O Portal (já não) está em modo de alerta...

NunoCouto

Veterano
Premium
Afonso,

Acho que antes de considerares o uso ou não do Uno devias tentar obter o máximo de informação da policia, seja a um nível formal ou até informal (onde normalmente até se sabe mais informação). Até podes nem saber a identificação do larápio mas de repente lembro-me destas questões que podem ajudar a tomar uma decisão:
  1. É de Coimbra? Se não for, é de uma zona próxima?
  2. Já tem cadastro? Já foi apanhado numa situação similar? Ficou com alguma medida de coação instituída ou vai ficar?
  3. Os documentos do carro foram recuperados? Estavam como os deixaste ou foram mexidos?
É que os trajectos que conseguiste apurar pela Via Verde levaram o carro para bem longe levando a crer que não é de Coimbra e que deve ter estado na zona por algum motivo e não lhe apeteceu voltar a casa de comboio. Mais ainda, falamos de uma pessoa que também não teve a inteligência suficiente para andar com o carro durante o fim de semana e depois largá-lo em qualquer lado.

Será que a pessoa é assim tão calculista ao ponto de voltar a Coimbra de propósito para procurar o carro no parque só para se vingar de ter sido apanhado? Se for assim não seria mais fácil apanhar o carro onde moras (tendo em conta que até teve acesso aos documentos do carro)?

Eu pessoalmente duvido. Acho demasiado trabalho para quem pelos vistos não se preocupou muito em ser apanhado. Mas a resposta às questões poderá ajudar-te a formares as tuas conclusões.

De qualquer das formas como prevenção para o futuro sem dúvida que o que já foi aqui falado de trancas e cortes correntes ajuda bastante, nem que seja a atrasar.
 

Guilherme Bugalho

BUGAS03
Portalista
Vou amanhã ao fim da tarde buscar o carro e prestar declarações.
Acho que o que deve faltar é o tampão do depósito (e não o depósito); eles devem ter partido para meter gasolina. Acharam graça ao carro e, porque não, continuar a usá-lo.
Agora há uma série de coisas com que estou em pulgas para saber:
- Se tem danos na chapa;
- Se estão lá as cadeirinhas de criança e as coisas que tinha na mala do carro;
- Quantos quilómetros fez;
- Se ainda tem o identificador da via verde;

Seja como for, o Uno vai estar de volta. Vai precisar de mimos — ser desinfectado; possivelmente novas fechaduras e canhão; novos plásticos da coluna da direcção; tampão da gasolina — mas vai voltar a ser o meu carrinho.

Isso é comprar um "em fim de vida", do mesmo ano e se possível mês, e aproveitar as peças ….
 

Guilherme Bugalho

BUGAS03
Portalista
Afonso,

Acho que antes de considerares o uso ou não do Uno devias tentar obter o máximo de informação da policia, seja a um nível formal ou até informal (onde normalmente até se sabe mais informação). Até podes nem saber a identificação do larápio mas de repente lembro-me destas questões que podem ajudar a tomar uma decisão:
  1. É de Coimbra? Se não for, é de uma zona próxima?
  2. Já tem cadastro? Já foi apanhado numa situação similar? Ficou com alguma medida de coação instituída ou vai ficar?
  3. Os documentos do carro foram recuperados? Estavam como os deixaste ou foram mexidos?
É que os trajectos que conseguiste apurar pela Via Verde levaram o carro para bem longe levando a crer que não é de Coimbra e que deve ter estado na zona por algum motivo e não lhe apeteceu voltar a casa de comboio. Mais ainda, falamos de uma pessoa que também não teve a inteligência suficiente para andar com o carro durante o fim de semana e depois largá-lo em qualquer lado.

Será que a pessoa é assim tão calculista ao ponto de voltar a Coimbra de propósito para procurar o carro no parque só para se vingar de ter sido apanhado? Se for assim não seria mais fácil apanhar o carro onde moras (tendo em conta que até teve acesso aos documentos do carro)?

Eu pessoalmente duvido. Acho demasiado trabalho para quem pelos vistos não se preocupou muito em ser apanhado. Mas a resposta às questões poderá ajudar-te a formares as tuas conclusões.

De qualquer das formas como prevenção para o futuro sem dúvida que o que já foi aqui falado de trancas e cortes correntes ajuda bastante, nem que seja a atrasar.
Isso é raciocínio de "pessoa normal"; o fulano que fez isto é um anormal ………….
Agora viver com medo de alguma "vingança" … isso é que não.
Ou então passamos a andar com localizadores em todos os carros ….


Post scriptum - agora é tocar a vida para a frente …. nada de "transtornos" pós traumáticos de assaltado.
 
Última edição:

tiago salsa

Citroen Maniac
Portalista
Excelentes noticias Afonso! Fico muito feliz pela recuperação do Uno :)

Agora é ir busca-lo e dar lhe o bom tratamento que ele tanto está habituado ;)

Um abraço!
 
Parabéns pelo aparecimento da máquina.
Isso sim são boas notícias.

Vou só transmitir uns pensamentos:
- Recuperar o que se estragou no carro e depois usufruir dele na mesma, sem medos, caso contrário nunca mais vamos aproveitar a máquina.
- Instalar corta corrente e/ou alarme (por vezes nem isso serve mas ajuda a afastar alguns ladrões ocasionais).
- Todos os carros são passíveis de serem roubados, com recurso a mais ou menos tecnologia, mas nenhum é infalível.
- Nem sempre tornar público tudo o que se faz no carros ou locais onde os deixamos em fóruns ou redes sociais públicas.
 

Joaquim Hermenegildo

Portalista
Portalista
Felicitações, não só ao @afonsopatrao , mas a todos os que de uma forma mais passiva, incentivando com palavras de conforto e apoio, não se resignando diante da situação vivida, contribuíram para atenuar a infelicidade do nosso amigo Portalista.

Não esquecer porém, os que de forma mais activa, despenderam do seu tempo, participando numa busca e procura efectiva, na esperança localizar ou encontrar, o que, o @Rafael Isento apelidou de "património do Portal dos Clássicos".

Fantástica demonstração daquele que, para mim, é um dos actos mais nobres e humanos no mundo em que hoje vivemos. Refiro-me à solidariedade, sentimento que leva os homens a ajudarem-se mutuamente, sem pedir ou querer nada em troca.

Esta é uma característica intrínseca ao povo português que, de forma espontânea, se une e mobiliza nas situações de catástrofe e calamidade. Outra atitude não seria de esperar dos membros deste Portal.
 

Rafael Isento

Alfa Romeo
Membro do staff
Premium
Portalista
(...) apelidou de "património do Portal dos Clássicos".
E muito bem apelidado (modéstia à parte) pois conforme se ouve hoje em dia, o @afonsopatrao e o Uno foram verdadeiros "influencers" do Portal.
Acredito que os dois em conjunto ajudaram bastante esta casa a crescer.

(...) solidariedade, sentimento que leva os homens a ajudarem-se mutuamente, sem pedir ou querer nada em troca.
E é realmente fantástico fazer parte duma comunidade assim.
Um por todos e todos por um!

:thumbs up:
 

António Barbosa

Red Line
Portalista
Aceito com todo o gosto!!!

António, o GS continua com a bateria do teu defunto 206. O Uno também precisa de qualquer coisa tua, de facto. ;)
É esta, não me serve de muito no Mini pois a distancia entre o volante e o tablier é, curiosamente, maior que o comum...
Bela da tranca.jpg

...também me apercebi que com a divulgação da série "Mr. Bean" toda a gente sabe que o volante de um Mini se tira em 3 tempos:p
 

Pedro Romão

YoungTimer
Ainda bem que foi recuperado, nunca passei por tal situação, mas imagino que não seja mesmo nada de bom de se passar...

E ao nível do restauro das ditas mazelas? Já está novamente completo?
 
Topo