavam... perdão! Constam:

1º Porsche 911 (964)
2º Porsche 944 S
3º Bmw 635csi
4º Ford Escort Xr3i
5º Bmw 320/323 E21
6º Bmw 3XX E30

Falei com o vendedor e disse que gostava de ver o Ford Escort Xr3i que tinha anunciado. E assim foi, fui ver o carro e foi instant click. Foi o look 80s, o cheiro de ford antigo, o estado do interior e exterior.
Abri o carro e senti que tinha de ser aquele. Algo que não ajudou nada na negociação, muito menos na identificação de possiveis pontos de intervenção.
Ainda por cima não ia muito preparado. Para todos os anteriores que tinha visitado, levava uma lista do que verificar, potenciais pontos criticos, etc.... Para este tinha feito muito pouca ou qause nenhuma investigação ma vez que nunca pensei poder atingir o orçamento necessário para o adquirir.
Enquanto inspeccionava o carro com o todo o teatro de quem sabia mais do que na verdade sabia sobre o carro, olhei, entrei, saí, abri o capot, abri a mala, liguei o motor, verifiquei possiveis pontos de ferrugem, e marcas de soldaduras de arranjos recentes ou antigos.
Encontrei um ou outro defeito, mas muito pouco.
Vantagem sobre vantagem, não tem vidros eletricos, portanto não vou ter avarias nos vidros a não ser que esteja magoado no braço. Não tem direcção assistida, espetacular, menos uma peça para me afastar da condução e do que as rodas dizem em relação ao chão que pisam. Ah! menos uma peça para avariar.
Sem AC! Mas com um tecto de abrir à antiga, manual e que abre todo para trás. Sem podres e totalmente funcional.
Todos os intrumentos funcionam, com excepção da buzina....que falta vai fazer para mandar desviar os restantes veículos que transitam na mesmo via e sentido! :)
O limpa para-brisas também não funciona. Paciência....logo se vê.

O vendedor convidou-me para dar uma volta e eu achei e pensei cá para mim:
Se isto estiver como parece, não saio daqui sem que o tipo faça o preço que preciso."
E assim foi, Estrela-Rato-Amoreiras-Viaduto EngºDuarte Pacheco e regresso pelo mesmo caminho.
Nao pude conduzir e fui apenas a assistir ao espetaculo. Adorei, os cheiros, as sensações... É mesmo isto, pensei eu!
Acabados de chegar novamente à garagem do vendedor. Fiquei a olhá-lo (ao carro, não façam confusões)!
E disse:
- Pois é....Gostei, mas tenho de pensar, tenho muita coisa para resolver aqui.

É lógico que o vendedor disse logo, E
-Está impecavel, é só andar, não precisa de nada!

É claro que com um conjunto de pneus da semana 29 do ano 2000, havia logo algo óbvio a fazer! Há um pequeno ponto de ferrugem tradicional nestes carros, no pilar A direito. O carro foi todos pintado há coisa de poucos anos e está de facto aparentemente muito bom, de 0-20, eu daria um 16 ou mesmo 17.

A caixa de velocidades funcionou na perfeição, ou pelo menos na sua perfeição dos anos 80. Sem folgas anormais e sem qualquer dificuldade de engrenar quaisquer mudanças.
Os travões, ou aquilo que está montado nos eixos com o objectivo de abrandar o carro estão em estado razoável, mas também nem quando saíram da fábrica eram bons.
O motor pouco ou nada dele vi. Mas pelo menos lançou-me a mim e o condutor numa viagem curtinha e super divertida por Lisboa.

Falei disto e daquilo e disse que talvez voltassemos a falar, mas que realmente o valor estava longe do que podia dispender em termos totais de projecto.
Aí propôs-me atirar um valor "canhão" que fizesse com que eu o comprasse de imediato e não fosse ver mais carros, tal como lhe tinha dito que ia fazer.
Atirei! Claro! E claro que recusou. Ficamos por ali.. Mantive a compostura e fui à minha vidinha. Tirei essa semana para ver carros e decidir-me. Faltavam-me ver alguns Swifts no norte. Um dos quais já tinha fechado um valor caso se confirmasse o estado anunciado.

Fui buscar a moto e fui almoçar.

Estava eu a colocar a primeira colherada de baba de camelo à boca quando toca o telefone, era uma mensagem do vendedor a dizer algo assim:
- Ok, é muito menos do que esperava obter, mas não quero perder mais tempo. Se aceitar o valor que me propôs, fechamos negócio?
Ao que eu respondi algo do género!
- Amanhã às 09h

Assim foi!

0900 da manhã, dia 3 de Abril de 2018! dia dos anos do me avô que faleceu meio ano antes e que me deixou uns trocos para me meter numa brincadeira destas, comprei o Ford Escort XR3i mais fixe que vi na vida.

Primeiras impressões...

O gajo quando foi dar a volta comigo, deve ter estado a preparar o carro de alguma forma e carregou pedal a fundo, porque o carro está muito "cansado" de pulmão. Ok, pode ser afinação de todo o sistema de injeção arcaico da Bosh e uma revisão cuidada. Isso e o facto de já não conduzir um carro antigo há muito tempo. Mas para 1.6 com 105cv e 900kg de peso, devias andar mais pah!
Bom... vamos a isso! Temos projecto.

Obrigado a quem leu a partilha desta minha experiência! Aos restantes que não leram... eu se calhar também não lia um testamento destes. Por isso, entendo-vos sem quaisquer condicionalismos! ;)

Junto algumas fotos para terminar a nossa apresentação (minha e do Xr3i).

foto2 - Copy.jpg foto1.jpg foto4.jpg foto6.jpg foto7.jpg foto10.jpg
 

Anexos

  • foto2 - Copy.jpg
    foto2 - Copy.jpg
    115.5 KB · Vistos: 124
  • foto1.jpg
    foto1.jpg
    122.8 KB · Vistos: 125
  • foto4.jpg
    foto4.jpg
    120.6 KB · Vistos: 123
  • foto6.jpg
    foto6.jpg
    128.8 KB · Vistos: 123
  • foto7.jpg
    foto7.jpg
    93 KB · Vistos: 122
  • foto10.jpg
    foto10.jpg
    89.2 KB · Vistos: 122
Última edição:

Carlos Vaz

Pre-War
Como disse, voltei!

Antes de mais, felicitar-te pela excelente apresentação (das melhores que aqui vi) que augura uma participação de grande valor.
Depois, dizer.te que aparentemente temos perspectivas e gostos muito parecidos... também procurei um 106 rally mk1... acabei por me virar para a coisa mais parecida, um XSI 1.3... que já não tenho.

O XR3i só é "pena" não ser um Escort mk3 e sim um mk4, mas mantém aquela aura dos anos 80... é uma escolha muito interessante.
Quanto a andamentos... é tramado dizer isso mas... (não sei qual a tua montada) se andas de 2 rodas e de carro moderno com o "combustível do demo" vais sempre achar que os 105cv são curtos... ainda assim são bastante mais sensoriais e vais-te divertir muito com ele.
Por outro lado uma boa revisão... para depois lhe começares a dar um "calorzinho" (hás-de ficar familiarizado com este termo) e isso vai ao lugar. Manutenção preventiva é andar o máximo de tempo possível o mais perto possível do redline... assim descarboniza. eheheheh:D;)

Fico a aguardar o DB.
 

afonsopatrao

Pre-War
Bem vindo! Adorei a apresentação, muitos parabéns. E o Escort Mk4 é o único escort de que gosto. Abre um DB que eu não vou perder pitada!
 
OP
OP
Ricardo Daniel C. Santos
Ah
Não conheço o carro nem o vendedor; apenas estranhei umas fotos tão pomposas para um carro que dizes ter algumas coisas a corrigir.
Ah ok!!!
Isto das fotos tem explicação.

As fotos ainda são as do vendedor. É um vendedor sem stand aberto, apenas tem uma garagem com muitos carros que vai vendendo e comprando nesta base. Achou e muito bem, quanto a mim, que a imagem vende e então tem uma garagem muito giro, toda vintage para tirar fotos destas.

De facto as fotos têm grande qualidade e promovem muito bem o carro.

Quando ao estado dele, ele está pintado por fora e muito bem mantido por dentro. Assim como todas as borrachas. Isso foi realmente um dos pontos que me chamou a atenção.

Já detectei um ponto de ferrugem, mesmo assim. No pilar A direito, como já disse na apresentação. Fora isso está 17* em 20.

O que precisa de fazer é um total rework de suspensão e direcção, assim como de motor. O motor talvez de andar pouco nos ultimos anos, está desafinado (espero que seja só isso), e parece estar com a mistura muito rica. Algo que parece ser sintomático deste motor e injecção Bosh.

Algumas destas coisas, vão desde já ser endereçadas e vou colocar informação no DB que ainda vou criar.

Abraço e obg a todos pelo "warm welcome".

Cumpts,
Ricardo Santos
 

João Pedras

Pre-War
Premium
Portalista
Bem vindo
Só agora tive disponibilidade para ler tudo, fiz um "Gostar" mas Adorei.
Boa continuação :)
 

Dinis Figueira

Honda Enthusiast / 無限
Bem vindo!

Tanto a garagem como o carro é mesmo de meter ciúmes a qualquer um :blush:

Que faças muitas curvas com esse brinquedo!

Abraço ;)
 

Carlos Vaz

Pre-War
No motor, eu fazia uma pequena revisão: óleo, velas e filtros. Um produto de limpeza de injectores no combustivel, verificação do sistema de refrigeração e da correia de distribuição (na duvida mudar) e depois é dar-lhe calor para que ele vá "limpando"... um tratamento á lá Alfa... uns kms de AE a fundo!
 
Topo